terça-feira, 30 de abril de 2013

Duas grandes diferenças

















Notícia retirada do site UOL:

"F. Gabriel vê semelhanças com Bota de 2007, mas quer título por coroação".

Palavras do meio campista alvinegro:

"- Os dois times são bons. Temos que viver o momento. Fizemos um bom campeonato e agora temos que vencer. A desconfiança existiu desde o início. Levamos a Taça Guanabara. Depois teve a questão de um possível relaxamento. Eu disse que não iria acontecer, pois o grupo estava ciente disso. E agora estamos na final da Taça Rio".

Eu não vejo qualquer semelhança com o time de 2007.

Acho que o atual Botafogo é tecnicamente mais forte e possui mais jogadores renomados e experientes.  Em compensação, aquele time de 2007 jogava um futebol envolvente, encantador. O de hoje é mais pragmático. Ambos, eficientes.

Mas as maiores diferenças são: Goleiro e treinador.

Se tivéssemos um Jefferson em 2007, não tenho dúvida de que conquistaríamos a Copa do Brasil ou até mesmo o Brasileirão.

O mesmo serve para o Cuca, que ao meu ver, faria esse Botafogo de 2013 continuar vencendo, mas jogando um futebol muito mais vistoso.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

39 comentários:

Anônimo disse...

TIME DE 2007 TINHA UM FUTEBOL VISTOSO, SEM OBJETIVIDADE PARA SER CAMPEÃO, JÁ ESSE DE 2013 JOGA FUTEBOL PARA SER CAMPEÃO É A DIFERENÇA DE UM TREINADOR COMPETENTE QUE ORGANIZA SEUS TIMES PARA SER CAMPEÃO E OUTRO QUE ORGANIZA SEUS TIMES DE DEFESAS FURADAS SEM COBERTURA PARA FAZER UM FUTEBOL VISTOSO SEM OBJETIVOS.
A DIFERENÇA DE TER UM TREINADOR QUE JÁ FOI CAMPEÃO DO MUNDO E OUTRO QUE SÓ TEM UM CARIOCA E UM MINEIRO É BEM DIFERENTE.
POR ISSO SOU PÍTAGORAS E MEU PAI COLOCOU ESSE NOME EM HOMENAGEM A UM GRANDE MATEMÁTICO QUE GOSTA DE RESULTADO E NÃO DE FAZER BOAS APRESENTAÇÕES E NÃO GANHAR NADA.

PÍTAGORAS

Rodrigo Federman disse...

Ok, Pitágoras. Apenas discordo completamente do que você escreveu.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Seria muito bom ter o Cuca à beira do campo com esse time de hoje. Desde o ano passado tivemos 2 treinadores: LOCO ABREU e agora o SEEDORF.
Do lado de fora é um Zé Ninguém ganhando seus trezentinhos por mes...
Jacob

Sergio Di Sabbato disse...

Acho esse time de 2013 bem melhor que o de 2007, que tinha um futebol vistoso mas falhava nos momentos decisivos e não só por culpa da arbitragem, mas por erros crassos do Cuca e da omissão de alguns jogadores nos momentos cruciais. Concordo que se tivéssemos um bom goleiro poderíamos ter tido resultados melhores, mas a a defesa era uma grande bosta, que o digam o Boavista, o River Plate, onde não houve interferência da arbitragem. Sem esquecer do 1º jogo contra o Figeuirense que se não fosse o Julio Cesar, perderíamos de 4 ou 5 graças a burrice do Cuca de mudar a maneira de jogar do time. Acho o time de 2013 mais equilibrado e mais objetivo. Pode nem ser campeão, mas tem mais gana. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Pai.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, mas não podemos deixar de lembrar que em 2007 o clube tinha menos dinheiro para contratações e o Cuca foi obrigado a trabalhar com um elenco limitado.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO NÃO TAPA O CÉU COM A PENEIRA O ATLÉTICO MG ESTÁ COM O CUCA NÃO GANHOU NADA EM UMA FOLHA QUE O BMG PATROCINA, CARÍSSÍMA E O CRUZEIRO,SÃO PAULO,FLUMINENSE QUE A MELHOR COISA FOI UM HERÓICO ESCAPAMENTO DA SEGUNDA DIVISÃO, NÃO VEJO ISSO COMO UM TITULO.
TODOS OS CLUBES TIVERAM O CUCA, FOI CAMPEÃO COMO UM TÉCNICO GANHARAM O QUÊ?
30 CLUBES EM 10 ANOS DE PROFISSÃO UM MINEIRO E UM CARIOCA É POUCO.
TRABALHOU EM UMA ESTRUTURA NA ÉPOCA COMO A DO SÃO PAULO E A DO CRUZEIRO COM OS PERRELAS, FÊZ UMA ÓTIMA CAMPANHA E FOI ELIMINADO PELO ONCE CALDAS EM CASA COMO SEMPRE APÓS DAR UMA COTOVELADA EM REITEIRIA COVARDEMENTE.
PERDEU PARA O RIVER PLATE EM UM JOGO GANHO NA ARGENTINA COM AS BURRICES E DEFESAS MAL FORMADAS.
VOCÊ PODE DISCORDAR MAIS NÃO SUPORTO CUCA COMO TREINADOR ACHO UM DERROTADO.

