terça-feira, 20 de setembro de 2016

É campeão!!!























Parabéns, molecada!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

40 comentários:

Anônimo disse...

É CAMPEÃO!

É CAMPEÃO!

NEWTON

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Newton.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Jogador campeão chega com moral elevada nos profissionais.

É totalmente diferente um ótimo jogador mas que não vence em relação a um jogador não tão brilhante, mas que tem o pedigree da vitória.

A nossa torcida está sofrida por tantas sacanagens que nos fizeram, de dirigentes vagabundos a juízes salafrários. O que vai resgatar essa autoestima negativa, essa aura pessimista que o Botafoguense tem é a conquista de títulos, são as vitórias.

E hoje esses meninos honraram esta camisa gloriosa e escrevem na história, para sempre, a palavra CAMPEÃO!

Não tenho dúvidas da trajetória vitoriosa desses jogadores. Determinados, inteligentes e humildes. Estão marcados pela vitória. Homens de personalidade.

O Botafogo precisa do espírito vencedor!!

Estou muito feliz.

Newton

Rodrigo Federman disse...

Newton, não sei se chega com essa moral elevada. Até porque, poucos subirão. Enfim, vencer é sempre bom, mas continuo convicto de que na base, o mais importante é revelar jovens.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Parabens ao fogão a equipe parece ter talentos individuais .

Paulo Fernando disse...

Dia de felicidade com os bons ventos que virão: o melhor sub 20 do Brasil e a chegada de um patrocinio importante da CEF.

Anônimo disse...

Que não seja uma geração perdida. Infelizmente, não temos gerado bons jogadores da base ao se tornarem profissionais. Espero que estejamos em outro momento agora.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Sim, Anônimo.

Boa, Paulo.

Pai, temos alguns sim. O problema que muita gente tem mais paciência com Renans do que com Emersons da vida.

Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Muitos talentosos, jogaram com inteligência e personalidade, o segundo tempo foi ótimo.
Há anos não vejo um time do Botafogo com jogadores tocando a bola, dando passes -e não chutões a esmo, dominando um jogo sem nos dar sustos.
Parabéns aos garotos, à CT, aos dirigentes envolvidos.
Abs.

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, com destaques para os volantes. Muito bons.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Complementando o comentário do Marcio, na postagem anterior, sobre "volantes modernos". Vi jogarem Clodoaldo, Carlos Roberto, o grande Nei Conceição, Zé Carlos (Cruzeiro, Guarani, Botafogo).
Os bobalhões falam moderno quando deveriam dizer volantes que sabem jogar futebol. Simples assim.
Além dos seus destaques, Rodrigo, também gostei do Yuri e do Pachú (nem sei como se escreve). Acho que era o camisa 11, foi substituído.
Dando uma de jogador, agora é trabalhar bem agarotada, prepará-los e acpmpanhá-los na transição para o profissional.
Abs

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, os dois laterais também mostraram ter algum futuro.
Abs e SA!!!

Daniel Cananea disse...

Marcelo, Kanu, Bochecha, Mateus Fernandes, Yuri e Gorne são melhores que muitos que foram contratados para o profissional.

Sergio Di Sabbato disse...

Samico, não fala desses craques que eu choro, pois tive a sorte de ver a geração de 60-70 e dava prazer ver jogos do Botafogo, Palmeiras Cruzeiro, Santos, Bangu, sim Bangu, América, Inter, etc Era um festival de grandes jogos e grandes craques que os dirigentes nojentos e os"professores" sem noção conseguiram acabar.
Mas vamos ao que interessa: BOTAFOGO CAMPEÃO SUB 20, com uma geração que bem trabalhada pode dar frutos como foi no passado. Parabéns ao Manoel Renha pela direção da base e a todos os botafoguenses.
Só para lembrar que se o Renha tivesse sido o presidente sucedendo o Bebeto o nefato não teria destruído o Botafogo. Uma pena que a política interna do clube trava o grande e imortal BFR.
SAUDAÇÕES BOTAFOGUENSES, E É CAMPEÃO.

Paulo Fernando disse...

- Diego é bom goleiro, mas é baixo.
- 2 excelentes zagueiros (Marcelo e Kanu), altos e de boa técnica. Ao contrário dos Fonsecas da vida, sabem sair jogando.
- 2 excelentes volantes: Bochecha e Matheus Fernandes.
- 2 bons laterais (Marcinho e Victor Lindenberg).
- Na meia o Allison saiu cedo (não deu para avaliar) para a entrada do bom Jordan na meia que jogava ora com o Yuri, ora com o execelente Pachu.
- No ataque o Gorne é uma referencia, daqueles atacantes tradicionais.

