quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Igualdade nos primeiros 90 minutos















Botafogo e Flamengo empataram em 1 a 1 (Edilson) no primeiro confronto válido entre ambos na Copa do Brasil.

Resultado justo pelo que fizeram durante os 90 minutos. Assim a decisão fica para o final de outubro, quando acontecerá o segundo e decisivo jogo, sem vantagem para nenhum dos lados.

Sobre a partida, novamente o Botafogo apresentou um futebol sonolento e apático na primeira etapa. Aliás, nos livramos de uma descida para o vestiário com uma derrota parcial de mais do que o 1 a 0. Por sorte - e segurança do Jefferson -, foi dos males o menor.

O segundo tempo não poderia ser pior. Com isso, o GLORIOSO voltou com mais domínio e movimentação, passando a tomar conta do clássico.

Não demorou muito para o merecido gol de empate, após boa trama do ataque alvinegro.

Aí, quando a torcida e o time cresceram, acho que o técnico Oswaldo Oliveira mexeu mal na equipe. Após as saídas do Hyuri e Lodeiro, o Botafogo perdeu a mobilidade e saída com rapidez para o campo do Flamengo.

Nem acho que os dois fizeram boas partidas (o Hyuri foi um pouco melhor que o uruguaio), mas se era para sair alguém, que fosse o Rafael Marques, mal a beça no comando de ataque ou pelos lados. A entrada do Alex também não acrescentou.

Só melhorou razoavelmente quando o Octávio foi para o jogo e passamos a ter um jogador mais inteligente e que prendia a bola.

Mas nessa hora parece que o ímpeto já tinha passado e os dois times se preocupavam mais em não perder do que vencer.

Resultado: Empate, que não chegou a ser decepcionante, mas que podemos (e devemos) lamentar pela falta de vontade e displicência do Botafogo no primeiro tempo. Se o time tivesse entrado em campo ligado e com tesão, a vitória seria questão de tempo.

Enfim, que venha logo outubro.

E agora voltamos as atenções para o Brasileirão.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 1 Flamengo

1- Jefferson: Seguro sempre que exigido - 6,5

2- Edilson: Apesar do gol e disposição, é maluco e limitado - 5,0

3- Dória: Boa partida - 6,0

4- Dankler: Começou nervoso mas depois entrou (bem) no jogo - 5,5

5- Marcelo Mattos: Cresceu na segunda etapa - 5,5

6- Júlio César: Tem espaço para ser mais incisivo e agudo - 5,0

7- Hyuri: Não esteve mal, mas achei que ficou muito preso apenas ao lado direito - 6,0

8- Gabriel: Perdido no início, se encontrou na metade do jogo - 5,5

9- Rafael Marques: Duas conclusões e nada mais além de erros - 5,0

10- Seedorf: Melhorou quando foi recuado - 5,5

11- Lodeiro: Correu muito, produziu pouco - 5,0

12- Alex: Não acrescentou em nada - 5,0

13- Lucas Zen: Poucos minutos em campo - Sem nota

14- Octávio: Deveria ter entrado antes. Segurou bem a bola - 5,0

Oswaldo Oliveira: Em minha opinião, mexeu errado na equipe - 4,5

25 comentários:

Alex JF-MG disse...

Como a torcida pediu na saida do 1º tempo ....raça e vontade , foi o que faltou no inicio de jogo...no segundo tempo voltou mais com vontade e deu pro gasto ....

Sergio Di Sabbato disse...