PITAGORAS

Rodrigo Federman disse...

Apenas discordamos, Pitagoras. Você não suporta o Cuca, eu gosto dele. Você louva o OO, eu o detesto. Simples assim.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Em 2007 eu ficava encantado com os jogos do Botafogo, mas ficava desesperado com o descontrole do time na defesa ou quando enfrentava adversários mais fechados, dava uma sensação que éramos técnicamente perfeitos ao mesmo tempo que dava uma insegurança incrível. Em 2013 temos uma time compacto e feio como o granito com algumas pedras preciosas incrustadas, não temos certeza de grandes jogos mas não tememos vexames. Talvez a regularidade seja a chave para o sucesso, ou não?

boitatá disse...

ele poupa na quinta e perde por uma diferença razoável.
domingo, perde.
e aí, como fica?
poupar milionários é ridículo!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, como eu disse, não podemos esquecer que o elenco de 2007 era tecnicamente mais fraco. Só que acho que era muito melhor treinado.

Boitatá, com ou sem titulares, não acredito em derrotas.

Abs e SA!!!

FLAVIO SILVEIRA disse...

acho Cuca um bom treinador.O time de 2007 jogava um futebol muito bonito, q muito tempo naum se via no Brasil, e foi esculhambado por essa midia nojenta.o primeiro tempo da decisaum de 2007 contra o flamengo, no primeiro jogo,o segundo tempo, quando viramos o jogo, no segundo jogo e os 30 primeiros minutos do jogo contra o figueirense no maraca, foram inesqueciveis,para quem gosta do bom futebol.Soh q aquele time tinha uns bundoes como Jorge henrique(q pode ter ganho titulos no corintinas, mas eh um bundaum), Lucio Flavio, e outros, sem falar q naum tinha goleiro.O time de hj , para te falar a verdade, ainda naum foi testado seriamente.os adversarios, convenhamos, nesse carioca, saum horrorosos, fraquissimos e a realidade eh q naum sabemos a forca desse time, pois levou um sufoquinho do sobradinho.vou comemorar o titulo se vier, mas honestamente, esse time de hj, apesar da experiencia , do Seedorf, ainda naum me convence , como time de futebol.O me deixa tranquilo para domingo eh o fato de q nos momentos decisivos ter se saido bem(principalmente na final da GB contra o vasco).A prova de fogo, eh domingo, pois o flu, mesmo sem estar numa boa fase, tem elenco e sabe jogar decisoes.Aguardemos...

Rodrigo Federman disse...

Prefeito, Flávio. Concordo em gênero, número e grau.
Abs e SA!!!

Valadao disse...

Se o time de 2013 for campeão .....fico com esse...o time de 2007 jogava muito bem,mas na hora H sempre decepcionava .....aquele jogo com o River foi foda e o Cuca pediu demição no avião...falta de controle emocional.

Alex JF-MG disse...

