quarta-feira, 3 de junho de 2015

Nesse caso, melhor improvisar















Para o jogo de sexta-feira, contra o Mogi, o Botafogo já tem uma baixa certa: Willian Arão, expulso ontem a noite.

Eu entraria com o Andreazzi ou Fernandes por ali.

Na lateral - e com a ausência do Carleto -, a "lógica" seria a permanência do Pedro Rosa ou efetivação do jovem Jean.

Entre uma ou outra, eu ficaria com a segunda opção. 

Não sei quem viu o tal do Pedro  (que também é jovem e inexperiente) se "destacar" no Volta Redonda. Eu assisti quatro jogos do time da Cidade do Aço e ninguém chamou a minha atenção. E depois de mais uma péssima partida contra o Paraná (a outra havia sido em Brasília, contra o Atlético/GO), não tem como esse rapaz continuar no time.

Mas como eu duvido que o Renê colocará o Jean, torço para que a mudança seja ainda mais brusca: Descola o Giaretta para o lado esquerdo e entra com o Roger Carvalho no miolo de zaga.

O que os amigos fariam nessa situação?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

54 comentários:

Marcio disse...

Aí é que está o problema, pois como não testou outras possíveis soluções, ficamos com muito mais dúvidas.
Uma solução seria o 3-5-2 ou o 3-4-3, por exemplo.
Em termos de nomes, ficaria com o Jean, já que o Pedro rosa teve baixo desempenho; entretanto, teremos de ter paciência com ele, visto que entraria um tanto no sufoco.
Por essas e outras é que sou favorável a testar os jovens em condições mais favoráveis.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e é o que sempre cobramos justamente para quando chegar esses momentos mais cruciais, né?
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Melhor em campo: Renê Simões

Como jogaram?

Renan (6) Boas saídas pelo alto.

Gilberto (4) Parecia não querer jogar. Perdeu quase todas pelo seu lado e pouco chegou ao ataque.

Renan Fonseca e Giaretta (6,6) defesa segura.

Pedro Rosa (2) Errou passes e fez um pênalti discutível.

Marcelo Mattos (5) Cumpriu a sua função de marcador, mas teve enorme dificuldade em sair com a bola rolando.

Arão (zero) Estava mal em campo e foi expulso como um principiante.

Elvis (5) Vaga-lume. Foi substituído por Tomas (1) que pouco apareceu.

Diego Jardel (1) Fraco. Foi substituído por Lulinha (2) que apenas correu e levou um chute na cara, falta que o juiz e o bandeira sequer anotaram.

Pimpão (5) Antes do gol, nada fez e levaria um zero. Mas...

Bill (2) Pouco efetivo, mas atrapalha a saída de bola. Foi corretamente substituído por Roger Carvalho (5) que ajudou a segurar a defesa.

Renê Simões (6) Suas mexidas, especialmente após a expulsão de Arão, impediram a derrota do Botafogo. E a estrela brilhou ao final.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, respeito bastante, mas vi diferenças em muitos pontos.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Nem sei mais o que achar, Rodrigo.
Farinha do mesmo saco.
Um jogo bem, outro mal, daí um péssimo, aí jogam bem de novo...
Poucos tem regularidade pra serem constantes... Fora o Bill, que é sempre ruim, e o Morcego Mattos que quando não entrega, se esforça pra entregar.
Pedro Rosa e CarleNto são duas bostas.
Fernandes tem entrado mal bagarai, e o Andreazzi está igual a enterro de anão... Existe, mas ninguém vê.
E se depender do René, sabemos que não teremos novidades.
E se tivermos, provavelmente será uma invencionice...

Rodrigo Federman disse...

Vinny, só espero que ele não mantenha o Pedro Rosa e não invente uma dupla com Mattos e Camacho para enfrentar o último colocado em pleno Nilton Santos.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Vou jogar uma bomba: o Pedro Rosa tem qualidades! Ele está ansioso. Ele lembra um pouco fisicamente o Perivaldo (Peri da Pituba pros antigos como eu). Se tivermos paciência ele vai dar liga. O lance do penalti foi claramente ansiedade e nervosismo. Deu alguns bons dribles e fez alguns bons cortes e roubadas de bola. Com tempo ele vai melhorar e isso elevai ter com a ausência do CarleNto.

Rafael Elias disse...

Kkkkk mas eh isso ai que vai acontecer, Rodrigo. Rosa, Mattos (para o meu delírio) e Camacho. Irei a esse jogo...