Enfim, é um time técnico, com boa saída de bola, marcação firme e muitos talentos juntos. Destaque mesmo para o Bochecha e Pachu, na minha modesta opinião 2 futuros craques (óbvio que algumas apostas dependem muito de vários fatores, mas faço isso com base no que vi).

Eduardo Samico disse...

Rodrigo, equivoquei-me. Concordo com o Marcio, nos destaques. O lateral esquerdo pareceu bom. Acho que foi um dos citados no comentário do Marcio.
Enfim, creio que dispomos de uma garotada com futuro. Muito melhor que renans, aquinos, lizzios, etc.
Abs.

James cancelier de moraes disse...

Muito bom ver o futebol base ser campeão nacional. Alem do futebol apresentado, gostei das entrevistas dos garotos, falando muito bem, com humildade e respeito. Isso tem muita importância também. O Técnico fez questão de ressaltar o apoio e a estrutura do Clube Botafogo que está trilhando um caminho certo. Se for isso mesmo, é um ótimo sinal.

James

Fabio Lucas disse...

Parabens para os garotos do sub-20 e que mantenham esse futebol.

jeremias disse...

Bom dia BOTAFOGUENSES CAMPEÃO tem um monte qe subirá ano qe vem ou até nesse ani mesmo ate pq o BS vai pra serieB com vasquin e a vez da mulekada com alguns experientes e FOGÃO NELES

Fabio Lucas disse...

"Na mira! Botafogo inicia conversas para contar com Keno, do Santa Cruz, em 2017" temos a concorrencia do Santos se nao conseguir trazer ele tentaria outro tambem do Santinha o Joao Paulo meio-campo para reserva do camito.

Anônimo disse...

RODRIGO e amigos,coloquem esse feito na conta do RENHA.Ele tentou há algum tempo,quando éramos apenas coadjuvantes nos torneios da base,mas queria carta branca para acabar com muitas coisas erradas.É claro que não aceitaram na época.Vejam a diferença,em pouco tempo as divisões de base foram organizadas,alguns pilantras defenestrados e na atualidade disputamos títulos em todas as categorias,não somos mais meros figurantes.A garotada é incentivada a estudar e,embora seja pouco divulgado,até Inglês estão estudando.
Já havia assistido algumas partidas desses jovens em SP.Não me entusiamo muito pois quebrei a cara várias vezes achando que A ou B seriam grandes jogdores.ZAGALLO errou com o Daniel,por que eu não posso errar,rsrsrs?
Dois jovens despertam a minha atenção pela tranquilidade,postura em campo,cabeça erguida olhando o que acontece ao seu redor,são eles:GUSTAVO ( bochecha não) e MATHEUS FERNANDES.JOTA.

Paulo Eduardo disse...

Sr. Jacob,

Acho que o grande problema não é revelar, mas sim manter. Na última década tivemos bons jogadores revelados, alguns ótimos e outros melhores do que alguns que estão no plantel hoje e poderiam compor o elenco com maior custo benefício.

Renan, Gilberto, Dória, Emerson, Victor Lindberg, Gabriel, Jadson, Bochecha, Matheus Fernandes, Daniel, Leandrinho, Yuri, Vitinho, Sassá, Luís Henrique, Renan Gorne, etc.

Além do ganho técnico e de "baixo custo" que estes jogadores nos proporcionariam, com o mercado maluco de hoje, onde os Europeus e Chineses estão oferecendo milhões e milhões de Euros por jogadores de algum destaque, olhar com carinho para as divisões de base poderia/poderá ser a nossa salvação financeira.

Sem contar com jogadores que pegamos desconhecidos e que saíram facilmente após algum destaque como Maicosuel, Elkeson, Arão, etc.

alex disse...

Tem alguns jogadores campeões que jogam facil no profissional atual...

PARABÉNS PELO TITULO E BOA SORTE A TODOS...

BOTAFOGO CAMPEÃO BRASILEIRO SUB 20 2016

Rodrigo Federman disse...

Daniel, se são melhores ainda não dá para afirmar. Mas certamente não são piores.

É, Sergio. Tem muito do Renha aí mesmo.

Paulo, só não senti tanta firmeza assim na dupla de zaga ainda.

Eduardo, esse lateral esquerdo, se bem trabalhado, pode dar algo sim.