Resultado justo. No 1º tempo o Botafogo não entrou em campo, no 2º finalmente entrou e poderia ter virado o jogo. Vários jogadores do Botafogo estão muito mal, entre eles o Lodeiro que não acertou nada. Quando o uruguaio voltar a jogar bem, é convocado prá seleção e aí demora umas 5 ou 6 rodadas prá entrar no clima do time do Botafogo. Não achei o RM tão fraco assim. O problema é que jogamos sem centro-avante, pois o Hyuri é atacante que joga mais pelo lado do campo. Seedorf precisa descansar, muito embora quando jogou recuado melhorou. Gostei do Dankler, mostrou personalidade e conhecimento da posição. Prá quem não jogava a mais de 1 ano e entrou num clássico escamado, foi bem. Continuo achando que o time do Botafogo tá cansado e será que esses caras não perceberam que a única chance dos mulambos conseguirem alguma coisa é jogar fechadinho e saindo no contra-ataque. Quando o Botafogo percebeu isso o time do lixo sumiu em campo, que diga-se de passagem é apenas um time com sorte e hoje com muita vontade, mas é muito ruim. É impressionante como o Botafogo tem dificuldades com times ruins. Não sei se faltou vontade ou se o time tá pregado, mas o 1º tempo foi no nível do jogo contra o Bahia. Tá na hora de começar a poupar alguns jogadores. O problema é que o elenco é a conta do chá. Agora o pensamento é ganhar sábado da Ponte Preta. Depois a gente pensa no resto. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Alex. E se tivéssemos entrado assim desde o início, aposto que a vitória seria natural.
Abs e SA!!!

W.NETO disse...

Mais uma vez o OO erra e e o resultado não deixa dúvidas. Este era o jogo que poderíamos ter vencido, principalmente pela reação no 2º tempo. Não entendi a substituição do Hyuri; francamente, não tenho confiança no OO !

Abçs e SA !

Anônimo disse...

A apatia voltou com força total no time. Um primeiro tempo covarde contra uma equipe horrorosa! A força da circunstâcia fez o time melhorar e só. O que mais me irritou foi na tabela bonita do ataque RM simplismente recua pro Felipe. O time não tá sabendo matar a partida, fica dificil assim... me preocupa o resto da temporada.

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

W.Neto, também não entendi. Só me resta pensar que a saída do Hyuri foi apenas para não mexer no seu pupilo (RM), pois do trio, o Hyuri era o melhorzinho.

Sergio, o primeiro tempo inexistiu. Se não fosse o Jefferson, né?

É, Marcelo. Falta-nos qualidade técnica no setor ofensivo. Aliás, falta muita qualidade técnica por ali.

Abs e SA!!!

MEDUNA disse...

O Renato é muito criticado pela maioria aqui no CB, mas se a gente analisar de cabeça fria a dupla Gabriel/MM, vamos ver que são dois volantes de contenção e nada mais além disso. Ambos, com muita dificuldade no fundamento passe, não chegam à frente e quando chegam chutam longe do gol.
Hoje, no 1º tempo, o meio de campo do framengu limitou-se a marcar Seedorf, Lodeiro e RM deixando os volantes e zagueiros com certa liberdade. A bola ia até os volantes, voltava p/ a zaga, só passes laterais, até ser rifada com um chutão. Total falta de habilidade dos volantes para fazer a bola passar do meio de campo. No 2º tempo o Seedorf foi recuado e passou a fazer a função que seria dos volantes. O Botafogo melhorou, empatou mas não teve vontade ou coragem para ganhar o jogo. Como o adversário também não tinha mais disposição p/ arriscar, a decisão fica para o 2º jogo. Até lá o Botafogo terá achar um substituto p/ o Elias Bonde. O RM não rende jogando de centro-avante e com o Alex parece que não vai dar.

Sergio Di Sabbato disse...

Amigo, o time realmente foi muito mal no 1º tempo, mas dá uma olhadinha no gol dos mulambos: o cara só conseguiu cabecear porque apara com a mão. E olha que o juiz tava na jogada. Outro lance que me deixou com a pulga atrás da orelha foi um impedimento do Lodeiro, que o globels não mostrou em nenhum momento. Não estou reclamando do resultado, pois na hora nem deu prá ver o lance, mas eu pergunto: prá que servem aqueles babacas que ficam na linha de fundo. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Meduna, mas aí também pesou o fato dos três meias pouco se movimentarem (só o Lodeiro tentou) e forçarem as saídas com os volantes ou zagueiros. Erro técnico (do time e do treinador). Melhorou quando o Seedorf passou a atuar como terceiro homem de meio e deu a qualidade na saída. Aliás, é ali que gosto do holandês. E ali que acho que o Renato pode ser útil no elenco.