Rodrigo Federman disse...

Paulo, o pouco que vi dele até agora não me convenceu. E nos 3,4 jogos que vi do Volta Redonda no estadual, não lembro de ter me chamado a atenção também. Mas claro, tem a nossa torcida para que seja mesmo apenas ansiedade.

Também acho, Rafael. E também vou ao jogo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,um abraço do JOTA.Sobre a partida de ontem,para mim nenhuma novidade,ou seja,dois times da série B,sendo o Paraná uma das "babas de quiabo" que falei.Não há como esperar grandes partidas,jogos sensacionais,etc,de quem não é razoavelmente bom de bola.
Permita-me discordar do amigo quando você diz que o time é mal escalado e mal substituído.Pelo seu comentário,parece que temos no banco grandes jogadores e o RS não quer coloca-los em campo só por "pinimba".Concordo com o amigo em relação ao BÚFALO BILL,pois só incomodar a zaga adversária não é suficiente.
Lembro aos amigos do CB,mais uma vez,que ficarão estressados caso acreditem em grandes evoluções técnicas e táticas,afinal sem ovos ninguém faz omeletes.Pode treinar exaustivamente a semana inteira que nem o GUARDIOLA conseguirá obter algo melhor da maioria do nosso grupo.É a pura realidade.
O ARÃO,o mais lúcido do meio,pisou feio na bola.Também,não deve ser fácil jogar em um meio de campo como o de ontem,cheio de perebas.
Sobre o jogo(somente de ontem):
Série A: RENAN.
Série C: PEDRO ROSA,MM,GILBERTO.
Série D: BÚFALO BILL
Série B: O restante,sendo que o RF,se continuar jogando bem poderá até ir para A,pois os zagueiros de lá são bem ruins,a começar pelos dos times do Rio.
Podem discordar à vontade,pois nunca fui nem pretendo ser o dono da verdade.
Para encerrar,um agradecimento aos ex jogadores botafoguenses que já partiram,pois ontem a ajuda deles foi providencial.
Saudações alvinegras.





Paulo Fernando disse...

PELADA NA FIFA/CBF:

A “bola” no Futebol Brasileiro (narrado pelo fantástico dono da voz: Galbueno):

“- O Técnico Havelance comanda o time na beirada do campo. Desde sua aposentadoria que ele coordena "por fora".
Teixeira leva “bola” pela direita. É um craque da bola! Distribui bola para todos mundo com jogadas precisas. Não consegue ser bem marcado, pois tem muita habilidade em se desvencilhar. O artilheiro dá bola pra Marin, jogador experiente que antes de ser boleiro gostava de marcar com violência os outros adversários. Marin recebe a bola e repassa pra Nero. Nero que conhece tudo das leis do futebol, sabe que com bola não se brinca! Habilidoso também, não se deixa marcar com facilidade. Nem o craque Romário consegue!

Entra na jogada o habilidoso Havila com seu uniforme cheio de patrocínios. Ele valoriza as marcas! Havila dá bola pro Pinto. Pinto não é um jogador que se mostra muito. É considerado um articulador hábil no mundo da bola. Leva bem a bola e é o cara que coloca na REDE. Pinto passa novamente pro Havila mais redonda do que imagina. Havila aproveita a chance e não desperdiça, e faz quase balançar a REDE!!! Mas na hora do gol corta a zaga Suiça. Pelo visto o Marin vai pro vestiário mais cedo, perece ter sentido o golpe!
Na beirada do campo, o técnico Glater diz que não vai mais treinar mais a equipe no lugar do Havelance, pois tem muita bola rolando no campo ao mesmo tempo e que o jogo tá muito bagunçado!
Vai que é tua Platini!!!"

Marcio disse...

"Após dois meses, impasse de R$ 200 mil leva Bota a romper com Maracanã
Assinado em abril, contrato deveria ter duração de 33 anos. Valor repassado da renda da decisão do Carioca foi o estopim. Administradora foi comunicada nesta terça-feira"

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/2015/06/apos-menos-de-dois-meses-botafogo-rompe-com-concessionaria-do-maracana.html

Rodrigo Federman disse...

Jota, mas quando o treinador não muda tática e sempre faz as mesmas trocas, desculpe, não entra em questão a qualidade do elenco. Até porque, tirando o Jefferson é mais 2 ou 3, são todos do mesmo nível.

