quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Hora de virar realidade

















Depois de bastante esforço e negociações com o Cruzeiro, a diretoria botafoguense conseguiu manter o Neilton no elenco.

E ontem o atacante mostrou otimismo para a temporada de 2016:

"- Estou pronto para ajudar o Botafogo, mas acho que não tem isso de papel de protagonista. Quero cooperar com o elenco. O que eu me comprometo com a torcida alvinegra é muito empenho e vontade de ganhar. Confesso que estou muito motivado para esta temporada".

Isso aí. Empenho é o mínimo que esperamos. E agora, do Neilton, quem sabe, a grande chance de se firmar como realidade no futebol brasileiro, afinal, até o ano passado - e já com mais de 20 anos - ainda era tratado como "eterna promessa".

Quem sabe com a volta do GLORIOSO à primeira divisão, o Neilton não resolve "desabrochar" de vez, né?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

36 comentários:

Eziel Junior disse...

Cara Henrique Almeida entra na justiça contra o Botafogo... ate quando vamos ter problemas tribunais por jogadores medíocre??? Nosso departamento jurídico é um lixo não ganha nada e só aparece problema atras de problema nunca vi o ano mau começou e não temos time pra confiar e sim um monte de jogadores estranhos que nunca ouvimos falar. Eu amo o Botafogo mais cara estou cansado de sofre.

Rodrigo Federman disse...

Eziel, mais uma da herança maldita do Nininho.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Acho que se o neilton melhorar na finalização pode ser muito útil deve fazer um treinamento a parte porque técnica ele tem

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, e ser menos cai-cai também.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Não dá pra entender essa história do Henrique e cair na mesma armadilha que foi com o Gabriel, Daniel e outros jogadores e seus empresários picaretinhas macumunados com clubes sem vergonha como a Flavela, São Paulo e outros. Ou o Dep. Jurídico acorda ou vamos tomar tantos ferros quanto forem os jogadores. O Pedro Rosa tá dando declarações que está machucado por conta das atividades no clube e que não teve o tratamento desejável. Tipo de sacanagem prévia para ajuizar uma ação pra ferrar o clube, como se sua lesão fosse culpa do clube e não da atividae esportiva inerente a sua profissão. A impressão que dá é que o Botafogo é saco de pancada de advogados. Os outros times não tem ações trabalhistas não?!? O dep. jurídico do clube não tem advogado trabalhista (especialista)? Ou abrimos o olho ou esse passivo nunca vai acabar.

Marcio disse...

Alguns noticiários deram conta que o Neilton fez trabalhos durante as férias para voltar relativamente bem.
Tomara que a recompensa por esse esforço extra venha com boas atuações durante 2016.
Quanto ao Henrique, o jogador reclama de 28 meses de FGTS atrasados, entre outras coisas.
Particularmente não queria a volta do referido jogador. Entretanto, para quem desejava contar com o seu trabalho, o mínimo que poderiam ter feito era chamá-lo para negociar a dívida; pior ainda será se o BOTAFOGO não conhecesse essa dívida.
Sei não...
SA!!!

Marcos Moreira disse...

1- Sobre este tópico: Acho que o Neílton, se tiver de ser um "grande jogador" , ou seja se tem potencial, este é o melhor momento para arremeter, que tenha muita sorte, não tendo lesões e que encontre os pares ideais para ter o melhor desempenho. 2- Sobre o caso Henrique: Numa análise fria, errado foi a sua contratação, 50 % do passe muito caro para uma aposta, salário elevado para um jogador que na época da contratação, veio para ser reserva. Não tenham nenhuma dúvidas, todos sabiam desta dívida com ele, mas não tinham como pagar. Foi um risco assumido, pois só tinha como pagar o time que disputava a série B. Ninguém queria o Henrique, a não ser de graça. Quem apareceu com proposta de compra? Ninguém! É uma "tralha" a menos, que vá para a fila dos credores...SAN!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, não é de hoje que o nosso departamento jurídico deixa a desejar. Parece que essas coisas só acontecem com o Botafogo. Impressionante.

Marcio, tem coisa aí!

Marcos, eu quero ser mais otimista em relação ao Neilton. Por enquanto, ainda não consigo. Sobre o Henrique, mais uma da gestão MA.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Caso Henrique: Não acredito em incompetência de alguns que "dirigem" o nosso Botafogo . Acredito em má fé, ou seja , comissões...

