terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Prazo estipulado

















O técnico Ricardo Gomes falou sobre o futebol pobre e erros apresentados no amistoso do último sábado, dando um prazo para que as coisas melhorem:

"- Estamos entrando nos eixos, mas não vai ser agora, no próximo jogo. Isso demora um mês, um mês e meio".

Considerando que o elenco voltou de férias no início do ano, pelas palavras do treinador, deveremos notar as mudanças a partir da segunda quinzena de fevereiro.

À conferir...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

38 comentários:

Cloud908 Jj disse...

Sabe tava pensando esses dias... jogando conversa fora com outros botafoguenses, e difícil de mais falar em trabalho bem feito no botafogo, nossa e isso a uns 20 anos já... em raras ocasiões onde pareceu estar caminhando para um club estruturado não vingou, aos mais novos 2013 com o grigo holandês e 2009 com dodo e companhia, fico me perguntando sempre o porque disso. Enfim fazer o que. Como meu pai disse escolhi ser banhado pela luz da estrela. SAN!!!
Quanto ao trabalho do Ricardo. Parece o do Mancine e Eduardo Huran, não consigo ver padrão de jogo, e etc, etc, etc. Até breve voltarei quando houver alguma boa notícia, já desanimei de me esforçar para enteder meu club de coração.

Rodrigo Federman disse...

Cloud, o trabalho do EH é incomparável (no quesito: "péssimo").
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Estava esperançoso para o jogo de sábado imaginando que seria outro time, inclusive com os gringos. Mas eis que leio que os estrangeiros não podem jogar antes do dia 28/01 e o Botafogo ainda corre o risco de ficar sem outros jogadores que ainda não foram regularizados. Resumo da ópera sábado vai ser duro. Tomara que aquela velha chavão se repita: "o futebol é uma caixinha de surpresas", porque pela lógica, sábado o Botafogo toma u sacode, o que seria péssimo para clube
Bem ou mal o RG foi campeão da série B e alguns jogos o time até jogou bem, mas o EH era muito ruim, mas muito mesmo. Provavelmente o pior técnico que vi treinar o Botafogo.
Amigo, eu leio cada comentário de torcedores do Botafogo que seria melhor que não fossem torcedores pois parece que a fase atua invalidada a gloriosa história do clube e só conseguem ver que o clube não ganha ou não ganhou e os outros sim, mas o que ganhou e os outros não nunca é motivo de satisfação.
Quer um exemplo: quando o Botafogo ganha alguma coisa nas divisões de base o comentário é o seguinte: títulos nas divisões de base não são importantes, mas sim a revelação de jogadores. Pois bem, ontem o framengo ganhou a copinha, o que vários torcedores do Botafogo escreveram? Que o Botafogo nunca venceu a copinha. Ué, o importante não são títulos, mas o dos outros, não os nossos! Alguns anos atrás o Botafogo foi tri campeão brasileiro juvenil, nunca ninguém se importou, agora com os outros.,.. Infelizmente o nosso torcedor fica cada vez mais ácido e pessimista e acaba que somos nós que damos munição para os outros nos sacanearem. Uma pena que seja assim. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Sergio. Só vi agora que os gringos não poderão jogar no sábado. Tudo leva a crer que o time não será muito diferente do que vimos no último sábado. E isso não me agrada.
Abs e SA!!!

Cloud908 Jj disse...

Sergio e Rodrigo, concordo plenamente com vocês, o EH era muito ruim mesmo como treinador, mas falar que existe com RG padrão tático, jogada ensaiada ou no mínimo um trabalho especial para o batedor de falta e pênalti, e tentar ver o quadro de cabeça para baixo, jogar uns joguinhos bem, ate com EH teve, ou meter 4 a 0 na liberta não foi jogar bem. Amigos não sei o que acontece mas não consigo imaginar como um time que treino durante 1 mês não tem sequer uma válvula de escape. Enfim desculpa o desabafo, mas se pudesse opinar pedia a queda do RG.
SAN!!!