Hehehe. Valeu, Paulo.

Valeu, Márcio.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Uma constatação verdadeira, embora não signifique desdenhar dos conhecimentos do René Simões, é que a carreira dele é mediana, sem nunca ter apresentado um grande trabalho. Em termos nacionais, talvez o grande momento seja o título da Série B com Coritiba; e ele está desde 1978 na carreira.
O que particularmente me assusta é termos levado um calor do time paranista que, segundo falaram na transmissão, está sendo montado durante o campeonato, visto que foi mal no campeonato local.
Diferente do JOTA, embora reconheça que material humano de qualidade faça uma grande diferença, penso que em relação ao trabalho tático, nossos treinadores estão atrasados. Como exemplo cito a Libertadores que todo ano tem um time desses desconhecidos jogando um futebol organizado, embora de qualidade técnica baixa. Está aí o Guarani do Paraguai confirmando a regra. Outro fato é não termos um treinador brasileiro em um centro mais desenvolvido no futebol, o que não acontece com os argentinos, por exemplo.
Para terminar, já que o JOTA citou a frase do Oto Glória, técnico de muito sucesso em Portugal, lembro do Artigo do Saldanha publicado no JB em 1978, onde ele dizia (mais ou menos isso) que os selecionadores queriam colocar o jogador à tática e o correto seria a tática ao jogador.
SA!!!

PS: Em homenagem ao JOTA, digo que estou mais velho do que ontem e mais novo do que amanhã.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, primeiramente, meus parabéns! Sobre sua análise do RS é demais treinadores brasileiros, estou de acordo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

MÁRCIO,RODRIGO TEM UM BOM CURSO AQUI NO RIO DE JANEIRO, PARA TÉCNICO,APROVEITA CARA, VOCÊS TEM UM FUTURO BRILHANTE NA CARREIRA, NÃO É MANGAÇÃO É MINHA OPINIÃO PESSOAL.
BOTAFOGO PODERIA DÁ A SUA PRIMEIRA OPORTUNIDADE SENÃO VOCÊS PODERIA ASSUMIR UM CLUBE DE MENOR INVESTIMENTO.
QUANTO A VOCÊS DESEJO BOA SORTE NA PROFISSÃO.


JOAQUIM PEIXOTO

Rodrigo Federman disse...

Joaquim, se você pagar eu faço. E quando eu estiver empregado, te contrato para ser uma espécie de Murtosa. Ou seja: Um aspone que concorda e obedece tudo.
Abs e SA!!!

alex disse...

Rodrigo, acho que ele não vai mudar nada para sexta feira , vai de camacho no lugar do arão..
Sexta parece que vai ter casa cheia .....

Rodrigo Federman disse...

Estarei nessa, Alex.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, agradeço o imerecido elogio, mas muito do que escrevo tem relação com o que leio aqui no seu Blog. As linhas divergentes de pensamento sobre o nosso BOTAFOGO me ajudam a formar uma melhor opinião.

-------------------------------------------------------------------------------------------

Ainda em relação aos nossos técnicos, veja o que disse o Zagallo em uma entrevista.

(http://www.aredacao.com.br/esporte/57629/zagallo-aprova-mudanca-tatica-de-dunga-e-diz-selecao-tem-de-se-impor)

"Estadão -O senhor lembrou que o Brasil nunca ficou de fora de uma Copa do Mundo. Tem receio que isso mude agora?
Zagallo -Não, eu tenho confiança no futebol brasileiro, como tenho confiança nos treinadores brasileiros. Fala-se muito que na Europa estão os melhores treinadores. Evidente: se você tem em mãos jogadores de alto nível, vai trabalhar dentro dos clubes que são verdadeiras seleções. É bem diferente do futebol que está sendo jogado aqui. Os treinadores (europeus) têm na mão o que querem. Queria que o Guardiola, o Mourinho, o Ancelotti, viessem trabalhar aqui e pedissem "traz o Fulano". Não tem. "Traz o Cicrano". Não pode. Aí eu queria ver essa diferença que tanto falam."

