domingo, 26 de julho de 2015

Valeu demais

















Palavras do Jefferson, após o empate com o Bahia:

"- Fiz boas defesas. Mas a equipe toda jogou muito bem. Essa entrega dos companheiros contagia. Temos que comemorar este ponto que conquistamos aqui porque foi muito difícil".

Ontem a noite eu vi os melhores momentos do jogo...

De fato, pela edição, na segunda etapa parece que o Jefferson foi o grande destaque.

E que bom termos um goleiro diferenciado, né?

De todo modo, faço coro ao camisa 1: Empatar com o Bahia, com o estádio lotado, não pode ser desprezado. Principalmente porque foi um bom teste para os jovens (e não foram poucos), que não sucumbiram à pressão.

E continuamos na liderança isolada.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

30 comentários:

jorgeFS disse...

MUITO BOM, NÃO SÓ PELO RESULTADO QUE NOS MANTEVE NA LIDERANÇA, MAIS PELA POSTURA DENTRO DE CAMPO, O RESULTADO NO PRIMEIRO TEMPO FOI INJUSTO, NO SEGUNDO COMO DE COSTUME CAIU UM BOCADO, COM MUITOS PASSES ERRADOS QUE DAVA A IMPRESSÃO QUE NÃO TINHAM MAIS PERNAS, E O VAZIO MISERAVÃO DO MEIO MAIS UMA VEZ ACONTECEU QUASE COMPLICA.
OUTRA COISA QUE A TORCIDA QUE COMPARECEU EM BOM NÚMERO ESPERAVA UM POUCO MAIS DE ATENÇÃO POIS SIMPLESMENTE FORAM IGNORADOS AO FINAL DA PARTIDA, NEM UM ACENO, OS ORIENTADORES DESSES GAROTOS PRECISAM ALERTA -LOS QUE NÃO EXISTE TIME SEM TORCIDA, POR ISSO QUE MUITOS PREFEREM UM "LOCO"

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Jorge.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Muitas vezes vejo comentários do tipo "não perdeu graças ao goleiro", como se este indivíduo não fizesse parte do time ou que sua função principal não fosse impedir gols. Goleiro e centroavante eu procuro analisar de forma diferente, pois não tem como se esconderem dentro do time.
Quanto ao jogo, considerando o Jéfferson sendo "de casa", só tínhamos na escalação inicial o Luis Ricardo, R. Fonseca, Giaretta e o Arão de estranhos. Assim, diante do que é enfrentar o Bahia em seus domínios, onde quase sempre saímos com mal resultado, considero a performance aceitável; acima das feitas pelo RS com os seus "cascudos" nos jogos fora de casa.
Ontem achei que o Jair demorou um pouco em fazer as substituições e o jogo se apresentou para termos um jogador de velocidade (e inteligente), pois o contra-ataque se apresentou como possibilidade fortíssima.
Destaque para a subida de produção do Luis Ricardo que tem sido bem atrevido no ataque e tem boa capacidade de dribles e o Luis Henrique que ontem vi receber elogios do João "canalha", ESPN, na forma como bateu na bola no gol marcado. Tudo bem que a imprensa que elogia também desce o porrete, mais não é de graça que o LH tem sido elogiado. Já ví comentários elogiosos na ESPN, Fox e Sportv. Se dependesse do RS...
SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, quem não entende de estatísticas acha baboseira, quem pensa que entende, como o RS,a usa para idiotices.Olhando de modo simples a estatística do CBB,verificamos que apesar do RS e e alguns idiotas da mídia, como bem os chama o PC Caju,podemos concluir que:
1.temos o melhor ataque e a defesa menos vazada, o que demonstra claramente a fraqueza da série B este ano, pois a nossa defesa não é uma maravilha e o nosso ataque, em várias partidas era composto por Bill e Cia.
2.se não fosse a insistência do RS com Bill,Tássio,Tomás, etc, em várias partidas,poderíamos estar com uma folga bem maior na liderança.
3.com vários jovens em campo,contra uma torcida fanática,contra um time com cascudos,que está brigando pelo G4, ganhamos um ponto, o que mostra a fraqueza dos concorrentes.
Vamos aguardar o que RG irá fazer, mas acredito que o Fernandes e o Gegê voltarão para um banquinho mole mole, a não ser que o uruguaio, o Lindoso e o Serginho sejam muito ruins de bola.Bom final de semana.Jotinha.