A grande diferença é que o cuca tinha e tem alternativas táticas e o treineiro ate hoje não aprendeu a fazer mudanças táticas nos jogos quando precisa...engessado.
Independente dos elencos que tinham ...

luiz sergio cunha disse...

FEDERMAN,

nós somos uma mistura de defeitos e qualidades e isso nos torna únicos.
uma equipe é a resultante das unicidades que a compõem e portanto única, o que me leva a concluir que a única comparação possível se prende a resultados, pois performances boas e ruins, todas possuem.
o último botafogo que me encantou, abstraindo o fato de ser seu torcedor, mas considerando apenas o fato de admirar o futebol bem jogado, foi aquele que goleou o atl´´etico no engenhão, se não falha a memória por 5x0, cujo técnico era o cuca.
gosto do trabalho do cuca, mas não gosto de sua postura emocional.
gosto menos do trabalho do oswaldo, mas gosto mais de sua postura emocional, embora ainda não tenha digerido aquele afrontamento a torcida.
nada é perfeito e estamos vivendo um bom momento e de paz entre a torcida e nosso time, mas sabemos que são laços tenues e que se rompem por qualquer coisa.
o time ainda não me passa confiança, mas me deixa esperançoso, o que já é algo bom.
penso que domingo vamos ter nossa prova de fogo e daí poderemos fazer uma avaliação mais precisa.
abraços,

lscunha

João David de Deus disse...

Bem cada um têm sua opinião e claro todas devem ser respeitadas, eu particularmente não gosto do Cuca e gosto menos aínda do Osvaldo de Oliveira, porém o BOTAFOGO de 2007 dirigido pelo Cuca, me lembra em muito as seleções do Telê Santa, ou seja, bonitinha mais ordinária, primeiramente prefiro ganhar mesmo jogando feio e claro se puder, aí dar espetáculo.

Saldações Gloriosamente Alvinegras

João David de Deus - Ibitinga/SP

Thomaz disse...

Acho que a discussao era mais sobre a diferenca entre o time de 2007 e o de 2013 mas o foco ficou na diferenca de curriculo entre Cuca e OO. Assim como a gente critica o RM por numeros no criterio que eh mais relevante para ele (gols), no criteria que me parece o mais importante para medir treinadores (titulos) o OO leva vantagem. Dito isso, se a gente quisesse ser cientifico quanto a isso nos teriamos que ter o OO dirigindo o time de 2007 ou o Cuca dirigindo o time de 2013. A primeira opcao nao eh possivel, jah a segunda eh.

Anônimo disse...

fala seria pitagoras, voce deve entender de matemática porque de futebol não entende nada

CUCA

2005: salvou o Goiás do rebaixamento com uma incrível sequência de vitorias, e quase classificou pra Libertadores um time dado como rebaixado quando assumiu;

2006: montou a espinha dorsal do São Paulo tri-campeão brasileiro, levando para os bambis jogadores como Josué, Danilo, Fabão, entre outros de sues comandados no esmeraldino;

2007 e 2008: se você é botafoguense você sabe

2009: no Flunimed, com campanha incrível, contrariou a matemática ao livrar as flores do rebaixamento certo. Pra isso precisou barrar gente de renome, e assim como no São Paulo, foi piranhado pra entrar o Muricy

2011: Fez o time do Cruzeiro jogar muita bola, e foi vice brasileiro, graças a um penalti mandrake marcado em cima do Ronaldo Fenômeno, no confronto direto de líder e vice-lider à duas rodadas do fim do Brasileirão, onde o cruzeiro engoliu o corinthians fora de casa;

2012/2013: campanha no rival mineiro entra pra história do clube, de volta a libertadores após não sei quantos anos e essa campanha desse ano na Libertadores;

tem também um título estadual pelos mulambos, acho que em 2009


OSVALDO

Um bom trabalho no Corinthians em 99/00, e mesmo assim time pronto que herdou do Luxemburgo Bi Brasileiro em 98/99

E uma meia dúzia de troféus na liga japonesa, francamente, um campeonato de segunda linha.

Pedro Fogo disse...

