domingo, 18 de janeiro de 2015

Derrota em amistoso

















No primeiro jogo-treino do novo Botafogo (ontem), uma derrota de 1 a 0 para o Gonçalense, da segunda divisão do Rio de Janeiro.

Foram várias mudanças ao longo do jogo e a preocupação, claro, era com o entrosamento dos jogadores e avaliações individuais.

O resultado final, lógico, sempre assusta. Principalmente diante de um adversário sem qualquer expressão. Mas muita calma nessa hora. Foi apenas um amistoso (com direito à várias trocas).

O importante é dar ritmo e facilitar a vida do Renê Simões na escolha dos 11 titulares que começarão a temporada para valer diante do Boavista.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

29 comentários:

ARI DIAS disse...

Sem acompanhar a partida fica difícil emitir alguma opinião. Tenho certeza que faltou entrosamento e fôlego no final da partida, mas foi só um primeiro teste e continuamos torcendo pro time se acertar até o Brasileirinho, que deve ser a grande meta do ano.
FOGÃO RUMO A SÉRIE A!!!!!

jeremias disse...

Fogao rumo a primeira divisao e camp da segundona e vareio nos adversarios e ninguem cala esse nosso amor

Rodrigo Federman disse...

Ari, além do que, não tem jeito, jogos assim nunca são disputados tão a sério pelos grandes.

Jeremias, o resultado é o que menos importa nesse tipo de jogo.

Abs e SA!!!

jeremias disse...

Vdd rodrigo continuo na expectativa da serieB temos que subir com mtos jogos de antecedência nao importa se os adversarios sao encardidos ou nao pq e do fogao que estamos falando

Rodrigo Federman disse...

Sim, Jeremias!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo,concordo plenamente com você.
Além do mais,os considerados titulares jogaram só até 30 minutos do primeiro tempo.
Já comentei aqui que só criticarei jogador após duas ou três partidas valendo pontos.
O poderoso chefão pediu que enviasse um abraço a todos.Deve retornar na próxima semana,pois não aguenta mais o frio.Quem manda ter filhos que moram longe?Jotinha.

Rodrigo Federman disse...

É isso aí, Jotinha.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Pessoal pelo que vi nos lances pude constatar que o time ainda sente falta de um criador, ou seja, como dizemos no fifa precisamos de um maestro um cara que consiga pensa e deixar os atacantes de cara pro gol.

De todos contratado ate agora nos não temos nenhum jogador com essa característica talvez a contratação desse Thomas pode resolver alguma coisa mais no amistoso ontem senti falta de um jogador desse tipo.

Sendo sincero não gosto de ver o botafogo jogando com bolas jogada na área e não tendo criatividade nenhuma no meio de campo.

Meu sonho hoje é ver um botafogo igual ao de 2007, apesar de não ganhar nada naquele ano jogávamos bonito e criávamos muito no meio campo.

Rodrigo Federman disse...

Eziel, você foi ao jogo?
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Sim fui ao jogo ontem....

Ontem tava muito quente e realmente pra jogar futebol naquela lua tava complicado, porém o jogo tava do mesmo jeito para os dois times.

Mais mesmo com a derrota estou otimista e espero uma boa temporada do time este ano.

Achei o time melhor com jobson no ataque e faltou o meio de campo o time ainda esta sem criatividade.

Na quarta teremos um novo amistoso vamos ver se muda alguma coisa...

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Eziel. Valeu.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Não foi jogo amistoso e sim um treino.Os jogadores acabaram de serem apresentados uns aos outros há menos de dez dias.Vamos ter paciência!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, ok, mas o adversário era de baixíssimo nível também.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Quando sofremos o gol ja estavam em campo os reservas dos reservas..

Rodrigo Federman disse...

Sim, Anônimo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Mais uma da "gestão moderna";

Saiu na Coluna da jornalista Marluci Matins:

"O advogado Marcus Donnici não presta mais serviços ao Botafogo. Ele rescindiu o contrato com o clube, alegando cinco meses de remuneração em atraso. O advogado deverá acionar a Justiça caso o Botafogo não efetue o pagamento em breve..."


http://extra.globo.com/esporte/extra-campo/advogado-rescinde-com-botafogo-por-falta-de-pagamento-15072678.html#ixzz3PDDjUju4

E o BOTAFOGO esclareceu:

