quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

A ser corrigido














O técnico Renê Simões continua com seu jeito "pés no chão" ao analisar as partidas do Botafogo.

Ontem, após o 3 a 0 sobre o Bangu, o comandante alvinegro falou:

"- Depois que o goleiro foi expulso e nós fizemos 1 a 0, em alguns momentos parecia que o Botafogo tinha 10 e o Bangu tinha 11 em campo. No segundo tempo, jogando nas mesmas condições, o time foi outro. Essa foi a grande lição: é preciso jogar os 90 minutos. Sem querer desqualificar o Bangu, se pegarmos um outro padrão, pode complicar nossa vida. Não podemos ter os momentos que tivemos, com um primeiro tempo com tanta lentidão na marcação. No segundo tempo o Botafogo teve autoridade e soube abrir bem o jogo. Hoje a lição foi pensar o jogo, o que fazer com um a mais ou um a menos. É importante antecipar os cenários".

Concordo novamente com o Renê. Mas apesar de não achar que seja justificativa, até dou um desconto por causa do forte sol e calor na primeira etapa. Agora, uma coisa continua cristalina e aí depende exclusivamente do treinador: O time melhora quando o Fernandes entra em campo.

Quem sabe assim, o Botafogo consegue atuar bem por mais tempo durante as partidas?

De todo modo, também é uma verdade: Não podemos esquecer que vencemos o Bangu com um a menos durante quase 80 minutos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

19 comentários:

Anônimo disse...

RODRIGO,um abraço do JOTA.Seu blog é democrático e você aceita as opiniões contrárias.Vejo alguns torcedores criticarem o ARÃO em todos os sentidos,discordo, mas fico calado por respeitar e não gostar de polêmicas.
Estive pensando se eu não estava fora da realidade e vendo "fantasmas", mas hoje, encontrei alguém que tem visto os jogos da mesma forma que eu,sem olhar só a bola.
Abaixo,trecho do comentário do BARESI (VA), que assistiu a partida ao vivo.
"William Arão - Ditou o ritmo do meio-campo. Marcou e apoiou com eficiência. Na segunda etapa teve boa movimentação. Firma-se como titular e tornando-se peça importante para o treinador."

Desculpe discordar da opinião do dono do blog,mas eu tento ver algo mais em certo jogadores, tais como posicionamento, deslocamentos, etc, detalhes que nem sempre vemos pela TV.Ontem, por exemplo,o FERNANDES, que sempre elogiei,não entrou tão bem, o que é normal em um jovem jogador.
Trata-se apenas de uma opinião de momento, que com o passar dos jogos, poderá ser totalmente modificada.
Em futebol,depois de tudo que vi por mais de 50 anos, não pretendo ser o dono da verdade, o que seria uma imbecilidade gigantesca.
Por isso, deixo bem claro ser apenas uma modesta opinião de quem ama o BOTAFOGO e o futebol.

Rodrigo Federman disse...

Claro, Jota. São apenas opiniões. Mas no caso do Arão, a maioria das pessoas com quem tenho falado ainda não tem visto metade disso que o Baresi falou do Arão. Inclusive ontem! Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Vou repetir o que escrevi no post anterior:
O R. Simões está me surpreendendo positivamente até o momento, parece realmente muito motivado com o trabalho no BOTAFOGO.
E o melhor é que o grupo também parece ter "comprado" o trabalho dele. Estou gostando muito dessa "insatisfação" com o Time.

Mudando o assunto, que bom que o Jota e o Baresi estão vendo algo diferente no futebol do Arão, pois se ele tiver essa bola, o BOTAFOGO só tem a ganhar. Independente dos nossos "achismos", aqui só existe um lado, o do BOTAFOGO.
SA!!!

Ricardo disse...

Rodrigo só para referendar a vergonha que é essa torcida do Botafogo na qual me incluo 8000 torcedores esse é o numero atualizado do sócio torcedor do BFR é para fechar as portas onde estao 0s torcedores como o Alex de Juiz de Fora que não passam de candinhas , palpiteiros e depois esses vermes querem exigir grandes times com uma torcida dessa de quinta divisão que tem menos sócio torcedor
do que o time do Vampeta que tem dois
anos de fundação , torcida de merda
que vive atrás de um computador essa
é a torcida do Botafogo e depois ainda vem o Rodrigo afirmar que esse
assunto já foi falado aqui no Blog mentira não tem um único post cambada
de mendingos e maos de vaca o Botafogo não precisa e se precisar de voces está fudido.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Marcio. Sempre bom termos opiniões contrárias. Ainda mais com esse respeito que nós tratamos.

Ricardo, se você tem vergonha da torcida do Botafogo, desculpe, eu tenho vergonha de você. Ainda mais com seus termos agressivos. Passar bem. E nem precisa responder, pois usarei do autoritarismo e nem publicarei mais comentários como esse seu.

Abs e SA!!!

