sábado, 8 de outubro de 2016

Mais ambição!




Assunto repetido, eu sei... 
...mas amigos, não consigo ficar quieto a cada vez que vejo uma declaração atual (deixo bem claro que me refiro ao momento ATUAL) do Jair Ventura sobre a reta final do Botafogo no Brasileirão.

Novamente perguntaram ao treinador alvinegro sobre as chances do GLORIOSO alcançar o G6 e brigar pela Libertadores em 2017. A resposta, para variar, foi aquela de quando ainda saíamos da zona da degola e sofríamos com o pesadelo de um outro rebaixamento:

"- Eu não tenho por que falar essa palavra ainda. O torcedor é paixão, ele tem todo direito de pensar em Libertadores e título. Antes ninguém achava que o Botafogo ia brigar pela Libertadores. Em breve eu vou falar a palavra Libertadores, o que a torcida quer escutar, mas por enquanto ainda não. Vou contrariar todo mundo? Daqui a pouco a gente fala nisso, também estou doido para falar, mas por enquanto ainda não".

Eu insisto: Humildade é fundamental, bonito e necessário. Mas ambição e audácia também fazem bem. 

Hoje o Botafogo praticamente não tem mais riscos. Pelo contrário: Está próximo da Libertadores (uma surpresa para quase todos - e me incluo nessa lista). Principalmente após a mudança feita pela Conmebol. Então por que continuarmos pensando pequeno? Se o comandante não exige, almeja ou mira, como cobrar dos seus atletas? 

Chega, Jair! Vamos encarar os fatos, a realidade. Vamos pensar sim, na Libertadores. Até mesmo para entrarmos com sangue nos olhos, encarando todos os adversários como verdadeiras decisões.

Se não der, azar. Pelo menos tentamos!

Enche o saco esses discursos politicamente corretos e/ou de excesso de humildade.

Perturba!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

35 comentários:

Gernaldo Silva disse...

Concordo com o Jair, até mesmo... Acho que ele está certo em não entrar na onda da imprensa... Que o botafogo é grande, tem que lutar sempre por títulos e conquistas (fato), porém, não podemos nos iludir, pois, trazer pressão desnecessária, atenções para o grupo, ao meu ver, não será benéfico... O Jair pode estar muito bem dando entrevistas nesse sentido e junto aos jogadores (o que importa) tendo o discurso de que é possível a briga pelo G6. Acho que seria inocência demais entrar na pilha da imprensa, o momento é de caladinho comer pelas beiradas e beliscar uma dessas vagas.

Fabio Lucas disse...

Fico dividido ate porque temos elenco para tal...

Rodrigo Federman disse...

Eu discordo, Gernaldo. Não é oba-oba de imprensa. É uma situação bastante possível. Devemos assumir as responsabilidade de nossas posições. O Botafogo hoje briga pelo tal G6. Não assumir isso é reconhecer ser fraco. Excesso de humildade que, desculpe, não é para um Botafogo da vida.

Fábio, elenco não sei. Mas matematicamente temos chances consideráveis.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,a opinião do LEVI sobre AÇÃO GANHA está corretíssima,infelizmente é a realidade.
Apenas acrescento que,como há interesses políticos e globais no meio,estou futucando o assunto com amigos,para saber se não há outras intenções,como tentar interditar definitivamente o NS,dando uma grana para o clube pelos prejuízos e após algum tempo,como por milagre,ressuscitar o Estádio e entregar para sabemos quem.
Não duvide de nada,pois essa GANG de políticos canalhas que infesta o País consegue o que os normais acham pouco provável.JOTA.

Cloud908 Jj disse...

Boa tarde, olha no mínimo podemos dizer que falar sobre isso é complicado, vou dizer o porquê.
1° - Quando o RG lá na 3° rodada disse não estar preocupado em naquele momento estar ocupando a zona de rebaixamento, todos criticaram e logicamente eu também, já que sabíamos que o elenco todo tinha peças pífias para se forma no mínimo um time competitivo e nossa unica luta era para não cair.
2° - Agora vem um cidadão(Jair Ventura) com o discurso que adotamos desde o começo do campeonato e dizendo que nossa luta e para ficar na série A e tudo mais, e bla bla bla... Ai vamos cornetar um cara que adotou nosso discurso e está conseguindo boas vitórias, vitórias importantes, vamos criticalo por isso, a calma lá né... que ele é um discípulo de retranqueiro, isso podemos e devemos discutir para que ele mude essa idéia de time com 3 zagueiros ou três volantes pra sempre... mas companheiros a cima do discurso o mais importante é ganhar, ir somando e somando os 3 pontos vamos dar um crédito pra ele, e outra quando entrarmos na zona de classificação ai sim vamos efetivamente brigar pela libertadores. De resto somos um time muito esforçado de meio de tabela.
Ano que vem sonharemos vôos mais altos.
SAN!!!!!!