"...o advogado Marcus Donnici foi notificado pelo clube sobre o encerramento do contrato de prestação de serviços e o cumprimento de aviso prévio. Não desejando cumprir o aviso prévio, o referido advogado preferiu provocar a rescisão por sua iniciativa, desvinculando-se do compromisso de cumprir 30 dias de aviso prévio.
O advogado Marcus Donnici não prestou qualquer serviço relativo a recondução do Botafogo ao Ato Trabalhista, inclusive porque representou a diretoria anterior do clube no TRT do Rio de Janeiro, ex-diretoria que se notabilizou pela perda da credibilidade do Botafogo perante os poderes públicos. A rescisão do contrato foi decorrente da política de austeridade financeira, considerando os valores exorbitantes cobrados, em comparação com o escopo contratual e o benefício que deveria ser alcançado..."

http://diariodoesporte.com.br/botafogo/botafogo-esclarece-saida-de-advogado-valores-exorbitantes-e-ex-diretoria/


Nem os nossos maiores inimigos externos conseguiriam deixar o Clube com tantos problemas.
Por muito tempo ainda se verá o efeito da "gestão moderna" implantada.
Auditoria já!
SA!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, não é possível que o Nininho saia ileso.
Abs e SA!!!

leandro de lima disse...

Rodrigo, não sei se o Bill tem que ser titular, acho ele horrível, preferia Jobson e pimpao

Sergio Di Sabbato disse...

Não vi o jogo, mas como diria o mestre Valdir Pereira: treino é treino, jogo é jogo. Não dá prá julgar muita coisa ainda, prefiro aguardar. Abs e SB!

Marcio disse...

Rodrigo, e pensar que escreveram por aqui que éramos inocentes, que o cara é vítima, que era o melhor presidente e etc...
Tá difícil até para os Dona Lúcia encontrarem argumentos, tanto que se recolheram.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Leandro, também acho ele fraco, mas Jobson também é. E para mim, chega de chances para esse cara.

Isso mesmo, Sergio.

Marcio, devia ser o pessoal agraciado pelas maracutaias e roubalheiras do safado da praia.

Abs e SA!!!

Kal disse...

Se o Bill que fez 25 gols ano passado é fraco, o Jobson que não fez nenhum então...


SA!

Marcio disse...

Voltando ao jogo, repito que não me preocupo com o resultado e sim com o que foi observado.
Nessa linha, qualquer julgamento, seja com essa derrota ou se tivéssemos goleado, seria precipitado.
São muitos nomes novos que estão se ambientando ao CLUBE, se conhecendo; portanto, precisamos de uma boa dose de paciência.
Espero que o R. Simões consiga colocar em campo o que seria a nossa maior contratação e atende pelo nome de entrosamento. Para quem passou 2014 sem ter um time e aturando as invencionices do Mancini, não custa esperar um pouco como responderão o Simões e seu Elenco.

Rodrigo Federman disse...

Kal, não dá para comparar assim. Um disputou segunda divisão e o outro praticamente não jogou. Eu acho o Bill fraco (mas sabe marcar gol) e o Jobson, muito aquém do que muitos consideram.

Sim, Marcio. Pelo menos uns 5,6 jogos.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Estamos em 2015 e o jóbson de 2009 está cada vez mais distante.
Penso que nesse momento a única pessoa que pode ajudar ao Jóbson é ele próprio, pois independente de qualidade, todos estão brigando por um lugar ao sol e ele, nesse sentido, não é melhor do que os outros para ser beneficiado nas chances oferecidas.
Se fizer por onde, que receba a vaga; caso contrário, ficar no banco ou fora dele será o caminho natural.
Sou pelo mérito e que no BOTAFOGO de hoje seja sempre assim.
SA!!!

Levi disse...

Jogar bonito e perder, como disse alguém aí acima? Sorry, mas prefiro jogar feio e ganhar de um a zero! TODAS! Na boa? No estado atual, prefiro mesmo ficar quieto, diante de tantas pérolas e de tanto descalabro perpetrado contra o Botafogo. René Simões, "grupo na mão" e platitudes outras? Quero ser poupado disso tudo. Aguardo a série B, mais nada.

Rodrigo Federman disse...

Márcio, aquele Jobson de 2009 foi um momento abençoado (em todos os sentidos).

Levi, subir é obrigação.

Abs e SA!!!

Vitor José Biolchi disse...

Um treinador que começa testando, me assusta. Confio mais em treinador que conhece bem o jogador e o seu elenco antes de contratá-lo e sobretudo, que, "teimoso", já no primeiro instante, com olho cínico (tipo a daquele cara, com Nilton Santos, "contrata já o cara" ao se referir "ao aleijado" Garrincha. Ou seja: Manda o time a campo, já idealizado, e faz um ou outra alteração aqui e acolá. Este tipo de teste que ele, Simões, fez, deveria fazê-lo bem escondidinho.

Rodrigo Federman disse...

Vitor, mas aposto que nem ele conhece 40% dos novos contratados. E duvido que o Lopes conheça todos também.
Abs e SA!!!