sexta-feira, 9 de outubro de 2015

A realidade é outra















Participando de um programa de tv, o zagueiro Renan Fonseca tentou fazer uma avaliação/comparação do atual momento do Botafogo na série B com uma hipotética campanha na séria A (nessa temporada):

"- Vejo alguns jogos, não todos. Mas o que a gente percebe é que o futebol está muito equilibrado. Os jogos estão sendo decididos em alguns detalhes. No Carioca a gente jogou contra Flamengo, Vasco e Fluminense de igual para igual. Acho que se a gente estivesse na Série A, a gente estava fazendo uma Série A segura. Estaríamos por cima com algumas contratações, alguns nomes de peso".

Os amigos concordam com o defensor botafoguense?

Sei que é difícil trabalhar com o "se" (principalmente no futebol), mas eu acho que com o atual elenco, estaríamos ali entre os seis ou sete que no momento estão brigado contra o descenso na primeirona. 

Em relação aos "nomes de peso" que permitiram o Botafogo estar na parte de cima (na opinião do Renan), sabemos que é impossível na atual situação financeira do clube. Portanto, não adianta trabalhar com o que, por enquanto, é inalcançável.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

23 comentários:

Antonio de Padua disse...

Se eu fosse fazendeiro e estivesse com problemas com o gado, contrataria o Renan... Ele é ótimo, contando historias pra boi dormir. Um verdadeiro ´´FORREST GUMP.``
E o Jefferson, hein! Virou motivo de chacota nas redes sociais, devido a essa corrupta CBF. Antes, os jovens jogadores sonhavam em jogar na seleção Brasileira. Hoje, preferem jogar na Alemanha, Espanha, Uzbequistão, etc...
Voltando ao Botafogo, ouvi que estão aprimorando chutes a gol numa animada pelada...
Pensei que fossem aproveitar o tempo para treinar posicionamento tático, buscar entrosamento... Mas, pelo que vejo, vamos continuar no mesmo e espantoso marasmo coletivo de um time que, individualmente, é cheio de desculpas decoradas e análises fictícias.
Fui.

Rodrigo Federman disse...

Hahaha! Antonio, de histórias para boi dormir, eu diria que todos lá em GS são mestres no assunto.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

A grama do vizinho é sempre mais verde...

Rodrigo Federman disse...

Só não vê quem não quer, Anônimo...
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ele perdeu uma grande oportunidade de ficar calado.
Borba. SDS botafoguenses

Yolanda disse...

Rodrigo, eu dia mais "pior cego é aquele que não quer vê" (ditado popular).
Acorda RF!!! esse time brigaria pra não cair.
SA!

Rodrigo Federman disse...

Borba, até porque, não acredito que ele realmente pense assim! Rs

Perfeito, Yolanda.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,não sou ranzinza,chato,nem estou esclerosado,apenas sou realista e acompanho futebol há mais de 60 anos.Portanto,conheço um pouco dos bastidores.Por isso canso de repetir aqui e em outros blogs alvinegros que,desculpe a grossura,CAGO E ANDO para essas entrevistas e notícias publicadas.Alguns já disseram o que também penso,tudo historinha do boi tatá,conversa para boi dormir,etc.
Eu entendo que na falta de partidas,os dedicados amigos blogueiros têm que preencher seus espaços,o que reconheço deve ser uma tarefa duríssima para vocês,pois 90% do que dizem os jogadores e os dirigentes é tudo "CONVERSINHA"fiada.
Contratações para 2016,renovações,etc,só no final de 2015 e possivelmente após as férias dos craques.Haja leilão,pois até pereba entra no rolo.O torcedor que se prepare para receber os contra pesos junto com os bons que contratarmos,pois é assim que a banda toca EM TODOS O CLUBES BRASILEIROS.
Vejo alguns torcedores se descabelando e achando que essas merdas só acontecem em nosso clube.Ledo engano,tem times no sul do Brasil,particularmente no Paraná,que o dirigente vendeu metade do time de juniores que ganhava tudo.Muitas canalhices não são divulgadas na mídia,pois os pilantras compram o silêncio.
Não se esqueça que o MA era enaltecido como dirigente padrão,jovem com idéias avançadas,etc,pela mídia do RIO,na época "bancada" a almoços na Estrela do Sul e grana por fora.
Vamos torcer para um futuro melhor,o que acho difícil de ser alcançado logo logo.
Meu amigo,sem grana,dindim,um patrocínio forte,etc,é muito difícil montar um grande time.Torçamos para que os jovens se sobressaiam e consigamos algum retorno financeiro para colocarmos a casa em ordem.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, ainda bem que eu sempre critiquei o Nininho, quando esse era vangloriado por toda a imprensa e muitos botafoguenses (enquanto enganava a todos). Rs
Abs e SA!!!

Dejair de Assis Cunha disse...

Sei que não tem nada a ver com o post, mas fiquei indignado com certos comentários por aí após o jogo da seleção ontem, falando mal do Jefferson pq ele joga a segunda divisão. Até parece que a estado deplorável da seleção é por causa disso. tem gente q esquece q o mascarado Julio Cesar jogava no timeco canadense e depois ficou sem clube e defendeu a seleção na copa. Creio eu que o Jefferson é um dos poucos jogadores da atualidade que atua pelo amor ao futebol, pois do contrário ele já teria metido o pé do Botafogo como muitos jogadores fazem, assim que seus clubes ficam em situação ruim. Nada mais a expor. Vida longa ao camisa 1 do Fogão.

