sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Qual Botafogo?


















O zagueiro Roger Carvalho falou sobre a postura que o Botafogo deverá ter amanhã, ao enfrentar o Náutico, em Pernambuco:

"- Cada um encara a partida como se fosse a última do campeonato e sempre pensando em vencer. É como se fosse uma guerra e temos que entrar determinados contra qualquer adversário".

Ok, assim esperamos (e cobramos). Só ficamos desconfiados porque nunca sabemos qual Botafogo entrará em campo: Aquele que até tem dificuldades para vencer - mas brigando do início ao fim - ou o que pisa no gramado sem a menor vontade e interesse (como na última terça-feira).

O certo é que eles fracassaram contra um adversário mais fraco em pleno Rio de Janeiro. Agora, cobraremos postura e três pontos diante de um rival mais perigoso e diante dos seus torcedores.

Paguem a conta.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

13 comentários:

Sergio Di Sabbato disse...

Esse time é bipolar. Acho que o grande problema da última terça é que o time estava se achando e ganharia o jogo no momento em que quisesse, sem fazer muita força, afinal, o Ceará está na zona do rebaixamento. Nem os grandes times do Botafogo ganhavam sem fazer esforço, imagina esse, que entrou com uma soberba do tamanho da sua ruindade, aí amigo, caiu do cavalo. Se não brigar o tempo inteiro não ganha nem do time de pelada do aterro. O que espero sábado é que o time brigue, e muito. Perder faz parte, mas sem luta é nojento. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Sérgio. Bipolaridade clara.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...


Declaração chula e vazia, equivalente ao futebol de pixotadas por ele apresentado. Tô de saco cheia dessas "falas" desprovidas de novidades e inteligencia.
Só faltou dizer que agora é levantar a cabeça e ..........

Patinhas.

Rodrigo Federman disse...

E trabalhar muito, Patinhas! Ou que eles sabem da dificuldade que encontrarão em Recife e blá blá blá...
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E não duvido que façam uso desse discurso amanhã ou depois; o mesmo faz parte da rotina.
Vamos ver o que eles vão apresentar em Pernambuco.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, eu também não duvido!
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Veremos qual Botafogo entrará em campo... Se com ferradura ou sapato alto.
Essas declarações texto pronto são chatas demais... Aliás o futebol anda muito chato.
Sinto falta do tempo que os caras ficavam com vergonha na derrota e saíam pra beber com o torcedor nas vitórias.
Uma cena que não me sai da mente, é o ex-zagueiro Sheidt bebendo cerveja na taça de campeão... Com jogadores e torcedores num restaurante.
Hoje está tudo muito politicamente hipócrita.

Rodrigo Federman disse...

Vinny, fecho contigo. Hoje, além de hipócrita, no futebol, qualquer zé ruela é tratado como craque e ainda são cheios de marra. Falo isso por experiência própria, quando fui ao aeroporto ver a chegada deles (para o jogo contra o Mogi Mirim) aqui no ES. Tirando o Sassá, o Giaretta e mais dois ou três, todos passavam rápido, com fones e olhares de indiferença como se fossem monstros sagrados e intocáveis.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Por isso a corneta toca alto, Rodrigo... sem pena...
Bando de muquiranas!!
Apenas um ou outro se salva... O resto... É resto.

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Vinny.
Abs e SA!!!

Jeremias disse...

Oq sai da boca de jogador já sabem neh só BOSTA das grandes se jogassem metade que eles dão entrevistas seriam os melhores do Brasil

Marcio disse...

Rodrigo, esses caras não merecem sacrifícios, pois pensam e agem como se estivessem fazendo um grande favor em jogar no nosso CLUBE.
E muito também por culpa da imprensa que os chamam de craques, ídolos e tudo mais por causa de dois passes certos em um jogo qualquer.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Jeremias.

Márcio, da imprensa e grande parte da torcida também.

Abs e SA!!!