quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Já era esperado...

















... o Botafogo entrar em campo com um time praticamente reserva.

... que o Cruzeiro confirmaria a classificação na Copa do Brasil.

Hoje, no jogo de volta, nova vitória dos mineiros (1 a 0), apenas carimbando outro fracasso botafoguense na competição.

Que venha outra oportunidade em 2017.

Agora é foco exclusivo no restante do Brasileirão.

E como eu não assisti ao jogo, deixo o espaço aberto para comentários e avaliações dos amigos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

13 comentários:

Celso Ricardo disse...

Atuação digna da gestão CEP... Jogadores acomodados , preguiçosos , vagabundos que enriquecem às custas do Clube .
Ou alguém tem dúvida que , com o salários que certamente recebem , esses caras já não fizeram a vida ?
Duvida :
ONDE ESTÁ GEGÊ ?
ONDE ESTÁ AQUINO?
ONDE ESTÁ MARANHÃO?

Rodrigo Federman disse...

Celso, não vi o jogo, mas hoje eu não acredito que seria diferente. O time já entrou em campo apenas por mera formalidade. E não estou dizendo que acho isso normal, legal ou aceitável. Apenas não me surpreenderia se tivesse visto o jogo.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Rodrigo, o problema maior não é o resultado, mas sim a postura do Clube .
Obrigado , CEP . O Botafogo não vai cair ...

Rodrigo Federman disse...

Entendo, Celso. Mas também não me referi ao resultado.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Lamentável a postura de grande parte dos jogadores nesse jogo, pois independente de precisar fazer um, três ou cinquenta gols, é o nome do BOTAFOGO que está em jogo.
Com isso, o Cruzeiro não teve trabalho algum para vencer e confirmar mais ainda a vaga; jogou como bem desejou e não foi incomodado.
Helton Leite - Não teve grandes trabalhos durante o jogo, mas quando foi exigido, pulou meio atrasado no gol do Cruzeiro, nota 4,0;
Diego- Correu, mas não produziu muita coisa. Nota 4,5;
Renan Fonseca- Atabalhoado, um jogador que complica muito a atuação de uma zaga, no segundo tempo perdeu uma bola na cabeça para o Willian, que tem ½ metro, nota 4,0;
Émerson- Melhor do que o seu companheiro de zaga, foi o capitão, nota 5,0;
Victor Luis- Um dos que mais batalhou em campo. Defendeu bem, como de costume, e tentou ir à frente, nota 5,5;
Lindoso- A cara da preguiça, extremamente burocrático, jamais tenta fazer alguma coisa a mais, nota 4,0;
Bruno Silva- Mais um que fez rigorosamente nada a não ser tocar bolas laterais. Quase no fim do jogo ainda levou uma “bronca” do Diego, nota 4,0;
Diérson- Bem fraquinho e parece que não vai melhorar, nota 4,0;
Leandrinho- Junto ao Victor Luis foi um dos que tentou alguma coisa, só que não encontrou com quem dialogar, nota 5,5;
Salgueiro- Ficou claro que não está no BOTAFOGO. Desmotivado errou tudo no pouco que tentou. Lamentável, nota 2,0;
Luis Henrique- Também demonstrou pouca motivação e empenho, embora tenha ficado isolado no ataque, dá razão para que coloquem o fraco Tanque a sua frente no Time. Nota 2,0;

Núñez- Entrou no segundo tempo e se lhe faltou técnica, ao menos correu mais do que muita gente e mostrou querer jogar, nota 4,5;
Pimpão- Entrou no segundo tempo e ao menos correu em campo, nota 4,5;
Tanque- Como de costume, apenas correu em campo , nota 4,0.

Jair Ventura- Poderia ter tentado um esquema diferente do que o costumeiro que utiliza os três volantes. Isolou o Luis Henrique no ataque e somente no segundo tempo tentou dar velocidade ao ataque com a entrada do Pimpão.
Foi conservador e se permitiu escalar um Time sem vontade de “apenas” vencer o jogo. Por mais que seja uma situação difícil de reverter, o BOTAFOGO tem a obrigação de sempre vencer.

SA!!!

Yolanda disse...

Mesmo que vencessem, o placar não seria suficiente, nem deveria ter jogo de volta, nos pouparia de uma partida sonolenta e apática. Jogo sofrível.
Abs e SA!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, coloquei o Bruno como melhor em campo, pois no grupo que participo disseram que foi o menos pior.

Yolanda, ainda bem que não vi. Rs

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Grande RODRIGO,já disse ao amigo que quebrei a cara algumas vezes por achar que A ou B poderiam ser bons jogadores.Logo que o LH fez uma graça,alguns acreditavam ser o garoto um futuro craque.A "mãe empresária" tratou logo de aparecer dando entrevistas,etc.
Assisti mais um pouco e nunca vi nada de útil no jovem jogador,pois joga de cabeça baixa e,algumas vezes,briga com a redonda.Evitei fazer comentários na época,para não polemizar e ser do contra.Como não me importo em reconhecer erro de avaliação,tomara que eu esteja redondamente enganado,mas parece-me ser um TANQUE louro,rsrsrsr. Espero que não joguem dinheiro fora com renovações absurdas.JOTA.

Anônimo disse...

Este deve ter sido o jogo do Botafogo em relação ao qual eu menos me preocupei ao longo da minha existência. Fiquei sabendo agora do resultado. Nunca uma eliminação da Copa do Brasil foi tão previamente anunciada. Essa vai pra conta do JV, que ousou insistir na escalação de um arremedo tosco de zagueiro que não serve sequer para jogar no Serrano, aqui de Petrópolis, vice campeão da terceira divisão do estadualzinho. Levi

Rodrigo Federman disse...

Jota, confesso que acredito ter queimado a língua e quebrado a cara quanto ao LH também.

Eu também, Levi. Nem dei bola.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo cara,assista os melhores momentos da partida e veja o gool contra que o nosso ex-capitão Renan Fonseca, que deixou o Joel Carli no banco por várias jogos e foi o principal responsável pela eliminação precoce na Copa do Brasil junto com a falta de coragem do nosso técnico Jair que teve medo de barrar; pois fomos eliminado no primeiro jogo.

Fabio Lucas disse...

Devemos fazer uma reciclagem ai aos que nao prestam mais como Salgueiro,Renan Fonseca,Bruno Silva(vasco) e ate o jovem atacante Luis Henrique(atl-pr) que deveria ter saido por qualquer preço, seja por um jogador deles em troca ou qualquer caramingua 2 ou 3 milhoes ja seria muito bem pago... de tudo ruim neste jogo nos serviu para ver que este time reserva nao presta.

Rodrigo Federman disse...

Eu vi, Anônimo. Foi por pouco. Rs

Possa crer, Fábio.

Abs e SA!!!