Rodrigo Federman disse...

Cloud, mas ainda assim, acho que o time que o EH tinha em mãos era menos pior que o disponível para o RG.
Abs e SA!!!

ARI DIAS disse...

Padrão eu acho que não veremos tão cedo, pois tem o Sassá que tá se recuperando, o Neílton machucado, os gringos que não poderão estrear e ainda conto que alguns nomes surgirão durante o carioca. Só espero que até o final do carioquinha e início do Brasileirão e CB consigamos esse tal "Padrão" de jogo.
Mas só pra nós aqui do cantinho: Eu vi uma entrevista do RG e sinceramente acho que ele não tem condições (físicas) de treinar um time. Ele não consegue concluir um só pensamento, como pode ele passar as informações necessárias ao grupo durante os jogos? Sinceramente me preocupa!
SALVE NILTON SANTOS, ÍDOLO ETERNO!!!

Rodrigo Federman disse...

Ari, a entrevista dele antes do amistoso de sábado também me causou essa mesma impressão/dúvida. É uma pena, mas ele tem nítida dificuldade até em completar um raciocínio.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Discordo dos amigos. Vejo RG com dificuldades de expor seu raciocínio (sequela na fala), mas raciocinando normalmente - apesar de manter o Gegê titular...

Marcio disse...

Os jogadores estrangeiros ainda não foram regularizados por causa da data de abertura da "janela" de transferências.
Quanto aos brasileiros, não entendo a lentidão para os nomes "saírem" no tal BID.
Os desfalques e o provável calor em Bangu, formam a desculpa perfeita para utilizarem em caso de resultado ruin.
Quanto ao argumento do R. Gomes, que vai precisar de um mês para acertar o Time, lembro que ele com mais tempo não deu padrão de jogo ao Time de 2015. A verdade, ao meu ver, é que em momento algum a equipe mostrou alguma coisa relacionada ao trabalho do técnico; nem nas cobranças de escanteios foi notado alguma organização.
Na boa, esses discursos dos técnicos são verdadeiras chatices.
SA!!!

PS: Sou favorável à contratação de um técnico estrangeiro, aí a gestão moderno praiana fez o favor de promover o Húngaro, de triste lembrança.

Anônimo disse...