Sergio, atentarei aos dois lances. Mas que fique claro: A arbitragem de hoje não foi tendenciosa e o Botafogo deixou de vencer porque não teve tesão desde o início. Concorda?

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Interessante o Seedorf no 2º tempo mais recuado, como volante. Se não me engano, no Milan ele estava jogando desse modo. Mas que o holandês tá cansado e com algum problema físico isso é visível. Abs e SB!

Luis disse...

Na última repetição da câmera por trás do gol ,a impressão é que o mulambo faz o gol com a mão.Na hora ninguém percebeu e por isso acho que não ouve erro proposital do juíz. Agora ,esse time é foda.Quando não entrega no fim,entrega no início.Até quando teremos que aturar essa postura contra o framengo ?

FLAVIO SILVEIRA disse...

escapamos de uma goleada no primeiro tempo.Segundo tempo time correu mais, empatou, poderia ter virado e depois tocou a bola, pois tá no bagaco.Acho até injusto ficarmos criticando nesse momento, pois para mim tah claro q falta perna para esse time e temo pelo restante da temporada.Quanto ao Dankler, gostei dele, vamos aguardar.preocupante esse desgaste, pois pegamos ponte domingo e deveriamos poupar o seedorf, pelo menos.Quarta jah te m o Flu e depois o Fla, salvo engano.tah complicado demais e agora é momento de se unir em prol da vaga da libertadores.

Rodrigo Federman disse...

Sergio, exato. E ali, distribuindo o jogo, ele cansa menos do que atuando como atacante (coisa que ele nunca foi).

Luís, também me irrita essa mania do Botafogo nunca querer "matar" o Flamengo.

Flávio, ok, até concordo contigo. Mas pô, até parece que o cansaço só atinge a gente, né? Tirando o Seedorf (pela idade), esses caras não tem desculpa não.

Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Sinceramente, sem atacantes, eu não sei quem eu escalaria.
Opções horrorosas... Um pior que o outro. Tô começando a orar pela volta do Bruno Mendes, cara...
Tá feia a coisa...
Minha certeza seria Renato ou Octávio no meio, poupando o Seedorf.
Fisiolologicamente, nosso organismo precisa de 7 dias para se recuperar totalmente.
Temos que poupa-lo e deixa-lo mais recuado, na saída de bola.
Quanto ao jogo, o resultado foi justo.
E com o Oswaldo mexendo mal novamente...

Anônimo disse...

O 00 foi covarde tirou o huri nao da o seedorf ta cansado poupaele um poucco otavio gosto dele no time cade o b mendes?

jorgeFS disse...

2,5 pro OO, estaria de bom tamanho.

ari dias disse...

Placar justo, pois não jogamos nada no primeiro tempo e por sorte temos um cara chamado Jeff no gol. só o Felipão que acho o frango césar melhor que o Jeff.
No segundo jogamos e o time deles sumiu e ficou só na defesa esperando algum contra ataque.
No fim era nítido que nenhum dos dois queria ganhar o jogo. Vamos esperar o final de Outubro pra finalmente depenar os urubus.
SALVE SEEDORF, ÍDOLO.

Rodrigo Federman disse...

Vinny, e quando BM se torna a salvação, é porque a coisa tá feia! rs

Anônimo, ontem o Seedorf melhorou quando foi recuado. Quem tinha que sair era o RM, péssimo.

Pois é, Jorge. Mexeu mal mesmo.

Ari, não podemos ser eliminados por esse arremedo de time que é o Flamengo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Acho que o Osvaldo tem que ser mais enérgico e mudar o time. Acho ele muito passivo. Na maioria das vezes, ele sempre coloca as mesmas peças. Acho que tem que tirar o RM e o Elias do time, e deixar o Hyuri (acho que dos que temos, é o menos ruim). Entraria com o Otavio de titular para os próximos jogos e deixaria o Hyuri na frente. A gente vê o cronômetro marcando 10, 15 minutos do segundo tempo e o cara não faz nada. Isso desanima.

