quinta-feira, 16 de junho de 2016

Freio na empolgação




Palavras do atacante Neilton, após a vitória de ontem:

"- Esse time foi a cara do Botafogo. Jogar pra frente, procurar aproveitar as oportunidades. Isso coloca a gente de novo no Campeonato Brasileiro e dá confiança. Espero que a gente possa dar sequência nos bons resultados no Brasileiro. Nosso time tem que ser assim. Jogar coletivamente, porque isso faz o grupo, não só o Sassá ir bem e fazer gol, mas todo mundo ir bem. Temos que continuar assim, ajudando o companheiro, para crescer no campeonato".

É sério que ele realmente achou isso? 

Aliás, é sério que alguém (principalmente você, torcedor) realmente conseguiu ver tantos pontos positivos (individuais e coletivo) no triunfo sobre o, agora, lanterna do campeonato?

Eu mantenho a análise: Valeu pelos três pontos...
...e que o time mantenha os pés no chão e não se deixe enganar, pois não existem 19 Américas no Brasileirão.

Ah, isso serve para muitos torcedores também.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

50 comentários:

alex disse...

Neilton = burro , valeu só pelos 3 pts e nada mais .
Um bando em campo.

Rodrigo Federman disse...

Alex, prefiro acreditar que ele não falou para valer. hehehe
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Os três gols marcados na vitória de 3 a 1 sobre o América-MG fazem Sassá ter um desempenho até aqui na temporada animador, se comparado ao ano de 2015, quando passou a ser usado com mais frequência no Botafogo, clube onde foi revelado. O jogador, que passou a maior parte do ano no departamento médico, após se submeter a uma cirurgia no joelho esquerdo no fim de 2015, já soma cinco gols em 2016.

Sassá foi relacionado pela primeira vez esse ano no jogo contra o Coruripe pela Copa do Brasil. Deixou na sua marca anotando o gol do empate por 1 a 1 que classificou o Glorioso.
No jogo seguinte foi expulso pelo primeiro confronto da final do Campeonato Carioca, gerando a revolta de alguns torcedores e colocando em dúvida se ele ele poderia ou não ser útil ao elenco. O técnico Ricardo Gomes creditou o fato a “excesso de vontade” e seguiu apostando nele.

Com o início do Campeonato Brasileiro, Sassá passou a ser mais usado. No domingo passado foi importante ao marcar o gol do empate por 1 a 1 com o Vitória, que quebrou uma série negativa de três derrotas.
Na quarta-feira, teve a sua noite de gala, anotando todos os gols do Glorioso diante do América. Números que animam o torcedor para o futuro, uma vez que ele atingiu a marca de cinco gols no ano, praticamente a metade do que fez em 2015, quando terminou a temporada com 11 gols.

HISTÓRICO

Revelado nas categorias de base do Botafogo, Sassá marcou seu primeiro gol como profissional do time na despedida da temporada de 2012, em um empate morno com o Flamengo por 2 a 2.
O Glorioso apenas cumpria tabela pela última rodada do Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, mesmo fazendo parte da campanha que culminou com a conquista do título carioca, o jogador pouco se destacou. Sem conseguir se firmar, marcou apenas uma vez, contra o Resende.

Emprestado ao Oeste e depois ao Náutico, Sassá voltou ao Botafogo para viver seu melhor momento em 2015.
Após o rebaixamento e sem dinheiro para investir, a ordem passou a ser apostar nas categorias de base e o atacante começou a ser visto com mais carinho.
Teve um bom desempenho na Copa do Brasil, quando alguns titulares foram poupados. Porém foi na Série B que começou a ganhar a confiança da torcida.

Em um jogo complicado com o Vitória, em Salvador (BA), o Botafogo sofreu o gol de empate aos 45 minutos. Porém, nos acréscimos do segundo tempo o que ninguém esperava aconteceu: Sassá recebeu em condições para decretar o triunfo suado.
No jogo seguinte, entrou no segundo tempo contra o Paraná Clube. O Alvinegro perdia por 1 a 0 e com dois gols Sassá, garantiu a virada e mais três pontos para o Glorioso.

