domingo, 28 de junho de 2015

Uma hora a sorte não apareceria

















Palavras do Daniel Carvalho após a vexatória derrota de ontem:

"- Encaro como uma grande vergonha. Não se pode tomar três gols no primeiro tempo. Deixamos a desejar, foi vergonhoso. Mas não podemos achar que, por causa de uma derrota, está tudo errado. Ainda estamos na liderança".

"- Provavelmente vamos tomar pancada. E o torcedor tem razão. Ele paga e tem que cobrar. O que nos resta é trabalhar. Aqui é uma cambada de homem, e ninguém pode ficar lamentando. Vamos tentar reverter essa situação dentro de casa".

Concordo em grande parte com o Daniel. Faço apenas uma observação/alteração baseado no que vem acontecendo (para o técnico Renê Simões e vários torcedores): Não podemos/devemos achar que, por causa de vitórias insossas (maioria das vezes), está tudo certo.

O Botafogo que perdeu para o Macaé foi o mesmo time bagunçado, sem jogadas, com erros de escalações e substituições de toda temporada. Raros foram os jogos em que, mesmo nos triunfos, pudemos bater no peito de maneira tranquila. E aí, amigos, me desculpem, mas limitação técnica à parte, é (falta de) dedo do treinador na beira do campo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

39 comentários:

James cancelier de moraes disse...

Rodrigo, pela primeira vez esse ano não assisti ao jogo do Botafogo, mas vi os principais lances. Tomar 3 (quase 4) gols de cabeça,já dá pra ver que falta orientação do treinador.
Vamos torcer que seja uma derrota pra arrumar a casa, pois como você mesmo comentou, as vitórias que conseguimos até agora não nos enganam.

Rodrigo Federman disse...

James, essa derrota não mudará nada, cara. Infelizmente.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Rodrigo, desculpe discordar, mas ontem o time tava mais bagunçado que o normal no 1º tempo, o meio-campo simplesmente não entrou em campo e os laterais conseguiram ser um avenida maior que o de costume. No 2º tempo um pouquinho mais arrumado melhorou um pouco e se não fosse a falha grotesca do Renan poderia acontecer o empate. Veja que no 2º tempo o Macaé praticamente não ameaçou. O que aconteceu ontem na 1ª parte do jogo deve ser aproveitado como lição principalmente para o RS. Mas aí é que mora o perigo, o RS aprender alguma lição. Abs e SB!

Yolanda disse...

Rodrigo, até agora estou inconformada, tanto pela derrota ridícula, quanto pelo futebol apresentado pelo time, tenho acompanhado alguns jogos da série B e nenhum time joga pior que o Botafogo, pra mim está claro, falta treinador, Fora RS!!! mesmo que ganhe o próximo jogo.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, juro: Não vi assim tanta diferença do usual. A diferença foi que o Macaé resultou em gols. Outra partida sofrível.

Yolanda, tanto que nossas vitórias foram quase todas sofríveis e magrinhas.

Abs e SA!!!

W.NETO disse...

Rodrigo; o que tenho observado é que o time do Botafogo abusa das firulas até mesmo nos momentos mais difíceis. Série B é Feijão com Arroz encorpado ! A partida de ontem me deu nos nervos e piorou quando num momento crucial da partida o reincidente Renan falha daquela maneira ! Claro que muitas vezes ele faz defesas difíceis, mas de que adianta se o mesmo é recorrente em falhar nos momentos importantes. Não sei se o Botafogo empataria a partida,mas a probabilidade era grande.
Outro detalhe; ele não orienta a zaga tal qual o Jefferson o faz !

Abçs e SA !

Marcio disse...

Já tivemos jogos em que o Jéfferson operou alguns dos seus milagres costumeiros e o resultado positivo veio no final.
O Time está em janeiro ainda, joga espaçado em demasia, estático, sem jogadas ensaiadas e também com uma certa soberba.
Um time deve ser arrumado de trás para frente e está mais do que claro que a defesa não tem a mínima condição de jogar desprotegida, coisa que até agora o RS não viu. Ele teve tempo suficiente para testar novas opções táticas durante o carioca e jamais cogitou tal opção; sinceramente eu não acredito que ele possa acertar esse time, embora torço para que isso aconteça, óbvio.
Por mais que ele tente dizer que uma hora a derrota viria, minimize e não queira fazer drama, reputo como muito grave o ocorrido, pois fomos goleados pelo Macaé e isso é inadmissível em qualquer tempo; a cobrança tem de ser forte. (essa tentativa de minimizar parece até as declarações do Big Phill depois dos 7 a 1)
Embora eu não seja louco em contestar os números do BOTAFOGO até o momento, jamais fechei os olhos para a forma que estávamos conseguindo os resultados; nunca com superioridade marcante sobre os adversários, salvo naquele jogo contra os três cores.
Continuo com a minha convicção que time ruim não pode ser desorganizado, mas estamos sofrendo das duas condições no momento.
Nessa eu concordo com a revolta da Yolanda... Vamos subir, mas sem tranquilidade.
SA!!!