Ricardo Cesar disse...

Não podemos ir contra os fatos. Os números estão aí e não me deixam mentir. Pouco mais de 8500 sócios. Nossa última diretoria nunca conheceu nossa história e por isso não soube valorizá-la, ordenando a seus laranjas que vomitassem aqui contra a torcida e exagerando no tamanho de outros times e torcidas.
Para quem nasceu ontem, sabia que futebol é fase: não faz nem 3 anos, o Corinthians, exaltado agora, sonho dos jogadores, era zoado por não ter títulos internacionais. Agora, virou o maior do mundo. Nem uma coisa nem outra. TODOS times brasileiros têm vários títulos internacionais importantes, conquistados após derrotarem gigantes como Boca Juniors, River Plate, Barcelona, Juventus etc. A DIFERENÇA é que a frapress não valoriza nada que os mulambos não tenham e, parte da torcida - alguns, na verdade, mulambos enrustidos - repete como boneco de ventríloquo. E como essa pequenez , a tendência é se ter baixa ambição, o que, por óbvio, não enche arquibancada nem alavanca ST.
Precisamos PENSAR SEMPRE GRANDE, como, aliás, outras instituições nos tratam, como a Conmebol e pesquisadores estrangeiros que vêm aqui estudar nossa história e nossos ídolos.

SA!

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, bom, eu sempre penso grande!
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Rodrigo, gostaria de sugerir um post dedicado ao Marcello Mattos. Nunca achei o cara uma sumidade, gosto dele em alguns momentos e em outros acho que deixa a desejar, porém ele definitivamente "veste a camisa" do clube. Acho que não foi por falta de opção que ele não saiu, pois como outros tem seus salários atrasados o suficiente para pedir rescisão. enfim, sem me alongar ele pode ser muito importante para a volta a série A, tal como o Sandro e o Valdo foram em 2003.

Paulo Fernando disse...

Em relação a essa polemica de sócio torcedor eu acho que a relação clube torcida é de mão dupla. Não sei quem começa o quê, mas se a diretoria tem mostrado valor e determinação, nossa torcida deve fazer sua parte também. Claro que isso e um processo que leva um tempo, baseado na confiança que ela vai tendo na diretoria. O retorno ao Niltão vai motivar essa relação e certamente o programa poderá aumentar a quantidade de adeptos. O Botafogo precisa de seu sócio torcedor e entendi um pouco a frustração de muitos pela baixa adesão. Mas não vale agredir ninguém, é claro. Eu não tenho o direito de exigir nada de ninguém e quem faz isso é bem ignorante e prepotente, pois só olha pro seu próprio umbigo e não ouve as razões alheias.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, e vou além: Não acho que ele esteja tão mal como alguns andam dizendo. Principalmente quando comparado ao companheiro de setor dele no momento.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

E essa questão do Jobson hein!
Se ele tiver realmente mudado de comportamento, seu caráter tenha melhorado e a bola retornado com constância, a prova disto será a sua permanência no clube que aguentou seu comportamento por tanto tempo. Seria o mínimo. Mas se "arrebentar" nospróximos meses e resolver sair, o clube que o adquirir poderá ter a certeza que ele não mudou nada. A prova de sua mudança será seu comportamento no ato de renovação.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, o problema maior é ser justamente o Jobson! heehe
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Esse imbecil que falou mal da torcida alvinegra, não sabe nada sobre a própria torcida. E pela tamanha injúria, não deve ser botafoguense.
A torcida botafoguense é diferente. A gente não escolhe ser Botafogo. Ninguém é Botafogo por ganharmos tudo. Não somos ufanistas, babacas, maria-vai-com-as-outras.
Nós amamos o Botafogo. Tipo um relacionamento.
Ficamos "de mal", fazemos birra, magoados... Fingimos que não ligamos mais... Mas no fundo, estamos nos remoendo por dentro.
E assim o Botafogo tem que fazer algo pra voltarmos a ficarmos "de bem".
Nessa era pós Nininho, ainda roça uma mágoa, um receio...
Agora vendo as intenções do CEP, a torcida vai se aproximando... Devagar...
Novo time, nova mentalidade, novos planos de ST...
E assim vai.

Rodrigo Federman disse...

Falou e disse, Vinny.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

o gol do Jobinho foi 90% do sassa mutema, 5% do jobinho, 5% do Kill Bill hehehe

Anônimo disse...

Aliás no lance do gol do Jobson o Bill beijou o escudo mesmo sem ter feito o gol

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Anônimo 1.

Esses beijos não me convencem, Anônimo 2. rs

Abs e SA!!!

Anônimo2 disse...

Nem a mim, mas parece que começamos a ter um grupo, que óbvio, tem que ser qualificado, mas com salários em dia e união, esse grupo(mais uns 2 BONS reforcos) pode sar caldo

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, o lance é que não teremos mais reforços. Rs
Abs e SA!!!