Restava saber se teria o mesmo desempenho começando de início uma partida. E foi o que aconteceu no dia 24 de outubro, quando o Botafogo visitou o Náutico em Pernambuco. A estrela do artilheiro brilhou e ele anotou três gols na goleada de 4 a 1.
Porém, quis o destino que o sonho de se firmar virasse pesadelo no jogo seguinte contra o Bahia. O jogador deixou o campo com a lesão no joelho que o afastaria meses do gramado. A chance de recomeço em 2016 tem feito o torcedor alvinegro sonhar com um pouco mais de otimismo.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Anônimo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Coincidência ou não, o Botafogo ainda não tomou gols na Série A enquanto Airton está no gramado - quando sofreu o empate do Vitória e o de honra do América, havia sido substituído.

Jacaré disse...

Rodrigo, ele (Neilton), por ser um acéfalo, pode ter certeza, acredita piamente neste discurso.

Não se pode levar um sujeito desse a sério, nem dentro, nem fora de campo.

Já gozamos dele aqui diversas vezes, pela frases prontas e outra burrices, além da perebice.

Domingo, quando levarmos outra cacetada, agora do curintia, ele voltará com as frases: "levantar a cabeça, trabalhar, vamos melhorar, etc, etc, etc."

O time é péssimo, fraquíssimo e nossa briga e mesmo com os américas da vida, os que estão penando lá em baixo, só isso!!!

Anônimo disse...

Nós torcedores estamos o ano todo esperando a contratação de um centroavante estou na torcida botafoguense que esse centroavante esteja em General Severiano o "Sassá Mutema".
Perdemos em Brasília para o Cruzeiro e o Sassá deu uma cabeçada na trave e o cara já começa a brigar também pela artilharia do Brasileiro 2016.

1º Bruno Rangel 7 gols
2° Grafite 6 gols
3° Rafael Moura 5 gols
4° Diego Souza 4 gols
Felipe Azevedo 4 gols
Gabriel Jesus 4 gols
Kieza 4 gols
Luan 4 gols
Sassá 4 gols
Vitor Bueno 4 gols


Anônimo disse...

Média de gols de Sassá é alta, já que jogou 2 partidas de inicio e 3 partidas entrando no intervalo ou após 29 do segundo tempo.
Vamos incentivar o moleque cria de nossa base.

Renan SP disse...

Encontramos 1 time mais fraco que o nosso. Agora faltam mais 3. Vai ser difícil. Rsrs.
Não teve nada de mais nesse jogo, o América MG entregou praticamente os 3 gols, (2 pênaltis e uma falha de bisonha) e o nosso segundo tempo foi horrível, o Ribamar pra variar perdendo gols novamente.
Agora o Botafogo tem que aproveitar esse momento do Corinthians, com a saída do Tite. E assim quem sabe ganhar a segunda seguida, seria maravilhoso.
Um abraço.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo 1, ele faz diferença nesse time.

Concordo, Jacaré.

Você realmente acredita nisso, Anônimo 2?

Anônimo 3, ser da base não implica em paciência eterna, né? Para o momento, é o que tem de menos pior. Mas não podemos aceitar Sassá de titular em um clube como o Botafogo.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Renan, haja garimpo para encontrar outro tão ruim quanto o América nesse campeonato.
Abs e SA!!!

Fabio Lucas Alvinegro desde dos 5 anos de idade disse...

Cornetas suarao na esquerda,Cornetas suarao na direita,Cornetas suarao pelo norte e pelo sul, avante fogao vamos ganhar do coringuinha. Agora e escalar o mesmo time pra domingo contra o corinthians, o Time é esse RG quando tiver todas as contrataçoes ai voce troca.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Fábio.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Eu ouvi a entrevista. Nem dei bola, pois falou como papagaio. Foi um jogo horrível. O time mineiro nos deu dois gols. Este campeonato está com muitos times abaixo da crítica. Basta o Botafogo mexer um pouco e irá para o meio da tabela. Não que sejamos um bom time. Os outros também são péssimos.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Enéias.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Ontem eu li muito na rede: SASSÁLOTELLI. Pelo menos o torcedor do Glorioso é bem humorado.