James, e legal também ver essa molecada cantando o hino com vontade.

Valeu, Fabio.

Possa crer, Jeremias.

Concordo, Jota. O Renha tem participação vital nessa conquista.

Boa, Paulo. Concordo contigo.

Alex, sem dúvidas.

Abs e SA!!!

Paulo Eduardo disse...

Rodrigo,

Fiz uma pesquisa e verifiquei tem que renovar LOGO com muitos destes garotos. Principalmente os dois volantes, que são os principais destaques e possuem contrato só até o meio do ano que vem. Também me impressiona como tem jogador "fatiado", apesar de pelo menos sermos "majoritários" em todos.

Abaixo o percentual dos direitos econômicos pertencentes ao BFR (informações retiradas do portal da transparência no site do BFR) e a data de término de contrato (informações retiradas do BIRA, da FFERJ)

Marcinho 100% 31/12/2018
Marcelo 60% 31/12/2019
Kanu 70% 30/06/2017
Victor Lindberg 100% 31/12/2017

Gustavo Bochecha 80% 30/06/2017
Matheus Fernandes 100% 31/10/2017
Yuri 80% 30/06/2017
Alison 70% 31/12/2017

Luis Henrique Pachu 75% 30/06/2017
Renan Gorne 68% 31/12/2017

VinnyMarques disse...

Eu assisti a uns 5 jogos. 5 vitórias nossas. Inclusive contra o próprio curintias.
Merecido. Bom time. Frio, técnico...
Agora é subir, colocar pra jogar e contratar em cima do que apresentarem.
Senão cairemos nos mesmos erros dos últimos 20 anos: Contratar barangas e preterir a base.

Enéias Teles Borges disse...

Vi o segundo tempo. Era para ser 3. Perdemos um pênalti.

Anônimo disse...

Gosto muito do Futebol do le Victor lindber e ele só tem 18 anos tem um cruzamento muito bom é veloz e ja deu 26 assistencias no ano .

Anônimo disse...

Estamos nos adequando à lei. Não tem essa de fatiar jogador desde 1º de maio de 2015. Nossos contratos não têm isso. É claro que isso gera muito estresse com grupo de investidores e empresários, mas não tem jeito. Se tudo for combinado antes, não tem problema – disse Renha.

Anônimo disse...

Porém, ainda há muitos jogadores "fatiados" na base, com contratos anteriores à norma da Fifa que proíbe a participação de terceiros em direitos econômicos. Do time titular que foi campeão brasileiro sub-20, por exemplo, apenas quatro pertencem integralmente ao Botafogo. São eles: o goleiro Diego, o lateral-direito Marcinho, o lateral-esquerdo Victor Lindenberg e o volante Matheus Fernandes. Outros destaques como os zagueiros Marcelo (60%) e Kanu (70%), o volante Bochecha (80%), os meias Yuri (80%) e Alison (70%), e os atacantes Pachu (75%) e Gorne (68%) constam no portal de transparência do clube com direitos divididos.
MENOR DO RIO, INVESTIMENTO PODE AUMENTAR
O investimento do Botafogo em categorias de base em 2016 foi de R$ 6 milhões, o menor entre os rivais cariocas: o Flamengo trabalhou com R$ 9,5 milhões, o Fluminense tem orçamento de R$ 15 milhões, e o Vasco investiu R$ 12,5 milhões no ano passado de acordo com a análise do banco Itaú BBA. Se comparado a outros clubes tradicionais do Brasil, a diferença financeira é ainda maior: o Corinthians, adversário alvinegro na final do Brasileiro Sub-20, por exemplo, coloca R$ 27 milhões para formação de atletas. O São Paulo não fica muito atrás, com R$ 26 milhões anuais. Cruzeiro, Grêmio e Internacional têm caixas na ordem de R$ 18 milhões.
Apesar do orçamento limitado, o Botafogo surpreendeu, atingiu metas, deu maior visibilidade ao trabalho da base e pode estudar um aumento no investimento para 2017. Principalmente com a entrada de dinheiro novo no clube, como por exemplo os cerca de R$ 12 milhões de patrocínio master que a diretoria negocia com a "Caixa Econômica Federal". Com "pés no chão", Renha sonha com um montante maior destinado à formação de atletas.
– Olha, eu sou suspeito para falar. Quanto mais recurso tiver, mais coisa poderemos fazer. Mas sabemos das limitações do clube. Nesse ano nosso investimento já aumentou um pouco, tem sido uma politica da gestão do CEP, sempre dentro do possível aumentando o orçamento.

