domingo, 2 de março de 2014

Várias dificuldades




Palavras do técnico Eduardo Húngaro após a derrota para o Macaé:

"– A responsabilidade é minha. Os jogadores se empenharam e tivemos dificuldades mais uma vez. Esse não é o lugar do Botafogo, nem o que imaginávamos. Não está de acordo com a qualidade da equipe".

É, nesse campeonato carioca, com exceção ao jogo contra o Unimed FC, tivemos dificuldades em todas rodadas.

O que pode ser? Qualidade do elenco, treinamentos insuficientes, falta de tempo, azar ou outra situação?

Qual a sua opinião?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

37 comentários:

alex disse...

FALTA DE COMPROMETIMENTO,independente de time A ou B....simples assim ...

Anônimo disse...

Colocaram o Botafogo para jogar no pasto de Moça Bonita.

Colocam o time sempre para jogar clássico no Domingo antes de viagem internacional longa (o time da Globo teve o Fla-Flu antecipado para sábado para ter um dia a mais de descanso).

Assumpção não é trouxa. Não podemos deixar a campanha do estadual atrapalhar a Libertadores. O planejamento está corretíssimo.

Vejam que quando o time perde cornetam o treinador, o time e o planejamento. Depois do 3 x 0 contra o FluminenC elogiaram o elenco, o Assumpção, o planejamento, mandaram o Márcio Guedes ir TNC, etc...

O fato é que o time está jogando TODAS as partidas da mesma forma, sem forçar, sem arriscar contusões, testando jogadores.

O nosso planejamento está certíssimo.

Só tenho o Indepediente del Valle em minha mente agora.

Abs
Pablo

Anônimo disse...

Inacreditável. O teto do Mineirão desaba sobre as cabeças dos torcedores, o estádio não é interditado e, pasmem, SEQUER O JOGO FOI ADIADO !!


http://www.fogaonet.com/semcategoria/e-o-engenhao-de-pe-pedacos-da-cobertura-do-mineirao-despencam-no-gramado/


Enquanto isso o Engenhão segue de pé tendo enfrentado inúmeras tempestades. Mas foi interditado e a empreiteira que pretende assumí-lo está fazendo cera na "reforma" para ver se trocando o presidente no final do ano o Botafogo desiste do estádio e passa a pagar para jogar ao invés de receber.

Será que o próximo presidente vai reeditar a era Borer?

Abs
Pablo

Rodrigo Federman disse...

Também, Alex.

Bom, Pablo...eu respeito, mas não penso assim.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo,

É muito bonito assumir a responsabilidade por um fracasso, mas fica a impressão que esse "assumo" vem da certeza da impunidade.
A culpa não é só dele, e tambem dos jogadores e dirigentes. Dos jogadores, porque quem ganha um alto salário não pode jogar com tamanha indolência, e dos dirigentes, por permitir a balbúrdia generalizada.
Jogar no Botafogo deveria ser além de ganhar um bom dinheiro, deveria ser motivo de orgulho, ainda mas se levar em consideração quilate técnico dessa corja, com raríssimas exceções.
Gostaria muito de ganhar a LA (embora não vejo como), mas o Carica também é importante pois temos o menor numero de títulos entre os 4 grandes.
Então sem essa que o carioca não vale nada, ou será só pra nós que não vale ?
Resuma, somos sacaneados por não ganhar nada de expressivo lá fora, e sacaneados aqui, por ter menos campeonatos conquistados.
Finalizando, perder faz parte do jogo, agora não querer ganhar é *$%&@#*%@&, em outras palavras: UMA PUTA SACANAGEM.

Patinhas.

Rodrigo Federman disse...

Patinhas, penso a mesma coisa. Se torna fácil assumir responsabilidade em GS justamente porque se sabe que cobranças internas não existem.
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

Resposta: soberba, falta de humildade e falta de comprometimento com o torcedor.
O campeonatinho não vale nada, mas perder pra Macaé de 2x0 já é vergonha, ou melhor, falta de vergonha na cara!

Rodrigo Federman disse...

É, Jacaré. Um pouco de tudo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Assumiu a responsabilidade como se não a tivesse; incrível isso.
A responsabilidade é do presidente e de todos os envolvidos com o futebol do CLUBE.
Eles podem argumentar do modo que desejarem, porém acumular 15 pontos em 33 disputados é algo inadmissível.
Mais para frente, iremos entrar nas oitavas da Copa do Brasil e estaremos em disputa pelo Brasileiro. Será que vão optar por abandonar uma ou outra?
O único planejamento que deveria existir no BOTAFOGO é o compromisso com a vitória, circunstancialmente, quando as competições se afunilam, poderia se "dedicar" mais a uma do que outra dependendo das condições do Time.
Prefiro a Libertadores, repito, mas não se classificar em quarto lugar nesse campeonato é vergonhoso, seja por time, estrutura, salário ou qualquer outra coisa.
Será que os Torcedores que foram aos jogos do Carioca o fizeram para ver o time jogar esse futebolzinho?
Mereciam um pouco mais de respeito.
E não é a primeira vez que ocorre coisas desse tipo no BOTAFOGO, infelizmente.
SA.