Celso Ricardo disse...

Rodrigo, vejo da seguinte maneira: O time mudou apenas a vontade nos jogos, em virtude da juventude e dedicação dos garotos. Jair manteve a zaga horrorosa não dando chance a qualquer jogador da base ( o empresário deles deve ser muito forte,blindando Giaretta e Renan Fonseca ). LH permanece isolado no ataque e o meio de campo não volta para iniciar as jogadas, deixa tudo a cargo de chutões ou então , na criatividade de Luis Ricardo. É evidente que Jair Ventura fez seu marketing com a torcida escalando alguns garotos da base. Se o resultado foi bom na Fonte Nova, foi bom também no Orlando Scarpelli, no empate contra o Figueirense. Tomamos um sufoco do Bahia no segundo tempo. RG terá muito trabalho, em virtude de RS ter passado 6 meses sem dar um padrão de jogo ao time...

Rodrigo Federman disse...

Tô contigo, Márcio. Goleiro é para defender. Se o faz, é por ser sua atribuição. Disse tudo.

Exato, Jotinha. Isso só comprova o que vínhamos dizendo desde o estadual: O time é limitado, mas com o RS estava abaixo do que podia apresentar.

Celso, se já há mais vontade do time por conta dos jovens, é graças ao Jair. Ele não poderia mudar tudo de uma única vez. O pouco que já fez, está refletindo dentro de campo.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Uma observação sobre a zaga. Nos últimos tempos do René, a zaga era Renan Fonseca e Roger carvalho, com o Giaretta jogando no meio campo, cabeça de área.
Com o Jair, o Giaretta retornou à zaga e o Roger foi sacado; com o Diérson, um jovem, tendo oportunidade na cabeça de área.
Poderia ter colocado o Émerson, concordo, mais ele fez modificações na escalação, mais ou menos dentro daquilo que era esperado e cobrado.
Os resultados deste jogo contra o Bahia e contra o Figueirense me parecem distintos, até mesmo pelas escalações feitas. Em SC a escalação foi Jéfferson, luis Ricardo, Renan Fonseca, Giaretta e Carleto, Camacho Arão, Diego Jardel e Elvis, Pimpão e Bill. Entraram no jogo o Émerson, Airton e o Henrique.
O time escalado em SC tinha muito mais "cascudos", rodagem e tempo jogando junto do que esse que foi escalado ontem; por isso a distinção que citei acima.
SA!!!

Anônimo disse...

Quanto a falha do gool do Bahia, normal; pois o Renan Fonseca não sabe se posicionar como zagueiro, com aquela altura toda, não sai do chão é muito fraco tecnicamente esse zagueiro.
Não acho Giarreta ruim é bem melhor que o Renan Fonseca, quem jogar ao lado dele vai se queimar, pode colocar quem for.
Acredito que o Luis Henrique precisa de um parceiro para jogar ao seu lado.
Resultado foi ótimo o empate de ontem,agora empatar com Boa Esportes em casa e perder para o bravo Bragantino e o modesto Macaé empatar com Atlético GO e com o Ceará realmente foi resultados péssimos.
Jair até agora só pegou pepino os times da parte de cima da tabela, Náutico e Bahia ganhou 04 pontos ótimo aproveitamento.
As vitórias do Renê só convencia a ele próprio e alguns torcedores como eu, por exemplo, minha paixão pelo clube ás vezes não consigo enxergar a realid

Ubirajara

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Márcio. Querendo ou não, ele mexeu um pouco no sistema defensivo.