Fala serio e aburrice que o Osvaldo fez na final do ano passado, quando o Lucas foi expulso e ele deslocou o Felipe Gabriel que dava o primeiro combate no Deco pra quebrar o galho na lateral. O Deco ficou completamente solto, só recebia marcação na cabeça de área de um desesperado Marcelo Mattos e nós levamos uma porrada de 4x1. E esse cara é tão ruim que nem motivar seus comandados pro segundo jogo ele conseguiu, um bunda mole completo. Além disso insistiu com Rafael Marques, com o Bruno Mendes "pedindo passagem" nos treinamentos, só deixou o garoto jogar no fim da competição. Ainda se gaba por ter lançado Doria e Gabriel, quando todos sabem que só entraram no time porque Antonio Carlos e Renato se machucaram, o coitado do Gabriel então teve que amargar o treinador optar pelo Amaral ao invés dele, e só com uma suspensão desse, foi lançado

Rodrigo Federman disse...

Valadão, mas a questão que coloco é: Qual time era melhor? Eu acho que o de 2013 tem mais opções, mas o de 2007 jogava um futebol incrível e era muito bem treinado.

Alex, e com bem menos opções.

Bela análise, Cunha. De todo modo, acho que o Cuca já deu uma amadurecida, além de continuar fazendo ótimos trabalhos e se mostrar diferenciado quando o assunto é armar times de futebol.

Sim, João. Mas nunca é demais lembrar da falta de um goleiro e/ou dos constantes erros de arbitragem que nos mataram também naquele ano,né?

Thomaz, e essa segunda opção seria incrível! rs

Valeu, Anônimo.

Abs e SA!!!

daniel disse...

Quanto à comparação 2007/2013, sem dúvida 2007. Sou fã daquele time do Cuca, que apesar de não ter uma estrela como Seedorf, taticamente era muito superior, o time de hoje ganha, aquele time de 2007 ganhava e convencia. Só não tinha um goleiro confiável e sorte(?) com a arbitragem


Abs!

Rodrigo Federman disse...

Disse tudo, Pedro. Penso a mesma coisa.

É isso, Daniel!

Abs e SA!!!

Anônimo disse...


Em 2011, nas oitavas de final da Sul-Americana, o Glorioso, com um time totalmente suplente nas duas partidas, encarou o Santa Fé (COL) e ficou pelo caminho. Na época, o técnico alvinegro era Caio Junior.

Já no ano passado, com Oswaldo de Oliveira, o Botafogo usou um time reserva no duelo de ida contra o Palmeiras pela Sul-Americana e levou 2 a 0. Na volta, os titulares acabaram eliminados

Rodrigo Federman disse...

Bem lembrado, Anônimo.
Abs e SA!!!

Thomaz disse...

Pegando uma carona no comentario do Anonimo sobre lembrancas, vamos enfrentar o Schwenck. Aih outro cara que demorou um tempao para marcar o primeiro gol dele pelo Botafogo. Quase tao folclorico quanto o RM

MARCOS disse...

CONCORDO PLENAMENTE COM O PITAGORAS QUANDO FALA QUE SE O TIME VENCE FOI PORQUE O SEEDORF ESTAVA DE TÉCNICO E QUANDO PERDE A CULPA E DO OSWALDO .
PITAGORAS NÃO SE ESQUEÇA QUE AQUI
A ORDEM E DETONAR O TREINADOR E AO MESMO TEMPO A DIRETORIA E GOSTARIA DE SUGERIR AO HONESTISSIMO RODRIGO PROVAR ONDE ELE TRABALHA,PORQUE QUEM TRABALHA NÃO TEM TEMPO PARA FICAR O DIA INTEIRO POSTANDO E RESPONDENDO AOS FREQUENTADORES DO BLOG,OU SERA QUE O RODRIGO TEM COMO PATRÃO ALGUÉM DA OPOSIÇÃO.

MARCOS

Rodrigo Federman disse...

Thomaz, mas me arrisco a dizer que o Schwenck tinha/tem mais faro de gol do que o RM.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Hahahaa. Marcos, quer dizer que agora eu tenho que provar/mostrar o que faço da minha vida particular à você? Desculpe, fera....fica com sua paixão platônica enjaulada. Meu negócio é outro! Seu pedido foi negado, com porta fechada na cara. Bobalhão!
Abs e SA!!!