Anônimo disse...

É uma questão de interpretação,sobre o dito por Jair. Na verdade, alcançando os 46 pontos,estaremos indo rumo ao G6.
Jl Mochuara

Rodrigo Federman disse...

Jota, em se tratando dessa merda de país, nunca deixo de duvidar das coisas. Rs

Cloud, tudo é questão de momento. Naquela época, estávamos mal e não tínhamos vários jogadores que agora estão jogando. O momento é outro, o pensamento e discurso também devem ser.

Mochuara, duvido que o G6 morra nos 46 pontos.

Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Rodrigo, O Botafogo só está nesta situação por causa do Jv, que ao menos tem o grupo nas mãos, merece ao menos um voto de confiança... Não duvido nada que, ao falar de G6, iriam começar logo os estardalhaços! Por isso, acho melhor ter os pés no chão, eu ao menos, não me iludo mais em achar que agora está tudo bem e iremos brigar pela libertadores e temos um dos melhores times, afinal até pouquíssimo tempo estávamos na Z4, o botafoguense costuma ser assim, quando ver um pingo de mel, tenta se lambuzar... Pés no chão amigo, em minha opinião o JV está corretissimo.. Humildade jamais é sinal de fraqueza.

Marcio disse...

O problema que vejo é o seguinte:
Ricardo Gomes disse não estar preocupado com colocação e nem com rebaixamento, pois em tantas rodadas o Time estaria na parte de cima da tabela.
A verdade naquele momento era que o BOTAFOGO estava muito mais perto da degola do que da parte de cima.
Agora o Jair diz não falar em Libertadores e que o foco está no escapar do rebaixamento.
A verdade é que neste momento estamos distantes da zona da degola e mais perto da classificação à Libertadores.
Os discursos nunca estão alinhados com o momento.
O problema não está em ter um planejamento inicial e sim não adaptá-lo conforme o andamento dos fatos.
Embora o Time gerasse muitas dúvidas, todos sabemos que em futebol pode acontecer do Time da liga e surpreender; o Leicester (pode ser um caso em mil) está aí para comprovar, pois com certeza entrou para não ser rebaixado e em determinado momento viu que era possível conquistar algo melhor e não fugiu da briga.
Nas Olimpíadas tivemos um belo exemplo de que um pouco de ambição não faz mal. O baiano Isaquias Queiroz disse que queria sair com três medalhas Olímpicas e saiu com as três.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, mas em momento algum eu tirei os méritos dele. Apenas acho que isso não faz com que ele possa tudo. Principalmente manter um discurso pequeno, conformado, resignado. Acho pouco.

Exatamente isso, Marcio. Discurso igual, momento completamente diferente. É pensar pequeno demais.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o meu comentário do dia 03/10, colabora com o que você diz sobre não tirar o mérito que o Jair tem nessa caminhada do BOTAFOGO.
Veja:

Agora, no Bate-Bola ESPN falaram sobre o Jair e o R. Gomes.
O João Canalha disse que quando o R. Gomes saiu, a Torcida do BOTAFOGO ficou preocupada achando que o rebaixamento seria inevitável.
Mostraram que o Jair tem um aproveitamento de 70% no BOTAFOGO e o R. Gomes de 37,5% no São Paulo, entre outros números, todos favoráveis ao Jair.
Aí, o Comentarista Mauricio Barros diz que olhando simplesmente os números, os mesmos são cruéis com o Ricardo Gomes, complementou que o sucesso do Jair tem muito do trabalho deixado pelo R. Gomes e que o insucesso do R. Gomes no São Paulo tem muito do não trabalho não feito pelos técnicos anteriores.

Discordo completamente, pois o aproveitamento do R. Gomes no BOTAFOGO apontava para o rebaixamento, 20 pontos ganhos em 18 partidas, ou seja, 37% de aproveitamento. No São Paulo são 8 jogos e 9 pontos e os 37,5% de aproveitamento citados por eles.
O R. Gomes fez nesse campeonato 27 jogos, fez apenas 29 pontos e se fosse um clube estaria na zona da degola; é muita vontade de proteger os seus preferidos.
Já fiz algumas críticas ao Jair Ventura, mas não posso deixar de reconhecer que se o BOTAFOGO melhorou na tabela e tem afastado a ameaça de rebaixamento, podendo e devendo sonhar com uma colocação melhor, o mérito é todo dele.
É forçar muito a barra dizer que os resultados obtidos pelo Jair em apenas 10 jogos é reflexo daquilo que o R. Gomes não conseguiu em 18. O comentarista "esqueceu-se" que o R. Gomes estava no comando desde 2015 e ajudou a montar o Time deste ano.
Fosse um desses medalhões fazendo o que faz o Jair, estavam todos eles se derretendo em elogios.
Fala sério!
SA!!!