RODRIGO e amigos,eu e o SÉRGIO vivemos situações que pelo visto,se a maioria tivesse vivido,deixaria de torcer pelo clube.De 1968 até 1989 não ganhamos nada,nem cuspe em distância.Times fraquíssimos,que raramente chegavam a uma final de turno,mas nem por isso acabamos como clube,apesar do desejo de muitos.Eu bem sei a minha luta diária para manter meus jovens filhos torcedores.
Talvez por estarmos mais calejados pela vida,entendamos um pouquinho melhor o que se passa no meio futebolístico.Tirando o time abençoado por Deus e pela mídia,a maioria dos clubes teve momentos muito ruins ao longo dos anos.Nos dias atuais,mesmo com uma série de problemas,vivemos uma situação "N" vezes melhor do que aquela,ganhamos vários CC,participamos da Libertadores,etc,mas os torcedores repetem que o CC não vale nada,etc,etc.
SERGIO,esse tipo de gente que o amigo citou,eu nem leio o que escrevem,pois se são botafoguenses,são de segunda linha.Quem ama o clube tem o direito de CRITICAR quando julgar necessário,mas NUNCA esculhambar,diminuir ou denegrir a nossa história.
Fico indignado porque ano passado ganhamos títulos em várias modalidades,mas a imprensa pouco noticia e os nossos torcedores vão na onda que o importante é só o futebol e não valorizam os nossos feitos.Mas quando o "esgoto" ganha no basquete é uma maravilha,primeira página,globo esporte,transmissão,etc,aí é lindo e maravilhoso.
Vou me estender um pouco mais para falar sobre o RG,excelente profissional,competente e que conhece futebol,mas não joga para a torcida como o canalha do "renato gaycho",por exemplo,que muitos adoram por gritar a beira do campo.
O RG faz muito bem em cuidar dos jovens para não queimá-los.Essa historinha de que deixa o "muleque" jogar,quem sabe sabe,etc,é para quem não acompanha o futebol.
Citarei exemplos reais só do nosso clube.Garrincha chegou em 54 ou 55 e assisti ao seu primeiro jogo.Foi triste e patético.Ninguém o queria e ele foi treinar um dia em GS,deu um baile no NS e foi contratado,e não era mais nenhum garoto.Começou a ser o MANÉ que encantou o mundo em 1957.
O mestre NS,que ninguém queria,quando veio para o clube não era nenhum garoto,mas com o tempo,virou o melhor LE do mundo.Quem era Didi antes de 1957? Apenas bom jogador das "flores" que começou a encantar somente em 1958.
Na história mais recente,só assisti a um jovem ir direto para o time titular e realmente estourar,foi o PC Caju.Jairzinho,Roberto,Rogério e vários outros tiveram algum tempo jogando nos aspirantes,para aos poucos serem puxados para o time principal.Para encerrar,pois poderia citar muitos outros,quem era o grande Gerson antes de 67/68? Apenas um bom jogador que veio do lixo em 63 ou 64.
Caso o RG tenha visto grande potencial no LH e outros,eles estão em boas mãos.Sem grandes craques no time,não é correto correr o risco de queimar,inutilmente,bons valores.
Não sei mais do que ninguém,apenas acompanho a minha paixão há mais de 55 anos,tendo convivido as entranhas do clube até 1995,portanto,por menos inteligente que eu seja,deu para aprender um pouco.
Futebol não é matemática e muitas vezes as coisas não acontecem como desejamos,mas na cultura do nosso futebol é sempre melhor culpar o treinador.
Deixo bem claro,como já falei aqui em outras vezes,que não levo muito a sério esses "professores","doutores",sempre incensados pela mídia.Admiro o RG justamente por ser diferente desses babacas tipo Muricy,Dunga,Felipão,Wanderley,etc,que nas vitórias se vangloriam das táticas utilizadas e nas derrotas houve falhas dos setores que não seguiram as suas sábias orientações.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, mas a dificuldade dele em se expressar que pode fazer diferença. Em uma partida, todo minuto é importante.

Márcio, menos mal que agora a partida será em São Januário, né?

Jota, entendo, mas eu nem questiono o RG como pessoa/caráter. Para mim, realmente é bem diferente dos Manos e Luxemburgos que você citou. A questão que me deixa com pé atrás é apenas à visão de futebol dele. Mas aí é gosto, né?

Abs e SA!!!

Douglas disse...

Está demais... ano de 2016 promete fortes emoções, para o lado negativo. Infelizmente. Vou torcer mas esse povo não engana mais. Desde o Rolim e a mesma corja no comando. Cambada de moscas mortas. O CEP e sério, cheio de boas ideias , mas é bonzinho demais, passa o rodo nessa turma que não trabalha direito. Está na cara quem deve sair, não é possível continuarem dentro de nosso amado clube.

Anônimo disse...

Os não pessimistas que me perdoem, mas então o ataque contra o BANGU será Luis Henrique(um adolescente) e Gegê? Não sei nem o que comentar....

Kal disse...

Departamento Jurídico acaba de sofrer nova derrota. Justiça rejeita recurso do Botafogo no caso Henrique

Daniel BFR disse...

Eu também não gosto muito do R. Gomes. Mas quem ele vai colocar ou o q ele vai fazer com esse time , é o q agente tem hoje infelizmente ,vcs não viram q quando ele mudou no jogo de sabado? Os reservas não conseguiram trocar 3 passes

Maria Cecília disse...

Marketing, Jurídico é só incompetência. CEP porque continuam empregados? Demissão nessa turma

Clovis Jonas Pinto disse...

Fala Rodrigo.

