sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Líder deve cobrar, sempre!





















Genial debaixo das traves - e disparado o melhor goleiro brasileiro -, o Jefferson só não repete as "boas atuações" quando resolve falar.

Ontem, após o péssimo empate contra o Volta Redonda, ele disse:

"- Faltou alguma coisa sim. Hoje faltou um pouco mais de espírito, de alma. É difícil, o Botafogo fazia tempo que não ia para a Libertadores, estamos nos doando ao máximo, mas temos que entender que o Carioca é uma competição importante".

Pô, e será que ele esqueceu do que disse no último domingo, após a vitória (sofrida) sobre o Duque de Caxias?

Lembro aos amigos:

"- Não pode ser só Libertadores, tem Carioca e Brasileiro. Se o Botafogo jogar como jogou no fim, vai ser difícil nos bater. Vamos nos classificar e brigar lá em cima".

Caramba, então o que falta/faltou para os jogadores entrarem em campo cientes das suas obrigações? Será sempre preciso um tropeço para fazer o time "acordar"?

Está na hora dos jogadores atuarem sempre com o espírito de Libertadores, afinal, não importa a competição: Entrou em campo com o manto em preto e branco, está representando o Botafogo, sua história, glórias, tradição e imensa torcida.

E está na hora dos líderes começarem a cobrar dos companheiros para valer e sem ser da boca para fora.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

22 comentários:

jfco disse...

Fala rodrigo evidente qi a cabeca dos jogadores estao nas americas oq de fato e oq enteressa titulos e camp de expressao o estadual e o estaduaaaal???? Qi a globo se ferre com time z neles vamo qi vamo fogao rumo a morrocos

Rodrigo Federman disse...

Jfco, eles são pagos para jogar sempre no mesmo nível e comprometimento. Isso não cola comigo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Uma idéia seria pagar salário de "me engana que eu gosto" quanto não estiverem jogando a libertadores. Da mesma forma, cobrar dos otários preço de ingresso de "me engana que eu gosto" nos jogos do Rio. E eles pedirem redução de salário enquanto estiverem jogando o "me engana que eu gosto", afinal, tem tantos anos que o Botafogo não participa da Libertadores que eles podem ajudar também reduzindo seus salários no "me engana que eu gosto".
Profissional é profissional. Não tem esse papo de dividir cabeça. Todos recebem e muito. Não fazem idéia do valor que recebem a cada 30 dias.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, pai. Disse tudo! Nego passa muito a mão na cabeça desses caras.
Abs e SA!!!

joão paulo nunes costa disse...

Cara é difícil cobrar interesse do jogadores em um jogo que eu não também não me interesso , é chato o estadual , é chato mas os jogadores deveriam se postar de maneira diferente sim .Que seja eliminado logo desse estadual , pelo menos teremos tempo para treinar o time para os campeonatos mais importantes.

Rodrigo Federman disse...

João, eles ganham muito dinheiro PARA ISSO: Entrar em campo e jogar com seriedade do início ao fim, independente do adversário e competição. Está sem empolgação, seja homem, encare a torcida, comissão técnica e peça para não jogar. A partir do momento que entrou em campo, é suar sangue!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

lembra do Alexsandro, que era do Resende, e disse que o Botafogo era seu time do coração, e foi contratado em 2011 se não me falha a memoria.. é o artilheiro da Panapolense, sensação do Campeoanato Paulista 2014

Rodrigo Federman disse...

Que fique por lá, Anônimo. rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Vendo de fora, não me parece o Jéfferson ser o líder que apregoam, não vejo esse perfil nele. É excelente goleiro, no Brasil o melhor, mais líder, não acredito.
Aliás, se coloca muito o fator liderança atrelado ao tempo de casa que o atleta tem e isso não tem correlação alguma.
Do discurso do Jéfferson à cobrança, tem uma distância gigantesca.
Quem vai querer ser o Seedorf da vez? Se expor e ser tomado por chato entre outros adjetivos, não é para todos.
Deveria o técnico, fazer essa cobrança, mas é o primeiro a contemporizar, vide seu discurso antes do jogo de ontem.
O problema não é a conquista ou não do Carioca, pois também prefiro a Libertadores, mais sim a postura, pois quem dá de ombros para um jogo ou competição, pode fazê-lo em outro momento.
Quem não se lembra da Copa do Brasil?
Uma coisa é a preferência do torcedor, outra é de quem é profissional.
Profissionalismo não pode ser somente na hora dos direitos; vestiu a camisa, tem de ser doação máxima. Qualquer coisa abaixo disso é irresponsabilidade, principalmente de quem comanda o CLUBE.
SA.

Rodrigo Federman disse...

Exato, Márcio. Aliás, eu sempre disse isso. O Jefferson jamais teve perfil de líder. Muito pelo contrário.
Abs e SA!!!

joão paulo nunes costa disse...

Rodrigo concordo totalmente com você , o mínimo dos caras deve ser o comprometimento ,eu acho nessa onda de Bom senso e tudo mais ,os jogadores deveriam se posicionar contra esses jogos , horários preço.

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, João.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Se por um lado eu concorde com o fato que eles deveriam jogar todos os jogos, independentemente do campeonato, eu vejo com bons olhos essa separação libertadores/estadual.
E como conhecedor de como é o Botafogo, se esses resultados medíocres atingirem o emocional do clube, (sim, DO CLUBE) vai tudo pro beleléu...
A torcida parece estar sabendo separar, jogadores também... Espero que, dos males o menor, continue assim.
O porém é que sabemos bem o que acontece quando entramos em campo DESCANSADOS E TREINADOS... Não temos boas lembranças disso...
Enfim, se continuarem sabendo lidar com isso, que deixemos pra correr, lutar, faca nos dentes e sangue nos olhos na Libertadores, que pelo que vi até agora é possível chegar, sim.

Rodrigo Federman disse...

Vinny, uma coisa é certa: Eles não poderão abaixar a guarda na Libertadores então.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

É o Mínimo que esperamos, Rodrigo.
O que nos resta é encher os jogos em casa e empurrar...

Rodrigo Federman disse...

E cobrar também, Vinny!
Abs e SA!!!

jfco disse...

Rodrigo sera qe vira algum meia pra tomar a 10 e a responsa

alex disse...

Rodrigo, se não temos presidente que manda , uma omissão em pessoa, não temos dirigentes em cima de jogadores, e o treinador é fraco ...como vamos cobrar os jogadores de atuarem com vontade dentro do campo?
Hoje , como algum amigo já falou aqui ....o BOTAFOGO É O MELHOR LUGAR DO MUNDO PARA TRABALHAR....

Rodrigo Federman disse...

Não acredito, JFCO.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Alex, e o que mais me preocupa é que boa parte da torcida concorda e avaliza essa vida boa sem pressão alguma em GS.
Abs e SA!!!

alex disse...

Só porque cobramos algo mais , que somos taxados de chatos ...eu vi jogadores antigamente jogando com prazer e vontade e não tinha essas mordomias e salários fora da realidade....e detalhe jogava quarta e domingo..

Rodrigo Federman disse...

Alex, e viajavam de ônibus, navios, etc.
Abs e SA!!!