segunda-feira, 22 de julho de 2013

Basta querer e treinar
















O técnico Oswaldo Oliveira falou sobre as dificuldades enfrentadas na vitória diante do Náutico, no sábado passado:

"- Enfrentamos uma barreira que ainda não havíamos encontrado no Brasileiro. Em Volta Redonda, Santos e Cruzeiro saíram para jogar de igual para igual. Essa foi nossa primeira experiência desse tipo, com exceção daquele segundo tempo com o Grêmio, depois que conseguiram a vantagem. Felizmente, conseguimos evoluir no jogo e fizemos o segundo gol".

De fato, concordo com o Oswaldo: Há muito tempo eu não via um time (como foi o Náutico) tão fechado e sem vontade alguma de jogar. 

Agora, torço para que o treinador botafoguense também tenha observado que o seu time pode render igual - ou até melhor, dependendo de sequência e treinamentos - com um jogador mais fixo na frente.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

12 comentários:

VinnyMarques disse...

Eu não entendo como existem coisas que só ele não vê...
Ou finge não ver...

Rodrigo Federman disse...

Vinny, ele deve fingir. Não é possível.
Abs e SA!!!

Daniel Formiga disse...

Rodrigo, eu já sou da opinião que o estilo de jogo do Botafogo, praticamente todo baseado na mobilidade do ataque, seria prejudicado com o uso constante de um atacante fixo (a não ser que fosse alguém que realmente faça diferença).

Contudo, acho importante ressaltar que em momentos de pressão sobre o adversário (como contra o Náutico e no segundo tempo contra o Grêmio) esse tipo de jogador se mostra muito útil, não devendo ser descartado o seu uso pelo técnico (do modo que aconteceu em 2012).

Rodrigo Federman disse...

Daniel, pode ser, mas eu juro que gostaria de ao menos ver, afinal, hoje temos mais opções para o ataque do que para o meio de campo.
Abs e SA!!!

Gil disse...

Fala Rodrigão,

Não sei na TV, mas em campo o Elias mostrou essa versatilidade que o OdeO quer. Com uma grande vantagem em relação ao pupilo RM. Sabe se posicionar na área e leva mais perigo. Algumas vezes ajudou a defesa, meio e sempre chegava de frente para o gol.
Acho que OdeO poderia e deveria passar o RM para o meio e Elias no ataque.

Pablo, respondendo ao teu comentário no post anterior, razão tinha o nosso querido João Sem Medo Saldanha. Dizia que o Botafogo se resume as duas traves do campo.
Graças ao Seedorf (tiro o chapéu para o presidente que bancou a contratação), temos mudança no profissionalismo do futebol.
Quanto à política, sofremos e muito. Nos últimos anos e eleições, raras exceções, todos os dirigentes foram péssimos. Os piores anos, a meu ver, começaram em 1999 e culminou em 2002 com o rebaixamento. Além da falência do futebol, quase falimos administrativamente. Perdemos tudo, sedes abandonadas, sem dinheiro para comprar papel higiênico (declaração do jogador Sandro) quase acabaram com o nosso amado Botafogo. Sem contar 2002, quase fomos rebaixados em 99 (fomos salvos graças a julgamento no STJD e ganhamos os pontos devidos à escalação do jogador adversário (Sandro Hirochi) sem condições) e também em 2000 e 2001. Nesses anos todos, os presidentes eram Mauro Ney Palmeiro e José Luiz Rolim. Todos dois retornaram ao clube pelas mãos do atual presidente. Eram pessoas não bem vindas ao solo sagrado de General Severiano!
Recentemente quase caímos em 2009! Será coincidência?
Por isso digo e repito: Pobre do atual Botafogo!
Pobre de nós, Torcedores! Que só podemos torcer e ajudar dentro das nossas possibilidades!