Lendo o comentário do amigo Sérgio de Sabbato sobre os torcedores reclamarem de não ganhar uma copinha, é que um OPG, tem pouca visibilidade, ao contrário da Copinha. Essa dá audiência, visibilidade. A RGTV estava sorrindo de orelha-a-orelha; os dois times deles chegaram. É o que eles mais querem.

Isso falta ao Bota. Ganhar um OPG é igual uma flor no deserto; é lindo mas ninguém vê. Porque não levar o LH e outros, que no time principal não estão desempenhando bem por motivos óbvios, e fazerem bonito lá. Passaram da idade? Não, melhor é ser desclassificado pelo Mirassol.

Sou antigo e também passei pela estiagem de títulos de 68/89. Mas nesse ínterim, tivemos bons times e grandes jogadores. Quem não se lembra do Zequinha, Valtencyr, Nilson Dias, Miranda; mais recentes, Alemão, Josimar e tantos outros, e que eu me lembro, não foram campeões - vamos esquecer à era Cremílson.

Agora não. Não temos time, e os jogadores que temos são, infelizmente, ruins. Isso deixa à torcida ácida, crítica. Não vejo, pelo menos a curto prazo, uma luz no fim do túnel para melhorar nas 4 linhas. O Bota têm dificuldade em ser campeão e todo ano, espera-se que esse estigma seja quebrado.

Louve-se aqui o presidente CEP, que pegou o Bota nessas condições e faz o quê pode para tocar o clube. Também acho que o RG não pode fazer nada muito especial com o time que tem. Não gosto de treinadores que ficam à beira do campo berrando; os jogadores, com adrenalina alta, nem assimilam. Ponto para RG.

Enfim, uns acreditam, outros não; penso que todos têm razão: é tudo isso mesmo - de bem e de mal - esse é o nosso FOGÃO. Mas este ano, com ou sem paciência, acho que não vai dar nada, de novo, mas tomara que dê, hehe.

Abraço a todos.

Rodrigo Federman disse...

Douglas, também aposto no bom caráter e vontade do CEP, mas em algumas áreas ele realmente parece estar mal assistido.

Anônimo, tudo indica que sim.

Para variar, Kal...

Daniel, as avaliações sobre o RG são mais pelo ano passado, pois em 2016 ainda começaremos a ver agora.

Maria, esse departamento jurídico perde quase tudo e não é de hoje.

Clovis, pois é cara...no final das contas, todos esperamos por agradáveis surpresas nesse ano. Mesmo com os indícios não sendo dos melhores! rs

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Verdade, Rodrigo, mudaram o local de realização do jogo. Será que o clima estará mais "ameno"?
A falta do Laudo do Corpo de Bombeiros para o simpático Estádio de Moça Bonita, forçou a fferj, com minúsculas, a tomar esta medida.
O interessante é que desde 1500 sabiam que haveria campeonato carioca em 2016 e mesmo assim na semana da bola rolar ainda existem pendências. 1 a 7!
Mudando de assunto, fui ver o primeiro título aos 20 anos e de lá até hoje, tivemos conquistas é verdade, o BOTAFOGO sofre e muito nas mãos dos seus dirigentes.
Enquanto não houver um projeto pensado para BOTAFOGO, não vamos ter algo muito diferente do que estamos vendo nos últimos tempos, ou seja, uma conquista aqui, outra li, mas nada de consistente.
E para terminar, sinceramente, eu não teria contratado o Ricardo Gomes, por todo o aspecto por ele vivido, bem como a situação do BOTAFOGO; o momento não era o adequado. Fora isso, a repercussão da sua contratação, foi muito sobre o fato dele ser uma pessoa correta, o que não duvido, de ser bom tê-lo de volta ao futebol, da elogiosa atitude da diretoria; o problema será, ao meu ver, como serão as coisas caso precisem demiti-lo em algum momento. Será que avaliaram todo o contexto envolvido? Será que não desejaram criar um impacto com a sua contratação?
Tomara que as coisas se acertem, pois o BOTAFOGO não tem muita margem para errar.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Menos essa desculpa, Márcio. Essa do campo não pode colar! Hehehe
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

"A Justiça do Trabalho negou, nesta terça-feira, recurso ao Botafogo no caso do atacante Henrique Almeida. O jogador conseguiu desvincular-se do clube, na semana passada, após entrar com uma ação em que cobrava pendências financeiras."
Não tem como defender .
É MUITA INCOMPETÊNCIA.
Enquanto isso, Gegê, Airton e ...o craque LiIzio, o camisa dez .

