segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Divisões bem diferentes

















Questionado se o elenco atual teria condições de desempenhar um bom papel em uma eventual primeira divisão, o goleiro Jefferson respondeu:

"- Não sei, não tem como fazer uma comparação, a gente sabe que a Série B é diferente da Série A. Claro que classificando teremos de nos reforçar, é muito competitivo, mas não tem como fazer uma comparação, é muito diferente".

Realmente é difícil. Poderíamos estar surpreendendo, mas em uma avaliação rápida (e apenas teórica), eu ainda acho que estaríamos na parte de baixo da tabela. 

De todo modo, o Jefferson deu a deixa e espero que a diretoria esteja trabalhando em reforços (de verdade) para 2016. A começar pelas renovações daqueles que fizeram boa campanha na atual temporada.

E para mim, foram poucos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

29 comentários:

Jeremias disse...

Olha não ainda a gente achar que vira jogadores de nome pq esses não vem , mais pelo menos jogadores que tenha vontade de crescer pq chega de chinelinhos um amigo meu que TB e mto botafoguense disse para que não dúvida nada do ex jogador Ronaldinho gaúcho vir jogar no BOTAFOGO pensei um pouco e disse a ele TB não até pq o nosso clube adoro ressuscitar alguns e morrer com outros ex jogadores boa sorte sou Botafogo até em baixo da terra

Rodrigo Federman disse...

Deus nos livre de RG, Jeremias.
Abs e SA!!!

Lorismario disse...

Creio que a fala do Jeff é correta. Não é possível uma comparação entre dois grupos (A e B) tão heterogêneos. Creio que precisamos de um lateral pela esquerda, um bom volante de contenção (não sou tão contra o Airton como a maioria. Coloco muita esperança no Fernandez e mais um atacante de boa resolução. Penso que deveriam colocar o Emerson para jogar no carioca, embora ache que o carioca não sirva de parâmetro para nada. Colocar tbém o ala direita para jogar (esqueci o nome dele). No mais é jogar para ficar no meio da tabela e ir re-estruturando o clube. Loris

Rodrigo Federman disse...

Sim, Loris. Pensar em não passar sustos em 2016 e aí sim, almejar um 2017 em melhores condições de brigar por voos mais altos.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Que são duas divisões diferentes não há dúvidas, e que o Botafogo precisa de pelo menos uns 4 ou 5 nomes que possam acrescentar não temos como negar. O que não pode é pegar jogador com nome mas que não quer mais nada com o futebol. Lembrando que o Botafogo foi tri campeão de remo e que o comandante da regata é o neto do maior presidente da história do Botafogo: Paulo Azeredo. O Cacá Azeredo vai assumir o futebol e parece ter a veia vitoriosa do avô, uma vez que conquistou o inédito tri no remo, título inédito e mais ainda: o clube não conquistava um título no remo a décadas. Botafoguense de estirpe e apaixonado ele é, quem sabe se novos tempos não vem por aí. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Amém, Sérgio!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, uns dos nomes especulados para o reforçar a equipe na série A é do atacante Fernandinho do Grêmio. gosto da idéia, apesar da reserva no time gaúcho, é um jogador que disputaria vaga com Neilton, joga pelos lados do campo em velocidade. Seria bem útil na dificil jornada que nos espera em 2016.

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

Sim, Marcelo. Nome interessante, mas acho que é muito caro.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Correto o pensamento do Jéfferson, ainda mais se levarmos em consideração os resultados obtidos enfrentando os de Série A; percentual baixíssimo de aproveitamento.
Quanto a 2016, o Carioca tem de ser levado a sério, mas para que sejam feitas boas avaliação e preparação para o Brasileiro e Copa do Brasil. Se o título vier, melhor.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, espero que eles vejam o carioca desse jeito mesmo.
Abs e SA!!!

WAYNE disse...

Saudações alvinegras.
Aproveitando o espaço, quero transmitir aos Botafoguenses que somos TRICAMPEÃO NO REMO, FAZENDO JÚS AO NOME - BOTAFOGO FUTEBOL E REGATA.
REGOZIJAMOS PELO ESSE FEITO. DERROTAMOS FLAMENGO E VASCO.
Abs SA

Marcio disse...

Rodrigo, os resultados obtidos pelos cariocas nesse 2015, em todas as Séries do brasileiro, indicam mais uma vez que conquistar o campeonato local não é garantia de sucesso.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Wayne.

