quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Vitória fácil

















Apesar do sol de 16h em Xerém, o Botafogo não tomou conhecimento do Bangu e venceu por 3 a 0 (Jobson e Bill, duas vezes), garantindo mais três pontos no campeonato.

Tudo bem que o adversário ficou com um jogador a menos (goleiro expulso) na metade do primeiro tempo, mas em minha opinião foi a partida mais razoável do GLORIOSO por enquanto.

Nada de excepcional, mas serviu para avaliar que, diferente do ano passado, as opções ofensivas são melhores. Ou se preferirem, "menos piores".

Diferente das partidas anteriores (mesmo quando o Bangu tinha 11 atletas), o Botafogo não levou sustos. E ainda criou mais oportunidades, com boa movimentação dos homens de meio e frente.

Apenas acho que ainda precisamos de duas ou três mudanças na equipe titular: A dupla de zaga e o Arão, que não ajuda na marcação e nem acrescenta ao ataque. De resto, dá para insistir com essa formação até que surjam outras opções para o técnico Renê Santana.

Enfim, boa vitória e continuamos na crescente.

Agora é curtir o carnaval e esperar o Friburguense na quarta-feira de cinzas.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 3 X 0 Bangu

1- Jefferson: Só foi exigido no último lance do jogo - 6,0

2- Gilberto: Partida correta, no ataque e na defesa - 5,5

3- Roger Carvalho: Andou se enrolando com bolas fáceis - 5,0

4- Renan Fonseca: No mesmo nível do companheiro de setor - 5,0

5- Marcelo Mattos: Teve tempo até para se arriscar em determinados ataques - 5,5

6- Carleto: Poderia ser mais agressivo - 5,5

7- Rodrigo Pimpão: Cavou a expulsão do goleiro adversário. Saiu machucado - 5,0

8- Willian Arão: Não pode ser titular. Erra passes e é muito apagado - 4,5

9- Bill: Lutou muito e mostrou ter presença de área - 7,0

10- Diego Jardel: Apareceu com bons passes e movimentação - 6,0

11- Tomas: Bem discreto, nada fez - 4,5

12- Fernandes: Para variar, entrou e melhorou o time - 6,0

13- Sassá: Correria e excelente jogada no terceiro gol - 5,5

14- Jobson: Apesar do individualismo em alguns lances, fez bela partida, jogando com seriedade e bastante movimentação - 7,0

Renê Simões: Poderia ter sido mais ousado na segunda etapa - 5,0

23 comentários:

Marcio disse...

O que ví do jogo:

1- O R. Simões disse antes do jogo que estava tudo ótimo, temperatura, gramado, que os jogadores deveriam gostar do jogo e que não iria ficar arrumando desculpas antecipadas.
Postura totalmente acertada do nosso Técnico; aliás, totalmente diferente do ano passado.

2- A zaga não foi exigida. Entretanto, me pareceu um pouco melhor posicionada do que no jogo passado. Quanto as laterais, não sei se foi orientação, o jogo foi forçado mais pela direita.

3- O meio de campo joga com menos um. O Arão não dá, não se encontra em campo e sempre mal posicionado. Não ajuda em nada. D. Jardel apesar dos gols perdidos, tem certo talento e parece querer engrenar.

4- O ataque foi bem, apesar das inúmeras oportunidades perdidas. O Bill se apresentou bem, saiu da área com certa facilidade, embora eu acredite que seu lugar é dentro e não fora dela. Jóbson fez das suas quando substituiu o Pimpão, embora seja um jogador diferente, pois se o Pimpão ajuda na armação do jogo, o Jóbson foi mais incisivo ao se aproximar mais do Bill.

5- O Jéfferson não mereceria comentários se não fosse a sua defesa no último minuto de jogo; espetacular defesa por sinal. Não fosse isso seria mais um assistindo ao jogo.

O time está dando sinais de melhora, inclusive permaneceu mais com a bola e nas entrevistas os jogadores mostram serem sabedores que o trabalho está apenas começando; méritos da comissão Técnica.
Ter goleado o Bonsucesso e essa excelente vitória frente ao Bangu, não significa que o Time está pronto, pelo contrário. Entretanto, quando se joga contra adversários menos qualificados, o Time deve vencer e golear.
Assim, o trabalho do R. Simões estará um tanto mais "fácil", pois trabalhar para manter a sequência positiva e muito melhor do que reverter uma negativa.
Vamos que vamos!!!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, concordo com praticamente tudo. Só acho que mesmo sem sofrer tanto perigo, nossos zagueiros continuam não sendo confiáveis e lentos. De resto, acho que o RS poderia ter ousado mais no segundo tempo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sim, Rodrigo.
Os zagueiros não são confiáveis; embora eu tenha achado o posicionamento deles melhor do que no jogo passado.
Aliás, o posicionamento acertado ajuda, mas é preciso colaborar com um pouco de qualidade técnica.
Se não fosse o problema disciplinar, ou seja, um cartão no primeiro tempo e mais um no segundo e por consequência o vermelho, já que está no banco, eu testaria o Airton de zagueiro.
SA!!!