PS: O que devem estar achando os Dona Lúcia da declaração do Daniel Carvalho em relação à Torcida?

Luis Botelho disse...

Não adianta reclamar ou mesmo trocar o treinador que pouca coisa irá mudar esse ano será de sufoco já que não temos dinheiro para contratar , ano que vem com melhores receitas e na Série A e se a torcida entender que não existe a curto prazo nada melhor do que o Sócio Torcedor e segundo a Diretoria será necessário ter no mínimo 45000 Sócios e hoje temos apenas 14400 o suficiente para bancar 25% da folha salarial eu realmente não entendo a torcida do Botafogo só no Estado do Rio estima-se que temos 1.500.000 torcedores e no país mais de 5.000.000 eu espero que esse número aumente pois a empresa que administra o plano estava causando muita reclamação eu mesmo só ontem recebi a minha carteira e olha que eu fiz o plano em Fevereiro o que fez com que muitas pessoas que aderiram desistissem por esse e outros motivos que estão reparando.

Rodrigo Federman disse...

W,Neto, concordo que não dá para comparar o Renan com o Jefferson, mas mesmo assim, em minha opinião ele é o menor dos problemas.

Perfeito, Márcio. Perder, ok. Mas ser goleado e levar olé de Macaé não pode ser tratado como algo normal é aceitável.

Luis, apesar das dificuldades, acho sim que devemos reclamar.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

O Botafogo está sendo cobrado em R$ 380 mil por ter coberto as quadras poliesportivas da sede de General Severiano. A quantia é referente a uma mais valia - a regularização de obras feitas irregularmente mediante o pagamento de uma contrapartida á Prefeitura. As obras foram feitas na gestão do ex-presidente Mauricio Assumpção, em 2012.
O presidente Carlos Eduardo Pereira explicou a situação e disse que alertou o ex-mandatário sobre futuras cobranças em reuniões do Conselho Deliberativo.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Anônimo.
Abs e SA!!!

Augusto disse...

Será que somos apenas 14000 é lamentável como falou o colega Luis e pelos descontos que os planos oferecem com as diversas empresas acaba saindo de graça e nem assim o torcedor se une para levantar o clube , como o torcedor do Botafogo se acostumou a sofrer deva ser por isso
que preferem o quanto pior melhor e no ano que vem não veremos grandes contrataçoes e se duvidar em 2017 estaremos de volta a Série B.

SDA
Augusto

Rodrigo Federman disse...

Ok, Augusto.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Contratem o Dorival júnior! Melhor que esse jumento enferrujado do RS. René Simões vai lascar a gente. Ontem ele perdeu seu principal jogador! A sorte !

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, o Dorival é fraco e caro. Sou contra demitir o RS agora, mas espero que, subindo para a primeira divisão, ele não inicie no clube em 2016.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Posso estar exagerando, porém a falta de recursos para contratar não ameniza o fato do RS não conseguir dar padrão ao Time.
É só ver quantos bons trabalhos ele fez durante sua longa carreira, já que está desde final dos anos 70 na atividade. .
Também não adianta falar tão somente de material humano, pois o Tata Martino, por exemplo, fracassou no Barcelona, embora possa haver motivos extras que o levaram a esse resultado.
O mérito dele é ter a confiança do grupo, ter resultados satisfatórios e não passa disso, pois a forma como foram conseguidos não convenceu até o momento.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Márcio. Padrão tático era o mínimo que o RS poderia/deveria ter feito até agora.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o pior ou o melhor é que teoricamente o RS tem metade do caminho percorrido por ter o grupo na mão, fora o fato de transparecer ser um cara do bem.
O sucesso dele representa o sucesso do BOTAFOGO.
Tomara que eu possa escrever somente elogios em um futuro bem próximo.
Vamos que vamos!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Márcio. Mas um 2016 sem ele também seria ótimo! Hahaha
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Eu nunca vou concordar em falar que o botafogo não tem padrão de jogo, um time que perdeu pouco jogos esse ano e não tem padrão? Todas as vitórias que conseguimos esse ano, foi sorte.
Nunca vou concordar com vocês sobre isso e estou com Jota,acho o Renê no nível de todos os técnicos do Brasil,maior problema é o material humano que é de segunda.
Desculpa Márcio e Rodrigo, a sorte em algumas partidas tudo bem, agora estamos passando do meio do ano entrando no mês de julho e o cara só conseguiu resultado na sorte,jamais vou concordar com vocês.
Não acho treinador nenhum no Brasil que faça tudo certinho até o do São Paulo que o Rogério Ceni falou que era treinador para Europa, ganhando o jogo para o Avaí no Morumbi tirou Alexandre Pato e colocou Edson Silva zagueiro, terminou André Lima empatando o jogo se é o Renê Simões.
Se sou presidente do botafogo eu demitiria o Renê e queria vê um treinador para fazer um trabalho melhor que o do Renê com esse elenco, já que o Vasco ano passado sofreu para subir.
Até agora não estou enxergando dificuldade.
Rodrigo e Márcio não vá escrever que sou fã do Renê, não sou, mais discordo de vocês em 100% até agora.