Marcio disse...

Entendo a falta de dinheiro para quitar a dívida com o Henrique e principalmente em relação ao seu alto custo. Por outro lado, essa mesma falta de dinheiro pode ser relativada se pensarmos que contrataram o Bazzalo e o Airton e nenhum dos dois passaram perto de entrar em campo.
Eu continuo convicto de que não fez e nem fará falta.
Só que o pedido do Ricardo pela volta do jogador, provavelmente, não surgiu de uma hora para outra; havendo concordância da direção do CLUBE com esse desejo, sabedores da dívida (?), deveriam ter tentando ao menos abrir negociação.
Como podem desejar ficar com um jogador se há valores financeiros pendentes, sem haver uma minima negociação?
Está faltando capítulo nesse livro.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Celso, de tudo um pouco.

Pois é, Márcio. E um capítulo importante, eu diria.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Que Deus te dê muita saúde, Neílton.
E uma boa paciência, pois a nossa torcida é exigente.
Que 2016 seja o início do protagonismo do Glorioso no futebol.
Abs e SA.
Bento.

Rodrigo Federman disse...

Bento, e temos que ser exigentes mesmo, né? Afinal, aqui é Botafogo! Rs
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Márcio, meu amigo. Em momento algum quiseram o Henrique. CLARO que sabiam da dívida e que Henrique entraria na justiça. Apenas valorizaram mais o jogador FINGINDO interesse , e que neste momento de saída , com a "valorização" poderiam participar da festa junto com o atleta. Alguém aqui realmente acredita que os dirigentes não sabiam ?

Anônimo disse...

Sugestões de reforços 0800
Leo gamalho ou André lima
Maxi Rodrigues gremio juninho macae
lateral esquerdo Reinaldo ex sp

ARI DIAS disse...

Cara, eu queria acreditar no Neílton, mas confesso que tenho os dois pés atrás com ele. Pra mim o Sassá foi mais decisivo na serie B que o referido jogador. Vamos aguardar e torcer pra ele fazer uma grande temporada em 2016!!!
SALVE NILTON SANTOS, ÍDOLO.

Daniel BFR disse...

http://www.tupi.am/programas/esportes/90345/clube-aguarda-obteno-das-cnds-e-pode-fechar-patrocnio-estatal-

Daniel BFR disse...

http://www.tupi.am/programas/esportes/90348/botafogo-recebe-documentao-e-aguarda-pedro-larrea

Daniel BFR disse...

Enfim algumas boas notícias

Rodrigo Federman disse...

Celso, não dá para afirmar que não queriam, né?

Anônimo, em minha opinião, todos esses são horríveis.

Eu também, Ari.

Valeu, Daniel.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Rodrigo , se quisessem teriam acertado a dívida .

jeremias disse...

Lixo e o MA que fodeu o clube de quatro pe

jeremias disse...

To botando fe nesse meu botafogo

Rodrigo Federman disse...

Celso, não dá para afirmar que eles sequer tentaram e/ou pensaram em negociar com o jogador tão logo o empréstimo com o Coxa terminasse (e se algum comprador potencial não aparecesse).
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Jeremias.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Tomara, Jeremias.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

O que eu acho é que algum clube quer o henrique e não quer pagar nada, então conversou com o jogador que não seria titular no Botafogo e o convenceu a entrar na justiça, igual ao arão. Acho que ferrado como está o clube negociar a divida com esse jogador não vale a pena, é jogar dinheiro fora. Quanto ao jurídico ser ou não competente, em casos como esse, em se tratando de dívidas com o trabalhador, embora seja leigo, não existe muita coisa a fazer, embora eu ache que o problema maior está em como a justiça "julga" uns e "julga" outros. Minha opinião sobre o henrique: já vai tarde, não fará falta e nunca fez, é um cabeça de bagre, numa terra povoada de cabeças de bagre.
Cara, quando vejo torcedor reclamando que jogador da chapecoense não vem porque vai não sei prá onde, jogador de sei lá que time preteriu o Botafogo, eu só tenho a agradecer. Uma coisa é vestir a camisa do Coritiba, Santa Cruz, Chapecoense, e outros mais, outra é a do Botafogo. A camisa do Botafogo pesa prá caramba. Já pensou você vestir a 7 do Garrincha, Rogério, Zequinha, Maurício, a 6 o Nílton Santos, Rildo, Marinho Chagas, a 8 do Didi, Gérson, Ney Conceição. Vou parar por aqui senão vou escrever até amanhã. Eu sei que a torcida do Botafogo anda carente e tá difícil contratar, mas não vale a pena ficar tão chateado quando determinados jogadores não querem ficar ou não vem para o clube, afinal eles é que estão perdendo a chance de vestir uma camisa que fez história e ainda faz, apesar de todo o massacre, seja ele dentro de GS, ou fora. Esse então, chega a ser ridículo de tanto que faz para ferrar o clube e apesar de todos os esforços não conseguem, continuam a ter pesadelos com os bailes e se cagam que um dia esses voltem. Mas podem ficar certos, um dia os bailes voltam. Abs e SB!