O Zagallo ao por em dúvida o sucesso de treinadores estrangeiros por aqui, eleva o nível dos técnicos nacionais, visto que, como ele bem disse, os clubes da Europa são verdadeiras seleções e aqui eles não poderiam contar e nem mesmo conseguir a contratação dos grandes nomes.
O que deveria ter sido perguntado ao Zagallo, é o motivo pelo qual os técnicos brasileiros não trabalham nos grandes centros, já que com as dificuldades aqui encontradas, está implícito que fazem mais com menos.
Ao que me parece, esse discurso quase unânime entre os técnicos brasileiros em defesa da categoria é uma tentativa de manter a reserva de mercado.
Durante muitos anos, nossos jogadores foram jogar na Europa e não tão raro se tornaram melhores do mundo ou muito próximo disso com carreiras de muito sucesso; assim, não consigo entender porque não poderíamos "importar" treinadores; se temos o que ensinar, aprender também faz parte do processo.
Embora possa existir alguma restrição ao Técnico Zagallo, eu tenho algumas, sua opinião tem relevância, pois seu Currículo como jogador e técnico prova que foi vencedor.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Márcio. Divergências sadias e educadas sempre enriquecem. E aqui no CB, a maioria é assim. Os paspalhos que não são, eu veto comentários ou permito alguns apenas para que possamos rir com os patéticos. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Estou muito satisfeito com a minha profissão.
Entretanto, não é preciso ser chef de cozinha ou um bom cozinheiro para reconhecer uma comida saborosa.
Em determinadas ocasiões, continuo preferindo que discordem da minha opinião; de todo modo, agradeço a leitura das minhas postagens.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, temos alguns fãs por aí! Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo...
Enquanto isso aguardo os argumentos contrários.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Márcio.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Capaz de entrar o Airton que vale.

Rodrigo Federman disse...

Não sei, Eziel. Estranhamente nem no banco o Renê tem colocado o Airton.
Abs e SA!!!

jeremias disse...

Esse pedro rosa e horroroso meu deus bateu ate sdds do carleto kkkkkkk arao tem que ser punido $$ por espulsao besta o jean tem que jogar por favor o sassa sera titular o tanque ou lh tem jogar pq o henrique ate no banco me passa raiva o biil trombou com o zagueiro e forçou o erro ali que esse cara tem que jogar o andrezzi tem que jogar

Marcio disse...

Não estaria na hora do BOTAFOGO recorrer à ilibada fifa da punição do Jóbson?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Jeremias, possa crer.

Marcio, realmente não faço ideia. É uma área que não tenho qualquer conhecimento mesmo. Nem para opinar.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, também não entendo da matéria.
Só que como a situação ocorrida foi um tanto obscura e a fifa (com minúsculas mesmo) está mais do que desmoralizada...
Essa punição pode ter sido a fome com a vontade de comer.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pode ser, Márcio. É uma!
Abs e SA!!!

Marcos Oliveira disse...

Rodrigo, acredito que o RS ainda dará outra chance ao Pedro Rosa e, honestamente, acho coerente. Explico: É jovem e está se adaptando jogar em um time grande(mesmo na série B, continuamos gigantes no mundo da bola), isto pesa muito. Este próximo jogo, será contra o último e mais fraco da competição e está à feição para a reabilitação do lateral. É o que penso. Sobre o substituto do Arão eu iria de Giareta, primeiro porque temos que colocar nos jogos o Róger zagueiro e, segundo, porque neste momento, se valorizarmos o Airton, não teremos chances de reduzir o seu salário numa futura negociação de continuidade de empréstimo. Em terceiro lugar porque contra o Mogi, entrar com MMatos e Airton é dose. Eu iria de Fernandes ou Andreazi. SAN!

Antonio de Padua disse...

Não creio que o RS vá mudar alguma coisa. A garça bêbada vai continuar na lateral esquerda e no lugar do Arão, ele vai colocar o Airton ou o Giareta, baseado no seguinte critério: (-5): B+3-6*2015= +A*2016.
Abraços e saudações alvinegras.
Fui.

Rodrigo Federman disse...

Marcos, mas faltou coerência então em dar continuidade ao Jean, quando testado e antes de contratarem o Pedro. Sobre os volantes, acho que Airton e MM ou MM e Giaretta dá no mesmo: Dois volantes apenas de marcação e sem saída de bola com qualidade.

Hahahah! Antonio, o pior é que se depender do RS, ele justificará as suas escolhas baseadas nessa equação mesmo! Rs

Abs e SA!!!

Marcos Oliveira disse...