Paulo Roberto disse...

Grande vitória dentro e fora de campo com todas as dificuldades a diretoria pagou o salário dos jogadores e dos funcionários o que me deixa triste é ver grande parte da torcida em especial os alvinegros frequentadores dos blogs sequer mencionarem o novo programa do sócio torcedor , todos devem saber que a Viton não renovou e estamos sem patrocinio master e o clube estampa na camisa e apela para que a torcida abrace o time e mais uma vez venho fazer um apelo a esse BLOG e aos demais que postem matérias
e façam uma campanha pela adesão de novos sócios como vem fazendo os torcedores do FOGÂONET que fazem questão de dizer que acabaram de se associar e pedem que outros façam o mesmo , vamos seguir o exemplo do Palmeiras que está chegando a 100 mil
fica o meu apelo ao Rodrigo que faça aqui a sua parte e não adianta dizer que todos já sabem porque a impressão
que tenho é que as pessoas que aqui comentam evitam falar no sócio torcedor e diferente da outra diretoria essa vem fazendo bonito e tentando resgatar o clube só falta agora a torcida fazer sua parte e o plano tem para todos os bolsos e não custa nada darmos uma força.

jones lopez disse...

Rodrigo eu acho a nossa dupla de zaga muito ruim n conseguem fazer um desarme na partida e para mim o rene Simões mexeu mal deveria ter tirado o Arao e não o tomas Jobson me surpreendeu junto com Fernandes merece uma chance de titular Fernandes banco de arão é piada .

Rodrigo Federman disse...

Marcio, eu acho difícil avaliar o posicionamento. Até porque, não foram exigidos. Quanto ao Aírton na zaga, amigo, tenho muito medo disso! hehehe

Paulo, sua impressão é errada. O assunto já foi muito discutido em vários fóruns e blogs. E até aqui. O número de adesões aumentou. E tomara que mais possam contribuir em breve.

Sim, Jones. Essa dupla de zaga não passa confiança. E nem o tal do Arão! rs

Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Sobre o jogo de hoje foi uma boa vitoria e um bom teste, pois o time do Bangu não ruim "flores" tomaram um sufoco pra ganhar de 2 a 1 e nois passeamos srsrs.

E como disse no ultimo cometario que fiz no post anterior esse Bill pra mim já muito melhor que Tanque Ferreira. E outra o cara disse que a meta dele na temporada é de 30 gols já fez 3 em 3 jogos. Com isso afirmo que Bill não é bobo posso ate ta falando besteira mais parece que centroavante de area bom hoje nosso time tem.

Marcio disse...

Rodrigo, não se esqueça que o Aírton ficou e está no banco; portanto pode ser chamado a comparecer mais cedo ou mais tarde.
Como o R. Simões tem acertado mais do que errado, pode ser que ele consiga dar uma "melhorada" no Aírton.
É aquela velha estória; se está com a nossa camisa, estamos sempre juntos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Eziel, hoje o Bill queimou a minha língua. Tomara que continue assim: Limitado tecnicamente, mas com boa presença de área.

Márcio, deixemos ele quieto por lá (no banco). hehhehe

Abs e SA!!!

Marcio disse...

"O novo bilionário contrato da Premier League, em que os clubes irão receber 5,1 bilhões de libras, ou cerca de R$ 22,4 bilhões por três temporadas, vai transformar, só com a verba da TV, o lanterna do Campeonato Inglês em um clube mais endinheirado que o time mais rico do Brasil (isso contando todas as receitas no caso brasileiro).
Na Premier League, a divisão do dinheiro da TV é feita da seguinte forma: 50% é distribúido de forma igualitária, 25% de acordo com a classificação no campeonato e os outros 25% levando em conta a audiência de cada time nas transmissões."

http://espn.uol.com.br/noticia/483433_tv-vai-fazer-lanterna-do-ingles-mais-rico-que-o-mais-rico-do-brasil


Nem é preciso dizer mais nada.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Primeiro mundo, Márcio...
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Enquanto isso na Espanha...

Clubes querem parar Espanhol se país não mudar a divisão de direitos de TV.