Rodrigo Federman disse...

Perfeito (mais uma vez), Márcio. 100% de acordo.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Estou completamente de acordo como o Pablo. Prá mim nas internas mandaram o time não forçar a barra, pelo prejuízo técnico e financeiro que é este campeonato de várzea, foi a melhor coisa que aconteceu ao Botafogo. O Carioca já foi um campeonato importante, talvez o mais disputado e importante do brasil, hoje, é um torneio caça-niqueis assim como a copa do brasil é um torneio caça-niqueis e caça-votos com campeões sempre suspeitos. Enfim, há quem ainda dê importância ao torneio que virou Caixão e agora sei lá que nome tem. Se o Botafogo ganhar a Libertadores ninguém vai se lembrar dessa merda de torneio, mas se perder, claro que vão lamentar a perda do caixão 2, o terror. Sobre o Engenhão, nós sabemos que é uma baita sacanagem dos pilantras do pmdbosta, mas o que enoja é a conivência do omissão. Isso é uma vergonha, o dinheiro gasto com a copa é um acinte ao pobre povo sem saúde, educação, cultura.Nosso slogan deveria ser: brasil, um país de tolos. De coração, gostaria que o brasil fosse eliminado nas oitavas, pois nunca senti tanto nojo de uma copa do mundo que só vai servir para um minoria, aliás como sempre, só a minoria se dá bem nessa merda de país. F#$#@-#$ o carioca, f@#$#@-$% o brasil. Abs e SB!

Newton disse...

Falta de motivação.

O campeonato é desmotivante e deficitário. Se o Botafogo fosse o campeão, isso em nada acrescentaria para a imagem do clube, em termos nacionais e internacionais. Convenhamos, os regionais não despertam o interesse de torcedores, atletas e do público em geral.

Nós torcedores temos que questionar o excesso de volantes e laterais, alguns salários elevados (Renato) e, logicamente, um futebol de melhor qualidade, principalmente na Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil, os campeonatos que realmente apresentam impacto.

Por exemplo, deveríamos ter ganho o jogo no Chile.

No mais, os dirigentes deveriam tentar agendar amistosos no exterior, no 1º semestre.

Rodrigo Federman disse...

Sergio, para mim, entrou em campo, não pode ter essa de corpo mole.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Newton, mas nós não podemos aceitas esse argumento deles.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Desinteresse e gramados péssimos. Equipe desmotivada para o Carioca.

SA

jfco disse...

Junta tudo e eis o time do EH...por enqanto da pra engolir na liberta dizem qi todos sao iguais execao de um ou dois os restante so o salario sera msm?eu sinceramente prefiro o tite o abel o murici e cuca esse em primeiro lugar...jeremias

Anônimo disse...

Me desculpem se ofendo, mas esse papo de que o cara só por que ganha um alto salário tem que jogar bem quarta no Chile, domingo no Rio e quarta no Equador é ignorância.

A questão é fisiológica. A Libertadores exige o máximo dos atletas em função da eletricidade dos jogos e seguidas viagens. Sem falar na altitude.

O Botafogo está repetindo o planejamento do São Paulo quando este disputa a Libertadores. Sempre deu certo. Estadual com 2.000 pessoas (time reserva) no Morumbi e Libertadores com 60.000 por jogo. Foram tricampeões da Libertadores e tricampeões mundiais. Cagaram um quilo para o péssimo lugar no estadual desses anos...

O Atlético/PR resolveu adotar a estratégia de largar o estadual e começou a colher os frutos ano passado.

Esse ano não fosse a surpreendente Cabofriense e estaríamos classificados, mesmo com time B.

Repito, só vejo o Independiente na minha frente.

Abs
Pablo

Daniel Victor disse...