Rodrigo Federman disse...

Enéias, é rir para não chorar.
Abs e SA!!!

Marcos Moreira disse...

Adversário fraquíssimo! O resultado não poderia ser outro...Concordo com o Neílton em parte, porque todos os jogos tiveram a cara do Botafogo: futebol horroroso. O próprio Neílton, se fosse um bom atacante teria feito uns 3 gols no mínimo...Agora, com o estoque de rivotril, temos que nos preparar para 3 derrotas consecutivas...Esta é a nossa realidade, sem ilusões...SAN!

Rodrigo Federman disse...

Marcos, triste realidade.
Abs e SA!!!

Levi disse...

Nisso ele tem razão. Esse time é a cara do Botafogo atual. Estou de pleno acordo.
Não tenho assistido aos jogos e ontem não foi diferente. Nem nas vitórias o Botafogo tem feito com que eu me empolgue. E vejam que até mesmo lá no Los Larios eu fui neste ano, pois acreditava nos argentinos da época e o time pelo menos mostrava alguma coisa. Mas aí eu me lembro de que os jogos eram contra Macaés e quejandos...
A diferença é que agora os jogos são para gente grande.
Como não tenho visto, não me aborreço. E pelo que tenho lido nos comentários dos que aqui opinam, o time foi sofrível uma vez mais, mesmo tendo vencido por três a zero e com os três do Genial Sassá...
Espero somente pelos tais 45/46 pontos e por atitudes dos que comandam o clube no sentido de fazer com que saiamos dessa condição de Portuguesa de Desportos com tendências à transformação num Macaé da vida.

Rodrigo Federman disse...

Levi, infelizmente é bem por aí mesmo, amigo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ontem eu vi o jogo. O próximo jogo que verei será contra o figueirense, pois temos chances de ganhar. Minha previsão é de três pontos nos próximos três jogos. Está ótimo assim.

Uma coisa ficou clara ontem: Sassá é mais qualificado e tem mais rodagem do que LH e Ribamar.

Outra coisa: Quando Airton joga, Bruno Silva tem serventia na marcação.

Mais uma coisa: Está claro, faz muito tempo que falamos isso, que o maior problema está na ligação. Não é possível que RG insista com yaca. Há quatro possibilidades para duas vagas: Leandrinho, Salgueiro, LR e Diogo (o lateral ). Os demais, é melhor esquecer por enquanto.

E o Sidão me surpreendeu.

Newton

Rodrigo Federman disse...

Newton, fecho contigo nessas únicas quatro opções para o setor ofensivo do meio campo.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Não me iludo com o que vi ontem, continuo achando o time do Botafogo muito desarrumado e sem talento. Só ganhou porque o time do América é fraco, deu 2 gols pro Botafogo e na hora que apertou um pouquinho (por coincidência sem o Ayrton em campo e com o Fernandes) quase complica o jogo. Se jogar de igual para igual com o Coríntians vai tomar um belo sacode. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Concordo plenamente contigo, Sérgio.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

achei o neilton menos fominha o america mg é muito fraco tbm isso é verdade .

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, eu achei ele a mesma droga de sempre.
Abs e SA!!!

James cancelier de moraes disse...

O fato do Ribamar ser barrado pra mim já foi motivo de comemoração. Sabemos que não dá pra se empolgar com esse time. É tentar um pontinho contra o Corinthians que está bom demais.
Observação: muito triste o título de pior público do Campeonato.

Rodrigo Federman disse...

James, o Ribamar nem no decorrer dos jogos pode entrar atualmente.
Abs e SA!!!

James cancelier de moraes disse...