"A Liga Espanhola, na qual os direitos de transmissão são mantidos pela empresa sediada em Barcelona, a Mediapro, é a única das grandes ligas europeias em que os clubes negociam seus próprios contratos de televisão."
"De acordo com Esteve Calzada, diretor de uma empresa de consultoria de Barcelona, a média na Inglaterra entre o clube que faz mais dinheiro na TV e o que faz menos é de 1,5 para 1, enquanto na Espanha é 10 para 1."

http://www.exportiva.com.br/geral/clubes-querem-parar-espanhol-se-pais-nao-mudar-divisao-de-direitos-de-tv/

Por aqui, sabemos quem se deu bem com as novas cotas e quem não fez o dever de casa.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Márcio!
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Eu já assinei o sócio torcedor e apoio muito a todos que façam isso também. O clube precisa e a diretoria tem se mostrado competente.
Quanto ao jogo foi o melhor até agora. A entrada do Jobson e a forma como jogou vai dar um bom problema para o René, já que o Pimpão tem vaga cativa no time pelo que tem jogado e o Bill também pela sua característica de "matador" que parece ter. Uma solução pode ser a de sacar o Tomaz e recuar um pouco o Pimpão e deixar o time mais "solto", colocando o Jobson mais avançado. Já o Arão pela Fernandes é mais fácil...

Marcio disse...

Botafogo venceu Bangu por 3 a 0. Mas René cornetou desempenho do time.

"Depois que o goleiro foi expulso e nós fizemos 1 a 0, em alguns momentos parecia que o Botafogo tinha 10 e o Bangu tinha 11 em campo. No segundo tempo, jogando nas mesmas condições, o time foi outro. Essa foi a grande lição: é preciso jogar os 90 minutos. Sem querer desqualificar o Bangu, se pegarmos um outro padrão, pode complicar nossa vida", disse René.

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/estadual-do-rio/ultimas-noticias/2015/02/11/botafogo-venceu-bangu-por-3-a-0-mas-rene-cornetou-desempenho-do-time.htm

O R. Simões está me surpreendendo positivamente até o momento, parece realmente muito motivado com o trabalho no BOTAFOGO.
E o melhor é que o grupo também parece ter "comprado" o trabalho dele. Estou gostando muito dessa "insatisfação" dele com o Time.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, essa sua sugestão tática parece ser interessante. Cabe ao Tomas mostrar logo se tem ou não futebol.

Márcio, já matou o post que deixei programado para amanhã! Rs

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Ajudando a sugestão do Paulo Fernando, muito boa por sinal, digo que poderia variar de um 4-4-2 tradicional, com Mattos, Fernandes, D. Jardel e Pimpão no meio campo, para um 3-4-3 com Mattos fazendo um terceiro zagueiro, os laterais se juntando ao meio e liberando o Pimpão para dialogar com Jóbson e o Bill no ataque.
SA!!!

Anônimo disse...

Sem clubismo eu acho a equipe do flamengo favorita ao campeonato e que o rene deveria antes de pensar em titular testar mais seus jogadores .

Anônimo disse...

Rodrigo, destaco o que vc disse em relação ao René, que deveria ter sido mais ousado. Tb acho! Com um a mais, ele deveria ter testado o Fernandes como volante, sua posicao de origem, no lugar do arao ou do mattos. Pois, se nao fizer isso agora, quando fara? Quando precisarmos muito? Uma outra preocupacao: nao temos substituto pro jardel. O tal do elvis nao joga... De repente, ate mesmo o almir seja uma boa.

Rafael Elias

VinnyMarques disse...

O jogo foi sonolento em alguns momentos, mas foi a partida em que fomos mais consistentes.
Concordo em quase tudo que foi dito.
Arão e a dupla de zaga estão destoando nessa nossa evolução.
Tomás ainda não se encontrou, René disse que ele ainda está "se sentindo" e quando melhorar a forma física, vai engrenar.
Bill é necessário. Caneleiro, mas tem sido eficiente.
Não vou elogiar o Jóbson...
E Aírton não, Márcio... rsrsrs
É tipo o Beetlejuice... Se disser o nome dele 3x, aparece no time.
Gostando do trabalho do René. Dentro e fora de campo.

Rodrigo Federman disse...

Poderia ser também, Márcio. Cabe ao RS treinar essas variações.

Anônimo, também acho que ele deve rodar mais a equipe.

Rafael, o RS é daqueles treinadores boa praça, de grupo. Mas tecnicamente é ultrapassado! Rs

Vinny, principalmente fora de campo (no comando do grupo).

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Também acredito que RS pode e deve rodar mais o Time para saber com quem pode contar e que tipos de variáveis poderá usar em um jogo.
Entretanto, pode ser que ele esteja pensando primeiro em formar uma espinha dorsal e por consequência um Time base.
Espero que o RS abandone um pouco o conservadorismo e caminhe um pouco mais pelo caminho da ousadia nas mudanças; claro que sem chegar ao nível alucinado do Mancini.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, e tem que ser para agora, no início.
Abs e SA!!!