Ubirajara, também acho o Giaretta melhor que o RF.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Muito bom resultado ontem. Eu acho muito engraçado quando alguém diz: se não fosse o goleiro o time tinha perdido. Pombas, o goleiro tá ali prá que? O Jeferson é realmente o grande craque do futebol brasileiro no momento, para ser mais exato, eu diria o único craque. O resto, bem o resto é resto. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Sergio. Goleiro tá ali para isso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E por falar no Ceará, excelente time e técnico e que iria subir muito na tabela, segundo o RS, levou mais um sacode dentro de casa; perdeu para o Mogi por três a dois e continua na lanterna a quatro pontos do penúltimo colocado que é o Boa Esporte.
Isso prova o quanto o RS deturpou a realidade para justificar as suas teorias.
SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Eu tenho por hábito primeiro fazer meu(s) comentário(s) e depois ler os dos companheiros, mas lendo o do Márcio vi que fiz o mesmo comentário em relação a posição de goleiro. Aliás, alguns pontos bateram com o que fiz ontem, mas o que chama a atenção é a falta de um jogador no meio que pense. Eu fico pensando o seguinte: seria falha do zagueiro do Bota no gol do Bahia ou mérito do ataque do Bahia? Talvez se o nosso zagueiro pulasse desse para atrapalhar o atacante, mas a jogada deles foi bem tramada e, acho que o problema veio principalmente da nossa lateral que deixou o lateral baiano cruzar. Os torcedores de um modo geral quando o gol é para o seu time acham que foi uma bela jogada, como foi o gol do Botafogo, mas quando é dos outros sempre acham que é falha de alguém. Ora, a jogada que busca o gol é sempre na intensão de alguém falhar, caso contrário não sairia gol, muito embora o gol seja apenas um "detalhe" para alguns técnicos. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, e tinha gente que acreditava nas bravatas do palestrante.

Perfeito, Sergio.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Roberto Santana

Resido em Aracaju e, não perco uma oportunidade de ver o FOGÃO ao vivo. Estava lá.Com relação ao agradecimento a torcida, houve sim, Luiz Henrique puxou varias vezes alguns jogadores para acenar e agradecer a galera. Sabado contra o Luverdense estarei no NILTÃO.

Marcio disse...

Faço apenas um colocação em relação ao Fonseca. Nessas bolas cruzadas, ele quase nunca observa o posicionamento do adversário; no jogo contra o Figueirense, ele meio que larga o centroavante para acompanhar a trajetória da bola. Claro que o atacante em jogada de linha de fundo sempre estará de frente para a conclusão e por isso tem a vantagem, mais me parece que há uma certa indefinição nesse tipo de marcação.
Para não ser injusto, já houve partidas em que ele foi quase absoluto nas jogadas aéreas quando as mesmas não partiram da linha de fundo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Roberto.

Márcio, o problema maior do RF é que erra uma bola por jogo. Muitas vezes elas resultam em gols adversários.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, agora com o Ricardo Gomes, pode ser que essa situação seja resolvida ou minimizada, pois ele foi zagueiro e por certo tem muito a passar dos seus conhecimentos práticos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pode ser, Márcio. Apesar de ser difícil imaginar que RF ou RC consigam colocar em prática o que o RG explicar, né? Isso porque o RG foi um baita zagueiro...já os dois atuais...
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Comentário sobre a torcida. Compareceu em bom número levando o time para frente. Isso é muito positivo. Deu para notar que não eram só de organizadas. Tenho ido ao Nilton Santos e percebo muitas famílias. o estádio tem boa infra e tudo tem funcionado a contento. Ponto para a diretoria e para torcida que vai para se divertir e vibrar com o time.
SAN
Lincoln

Fran Bouéres disse...