Rodrigo Federman disse...

Legal, Paulo. Comentário bastante interessante. Concordo. Devemos logo renovar principalmente com esses que foram destaques.

Vinny, eu acompanhei apenas 4 jogos. O de ontem foi justamente o que mais gostei. Até então, confesso que não tinha me empolgado com o time.

Enéias, o segundo tempo foi muito bom.

Anônimo 1, foi um dos que me chamou mais atenção.

Valeu, Anônimo 2.

Boa, Anônimo 3.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

1- Samico, o lateral esquerdo é o Victor Lindenberg. Infelizmente não ví os volantes que citou, embora saiba o quanto jogaram por causa de comentários como o seu e de outros.

2- O Yuri falou da importância da conquista e ressaltou que mesmo que se não acontecesse, não mudaria o trabalho realizado. Essa declaração é um grande indicativo de que há um caminho sendo trilhado e consciência do objetivo final.

3- Para ajudar a essa garotada se firmar entre os profissionais, é preciso que tenhamos alguns jogadores com espírito de liderança dentro de campo; como foi o Seedorf em 2013, quando surgiram Dória, Vitinho, Gabriel, Jádson...

4- Se estamos vendo alguns bons elementos nesse Time Sub-20, imaginem se não houvesse a cobrança da 80 reais para um garoto fazer um teste no CLUBE.
O Samico informou outro dia que esse valor pode deixar de ser cobrado, caso fique comprovado que o candidato não possui condições de pagá-lo. Poderiam fazer constar essa informação no Site.

5- Um anônimo corrigiu, no Post anterior, dizendo que fomos vices em 2015 da Copa do Brasil Sub-17 e não do Brasileiro Sub-17 como eu havia escrito. Valeu pela correção.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, esses dois volantes mostraram que, se subirem para os profissionais (desde que tenham experientes e vencedores natos), podem dar muito caldo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Márcio, essa taxa que você escreveu realmente existe, mais só para quem tem condições financeiras de ajudar o clube.
Exemplo, eu tenho um primo no infantil não pagou nada e está incorporado a base.
Ele falou que os colegas que não tem condição financeira, não pagou nada e está todos na base.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Anônimo. Se for assim, melhor.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Alguém aqui pode me confirmar se o esporte do LH é futebol mesmo? Vendo o que vejo aqui não parece ser.
O cara teve a bola no pé duas vezes, livre, e não soube o que fazer com ela. Sequer sabe dominar a bola.
Cala a minha boca garoto!!!

Rodrigo Federman disse...

Não estou assistindo o jogo hoje, Anônimo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Então, nós vimos o que dava para fazer, mexemos o mínimo possível na equipe técnica, preservamos profissionais, pela experiencia que ele (Frelland) tinha, pelo feedback que ele deu em relação ao que tinha na base do Botafogo nos últimos anos. Fizemos a melhoria do estado do gramado de Caio Martins (onde treinam quase sempre as categorias abaixo dos juniores); passamos a dar alimentação, que o clube nunca havia dado à base e damos desde março; e o clube colocou os salários em dia. Ano passado foi sofrido. Pequenas coisas que parecem óbvias, mas já ajudam - explica Renha.

Anônimo disse...

A grosso modo, a gestão de Bebeto de Freitas deu início à reorganização financeira do clube de General Severiano; Assumpção, excluído este ano do quadro de sócios, contratou jogadores na fase final de formação e a atual gestão do clube vem priorizando a formação a longo prazo. Mesmo assim, os investimentos inferiores aos dos concorrentes, assim como o tamanho da dívida do clube. Ao ponto de, quando assumiu a base, Renha cogitou dar fim às categorias pré-mirim e mirim (sub-12 e sub-13, respectivamente).

- Dentre os quatro grandes, nosso investimento é o menor, com diferença significativa. Estamos na casa de R$ 6,5 milhões esse ano, que é mais que no ano passado. Na gestão do Carlos Eduardo Pereira, não se gasta mais do que se tem. E isso é ótimo, porque você tem que priorizar e saber utilizar com a melhor eficácia possível os recursos que tem. Cheguei até a sugerir, quando entrei, cortarmos as categorias menores. Falei com o Freeland: "Se é para fazer mal, é melhor não fazer. Para fazer torto, não faz." - revela Renha.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Anônimos 1 e 2.
Abs e SA!!!