Marcio disse...

E quem de fato acreditou na possibilidade de mudar o curso do caso Henrique?
É possível confiar em um Jurídico que esquece de anexar uma procuração?
É possível confiar em um Jurídico que na tentativa de desbloquear os bens pessoais do PRESIDENTE CEP, se utiliza de instrumento jurídico inadequado?
E o Marketing?
SA!!!

Anônimo disse...

Início de ano desanimador várias gafes em negociações apenas com jogador e esquecendo do clube fgts atrasado do Henrique estamos sem atacantes departamento de futebol ta bagunçado .

Anônimo disse...

Acho esse time mais fraco que o de 2014 ate mesmo no papel

Rodrigo Federman disse...

Celso, esse caso foi demonstração clara de incompetência mesmo.

Marcio, esse jurídico do Botafogo é muito fraco. E não é de hoje!

É, Anônimo 1. Início complicado.

Eu também, Anônimo 2.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

"Quatorze dos 17 integrantes do elenco do Botafogo campeão da Série B que saíram no fim do ano passado estão se mobilizando para acionar o clube na Justiça por conta de dívidas referentes a salários, férias e premiações, segundo informa o site Globoesporte.com."
Será que isso é invenção da mídia ? Assim como os casos de Arão e Henrique ?
O Botafogo está indo para o fundo do poço , não há mais respeito , virou uma bagunça e não sabemos em quem podemos confiar . Resta à Diretoria esclarecer o porquê de tanta confusão, coisas precisam ser esclarecidas . Diz que não deve mas paga , diz que não deve mas perde o jogador na justiça . Muita, muita confusão !

Rodrigo Federman disse...

Celso, acabei de escrever um post sobre esse assunto.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Clóvis, eu não falei da OPG pois não acho um torneio importante, mas de títulos importantes das divisões de base como o tri juvenil brasileiro que ninguém comenta ou os juvenis do Botafogo que na falta de time representou a seleção brasileira juvenil e foi tri campeã mundial em Toulon. Quando ganhamos um carioca é um "torneio esvaziado", não vale nada, mas quando os mulambos ganham é o melhor do universo. Quer um exemplo? Quando o Ronaldinho Gaúcho jogou pelo flamengo e este venceu a TG, a notícia foi: Ronaldinho Gaúcho ganha seu 1º título pelo mengão. Quando o Botafogo vence existe a discussão se TG é título ou não, e pior, pela sua própria torcida. Quer outro exemplo? ano passado o lixo da gávea venceu um cata-cata em Manaus saiu até na 1º página do globo. Muitos e muitos outros títulos importante que o clube ganhou são sempre desprezados e principalmente pela nossa torcida. É aquela historia: a grama do vizinho é mas verde. A visibilidade de um título é muito mais uma questão da escolha da mídia com seus queridinhos do que outra coisa, e isso é em todos os setores da sociedade. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Sergio. Penso o mesmo!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Saudções Alvinegras.
Consegui assistir o jogo treino contra o DESPORTIVA. Os vícios são os mesmos, estãos inrraizados no time, indempendente de jogadores. Vamos lá: 1)- Bola centrada na area jogador que vem de fora demarcação, por descuido, marca o GOL! nosso goleiro que está olhando a jogada de frente não sai para cortar, seria sua obrigação ou não!. 2)- No ataque dois ou mais jogadores na mesma jogada. Em treinos não corrigi!. 3)- Jogada nas pontas os chutes ou é para fora ou bem fraquinhos. Como se repetem esses êrros o que fazer simples so serão liberados quando resolverem!.
Já estou cansado de vê esses êrros. KKKKKK
Alô RG /AL também CEP estão cegos. Rsssssssssssssssss

Paulo Fernando disse...