Como disse o Pablo sobre o planejamento, não acho que está certinho, mas me parece que está sendo cumprido a risca. O que sinceramente acho uma burrice, se não for ignorância.
Concordo contigo, Rodrigo, quando diz que o carioca deveria ser usado como teste. No mínimo, né. Mas pra isso deve haver algo que motive os caras, ou dará nisso aí que estamos vendo. Definir uma equipe como a "titular" e outra como a "reserva" foi um tiro no pé. Até agora, todos os que estão jogando pela equipe reserva já perceberam que independente se suas atuações estão melhores que as do que estão na equipe titular, eles (reservas) não irão ganhar a vaga na equipe principal. Há algo que possa desmotivar mais que essa situação? E parece que ainda há outras situações de má gerência do futebol que ajudam a piorar o quadro.
Enfim, me parece que o planejamento é esse mesmo, e agora só resta esperar por um planejamento diferente para as disputas do Brasileirão e da Copa do Brasil, pois esses são torneios de importância nacional e certamente não haverá discordância entre a torcida sobre ganha-los ou deixa-los para os times do sistema ganharem. Aliás, até onde sei, sempre que o Botafogo ganha o carioca, sempre com muito esforço para combater o sistema, a diretoria parece se sentir aliviada e acaba por enfraquecer ainda mais as cobranças por um título nacional. Espero que seja um sinal de que 2014 será diferente e que lutaremos por maiores objetivos.

SA!

Enio Teixeira de Assis e Silva. disse...

Falta de comprometimento e salário atrasado.

Sergio Di Sabbato disse...

Todo ano clamamos para que o carioca sirva de laboratório. Esse ano colocamos um verdadeiro tubo de ensaio e o que os torcedores fazem: reclamam porque não levou a sério esse torneio. Pelos resultados, se a diretoria aprendeu alguma coisa, pode dispensar um monte de jogadores que não servem nem para a reserva. Prara mim é para isso que serve esse torneio, saber quem pode ou não ficar no elenco para campeonatos mias importantes. O que eu espero é que a diretoria veja os resultados e reforce o time para o brasileiro e copa do brasil. Rodrigo, Mesmo indo a final os clubes terão prejuízo. Os mulambos podem arcar, pois são sustentados pela máfia. Os tricoletes também, pois são sustentados por outra máfia. O Vasco, esse coitado, tá ferrado e o Botafogo, está fazendo das tripas coração para se manter em pé, apesar de muitos inimigos, dentro e fora do clube. Abs e SB!

Anônimo disse...

Rodrigo, acho o elenco bom, até melhor do que o ano passado, se Seedorf tivesse permanecido poderia ser melhor. É uma pena que a equipe não mantem a mesma pegada em todas as partidas. Ai que está a grande questão: será falta de comando, ou de planejamento? Talvez os dois. Falta experiência pro EH. Quase ele me convenceu nos jogos da Libertadores no Maraca e contra o Fru. Armou bem o time, deixando-o bem compacto no campo. Mas com a eliminação no CC mostra que precisamos de comando e planejamento. Um técnico experiênte certamente faria o Fogão manter o ritmo a cada jogo.

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

Tudo isso, Enéias.

JFCO, todos eles muito caros. E desses, gosto apenas do Cuca.

Pablo, vencer Macaé, Friburguense e afins é sempre obrigação. Desculpe, mas é assim que eu penso.

Isso aí, Daniel. Pensamos igual.

Enio, já estão atrasados?

Sergio, o problema é que o laboratório está sendo muito mal feito (minha opinião).

Marcelo, a diferença do Seedorf era que tínhamos um cara que pensa(va) grande e era inconformado com o amadorismo.

Abs e SA!!!

daniel disse...

A resposta é simples: o tal PLANEJAMENTO. E eles erraram novamente. Depois daquele 4 a 0 no Maracanã contra o Dep. Quito o Botafogo deveria entrar sempre com os titulares, aliás, acabar com essa diferenciação, para todos os jogos deveriam treinar e preparar um grupo de 18 jogadores, e que se revezariam de acordo com as condições. Sempre teríamos começando o jogo no mínimo 5 titulares. 6 pq o goleiro deveria jogar sempre. Os restante do elenco só iria pro banco em caso de necessidade. Não vejo pq poupar Jefferson, Dória, Gabriel, Lodeiro, Wallyson, por exemplo. Todos em plenas condições...

Rodrigo Federman disse...

Daniel, eu até entendo priorizar a Libertadores, mas também acho que poderia ser melhor dosado no uso dos titulares e equipe mista.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Pablo,

Voce disse tudo em poucas palavras.O nosso Presidente está fazendo a coisa certa. Brigar(engenhão) com politicos e grobo ? tamo fóra.É FICAR CALADO(como o mineiro)depois nós hoóó. Eles(grobo,fla,press,) tão louco pro Mauricio partir prá briga.AÍ A FLAPREES APROVEITA O MOMENTO(grobo) i integra o engenhão prá nassão.O BOTAGOGUENSE TEM QUE ESTAR UNIDO. QUEIRA OU NÃO MAS, O MAURICIO É ATÉ AGORA O NOSSO MELHOR PRESIDENTE PÓS ANO 2000. Moro em MG e acompanho o FOGÃO(no rádio e Maracanã/Engenhão) desde os anos 60.

abraços Eduardo-MG-

Rodrigo Federman disse...