3/10/16 8:48 PM

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

É isso mesmo, Márcio.
Abs e SA!!!

Levi disse...

Trabalho com o direito há algum tempo, o suficiente para afirmar o seguinte: nunca, mas em nenhuma hipótese, confie num advogado que afirme que tal ou qual causa é "causa ganha". Isso não existe. De profissionais assim, devemos guardar uma distäncia segura e higiënica. O JOTA é empresário e sabe disso como poucos.
Quanto ao discurso do JV, já disse o que penso dias atrás. Pouco a acrescentar, a não ser para dizer que parece estar antecipando as desculpas para o caso de não chegar no mínimo em sexto. Sim, no início do campeonato a situação se mostrava crítica e a luta era mesmo para não cair.
No entanto, com a providencial saída do RG, a barração do Renan de tal e mais alguns ajustes promovidos no time, o cenário mudou e, em se tratando de BOTAFOGO, é obrigação sim, lutar por uma das vagas (sou contrário à abertura da Libertadores para os seis primeiros, mas este é outro assunto...).
Esse palavrório sobre manutenção na elite é, ou deveria ser, assunto de clubes sem tradição, como aquele, aquele outro e o ECTD, claro. No caso do Botafogo, a discurseira politicamente correta é, ou deveria ser exceção, como a situação que se apresentava no início do ano.
Fosse G8 ou G9, o JV estaria falando essas besteiras ou se contentaria em chegar em nono ou décimo, acrescentando que está no lucro, pois "no início a luta era para não cair"?
Quem tem que se preocupar hoje com rebaixamento é América-MG, Santa Cruz, Figueirense, Internacional, Cruzeiro e outros dois ou trës.

Gernaldo Silva disse...

Não vejo assim, vejo que o discurso dele tem um tom estratégico bem definido; não levantar "oba oba" não atraindo a atenção, concordo com isso.

Cloud908 Jj disse...

Palavras de Jair Ventura

- "Quando você fala em fugir do pior, automaticamente você chega perto do melhor. Uma coisa leva a outra. O nosso objetivo inicial é alcançar a pontuação para ficar definitivamente livre da zona do rebaixamento. Depois a gente vê alguma coisa melhor. Todo mundo tem que pensar no melhor, tem que pensar grande, mas temos que ter os pés no chão porque sabemos da dificuldade do campeonato e não podemos achar que estamos livres sem estar, só isso."

Gente não importa o discurso o que de fato importa é a a vitória.

Celso Ricardo disse...

Por favor , quantas vezes repetiremos que com Gegê , A Aquino , Marquinhos, Ribamar , RF e H. Leite a queda seria quase certa ? Caramba , o discurso da maioria era que cairíamos com estes jogadores citados ! Eu ainda cheguei a falar que cairíamos até com esse time que faz excelente campanha . Mas isso fui eu .
Jair Ventura NÃO tem o direito de diminuir esse grupo. Ele é fraco , covarde e não confia no grupo. Se confiasse , bancava pois está muito próximo da vaga da LA. JV quer manter o emprego e dizer que salvou o time do rebaixamento. Pensa somente nele e diminui o BOTAFOGO.

Rodrigo Federman disse...

É o que sinto também, Levi: Antecipação de desculpas em caso de não conseguirem algo que, hoje, é bem possível e depende exclusivamente deles.

Gernaldo, se impor e dizer que está sim, na briga, não tem a ver com oba-oba.

Cloud, discursos inflamam torcida e jogadores também.

Penso igual, Celso.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

A provável escalação de amanhã já mostra que ambição é quase nula. Típico jogo para passar raiva. Tiveram uma semana para treinar e descansar. Aposto que vão entrar em campo como contra o América, zero vontade. Essas declarações são somente pra tirar a pressão das costas, bem típico de treinadores amadores e que esquecem a grandeza do Botafogo. Lamentável!

Janicleide Oliveira disse...

Continuo achando que seria atrair pressão desnecessária para o momento.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, independente da escalação, a questão maior é postura.

Janicleide, para mim, quem peida para pressão não merece jogar/trabalhar em clube grande.

Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Oba-oba da imprensa anti-botafogo. Eu como torcedor não me iludo mais, com o time que temos? vejo que ele está certo em não trazer expectativas, como ele disse, ao menos por enquanto.

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, vamos nos preocupar com imprensa ou valorizar nosso momento e possibilidades. Desculpa, mas continuo achando que isso é demonstrar muita fraqueza.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Discordo, porém, respeito muito sua opinião, não vejo como demonstração de fraqueza.

Abs!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Gernaldo.
Abs e SA!!!

Chico da Kombi disse...

Quem mais quer o Fogão na Libertadores é o jovem Jair Ventura.
Uma vaga na principal competição sul-americana consolidaria de vez a sua carreira de treinador de futebol.
O Jair quer MUITO a vaga no G-6, mas a cobrança é interna...

Rodrigo Federman disse...

Chico, será que existe cobrança interna mesmo? Eu sinceramente não acredito muito.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

A fala do Ranieri sobre as pretensões do Leicester nessa temporada, mostram que você pode sonhar sem perder o foco da sua realidade.
“Conseguimos algo que provavelmente não acontecerá mais, foi muito bonito, mas agora temos que virar a página. Nosso objetivo vai ser os 40 pontos para nos salvar do rebaixamento”
“Uma vez com esse objetivo, quem sabe subir mais um pouco na lista. Ficar entre os dez primeiros, conseguir uma vaga na Liga Europa ou na Liga dos Campeões e, quem sabe, ganhar um dos cinco troféus que iremos disputar”.

http://www.foxsports.com.br/news/264122-claudio-ranieri-nao-pensa-em-titulo-do-leicester-e-ve-mourinho-fazendo-historia

Esse tipo de fala do Ranieri está longe de colocar pressão em seus comandados.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Marcio.
Abs e SA!!!

luciano bezerra neves disse...

Na boa mesmo!Alguém acredita que nos vestiários o grupo não é direcionado a isso?(G6)Eu nunca vi um cara competente e com grupo na mão como o JV. É muita corneta. Sejamos inteligentes. Declarações para imprensa não quer dizer nada. Quanto mais o fogão somar pontos, mais distante do Z4 e consequentemente cada vez mais próximo do G6. Deixa o JV a vontade e falar na última rodada com o Fogão ja classificado pra libertadores, que objetivo era fugir do rebaixamento. E qual a diferença? Cornetas ds peste!

Rodrigo Federman disse...

Luciano, existem os cornetas e existem os que acreditam e batem palmas para tudo. Desculpe se não agrado, mas sou daqueles que têm opinião própria e não fazem média para receber afagos gratuitamente. Respondendo sua pergunta: Eu não acredito que internamente haja cobrança. Acredito que o discurso seja exatamente o mesmo do que sai na imprensa.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Carli ainda não jogou no Estádio Nilton Santos, mas já vem treinando com o grupo desde a semana passada no local. Enquanto aguarda a próxima temporada, ele desfruta da Arena Botafogo, na Ilha do Governador, onde a equipe vem conseguindo fazer valer o papel de mandante. O zagueiro crê que a atmosfera da casa alvinegra deste Brasileiro lembra os campos argentinos.

- Encontramos um campo o qual estamos sabendo aproveitar. Quando cheguei lá, me lembrou alguns do futebol argentino. É perto da arquibancada, a pressão que os torcedores podem fazer... foi uma decisão muito boa irmos para lá.

Anônimo disse...

Não existe cobrança no Botafogo depois que conseguir os 46 pontos a ordem do Jair será para perder todos os jogos só tá faltando sair essa por aqui.
Eles não sabe nada do interno do clube e fica com achismos.
Corneteiros só fazem mal ao clube não sei porque ainda se dizem torcedores.
Eu quero que imprensa e os corneteiros, quase de uma maneira geral,entre como está entrando pelo cano,com falta de discursos e procurando alguma merda no ventilador,que dava o clube como rebaixado antes das partidas serem realizadas e agora mudam de opinião.
Vocês estão insatisfeito com o que Jair fala se associe ao clube e peça a demissão dele.
Agora com suas cornetas baratas e de longe sem saber o que está acontecendo no interno do clube, não vai resolver nada.
A resposta do Jair é para os corneteiros que se dizem torcedores e para imprensa marrom.
O interno do clube os jogadores sabe o que está acontecendo.

Rodrigo Federman disse...

Beleza, Anônimo 1.

Você sabe tudo das internas ou também fica no âmbito do achismo quando faz essa afirmação, Anônimo 2? Burrice tem limite.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O que uma boa fase não faz...
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Marcio!
Abs e SA!!!