Ubirajara

Rodrigo Federman disse...

Seu direito de pensar assim, Ubirajara. De fato, pensamos bem diferente então, pois eu analiso vitórias e derrotas não apenas pelos seus resultados, mas pelo que vejo durante os 90 minutos. Vitórias magras e sofríveis. Foi assim que vi a maioria dos triunfos do time em 2015.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

UBIRAJARA,já que você me citou,acrescento,para corroborar com a sua ideia o seguinte:"faça uma fila com os técnicos brasileiros e coloque-os para dirigir o nosso time apenas mediano,não conseguirão coisa melhor que o RS."
Também deixo bem claro que não sou admirador do RS nem de nenhum outro treinador brasileiro da atualidade.
Teoricamente é muito fácil dizer que ele não treina,não tem esquema,já poderia ter feito isso ou aquilo,etc.Entretanto,ele vai conseguir ensinar a quem nesse grupo,com exceção do DC que é diferenciado?
Para encerrar,a minha critica ao RS foi por ter escalado muito mal na última partida.
São apenas especulações de quem está de fora e tem suas simpatias e antipatias por A ou B,mas no fundo,no fundo queremos é o bem do nosso BOTAFOGO.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Jota. Todos queremos o bem do Botafogo. E claro: Nossos treineros brasileiros são fracos, mas canso de ver times bem mais limitados e com o mínimo de padrão. O RS está desde janeiro e não vejo nada.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Não há problema algum em discordar da minha opinião, pelo contrário.
Mesmo com minhas críticas, sempre deixo claro que não sou louco em brigar com os números, apenas a forma com se chegou a eles.
Continuo a insistir que o problema não é apenas de material humano, pois a verdade até o momento é que o RS quase nunca obteve resultados expressivos na sua carreira, ela é mediana; óbvio que não é uma sentença, apenas seu histórico aponta para esse caminho.
SA!!!

Anônimo disse...

Acredito Jota, que esse ano seria difícil para qualquer técnico do botafogo, torcida com razão,está magoada com o clube,desde do sofrimento do ano passado e a humilhação e mesmo que o clube seja campeão da Série B ou uma bela campanha da Copa do Brasil, não apagará nada, perante a torcida.
Veja Jota,como são inconsequentes as criticas ao trabalho do Renê,o cara montou um time as pressas,chegou a final do carioca,está na liderança do campeonato brasileiro até agora e com grandes chances de passar de fase na Copa do Brasil,que muitos times do botafogo inclusive com Louco Abreu e Herrera, conseguiram perder a classificação dentro de casa para o Santinha de Recife.
Eu critico o Renê como a escalação do último jogo, mais criticar o seu trabalho esse ano é magoa da torcida com o clube da vergonha do ano passado que está respingando no trabalho do Renê Simões, não vejo outra razão.

Ubirajara

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e eu penso igual a você. Os números estão aí e são incontestáveis, mas nem por isso devemos cegar e deixar de ver pontos que podem e devem ser melhorados.

Ubirajara, esse é um achismo da sua parte. Não guardo mágoa pelo rebaixamento. Guardo uma tristeza, que já passou. A realidade é essa e pronto. Guardo raiva e ódio, mas apenas do ex-presidente salafrário. Quanto ao RS, critico sempre que considerar plausível, pois números são uma coisa. Desenvolvimento prático em campo, outra. E esse último eu questiono desde o início do ano e ainda não vi uma melhora sequer.