Meus amigos, antes do processo de trabalho e de desempenho do novo técnico Ricardo Gomes (oxalá, seja positivo) quero dividir com vocês minha preocupação pela sua contratação e pela não permanência de Jair Ventura no comando técnico do Botafogo. JV cria do glorioso, com laços familiares históricos com o nosso alvinegro, demonstrando competência, audácia e conhecimento do elenco e da contemporaneidade do futebol jogado no Brasil, deveria continuar. Achei a contratação de RG tempestuosa e desnecessária, afirmo isso devido ao seu afastamento efetivo das quatro linhas há quatro anos - não quero auferir nenhum conceito sobre sua condição de saúde, pois não me sinto em condições para tal. Poxa, quando o destino concilia conosco afastando o nosso psicólogo e colocando no nosso caminho um jovem promissor... Vem uma decisão dessas??!! Observo, aqui, em São Luis, o Sampaio sendo treinado, com muita dinâmica, por um jovem treinador o Léo Condé, do quilate do JV; vejo no Sport de Recife, o Eduardo Baptista realizado um trabalho cheio de envergadura e tantos outros jovens técnicos espalhados pelos grandes times do Brasil com esse perfil do JV. Queria deixar para vcs essa dúvida que sinto a respeito de RG, bom sujeito, jogador e técnico vitorioso, coisa e tal, porem convenhamos... Continuaremos!
Sds,
Francelino Bouéres.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Lincoln.

Francelino, vamos torcer para que o RG ouça muita coisa passada pelo JV.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Eu gostei do resultado e da evolução de alguns dos nossos jovens que se seguirem em evolução nem precisaremos de mts reforços.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno.
Abs e SA!!!

Rafael Elias disse...

Preocupado. Ainda nao digeri bem a saida do pimpao e do gil, nossos melhores jogadores, no meio do campeonato! Mas gostei dos mlks. Gege se sentiu mais à vontade com o octavio e ate com o dierson (levo fe nele pelo q vi na base). Procura-se um jogador de velocidade pra jogar com o LH. Lulinha ou Neilton. O LH precisa ficar mais solto pra fazer o que mais sabe: gols. Foi o melhor no ultimo jogo pq o jeff "nao conta". E por fim, espero q os uruguaios venham pra somar e nao pra chegar tomando as vagas do dierson e do LH.

Rodrigo Federman disse...

Rafael, quando Neilton ou Lulinha são as opções para o ataque, continuo preocupado. hehehe
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Colegas,
Estive na Fonte Nova, afinal, em Salvador, só tenho duas oportunidades de ver o Bota. Foi um bom jogo. O Bahia tinha vencido todas em casa e é um dos favoritos à série A. Durante boa parte do jogo, fizemos um jogo equilibrado mas falta treino e experiência aos garotos que, caso mantidos, vão evoluir muito. Concordo que falta um companheiro para o LH, que se movimenta e se posiciona muito bem mas a bola não chega, ou por erro de lançamento ou por prenderem a bola em demasia. Quero lembrar que tivemos 2 jogos complicados e a defesa melhorou muito. Não passamos sufoco nesses jogos. Entendo que a nossa principal carência é de um meia.
Sds botafoguenses,
Valmir Marciano

Rodrigo Federman disse...

Valmir, acho ainda que temos carências no meio (proteção), zaga e lateral esquerda também. Além, claro, de um bom companheiro para o LH.
Abs e SA!!!

Dejair de Assis Cunha disse...

Ninguém comentou sobre o Daniel 120kg de Carvalho. Deixou o time mais lento quando o Bahia tava com o capeta no corpo querendo comer o fígado do Botafogo. E depois ainda veio o Lulinha Molusco, puts!!! só pq ele empurrou aquela bola pra dentro do gol do Náutico, ele acha q é o tal. Pura sorte q ele tava na cara do gol. Esses 2 mulambos não são bons pro time. Octávio ainda acho meio fora de sintonia. Vamos aguardar os próximos jogos. SAN.

Rodrigo Federman disse...

Dejair, o DC já mostrou que não quer mesmo entrar em forma. Também concordo sobre o Lulinha. Já o Octávio, eu acho que pode ajudar bastante.
Abs e SA!!!