Ok, Eduardo. Sua opinião está registrada.
Abs e SA!!!

Gabriel Marques disse...

Rodrigo, muitos fatores. Em alguns momentos foram falta de qualidade técnica do nosso time B por parte de alguns jogadores como Renan, Alex, Anderson, Dankler, Renato, Airton e alguns outros, outros foi por falta de comprometimento por conta do time reserva, algo que é incomum, já que esses jogadores tem pouquíssimas chances e isso devia motiva-los para que entrassem em campo e realizassem boas partidas, outras por falta de ousadia do técnico em colocar a equipe de maneira mais ofensiva em campo, enfim. Mas de uma maneira ou de outra, essa equipe por mais que seja uma equipe reserva, tem mais qualidade que todos os times pequenos, então, é injustificável derrotas para essas equipes. O que fica de bom para esse estadual foram a aparição de alguns bons jogadores, como o Helton Leite, que foi muito bem nas partidas que fez, o Junior Cesar que foi contratado e jogou bem os jogos que participou. Tendo as ultimas 4 partidas para encerrar o campeonato, temos que testar o zagueiro Mario Risso e o Zeballos, pois não foram testados, mas são bons jogadores, precisam de ritmo de jogo. Mas teve um jogador que me levanta uma duvida: O que terá acontecido com o Ronny? Esse jogador jogou apenas 1 jogo contra o Friburguense e depois nunca mais foi nem relacionado para o banco. Me pergunto por que, pois não é possível que nem no banco do time B o atleta não fique.
Resumindo: Com as novas contratações, temos um time com bons goleiros, uns 3 zagueiros confiáveis, dois laterais direitos, dois esquerdos com quase o mesmo nível, com boas opções para volantes. A limitação fica do meio para frente, pois na armação temos a meu ver apenas o Jorge Wagner e o Lodeiro que podem manter um bom nível, as outras opções são muito jovens, e no ataque, onde temos apenas o Wallyson, que vem oscilando nas ultimas partidas, e o Tanque Ferreyra, precisamos de reforços para essas posições.

Ronau Gomes disse...

Caro amigo, Patinhas.

É sabedor que sou seu fa (só fa, nao faz meu tipo, nao fique empolgado) e foi na mosca. Concordo com tudo que disse e vou além: está parecendo que alguns do elenco estao com uma arrogancia que nao sei de onde veio. O time é fraco, o elenco, fraquíssimo. Oremos.

Rodrigo Federman disse...

Gabriel, o fato é um só: Com titulares ou reservas, é inadmissível terminar esse estadual fora do G4.

Ronau, concordo também.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

contra o macae, vergonha nacional, jogadores não parte pra cima do adversario só toca a bola pra tras, um bando de pipoqueiro. a diretoria deveria contratar o macae pra ser o time B.

Anônimo disse...

Ronny teve lesão muscular

Anônimo disse...

Não sei pq essa anta(E.U.) exalta tanto a campanha da Libertadores,
se na libertadores ganhamos 1 e perdemos 1 do desportivo quito e empatamos com um time chileno , 2 times que seriam rebaixados no brasil
ganhamos de um san lorenzo que com certeza perdemos na argentina pq jogos fora essse time e ridiculo o elenco é ridiculo, fraquissimo, um dos piores times desta libertadores, só cego não ve

Rodrigo Federman disse...

Anônimo 1, foi feio mesmo.

Anônimo 2, isso porque ele sequer jogou.

Anônimo 3, tem muito time pior na Libertadores.

Abs e SA!!!

Newton disse...

Só para registro, ano passado ganhamos o carioca e muitos, a grande maioria dos torcedores, não deram valor a essa conquista. Me incluo nessa lista.

Ao contrário do que acontecia há tempos atrás, os regionais não servem mais para parametrizar se um time tem qualidade ou não. Isso é fato!

Aqui no sul, a repercussão do carioca é quase inexistente. Que o Botafogo entre no rol dos times grandes do circuito nacional e internacional. Essa deve ser a grande meta.

Por isso não questiono essa face do planejamento.

Rodrigo Federman disse...

Newton, situação um pouco diferente. Acho que demos o devido valor sim. Nesse ano, é claro que não é a prioridade, mas mesmo podendo disputá-lo com equipes mistas, considero um papelão ficar fora do g4 e colecionar derrotas para equipes semiamadoras.
Abs e SA!!!

Reinaldo disse...

Rápido e rasteiro, o time, ou os times, quando jogou no Maracanã jogou bem, pode ser um indicativo...

Rodrigo Federman disse...

Pode ser também, Reinaldo.
Abs e SA!!!