sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Precisa de um descanso

















Após o empate contra o Flamengo, o técnico Oswaldo Oliveira falou sobre o excesso de jogos, desgaste dos atletas e continuação da temporada (o Botafogo já enfrenta a Ponte Preta amanhã):

"- Cada um a seu tempo, todos os nossos jogadores têm tido esse tipo de instabilidade, isso acontece com todos os clubes. Se eu for tirar do time para poupar, ele nunca vai conseguir se estabilizar de novo. O maior problema do Seedorf não é físico, a mesma coisa do Lodeiro, ele tem a melhor condição física do elenco. Às vezes o cara passa por uma instabilidade, aí o mais interessante não é poupar, é dar condição de jogo e aí sentindo que não tem mais condição na partida, eu substituo".

Falando especificamente do craque do time, se o problema do Seedorf não é físico, qual é? Eu não vivo o dia a dia em General Severiano, mas acompanhando os jogos, fica claro que o holandês está cansado e sem o pique do início do ano. E quando a cabeça manda e o corpo não obedece, a questão é física.

Ainda acho que escalar o camisa 10 amanhã é desnecessário e prejudicial não só para o Seedorf, mas para o próprio Botafogo (lá na frente, quando estivermos no final das duas competições).


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

10 comentários:

Anônimo disse...

Até porque há no banco dois moleques que já poderiam entrar de cara contra a Ponte Preta amanhã. Octávio e Gegê levam jeito para compor aquele meio de campo. Dava tempo para que o holandês desse uma necessária parada. É visível o desgaste do cara.

ari dias disse...

Tenho certeza que ele (Seedorf) pede pra jogar. Porém eu colocaria ele no banco e tentava armar o time com o Otávio de início até pra dar rodagem pro garoto.
Com relação ao Lodeiro ele não está na sua melhor fase, mas quando melhora vai pra seleção uruguaia.
SALVE SEEDORF, ÍDOLO.

Rodrigo Federman disse...

É verdade, Anônimo.

Ari, o OO não engana. A questão é física sim.

Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Jogos de 3 em 3 dias... Até a molecada sente a maratona de jogos.
Todo jogador profissional sente dor, sente cansaço.
A questão é física, sim!!
A do Lodeiro também!!
Bicho teimoso do caraio!!!
Além de não ver o óbvio na parte tatica dentro de campo, agora ficou cego de vez...

Enéias Teles Borges disse...

Desde o jogo contra o Bahia ele deveria estar em descanso.

SB

Rodrigo Federman disse...

Vinny, só o OO - mais uma vez - tema contra a maré da obviedade.

Também acho, Enéias.

Abs e SA!!!

Gabriel Marques disse...

O problema do Seedorf claramente é físico, pois não tem pegada para chegar em bolas esticadas como víamos fazer no inicio do ano, em que conseguia jogar bem até no começo do Brasileiro, ele é o veterano no campeonato que mais entrou em campo, com 22 partidas, ou seja, um numero considerado alto para um jogador da idade dele, pois atletas como ele não jogam partidas contra Bahia, e em outro clube não jogaria contra a Ponte Preta para ser poupado, pois são jogos teoricamente mais fáceis, no Milan ele cumpria esse planejamento, entrava contra as equipes mais fortes e era poupado, aqui teve ao menos 2 equipes fracas em sequencia.

Rodrigo Federman disse...

Gabriel, mas segundo o OO, o problema do Seedorf não é físico. Hehehhe
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Eu sempre vi o Seedorf como um segundo volante. Estilo diferente do Renato, mas ambos como segundos volantes.

No Glorioso ele foi adiantado e deu certo.

Seedorf descansado joga muito mais vindo de trás e pensando o jogo.

Cansado ele pode ser um da linha de três do OO e até se postar como falso segundo atacante (semifinal da Taça Rio contra o Vasco, mas pouco rende, em razão do cansaço.

Por isso entendo que deveria haver um revezamento entre ele e o Renato. Pois nossa saída de bola está horrível.

Gabriel e Marcelo Mattos são dois volantes. Precisamos jogar com um dos dois.

Caso OO queira manter os dois terá que fazer o Renato jogar na linha de três, substituindo Seddorf (revezando.

Como o elenco que temos é bem por aí.

Outra possibilidade: Tirar um dos volantes, colocar Seedorf ou Renato como segundo volante e colocar Octávio na linha de três. Como ele é novo poderia marcar mais a saída de bola do adversário.

Entendo que ficaríamos compactados, mas com uma saída de bola mais qualificada.

SB

Rodrigo Federman disse...

Enéias, eu prefiro ele como 3º homem de meio. E recuado melhora e muito nossa saída de bola. Aliás, tem sido o nosso grande problema nos últimos jogos.
Abs e SA!!!