Quando vejo alguns criticando a torcida eu não gosto muito, mas quando vejo alguns comentários fico pensando que ela tem mesmo complexo de vira lata! Acho sim que a imprensa vive da diminuição da alto estima do torcedor do Botafogo e ele cai que nem uma banana...é bem subliminar e aos poucos, como exemplificou o Sergio acima, ela vai minguando, se achando menor, pior e acaba tratando o clube como querem que ele se torne. Sou do tempo que o botafogo era tratado de GLORIOSO. Vi timaços jogando e me recuso a aceitar essa posição de clube médio. O time até pode ser, mas o clube, sua grandeza não são. Acho que a saída de grandes profissionais da imprensa que defendiam o clube maximizou esse sentimento. Vale lembrar que de 2010 pra cá fomos campeões cariocas de 2010 e 2013, vice em 2011/2012/2015. Libertadores em 2014 com o melhor público da primeira fase. Isso não é coisa de time médio, faido, etc...Ou passamos a dar crédito e apoiar essa diretoria e o treinador ou vamos começar o ano em "depressão". Muitos dizem que o Ricardo Gomes não tem capacidade de se comunicar. Se isso fosse verdade acreditam sinceramente que ele ainda estaria lá??? Foi campeão da série B por acaso? Se classificou 2 rodadas antes por acaso. Então os técnicos argentinos e bolivianos que estão no Brasil podem pegar suas malas e pedir pra sair, pois falam em outra lingua!!! Acho ele um cara admirável pela vontade, força, determinação, é um exemplo até para esses jogadores novos. Além de conhecer tudo nas 4 linhas. Já mostrou que mentalmente está recuperado e suas mazelas físicas são completamente administráveis. Nem começou o campeonato e já estamos pedindo a cabeça de todo mundo. Coitado do CEP que já está tendo que defender sua honra em redes sociais sem mesmo ter começado o ano, como se não tivésse crédito algum!!!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, mais do que qualquer coisa, assustador é o nível técnico do elenco.

Paulo, como eu já disse, em relação à pessoa e caráter do RG, não tenho uma crítica sequer. Sempre o considerei um baita zagueiro e homem. Reconheço até mesmo os bons trabalhos como treinador no Vasco e na França. Mas depois do problema de saúde, eu sinto (repito, pode ser apenas impressão) que ele não mais consegue colocar em prática o que pensa. As dificuldades são visíveis e nem mesmo o título da série B me fazem pensar diferente.

Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Rodrigo, sabe que respeito sua opinião e dos demais participantes, mas me recuso a acreditar que todo um time, comissão técnica, diretoria, etc... conseguissem manter uma pessoa como técnico sem ter reais condições e capacidade física e mental para isso. Não estamos falando de um clube de várzea e o Presidente não mostra ser um amador. As forças políticas do contra já teriam armado um enorme circo...

Marcio disse...

O único que já vi fazer referência ao modo de agir da imprensa em relação ao BOTAFOGO é o André Rizek.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, o CEP pode realmente gostar do trabalho do RG, mas aí é questão de gosto. Vale lembrar que ele também gostava do Renê, além de Lopes no comando do futebol. Eu sinceramente não penso igual a ele, apesar de também respeitar as opiniões contrárias.

Márcio, o Rizek é um caso raro de bom jornalista esportivo e imparcial.

Abs e SA!!!

Wayne disse...

Saudações Alvinegras.
Meus parabéns pela sua resposta ao Paulo Fernando, apesar de achar que ele em parte tem razão, mas sua resposta pois os pingos nos is. Como Botafoguense vou torcer, torcer e colocar óculos de paciência.
Abs SA.

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Wayne.
Abs e SA!!!