Rodrigo, não vejo apenas defeitos no PRosa, como o Paulo Fernandes, acho que ele tem potencial para crescer e muito. Tem drible, velocidade, passadas largas e bom porte. Ganhando confiança, com uma sequência(Claro, controlando a ansiedade), entrosando no seu lado esquerdo, ganhando um meia-parceiro, pode até transformar-se num série A, como diz o Jota. Quanto aos volantes, mais uma vez discordo, pois o MMatos é pior que todos. Giareta tem mais recursos. Airton é maluko, podendo fazer uma partidaça, como arrumar uma expulsão tola e prá piorar, está de saída do clube pelo salário alto. SAN!

Rodrigo Federman disse...

Marcos, apenas pensamos diferente. Mas respeito muito a opinião do amigo. Eu não vejo qualidade no passe no Giaretta e nem potencial no Pedro Rosa. hehehe
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Também não podemos esquecer que o nível de atuação de um jogador passa por um esquema tático definido e um mínimo de entrosamento.
O técnico tem bastante parcela de culpa em algumas coisas.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Márcio.
Abs e SA!!!

Marcos Antonio disse...

Joaquim Peixoto apoio plenamente a sua ideia e se o problema for dinheiro eu pago o curso de treinador do Rodrigo pois ele está sempre duro não tem dinheiro nem para pagar 19,90 por mês
para ser SÓCIO TORCEDOR , ele deve ser mágico ou algo parecido fica o dia todo alimentando o BLOG e pelo pouco que eu entendo BLOG não dá grana ao contrário do Vestiário Alvinegro que é pago o acesso e tem anunciantes e para encerrar estou disposto a pagar o curso dos seus auxiliares Márcio e o Jota para que se forme uma Comissão Técnica e como o POSSANTE JOTA além
de conhecer tudo de futebol é muito influente em General Severiano eu já vou até comprar as passagens e reservar o Hotel é o Botafogo RUMO Á TÓQUIO .

SDS ALVINEGRAS
Marcos Antonio

Rodrigo Federman disse...

Hahahah. Marcos, me paga esse seu curso de como ser patético também? Sério, você ao menos faz a gente rir. Continue assim, ferinha.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Interessante o Zagallo dizer que os técnicos estrangeiros tem o que querem. E os brasileiros na época de ouro do futebol brasileiro não tinham verdadeiras seleções em times que dirigiam? Ou será que o brasil foi tri graças as mirabolantes armações táticas dos nossos treinadores. Não fosse um Garrinha,Didi, Nílton Santos, Pelé, Zito, Amarildo, Gérson, Jairzinho etc, duvido que o país tivesse conquistado alguma coisa. Só para lembrar, o Garrincha foi preterido pelo Joel e pior, só foi convocado porque o Julinho Botelho não achava justo jogar na seleção brasileira por atuar no estrangeiro. Sem querer me alongar, mas lembrando que o sucesso do Zagallo como treinador começou no Botafogo, com um time de juvenis montado pelo Neca recheados e craques, tendo o Gérson como figura fundamental. Ora Zagallo, por que recalmas dos europeus que pedem craques os tem? Você teve muitos, mas quando esses acabaram o sucesso do futebol brasileiro acabou. Zagallo, você tinha um timaço em 74, P C Cajú, Jairzinho, Rivelino, Luis Perera, etc e o que aconteceu? Tomou um nó do técnico do Holanda, o Rinus Michells. Lembra. E sabe porque? Por que os técnicos europeus tiveram que estudar muito para aprender a parar o futebol brasileiro, e argentino, porque eles não dispunham de tantos jogadores excepcionais como os brasileiros tinham. Encerrando, todas as evoluções táticas do futebol vieram do velho continente, e nós aqui só sabemos imitar, e muitas vezes de maneira equivocada. Por exemplo: os europeus inventaram o ala, por que? Simplesmente pela escassez e ponta de qualidade, aí o que fizeram os brasileiros, imitaram e acabaram com os pontas que o brasil tinha em abundância. Veja por exemplo o caso da Holanda, eles tem pontas de qualidade e exploram. Isso me faz lembrar o Jô Soares em 82 quando no seu programa sempre falava: bota ponta Têle, bota ponta. Perdemos a copa por arrogância burrice, e porque do outro lado tinha um técnico que viu os erros que nós não vimos ou não queríamos ver. Encerrando. Em 94 o senhor Parreira e comissão técnica não queriam convocar o Romário, foi o clamor popular e a imprensa que forçaram a sua convocação. Se não fosse o Romário mas sim a mente do técnico, o brasil teria amargado outra derrota. Agora a fonte secou, então a incompetência dos treinadores começa a aparecer. Para encerrar: ter opinião aqui no Cantinho parece ser crime pela quantidade de babacas que aparecem aqui. Eu aconselharia a esses caras darem uma passada de vez em quando no Canal Botafogo, pois parece que quem pensa não pode aceitar certas coisas. Abs e SB!