Celso Ricardo disse...

Mas Rodrigo , se estavam negociando com o jogador, porque toda propaganda sobre ele antes dele dizer que aceitava ? Porque hipervalorizar alguém que estava preste a sair sem qualquer vantagem para o clube ?

Rodrigo Federman disse...

Sergio, no resumo da ópera, concordo contigo: o Henrique não vale esforços ou loucuras.

Sei lá, Celso. De repente valorizar o cara na imprensa para surgir algum clube louco de fora.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O pensamento do Celso Ricardo tem total lógica, o porém fica por conta das coisas absurdas que acontecem no CLUBE e por isso não descarto ser verdadeira a hipótese de terem cogitado a permanência do Henrique. Continuo achando esse negócio muito estranho.
De resto, não vejo como esse jogador poderá fazer falta.
Em relação ao que escreveu o Sérgio Di Sabbato sobre o jurídico, ser competente ou não, penso que é no mínimo inadmissível terem "esquecido" de anexar a procuração ao primeiro pedido que fizeram ao Judiciário no caso da penhora do patrimônio do CEP.
Os caras têm uma má vontade maior do que o universo em relação ao BOTAFOGO e ainda facilitam as coisas; o mesmo eu penso em relação às cadeiras de praia.
O CLUBE precisa melhorar suas práticas, não basta somente querer pagar as dívidas.
SA!!!
SA!!!

Jacaré disse...

Sérgio, é o que eu mais torço que aconteça: a volta dos "bailes"!!!!!!

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Márcio.

Quem dera, Jacaré.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Márcio, eu falei do jurídico ser ou não competente em relação aos casos do clube estar j atraso de obrigações salariais com jogadores, e não sobre o caso do ato trabalhista, que realmente foi um erro crasso não anexar a procuração.
Jacaré, vi alguns bailes e entendo o ódio desses caras. Já pensou tomar 6 no dia do aniversário, gol de letra e a torcida gritando "chega". Perder de 4 para o time juvenil (61 ou 62), perder para o time reserva (97), perder a invencibilidade para um time horroroso como era aquele do Botafogo, e os babacas com as medalhadas comemorativas já cunhadas. Escutar o Nílton Santos falar: "vamos botar os cabeçudos na roda" ou "nega véia já fez a feira, pois amanhã o bicho é certo" dizia o Manga em vésperas de jogo contra os mulambos, quebrar o jejum de títulos em cima deles, ganhar um título com uma cavadinha humilhante e, os bailes do Garrincha que não deixavam eles dormir, e tudo isso sem ajuda da arbitragem e outras cositas típicas do lixo.
Os bailes vão voltar porque estão querendo reerguer a base do Botafogo e isso será fundamental. Com o Renha no comando isso é possível.
Por enquanto eu prefiro não acusar essa diretoria, pois os absurdos deixados no clube são tão grandes que fica difícil saber a extensão dos estragos causados pelo nefasto FDP da praia. Infelizmente o clube está amarrado e tentando sobreviver e acho quase um milagre o clube não ter fechado as portas com tanta pressão de todas as partes. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

É, Sérgio...o simples fato de ainda respirarmos por aparelho já é um milagre.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Compreendido, Sérgio.
O Jurídico não pode responder pelo não pagamento das obrigações trabalhistas.
Como o estrago feito pela gestão moderno praiana é gigantesco, creio que somente a partir de agora poderemos iniciar uma análise sobre a gestão do CEP; se conseguiremos subir, mesmo que minimamente, algum degrau.
O que me deixa preocupado é ler boas referências somente aos trabalhos do Santoro e do Renha.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Márcio. Penso o mesmo.
Abs e SA!!!