quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Hora de administrar as situações dos pendurados


















O Botafogo tem uma série de jogadores pendurados com dois cartões amarelos no Brasileirão.

São eles: Renan, Edilson, Bolívar, Dória e Seedorf (além do Lucas, machucado, e o e Lodeiro, na seleção uruguaia).

A minha maior preocupação fica com o Renan.

Isso porque o Jefferson só retorna na segunda rodada do returno. Ou seja, mais três partidas com o reserva imediato (Coritiba, Criciúma e Corinthians). E explico o porque da minha preocupação: O Milton Raphael e Andrey não tem experiência no time de cima.

Na lateral, apesar de ser a única opção disponível, acredito que qualquer jogador improvisado pode render o mesmo (ou até melhor) que o Edilson.

No caso dos dois zagueiros, um suspenso de cada vez, ok...
...mas nem pensar no Bolívar e Dória fora (juntos).

Já o Seedorf, bom, esse é insubstituível sempre. Um caso a parte, pois é lógico que sentiremos a sua ausência sempre que ele estiver ausente.

Portanto, Renan: Sem cartões bobos, por favor.

E nos outros casos, acho que valeria a pena uma análise da comissão técnica para que alguns atletas já forçassem o amarelo amanhã, contra o Coxa, para ficarem de fora com o Criciúma e voltarem diante do Corinthians.

Tudo isso, claro, na teoria, considerando que o confronto contra os paulistas (mesmo sendo no RJ) deve ser mais complicado do que em Santa Catarina (Tigre).


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

11 comentários:

Enéias Teles Borges disse...

O gol é a maior preocupação. Renan é melhor que muito goleito titular por aí. Não chega ao nível do Jefferson, mas é muito bom.

Medo mesmo é perder Dória e Bolivar.

Por falar em zagueiro: Antônio Carlos virou salvador da pátria no SP e ontem foi expulso.

SB

Rodrigo Federman disse...

Enéias, o Renan jogaria pelo menos em uns 11 clubes da série A facilmente.
Abs e SA!!!

daniel disse...

Rodrigo, falando de Copa do Brasil:
A CBF precisa decidir para ontem a questão do local do segundo jogo entre Botafogo e Flamengo. É um escárnio, um absurdo, um ultraje, pretender ESPERAR O RESULTADO DO PRIMEIRO JOGO para saber onde o Flamengo vai querer jogar – e, então, decidir-se se valerá ou não o critério de gols fora como desempate(com duas partidas no mesmo estádio gol fora NÃO É critério de desempate).
Ou seja: por exemplo, se há um empate em 3 a 3 no primeiro jogo e, depois disso, o Flamengo escolhe Brasília, fazendo valer o critério de desempate podendo empatar em até dois gols. Brincadeira, não? De péssimo gosto. Uma vergonha

Anônimo disse...

E horrivel muito ruim prefiro o luis guilherme

Rodrigo Federman disse...

Calma, Daniel! Será o assunto do próximo post! rs

Anônimo, eu não acho o Renan horrível. Pelo contrário, considero um bom goleiro.

Abs e SA!!!

Phellipe Teixeira disse...

Elenco limitadissimo!!! Sofrer até dezembro!

Rodrigo Federman disse...

Phellipe, não acho que vamos sofrer. Existem vários outros elencos mais limitados do que o nosso. Sem contar que nosso início de campeonato nos permite pensar grande ao invés de ficar com medo.
Abs e SA!!!

Gabriel Marques disse...

O gol realmente se torna a principal preocupação, e depois o meio campo, pois como já batia nessa tecla varias vezes durante esse brasileiro, temos poucos atletas que estejam aptos para jogo, pois temos garotos que o Oswaldo tem medo de por em campo, e no gol, atleta com poucas ou nenhuma partida no time de cima, inexperientes para serem titulares num campeonato complicado como o brasileiro, é torcer para o nosso reserva não levar um cartão bobo enquanto o Jefferson estiver na seleção.

Rodrigo Federman disse...

Gabriel, e para que os dois zagueiros não sejam suspensos no mesmo jogo.
Abs e SA!!!

ari dias disse...

Eu já forçaria o cartão para o Dória e Seedorf que ficariam livres para o jogo contra os cúrintia aqui no Maraca. Com relação ao Renan só mesmo em caso de fazer um pênalti pra poder ser punido, dá pra levar numa boa até o Jeff voltar (Aliás o queridinho da grobo frango césar já tá de volta ao gol do Brasil). Edilson não muda nada se estiver ou não em campo.
SALVE SEEDORF, ÍDOLO.

Rodrigo Federman disse...

É, Ari. Eu também estudaria alguns cartões no jogo de hoje.
Abs e SA!!!