Rodrigo Federman disse...

Dejair, eu sinceramente cago e ando para a seleção. E mesmo com o Jeff por lá, torço contra. Quero mais que coloquem pressão a ponto dele nunca mais ser convocado e ficar exclusivamente para o Botafogo.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Para 2016, no futebol dito profissional do Botafogo FR, tudo o que desejo é não passemos muitos sustos, muito menos, um terror como foi em 2004.

Não haverá grana para montar um time competitivo, não boto fé nos "gerentes" (nem Antonio Lopes nem em gente endeusada como aquele...putz ! esqueci o nome; é seu xará, Rodrigo ? Rodrigo Caetano ? não importa) nem boto fé na maioria esmagadora dos treineiros que temos por aqui, que não treinam nada, não tem preparo, só blá-blá-blá e rachão e papo de boleiro.

Então é, garantido o retorno à série A, fechar um patrocínio razoável e ter como objetivo máximo não dar sustos na torcida e terminar entre aqueles que disputarão a Sul Americana em 2017.

É a nossa realidade. Agradeçamos, e muito, ao inesquecível Pinóquio Assumpção.

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Eduardo. A realidade é (e será) essa e não podemos fechar os olhos para isso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Um zíper para o Renan Fonseca!

Quanto à crítica ao Jéfferson, que se F..., com maiúsculas. Chamem o do 1 a 7 e tudo certo.
SA!!!

Anônimo disse...

Eu não sou mãe Diná embora concorde com tudo o que Renan falou.Penso também diferente dos demais:
1)Acho que esse time treinar demais porque com esse elenco e esse orçamento desse ano ano de 2015 é quase um milagre esse time disputar 29 rodadas e não sair do g4
2)Essa conversa de falar que a série B é mole é só observar os elencos de Vitória e Bahia que não é essa molezinha não.
3)Planejamento do botafogo 2015 está sendo um sucesso absoluto que eu nunca acreditava.
4)Time sofreu um desmanche no meio da tabela e assim mesmo não deixou a peteca cair.

Resumindo na minha opinião,esse time treina demais;porque o elenco é bem limitado.
Acredito também, se conseguir no próximo ano, honrar os salários em dia e reforçar com peças minuciosas, não dá para disputar rebaixamento, também não acredito em grandes vôos.

Ubirajara

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Marcio.

Ok, Ubirajara. Respeito a sua opinião, mas discordo em grande parte.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

O acesso para a série A não está garantido!

Vocês ficam falando em planejamento para 2016, mas não podemos esquecer que temos dez jogos (acho que é isso ) para tomarmos sufoco e contarmos com a sorte.

Tenho escutado notícias de jogadores projetando série A. É cedo para comemorações.

Não acredito no futebol jogado por esse time. Vamos com os pés no chão.

Tenho medo do salto alto dos jogadores. Somado a isso, Vai que o frescor físico não seja o ideal, aí mesmo que eles não correm.

Newton

Rodrigo Federman disse...

Newton, não está matematicamente garantido, mas diante da ruindade dos demais, não consigo imaginar o Botafogo fora. Mas mesmo assim, um planejamento já tem que ser feito desde agora sim.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Sim Rodrigo, concordo com o planejamento pelos dirigentes. So que as notícias dão conta de jogadores falando que o time iria bem na serie A e outras coisas.

Se eles acharem que já estão lá, aí mesmo que vem o sufoco. Aquela preguiça de atacar que nós vimos no último jogo.

Newton

Rodrigo Federman disse...

Newton, entendi. Verdade!
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

O Renan já jogou série A alguma vez?

Só falou merda!

O time do vasquim é muito "menos pior" que o do Botafogo e tá passando vergonha no campeonato da série A.

Se não reforçar muito, ano que vem desce de novo.

Presidente, pelo amor de Deus, não ouve "esses caras", não!

Marcio disse...

O Renan Fonseca está "empolgado" com os números que o BOTAFOGO tem na série B, e não é só ele, por isso acredita em um hipotético sucesso na série A.
Utilizam os bons números para esconderem más atuações na série B e escondem os péssimos números, clássicos estaduais, para enaltecer o jogar de igual para igual.
Vejamos:
No Carioca fizemos 7 clássicos, com 4 derrotas, 1 empate e 2 vitórias. Em 21 pontos disputados, ganhamos 7; aproveitamento de 33%.
Ao acrescentarmos os dois confrontos contra time de série A pela Copa do Brasil, Figueirense, os números totais são esses:
São 9 confrontos, com 5 derrotas, 2 empates e 2 vitórias. Em 27 pontos disputados, ganhamos 8; aproveitamento de 29%.
No momento, não custa lembrar que dois dos adversários de serie A enfrentados, encontram-se na zona da degola, Figueirense e Vasco. Quanto a ter chegado na decisão do Carioca, olhar o desempenho dos cariocas nas Séries C e D, mostra que ter cautela é sempre mais indicado.
Em resumo, não é de hoje que dão a tradução que desejam aos números na intenção de manipular o pensamento do Torcedor; não caio nessa, não me enganam.
A visão dele do passado, Carioca, e presente, Série B, para justificar a sua tese de que faria uma Série A segura, está equivocada; baseada nos próprios números que tanto adoram alardear. Aproveitamento pífio contra os da "elite".
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Eu também acho, Jacaré.

Boa, Márcio. Os números contra times da série A mostram o quanto o RF não sabe o que está falando.

Abs e SA!!!