Exatamente, Márcio.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Da montanha de R$ 829 milhões de passivo, o Botafogo vê a transformação de uma receita de R$ 9 milhões em dívida de R$ 8 milhões como um enigma. Intimado a repassar o valor da venda de Vitinho ao CSKA, da Rússia, à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGNF) para pagar um débito de US$ 10 milhões em 2013, o clube não fez e gerou uma multa de R$ 8 milhões. Isto é: o clube agora deve cerca de R$ 37 milhões à Procuradoria.
— Pelo que nos consta, o Botafogo simplesmente perdeu o prazo para pagar em juízo a dívida com a Fazenda. Não apresentou documentos ou qualquer justificativa e gerou uma multa de R$ 8 milhões. Não sabemos o motivo para esse descumprimento, mas vamos descobrir — afirmou o presidente Carlos Eduardo Pereira.
Sem recursos para contratar uma auditoria, o Botafogo não se vê com outra saída. Uma empresa independente será contratada para fazer devassa nas contas. A administração de Carlos Eduardo Pereira deseja descobrir o que levou a gestão do ex-presidente Maurício Assumpção a descumprir a ordem judicial e transformar o crédito em dívida milionária. Caso fique comprovada a negligência administrativa sobre as contas do clube, o caso será levado ao Conselho Deliberativo e também à esfera criminal.
— Existe uma área cinzenta no passado do Botafogo, que estamos atrás. Precisamos fazer uma auditoria o quanto antes, mas não temos dinheiro para isso no momento. Caso fique comprovada a falta de lisura da administração passada, vamos cobrar a quem tiver que cobrar — afirmou Carlos Eduardo Pereira.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Anônimo.
Abs e SA!!!

Marcos Oliveira disse...

Rodrigo, como sempre o Jéferson foi correto. É fato que são bem distintas as qualidades das duas divisões, entretanto ele não pode detonar um grupo que, para o ano, muitos estarão com ele. Precisaremos de 6 bons jogadores para fazer um time competitivo para 2016. Fernandinho é um bom nome. Na reserva, talvez o Grêmio aceita dividir o salário com o Botafogo. SAN!

Marcio disse...

Não sei se a legislação permite.
Já que alegam não ter dinheiro para contratar a auditoria, mão custaria ceder um espaço na camisa ou algo parecido em troca dos serviços.
SA!!!

Anônimo disse...

Botafogo quase perdeu um torcedor no final do ano passado,falei para minha esposa nunca mais vou acompanhar os jogos do botafogo e vou deixar de torcer.
As noticias do final de 2014 era triste e o ex-presidente eu não podia vê ele falar sobre o botafogo,um cara que era para ser expulso do clube pela torcida, já que depender de um Rollin de um Mauro Ney e de um Montenegro é pedir demais.
Situação que o Carlos Eduardo encontrou o clube, eu não esperava nada dessa equipe,que vendo direitinho foi montado toda nova e o Antonio Lopes foi de uma felicidade grande de montar um clube sem dinheiro.
Você não imagina a alegria que estou nesse final de ano,TÔ feliz que nem pinto no lixo e já falei a minha esposa estou aguardando o titulo e vou colocar o Poster junto com todos que eu tenho, sem nenhuma obstáculo;por se tratar da série B, espero que seja o começo de muitos títulos, que vem por aí em 2016.
Concordo que o time precisa de reforços,mais esses caras que jogaram a série B, honraram a tradição de nosso clube,já estamos na série A,sem sofrimento algum, até que enfim estamos fechando um final de ano, bem feliz.

Lindomar

Celso Ricardo disse...

Nenê do "rebaixado" Vasco é um bom nome.

Anônimo disse...

Na manhã do último domingo(01/11), a equipe Sub-20 do Botafogo fez uma grande exibição ao derrotar o Flamengo por 4 a 0 pela última rodada do 1ºturno do grupo E, no CEFAT, em Várzea das Moças. Leandro pelo segundo jogo consecutivo anotou dois gols, Lima e Ribamar completaram o placar.

Rodrigo Federman disse...

Marcos, se o Grêmio topar dividir o salário, bom nome.

Uma boa ideia, Márcio.

Lindomar, que bom que voltamos para a série A, mas eu não fiquei tão entusiasmado assim com essa temporada não.

Celso, ouvi dizer que ele recebe 320mil. Se for verdade, inviável.

Valeu, Anônimo.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, resta saber se internamente desejam verdadeiramente a Auditoria. Hoje alegam a falta de dinheiro, espero que no futuro, ao final do mandato, não aleguem falta de tempo para execução da mesma.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Tem esse "porém" mesmo, Marcio!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Se for pensar assim, acho que o botafogo não cairia, temos um time melhor que os 4 de santa Catarina, que o Goiás, que os dois do Paraná tbm..
Acho que brigariamos por uma sul americana.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, não vejo um time tão melhor que esses ainda não.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, um amigo meu vascaíno, disse que o nenê, recebe 175 mil, um excelente nome, concorda?

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, vários jornalistas dizem que o salário dele está na casa dos 300 mil (o que eu acho mais possível). Além disso, parece que o Palmeiras está na briga pelo Nenê também. Assim, não temos condições ($) alguma.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Acho que o Lopes e a Diretoria já estão trabalhando em nomes para a próxima temporada. Claro que queremos nomes de peso, mas eles são muito caros. A solução é muita criatividade e convencimento que e melhor ser titular no Botafogo do que reserva em outros times. É o caso do Fellype Gabriel, Fernandinho, Maicossuél e alguns outros. Zagueiro está difícil no mercado. Falando sério o futebol no Brasil está em baixa e vai ser difícil. Ia também para o mercado latino americano. Nossas últimas experiências tem sido boas.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, esses próprios citados são muito caros. Precisaremos ter bastante molejo nas negociações econômicas de jogadores melhores (e consequentemente mais caros).
Abs e SA!!!