Abs e SA!!!

alex disse...

Ta faltando alguem falar mais grosso no time....

Rodrigo Federman disse...

Eu também acho, Alex.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Não vejo nada que relacione as críticas ao técnico ao rebaixamento ocorrido, já que todos sabemos o quadro encontrado.
O erro é acreditar que por causa dessas condições o técnico ou qualquer outro profissional não possa sofrer críticas.
Ele é profissional e se aceitou o cargo, foi por se achar competente, sendo isso uma verdade inquestionável.
Não há mágoa e, embora concorde que os técnicos brasileiros são fracos, não há como afirmar que nenhum faria trabalho melhor; também um achismo.
Estão colocando o RS acima do que ele sempre apresentou em sua carreira; ele quase nunca fez um trabalho destacado e isso não significa que não tenha qualidades.
Não há mágoa alguma com ele e essa gestão e sim uma tentativa de analisar aquilo que ocorre, simples assim.
SA!!!

Anônimo disse...

Gilberto estava fora do ar, com a cabeça na seleção

Rodrigo Federman disse...

Márcio, mais uma vez, pensamos igual.

Anônimo, nada a ver. Isso foi mais uma balela citada pelo filósofo de botequim (RS). O Gilberto jogou muito mal. Ponto.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO e amigos,o importante é trocarmos opiniões educadamente,acertando ou errando,mas sempre querendo o bem maior que é o sucesso do nosso FOGÃO.Nenhum de nós é o dono da verdade,pois somos todos palpiteiros,rsrsrsrsrs.
Sempre lembro que o medíocre futebol atual nos reserva várias surpresas.Até ontem o SP era considerado pelos "comentaristas bobalhões",metidos a sábios,o melhor time do brasileirão,com um técnico maravilhoso,conhecedor dos atalhos e outras idiotices.O Palmeiras vinha mal,perdendo,e sapeca 4x0 calando a boca dos sabichões paulistas.No futebol atual, onde faltam os grandes jogadores,tudo é possível.
Acredito que com a volta do JEFFERSON,a defesa melhore,pois ele exerce muito bem a sua liderança e orienta os jogadores.
Continuo na mesma tecla,jogando sério,correndo e "cagando sangue",nos classificaremos facilmente,pois a maioria é pior do que nós.O que não pode acontecer é o RS começar a partida com menos três,aí fica difícil.Lembre-se que quando ele tirou os dois inúteis do meio,passamos a controlar a partida.
RODRIGO,permita-me apenas discordar do amigo quando diz que vê times bem arrumados.Eu assisto aos nossos jogos e alguns outros,e só vejo mulambada.Alguns lampejos hoje e derrotas depois.Não veremos grandes exibições e boas partidas na série B.Na A já é um vexame,com jogadores teoricamente melhores...
Para encerrar,ontem tive o saco de assistir Vasco x lixão.Foi uma da piores partidas que assisti na vida,uma mediocridade a toda prova,só chutões de lado a lado.Depois não sabem porque somos eliminados na Copa América...
SAUDAÇÕES ALVINEGRAS.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Claro, Jota. Amigo, também respeito a opinião, mas cito, por exemplo, a Ponte. Não é um time arrumadinho? E técnico sem nome, mas que mostra o seu dedo. Na série B o Botafogo tinha obrigação de estar apresentando algo a mais (minha opinião).
Abs e SA!!!

alex disse...

Rodrigo, tambem acho o time da Ponte e do Sport arrumados e sem medalhões e professores, e são considerados time de serie B.....
NA VERDADE O FUTEBOL JÁ TÁ FICANDO CHATO É MUITA DESCULPAS PARA POUCO FUTEBOL.....

Rodrigo Federman disse...

Justamente, Alex.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,já que você citou a Ponte,ontem assisti a alguns momentos do jogo.
Como o mundo dá voltas,o execrado Renato Cajá,que era odiado por alguns quando jogava no nosso time,hoje é o maior destaque da "macaca",com grandes clubes de SP querendo contrata-lo,rsrsrs.
São os mistérios causados pela falta de grandes jogadores,pois qualquer um com um pouco de habilidade,vira referência,rsrsrsrs.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Jota. Eu sempre achei o Cajá um jogador mediano. Jogaria fácil hoje no Botafogo. E o fato dele estar se destacando comprova que um time arrumadinho, qualquer atleta medíocre minimamente habilidoso se destaca mais.
Abs e SA!!!

Rafael Elias disse...

Deu pena do DC

Rodrigo Federman disse...

Rafael, deu mesmo.
Abs e SA!!!