Biriba disse...

A defesa atual é muito superior e os cabeças de área jogam com muito mais seriedade. Pra vencer, o time de 2007 precisava fazer de 3 gols pra cima.

Apesar das minhas restrições a aspectos da personalidade do Cuca, de 2007 pra cá ele tem evoluído muito tecnicamente, principalmente em relação à importância que tem dado às suas defesas.

Mas acredito que o atual time é superior em três aspectos fundamentais: o profissionalismo, que faz com que o condicionamento físico não decaia e o "salto alto" não apareça; o psicológico, que se revela pela garra que demonstram e não permite que sejam perdedores acomodados de véspera; e a média de inteligência do atual elenco, ausente em tolos como Julio Cesar (goleiro), Joilson, Diguinho, Leandro Guerreiro, Jorge Henrique, Zé Roberto e Dodô.

Saudações alvinegras!

Biriba disse...

O Cuca é o futuro, o Oswaldo de Oliveira é o passado.

Saudações botafoguenses!

Biriba disse...

Ah, e não falo mais contigo enquanto você não revelar sua obscura e suspeitíssima ocupação social.

Saudações botafoguenses!

Rodrigo Federman disse...

Perfeita análise, Biriba. Hahahaha. E ah, não posso revelar que sou bancado pela oposição. Ops...hahahah
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Muito boa a análise do Biriba. Gosto do Cuca, mas infelizmente a falta de maturidade no período em que dirigiu o Botafogo foi gritante. Barrar o LF que vinha num bom momento em 2007 contra o Boavista foi de uma burrice sem tamanho. Outra barração que desmoronou o Botafogo foi a do Zé Roberto contra o SP, também em 2007. Contra o Figueirense no 1º jogo, jogar em 352, algo que nem foi treinado, matou o time e, por sorte não tomamos uma goleada histórica. Concordo que o elenco de 2007 era composto de jogadores medianos, à exceção do Dodo, que prá mim é craque, mas absolutamente sem carisma. Com a experiência atual, creio que o Cuca faria um belo trabalho no time atual do Botafogo, que é muito mais equilibrado em todos os setores e, se contássemos com um atacante do nível do Dodo, mas com sangue, brigaríamos com qualquer time brasileiro. Como o Cunha, ainda não tenho confiança total no atual time do Botafogo, talvez por jogarmos com 10, muito embora reconheça que o RM melhorou muito e taticamente ajuda muito a equipe. Domingo vai ser uma boa prova, muito embora eu ache que o flu quando sai pro jogo, o que é fora das suas características de um time que joga no erro, ele sempre se estrepa. Haja visto os dois jogos com o Grêmio, que no 1º tomou uma piaba porque precisava vencer. No 2º jogo quando apenas não queria perder e se trancou, se deu bem. Abs e SB^!

Rodrigo Federman disse...

Isso é o que merece destaque, Sergio: O fato do Cuca ter amadurecido bastante. Hoje, em minha opinião, é o melhor técnico brasileiro disparado.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

O CUCA AMADURECEU EM QUE NA COTOVELADA NA CARA DO REITERIA APÓS SER ELIMINADO EM CASA COM O MINEIRÃO LOTADO.
RODRIGO O CUCA COMO UM TÉCNICO É UM QUASE TÉCNICO.


PITAGORAS

Rodrigo Federman disse...

É, Pitagoras...pessoa madura é aquela que encara sua própria torcida em um dia e no outro os chama de vagabundos...
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Cuca
será eliminado por seu técnico favorito, NEY fRANCO o técnico a beira do abismo, que mandará seu cuca para cucuia.
Com um timaço que não ganha nada, enquanto esse treinador de merda tiver no comando.

Chato botafoguense

Rodrigo Federman disse...

Chato, é uma pena que alguns idiotas (nisso, incluo você) sejam incapazes de compreender um texto e/ou respeitar opiniões contrárias.
Abs e SA!!!