Outra coisa é o sócio torcedor! Sou cadastrado desde o Botafogo no Coração e sempre tive problemas. Pago em dia, sempre através de cartão de crédito. Esse ano paguei antecipadamente, pois ofereciam desconto. Cobraram-me integralmente. Além disso debitavam as parcelas mensais. Após diversos contatos e reclamações, como não davam solução, cancelei o cartão. Só assim não cobraram indevidamente a quarta mensalidade, mesmo com a anuidade quitada integralmente.
No sábado tive, mais uma vez, problemas na entrada do estádio. Eu e mais umas seis pessoas.

Pobre do atual Botafogo!
Pobre de nós, Torcedores!

Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Anônimo disse...

Precisamos de um matador nao acho k seja o elias ou Rm vamos cobrar agora pq depois e tarde nao acha rodrigo

Rodrigo Federman disse...

Gil, só discordo do amigo em um ponto: RM não seria titular do meu time! rs

Anônimo, agora é tarde. Elenco fechado.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Nao e tarde nao na 2 tem um bom atacante da chapecoense bruno rangel tem futuro o fogao podia ir atras gosta dele rodrigo

Anônimo disse...

acho engraçado torcedores tentando critica o Mauricio Assumpção , o cara pegou o time numa pindaíba danada com a segunda maior divida do futebol Brasileiro, o cara é elogiado pela impressa e pessoas de mesma função em outros clubes , o cara conseguiu profissionaliza o botafogo , o Botafogo tem divida com a receita infelizmente o Botafogo sempre foi sozinho contra tudo e todos em vez da torcida apoiar e ajuda fica criticando , os outros como vasco e flamengo tem ate ajuda do governo com o patrocínio da CAIXA e enquanto o botafogo eles tiram o Engenhão bloqueia a receita e a culpa é do Presidente , parem de falar asneiras e apoiem virem sócios...

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Anônimo 1.

Anônimo 2, desculpe, mas ao aceitar concorrer ao cargo, cada um responde pela cadeira que está ocupando.

Abs e SA!!!

Gil disse...

Rodrigão,

Perdoa, mas em resposta ao anônimo dois, tenho dúvidas quando a imprensa elogia.
Observa e analisa as declarações do presidente. Antes da interdição do Engenhão, procura ver quantas vezes ele disse que dava prejuízo?
Ficamos anos procurando o parceiro e curiosamente quando interditado o contrato seria assinado. Logo depois o próprio parceiro veio a público desmentir.
No sábado ele falou em uma rádio (escutei) da proposta pelo Dória e que já estão procurando outra empresa para administrar o ST. Se não estiver enganado essa será a terceira empresa e o Botafogo não tem o cadastro dos sócios. Sempre que trocam somos obrigados a realizar cadastramento. Isso sem contar que toda empresa contratada é sempre a melhor e que foi mapeada no mercado.
Repito, uma das coisas que o atual presidente fez de bom foi bancar o Seedorf.
Se o clube tem a maior dívida e ele sabia disso, qual o motivo de colocar dois dos principais presidentes que provocaram essa dívida toda?
O que precisamos é de um grupo que pense no Botafogo! Já vimos que os dirigentes que se abaixam para as entidades e governos nada conseguem e viramos chacotas.
Uma coisa você está coberto de razão, qual o motivo dos outros conseguirem? Qual o motivo de só o Botafogo não conseguir? Os contratos dos patrocinadores dos outros são divulgados e os nossos são sempre os melhores, porém nunca sabemos os valores. Alguns dirão que é por causa das penhoras e os outros?

O pouco que conheço e critico é para melhorar. Queria e gostaria de ter um time com as dívidas parceladas e as atuais e futuras sendo pagas. Nada de contratações para ajudar os "parceiros empresários" como Somálias, Jeans, Vinicius, Fuskas, Limas e outros que tanto oneram a folha de pagamento. São tantos, que alguns estão em casa recebendo e com certeza serão os próximos a cobrar na justiça, aumentando as dívidas.

Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Rodrigo Federman disse...

Gil, eu tenho as mesmas desconfianças. Tomara mesmo que seja tudo isso que é ventilado de bom, mas são muitas dúvidas que ficam no ar e martelam a minha cabeça também.
Abs e SA!!!