sábado, 21 de setembro de 2013

Cabeça boa



















Apesar dos golaços contra o Coritiba e Corinthians, o atacante Hyuri ainda não me convenceu dentro de campo.

Lógico que são poucos jogos e que ele pode vingar. Até porque, percebe-se que não é um perna de pau.

Mas por enquanto, confesso que tenho me impressionado com as declarações do atacante fora das quatro linhas, seja analisando suas participações, a situação do Botafogo e até mesmo de fatos não relacionados com o futebol.

Gostei demais da seguinte declaração do Hyuri:

"– Gosto muito de ler as revistas semanais, de ver o que está se passando pelo mundo. E não é só futebol, não. Quero saber de política, de ciência, saúde… Gosto de me sentir informado para, no fim das contas, não ser só um jogador de futebol. Quero que me vejam como algo além disso, é claro. Na relação social isso ajuda demais".

Atletas assim são importantes e muito bem-vindos nesse meio sem personalidade e recheado de acéfalos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

9 comentários:

Rui Moura disse...

Sabes, Rodrigo, é que isto aqui não é a Gávea, isto aqui É BOTAFOGO.

Se olhares para os tipos da Gávea, até as caras assustam, quanto mais os cérebros. Aliás, saiu no jornal recentemente que um torcedor do flamengo mandou matar a namorada por "inspiração com o Bruno".

O que significa que tenho muita razão quando digo que não quero no Botafogo craques vagabundos, quero homens como o Hyuri.

Abraços Gloriosos!

Gabriel Marques disse...

Acho muito importante essa postura do jogador, pois isso mostra que ele sabe que ainda tem muito o que viver no futebol e que ele ainda não está consagrado, tem talento e tem tudo para dar mais certo ainda no coração, e além disso, porque ele não será um jogador para sempre, quando se aposentar e sabe-se lá quando isso vai acontecer, ele tem que ter em mente uma outra profissão, um outro bom exemplo nesse mesmo Botafogo é o volante Lucas Zen, que está cursando a faculdade mesmo tendo viagens com o clube.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Rui. É isso aí, amigo.

Gabriel, e pode ter uma carreira muito boa se continuar assim, dentro e fora dos campos.

Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

É o típico jogadr com tendência à cultra e inteligente taticamente.

SB

Rodrigo Federman disse...

Tomara que seja mesmo, Enéias.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, espero q por revistas semanais ele não queira dizer a veja haha

vitor

Rodrigo Federman disse...

Vitor, mas se for, já será melhor que nada! rs
Abs e SA!!!

Ricardo disse...

Volto a falar do Hyuri que o meu vizinho o Gabriel foi companheiro por 3 anos nas divisões de base do Sendas hoje Audax,o Gabriel jogou com os dois e me garantiu que o Hyuri e muito mais jogador do que o Vitinho,o problema que estou vendo e que o torcedor quer que ele prove que e craque e faça esquecer o Vitinho e essa responsabilidade pesa,temos que dar tempo ao tempo que o garoto vai mostrar em campo o seu valor e esquecer o Vitinho ele e página virada não tem mais jeito.

Sds Alvinegras
Ricardo

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, ok, o Vitinho é página virada. Também não estou dizendo que seu vizinho está mentindo. Apenas acho - pelo pouco que já vi - que a diferença técnica entre os dois é gritante. Eu acho o Vitinho mil vezes mais jogador completo.
Abs e SA!!!