quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Levar gols é rotina



















Análise da derrota de ontem, feita pelo zagueiro Fábio Ferreira:

"- Tivemos um primeiro tempo excelente, criamos várias oportunidades, não fizemos o gol e aí no segundo voltamos com o objetivo de fazer o gol, infelizmente não conseguimos e acabamos tomando dois gols. É aquele negócio, quando não faz toma".

Faço apenas uma correção: A defesa do Botafogo é uma peneira sempre, independente do time fazer gols ou passar em branco.

Muito se deve à presença do próprio Fábio Ferreira, que ao invés de ser mandado embora em dezembro do ano passado (término do contrato), teve o seu vínculo com o clube prorrogado até 2014.

Obrigado, Mauricio Assumpção!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

8 comentários:

Alex JF-MG disse...

SOCORRO, só rindo para não chorar...rsrsrsrs


FALTAM 08 PONTOS PARA A SALVAÇÃO!!

Rodrigo Federman disse...

Alex, continua tudo dentro do planejamento.
Abs e SA!!!

Émerson disse...

Federman e amigos, dêem uma lida nesta entrevista. Muito elucidativa!

http://www.canalbotafogo.com/forum/topico.php?diminuir-o-botafogo-sempre-foi-meu-objetivo---mauricio-assumpcao

Rodrigo Federman disse...

Hahaha. Émerson, apesar de ser uma brincadeira, dei boas risadas! rs
Abs e SA!!!

Levi disse...

Se houve várias oportunidades e não fizeram o gol, não vejo sentido na afirmação de que o primeiro tempo foi excelente.
Excelente teria sido se tivesse aproveitado duas ou três das chances criadas.
Futebol é um jogo que se ganha fazendo gols e não criando oportunidades.
Trata-se de uma questão de lógica formal elementar, mas eu não tenho a pretensão de esperar um pensamento coerente da maioria dos jogadores de futebol e muito menos do Fábio Ferreira.
Detesto quando um idiota enche o peito de orgulho para dizer que o time criou, jogou em cima do adversário e que mandou três bolas na trave. Como se chutar a bola na trave fosse o objetivo do jogo!
Como se não soubesse que a palavra gol nada mais é do que uma corruptela de goal, ou seja, meta, objetivo a ser alcançado. Numa palavra, fazer a bola entrar na rede adversária.
Cale a boca, Fábio Ferreira. Basta ter de aturá-lo fingindo que é zagueiro! Aliás, calem a boca, jogadores. Façam o básico, pelo menos, meta mínima em relação à qual você não dão cumprimento. Depois sim, falem as besteiras que vocês quiserem, até mesmo chamar o Rafael Marques e o Vitor Junior de jogadores (essa é pro Osvaldo).
FORA OSVALDO!

Rodrigo Federman disse...

Disse tudo, Levi. Isso quando eles não enchem o peito para dizer que houve luta...como se isso não fosse obrigação.
Abs e SA!!!

Paulo Nacif disse...

Esperar o que, de uma defesa com Fábio Ferreira, Antonio Carlos, Marcio Azevedo e Lucas. Só ferro mesmo.
O Botafogo está numa vantagem tremenda, com 40 pts, e com esses perebas jogando.
E ainda, faltando atacantes.
O importante é fazer os 6 pts que faltam, e pensar em 2013.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, é melhor pensar logo em 2015.
Abs e SA!!!