Anônimo disse...

http://www.fogaonet.com/semcategoria/irado-botafoguenses-espalham-outdoors-no-espirito-santo-por-novos-socios/

Daniel Cananéa disse...

Eu escolheria Airton ou Fernandes pra vaga do Arão, mas Rene vai de Camacho mesmo, afinal foi indicação dele. E na lateral ele vai manter o Pedro Rosa. Duvido que faça algo diferente, mesmo contra o lanterna.



SAN!

Anônimo disse...

A equipe esta falida financeiramnete talves seje a hora de colocar a galera da base , ontem o alano ex botafogo que saiu pela porta dos fundos muito por causa da gestão pifia do ladrao anão estreou contra o flamengo pelo e fez muitos lances bonitos bem melhor que o gege etc da vida .

Marcio disse...

O quê formaria a junção desses "verdadeiros torcedores" do BOTAFOGO?
SA!!!

Snoopy em p/b disse...

eu concordaria contigo, rodrigo. concordaria se ñ tivesse visto o comentário do anônimo anterior e o do 'joaquim' (ele foi criativo no nome aqui) aqui nesse. o q queria mesmo é q o renê caísse fora e desse lugar para esses dois. iríamos, certamente, para tókio ano q vem...

Rodrigo Federman disse...

Sergio, para variar, os brasileiros têm desculpas e justificativas para tudo!

Eu vi, Anônimo 1.

Daniel, eu iria com o Airton e Fernandes juntos, saindo - além do Arão, expulso - o MM também.

Anônimo 2, não adianta colocar a base apenas por ser base.

Vai saber, Márcio! Hahaha

Hahahaha. Fabião, com esses paspalhos, Tóquio seria o limite! Rs

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O Sérgio Di Sabbato foi preciso na sua explanação.
Nem no "mundo árabe" onde no passado os técnicos nacionais reinavam, hoje não mais é desta forma.
E mais, a Argentina que é pródiga em talentos terá seus técnicos comandando cinco seleções na Copa América; sem incluir a própria Argentina.
Não custa lembrar o Pochettino no Tottenham Hotspur, Bielsa no Olympique de Marseille e Simeone no A. de Madrid, por exemplo. E no país vizinho há o mesmo problema do Brasil no que diz respeito a saída de jogadores talentosos para o exterior.
Repito que elevar o nível dos técnicos nacionais invocando a dificuldade em se ter os grandes nomes é uma tentativa de manter a reserva de mercado.
Para terminar, torço para que o Aguirre continue o bom trabalho feito até o momento e que o Osório também consiga belos resultados; uma pena foi o Gareca não ter conseguido obter sucesso. Essa dança das cadeiras tem de terminar.
SA!!!




Anônimo disse...

então vc prefere o giareta na zaga do que o emrson o camacho do que o fernandes o bIll do que o luiz henrique ou vinicius tanque?

Rodrigo Federman disse...

Márcio, nossos treinadores são horríveis. Salvam-se poucos, raríssimos.

Não disse isso, Anônimo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Prefiro o Airton saindo pro jogo que o Giaretta

Anônimo disse...

Desde Glauber, o Botafogo tem inventado, todo ano,com pouquíssima efetividade, dar visualidade a jogadores que se revelam no campeonato carioca em times pequenos.

Esse ano foi o Pedro Rosa; jogou bem contra nós e está aí. Horroroso!!!(tomara que não me queime a língua )
Fui um dos primeiros a elogiar aqui o Fernandes, pelos primeiros jogos. Enchi a bola do cara. Por favor, não escale o cara não. Chega a ser mais banana que o Felipe Azevedo. Fraquissimo,se arrasta em campo. Coloca o Airton, já que o Andreazi não tem padrinho, tem até jogado razoavelmente quando entra. Agora, Bill e Diego Jardel tem que ir para aquela turma há que treina separado, antes que completa 7 jogos
Reinaldo

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, acho os dois fracos.

Reinaldo, eu também fui um dos que gostou do Fernandes no início e depois desanimou.

Abs e SA!!!