Verdade Rodrigo, ontem provou exatamente isso.

Rodrigo Federman disse...

Sim, James.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

o time pra este ano, jefferson, luiz ricardo, carli, emerson, diogo, bruno, lindoso, camilo e lendrinho, pimpão e canales (sassá )

Rodrigo Federman disse...

Não empolga, Anônimo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Grande RODRIGO,não freio empolgação e muito menos otimismo,pois acredito na realidade dos fatos,pelo menos como os vejo.Entendo e respeito as opiniões,o desespero e a ansiedade de alguns,mas penso de forma diferente.
SIDÃO,que muitos criticaram quando veio,é tranquilo,sabe sair jogando e passa segurança ao time e a quem assiste.É claro que a qualquer hora vai falhar,assim como o Jefferson,que também é humano e falha.
SASSÁ,é muito,mas muito menos ruim do que RIBAMAR E LH.
Já afirmei várias vezes aqui que com GEGÊ e FERNANDES em campo,não há placar em branco para o adversário.Em partidas equilibradas pela RUINDADE dos times,jogar com menos um ou dois pesa e muito.Ontem,quando ele entrou,comentei logo com um dos meus filhos que iríamos tomar gol e sermos apertados,pois esse SONGA MONGA atrai.Não deu outra,levamos um gol e poderíamos tomar outro.Essa historinha de que só ganhamos por que eles são ruins,não cola,afinal qual o time bom que tem por aí? Não se esqueçam que é o atual campeão mineiro.
Ano passado,quando a maioria esculhambava o clube e o time,falei que seria moleza voltar a série A.Ninguém acreditou e o que muitos achavam impossível aconteceu.
Agora,pelo que vejo e avalio,sem raiva,sem paixão,apenas analisando os fatos,digo que sem esses dois perebas no time e assim que os outros puderem jogar,disputaremos partidas equilibradas com qualquer um,sem corrermos riscos de rebaixamento como muitos já antecipam.Essa conversinha de que série A é diferente já era,pois o nível de ruindade é igual para a maioria.
Alguns torcedores não entendem que os outros times TAMBÉM SÃO DO MESMO NÍVEL de RUINDADE que o nosso,com pequenas diferenças em alguns adversários,que podem ser superadas com raça e determinação.
Acredito que com mais algum tempo,otimistas,pessimistas ou os realistas poderão ter uma visão mais real de nossas possibilidades.JOTA.

Eziel Otaviano dos Santos Júnior disse...

Rodrigo concordo com seu texto. O ponto positivo que vi neste dois últimos jogos foi o volante Airton no meio campo. O cara quando esta em campo o time é outro. E Botafogo joga muito mais com ele no time é uma pena ele se contundir tanto....

Precisamos de um volante a altura do Airton. Domingo, pegaremos o Curintias lá que deus nos ajude

Rodrigo Federman disse...

Jota, obviamente respeito à opinião do amigo. No meu caso (e garanto que da maior parte da torcida também), nem é caso de otimismo e pessimismo. É apenas a realidade que nós vemos. Esse time é muito, muito ruim e não vejo qualquer condição de não brigar contra o rebaixamento até o final do campeonato.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

É isso aí, Eziel. Ao meu ver, único ponto positivo também.
Abs e SA!!!

Yolanda disse...

Perdemos 8 pontos importantíssimos dentro de casa x SP, Cruzeiro e Vitória. O time é fraquíssimo e perde bolas absurdas e muitos passes errados, esse time nem sabe bater lateral. A solução no banco é de arrepiar, Diogo Barbosa ontem errou tudo e Vitor Luis no banco. Esse Ribamar nem deveria ter entrado. Na verdade se RF não salvasse aquela bola em cima da linha, poderíamos amargar outro resultado péssimo, enfim o que valeu mesmo foram 3 pontos.
Abs e SA!

Rodrigo Federman disse...

Yolanda, isso mesmo. Não há como tirar algo de positivo ainda desse time. São muitos erros... até de fundamentos básicos.
Abs e SA!!!