Ivan

Anônimo disse...

Não achei o RM tão mal assim. Ele tentou abrir espaços, cair pelos lados, jogar pelo meio, recuar etc.. Até deu alguns bons passes, tece oportunidade de decidir e só não fez um belo fol., pois, o goleiro deles defendeu. Posso dizer com tranqüilidade, pois, nunca gostei dele como jogador ainda mais pra ser titular. Pior do que ele tava o Hiury que parecia um maluco correndo. Correr por correr, melhor contratar o Usain Bolt. Se até o Seedorf, o Lodeiro estão mal, jogar a culpa sempre no coitado do RM é muita má vontade também. Vamos esquecer um pouco os 500 jogos iniciais sem os gols. Vamos tentar vê-lo como um Bruno Mendes, um Alex, um Hiury (que não fez mais nada além do gol do ano), do Jeferson... Do, do, do.. E vamos lembrar dos gols e dos tantos passes que ele já deu pra fazerem gols. Só lembrar da pinga e não ver porque tá caído no chão é pegar no pé demais. Repito: em condições normais não é jogador titular do Notafogo. Na falta do Felipe Gabriel (maior pedrada do ano) e dos nomes que citei, não sei não. Mesmo o prega-presa Andrrezinho seria banco brigando com o RM. Não tem outro essa é a triste realidade. E o Seedorf é pra jogar como camisa 08 de antigamente.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Ivan, esquece. O OO é engessado e não sabe mudar o time ou esquema. Ele tenta fazer com que seus jogadores adaptem ao que ele quer, ao invés de montar o time baseado nas características do grupo.

Pai, quando RM é "perdoado" porque "tentou abrir espaços" (mas não conseguiu dominar uma bola sequer e perdeu dois gols), desculpe, mas é se conformar com o medíocre. E eu não disse que ele foi o pior do time. Apenas disse que ontem ele não foi bem (como quase todos).

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Eu tenho pouca coisa a declarar sobre o jogo porque a minha opinião já foi dada na maioria dos comentários, mas somente busco uma explicação: porque, com a saída do Dankler (gostei dele) ele não colocou o André Bahia ou o Rodrigo Defendi, ao invés de por o volante Lucas Zen e recuando o MM? Porque leva dois zagueiros para o banco se na necessidade ele improvisa um volante?

Júlio Cícero!

Rodrigo Federman disse...

Júlio, coisas da cabeça "diferenciada" do monge! Hehehhe
Abs e SA!!!

Gabriel Marques disse...

Partida que poderíamos ter vencido, entramos de maneira displicente na partida, começamos errando passes bobos, e faltou também um pouco de raça, mas acho que a equipe não estava bem, essa que é a verdade, o segundo tempo voltando com nossas proposta de jogo principal, começamos a tocar bem a bola, até que de toque em toque, o Edilson ficou de frente com o goleiro, contando com a sorte fez o gol, a equipe no segundo tempo foi bem mais time que o rival, perdemos gols que não podíamos perder, com o Octavio e Rafael Marques, mesmo sem jogar bem os 90 minutos, e o senhor Oswaldo também errou ao tirar o Hyuri, que por mais que não estivesse num dia maravilhoso, imprimia velocidade e ainda podia ser útil, a saída do Lodeiro foi correta, não acertou nada, podíamos sair do jogo com pelo ao menos 2 gols de diferença para o nosso adversário, mas deixamos tudo na igualdade. Agora, parabéns aos torcedores alvinegros que foram ao Maracanã, pois não foram covardes como muitos, que deixaram de ir ao estádio, não adianta levar 25.000 torcedores contra o Bahia e num clássico onde o time realmente precisa do apoio, não comparecer, fiquei chateado quando vi que atrás do gol, onde se concentram grande parte dos nossos torcedores, estava + ou - cheio, a torcida tem que parar com essa historia de não comparecer em bom numero em clássicos.

Rodrigo Federman disse...

Gabriel, uma pena que mais uma vez o Botafogo só tenha entrado em campo no segundo tempo.
Abs e SA!!!