Kal disse...

Concordo com o JOTA, quando tivermos a estreia do trio e a volta dos lesionados, principalmente do Lindoso, se o time correr igual nos clássicos pelo Estadual, jogará de igual pra igual contra qualquer time desse brasileirão.
O problema maior ao meu ver, são as falhas individuais de alguns jogadores como HL e Gegê entre outros, que nos custaram pontos preciosos em casa contra São Paulo e Vitória. Deveríamos estar com 12 pontos, ao menos.
Vê o Palmeiras, com elenco recheado de nomes badalados e com folha salarial de 10 milhões mensais, sofre diante de Coritibas da vida.

SAN!

Anônimo disse...

Rodrigo, vou fazer um comentário sobre o 9, o tal de centroavante.
Sabe que eu, aqui em Porto Alegre, nunca entendi porque que quem tinha Ribamar e Sassá olhava com desdém para o Bill.
Muitas vezes vi a torcida queimar o cara, falando mal.
É um bom jogador? Não.É um jogador, no máximo, regular. Daí pra baixo.
Na relação com os citados (que é o que conta quando se arma um time), ele vira craque.
Ele é um centroavante nota 5,5. Numa escala de normalidade. Sassá é quatrinho (sendo generoso), e Ribamar é dois, no máximo.
Então, não faz sentido ficar com eles e mandar o Bill embora.
Ainda anteontem, vi Ceará x Brasil de Pelotas. Ele guardou os 3. O segundo deles o Ribamar não faria, nem sonhando.
Essas coisas não dá pra entender.
Paulo, de Poa.

Anônimo disse...

E agora uma perguntinha básica. RG sabe fazer o que qualquer treinador até de série D sabe fazer, que é duas linhas de 4, especular numa partida, jogando em contra-ataque, ou "por uma bola", como se diz ou, sofisticando um pouco, "à la Mourinho" (Barcelona x Chelsea ou Bayern x Chelsea, em 2012)?
Se eu tenho um plantel como tem o Botafogo atual eu escalo: Sidão, LR, Carli (RF), Emerson e Diogo, numa linha, Bruno Silva, Airton, Leandrinho e Victor Luis, na segunda linha, o Neilton (Yaca), meio solto, sem obrigação de voltar, e o Sassá de avançado, sem recuar nada, só pra correr na frente, fustigar zagueiros e, eventualmente, cavar faltas. E treinaria muito jogada aérea. Até reforços chegarem, seria isto.
Quando se tem um time mais fraco, recorre-se ao jogo mais adaptado possível às deficiências.
Mourinho, num grande clube, mas com material humano mais modesto do que Barça e Bayern fez exatamente isto. E venceu.
Abraço e SAs
Paulo, Poa

Anônimo disse...

falando em Marquinho
http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2016/06/durou-pouco-botafogo-empresta-marquinho-ao-atletico-go.html

Rodrigo Federman disse...

Kal, eu respeito, mas não penso assim. E mais: Até todos voltarem pode ser tarde demais.

Paulo, nessas eu não acompanho o amigo. O Bill era um dos mais irritantes. Jogador medíocre e mascarado. Não sinto qualquer saudade. Hehehe

Anônimo, valeu. Põe na conta do Lopes.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Corinthians favorito absoluto no domingo .

Rodrigo Federman disse...

Assim a gente surpreende, Anônimo.
Abs e SA!!!

Fabio Lucas disse...

Marquinho foi-se embora, acho que ele jogou somente 2 jogos nao foi ?
Sera que da pra trazer outro centroavante e meio campo?

Rodrigo Federman disse...

Esquece, Fábio. Verba toda comprometida já.
Abs e SA!!!

Kal disse...

Todos eu exagerei, joga de igual pra igual com uns 15 times do brasileirão.

SAN!

Rodrigo Federman disse...

Kal, eu acho que joga de igual com uns 6 ou 7. E os piores do certame.
Abs e SA!!!