domingo, 9 de outubro de 2016

No último segundo





O Botafogo entrou em campo para voltar de Florianópolis.  Foi a impressão que passou ao longo dos 90 minutos insossos, com a manutenção de um esquema tático que em momento algum foi agressivo contra o Figueirense...
...mas a sorte apareceu sorrindo para o GLORIOSO, que aos 47 minutos marcou o gol da vitória.

Resultado: 1 a 0 (Bruno Silva) e um passo a mais rumo ao - agora novo - G6.

Vibramos pela vitória. É o que importa, o que interessa. Se for assim até o final, ótimo. Mas que fique o alerta: Se o time não demonstrar mais gana, nem sempre o final será parecido.

Estratégia? Se for, ok. Posso até não concordar com ela, mas hei de aceitar (e comemorar) que esteja dando certo. Portanto, que continue. Mas não me agrada essa postura de "medo de perder que tira vontade de vencer". E isso, fique claro, é uma opinião pessoal, de um simples torcedor. Agora, se o Jair está certo do que está fazendo, que continue fiel aos seus pensamentos e ideologias.

E de preferência, agora que estamos praticamente com risco zero de rebaixamento, mude também o discurso: Podemos sim (e devemos brigar por) chegar à Libertadores em 2017. Eu ainda acredito que o time em campo sempre acaba sendo reflexo do que é dito pelo seu comandante.

Enfim, três pontos valiosos. Vamos à caça de mais três na quarta-feira.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 0 Figueirense

1- Sidão: Sem muito trabalho - 6,0

2- Alemão: Um feijão com arroz sem muito tempero - 5,0

3- Carli: Monstruoso por baixo e por cima. Ganhou todas - 8,0

4- Emerson: Bem na maioria das vezes - 6,5

5- Rodrigo Lindoso: Lento, lento... - 5,0

6- Victor Luís: Não faltou vontade - 5,0

7- Neilton: Até tentou, mas estava em uma tarde para ser esquecida - 4,0

8- Bruno Silva: Ok, herói do jogo...só que exagerou nas firulas e passes de efeito em vários momentos - 5,0

9- Vinicius: Um tanque, literalmente. Daqueles quebrados... - 3,5

10- Camilo: Muito mal - 4,0

11- Aírton: Não repetiu as suas melhores partidas - 5,0

12- Sassá: Errou dois gols, mas pelo menos mostrou mais presença de área - 4,5

13- Rodrigo Pimpão: Duas boas assistências. Uma, para o gol - 5,0

14- Dudu Cearense: Poucos minutos em campo - Sem nota

Jair Ventura: Mantém a sua convicção, mas para mim, errou na escalação inicial e na demora para mexer - 5,0

81 comentários:

Anônimo disse...

Que senhor zagueiro Joe carli.... vamos meu fogão

San

Luís Felipe

Rodrigo Federman disse...

Zagueiraço, Luis Felipe.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Escapamos do complexo de Robin Hood hoje, mas e em casa contra o Inter? Podemos chegar no G6, ainda mais que haverá Fla x Flu.

Rodrigo Federman disse...

Enéias, no último minuto também vale! Entrar em campo partindo para cima deles.
Abs e SA!!!

higor disse...

Federman, vc comentou no twitter, e eu concordo muito. Que sorte que tem esse treinador. Escalou o Tanque, o que fez o time jogar com menos um durante boa parte do jogo. Colocou o Dudu aos 41 e o mesmo deu um baita passe pro Pimpão pegar de primeira e sobrar pro Bruno Silva, que vinha jogando mal demais.

Agora temos Inter e Atletico-MG na Arena. Dois jogos que dá pra levar seis pontos tranquilamente. Mas o Botafogo, vc ja viu né...

Gernaldo Silva disse...

Sorte... Irão dizer que é sorte ter sofrido 3 gols no 2 turno, que é sorte ganhar jogos nos últimos instantes, interessante, na época o Rg não ganhavamos partidas destr modo, ao contrário, perdíamos ou tomávamos empate... É sorte que o time joga compactado sabendo de suas limitações e não achando que é uma seleção... De conseguir ficar entre os 6 depois de uma luta contra a degola, será sorte, pois os outros times que deixaram.

Anônimo disse...

Chegamos ao G7. Estamos no caminho para uma surpreendente libertadores. Time teve grande aplicação tática e um jogador acima da média, Carli. O meio de campo jogou muito mal, principalmente Lindoso e Ayrton. Erramos passes demais, mas a defesa com pensou os erros. Sassa mostrou que está completamente fora de forma, mas como sempre, oportunismo, disposição e raça.
Agora é pegar o Inter na quarta.

SAN
Lincoln.

Maria Cecília disse...

Sidão. Alemão. Carli. Emerson. Victor Luis. Airton. Bruno Silva. Diogo Barbosa. Camilo. Neílton. Sassá.
COM ESSE TIME VAMOS ATROPELAR O INTERNACIONAL NA ARENA LOTADA

Anônimo disse...

Quase o Alemão faz um golaço

Rodrigo Federman disse...

Higor, ainda bem que sorte também garante pontos, né? hehehe

Gernaldo, dizer que hoje não foi sorte eu acho demais. A minha análise não foi pelo segundo turno, pela posição, da época do RG...foi do jogo de hoje. Fui bem claro.

Lincoln, o meio de campo não existiu nesta tarde.

Maria, quem vai jogar, não sei...mas eu também prefiro o time no 442.

Sim, Anônimo. Seria um golaço. Ainda assim, partida bem mequetrefe dele. Ainda não me convenceu.

Abs e SA!!!

Rui disse...

Mesmo perdendo chances o Sassá participa muito mais, ao menos consegue finalizar com perigo. Inadmissível o Tanque ficar em campo até os 18 do segundo tempo

Marcio disse...

Resultado nota dez, rendimento no jogo, embora organizado, nota cinco. Entre ter bom rendimento e não vencer, melhor é vencer.
Um jogo muito ruim no primeiro tempo, pois se a marcação foi muito boa, o meio campo e ataque não funcionaram; parecia o BOTAFOGO estar satisfeito com o resultado.
Desesperada, no segundo tempo, a equipe de Santa Catarina lançou-se ao ataque e o Jair fez substituições bem modestas para quem, em tese, precisava da vitória para poder sonhar com algo maior no campeonato.
Embora pudesse em determinado momento ter sofrido o gol, perdeu uma oportunidade com o Sassá e no fim do jogo foi competente, conseguindo marcar o da vitória.
Sidão- Não teve trabalho no jogo, nota 6,0;
Alemão- Discreto no jogo e sem comprometer, nota 5,5;
Carli- O melhor do jogo, praticamente perfeito, nota 7,5;
Émerson- Muito bem no jog, melhorou muito ao lado do Carli, nota 7,0;
Victor Luis- Bem na defesa e discreto no apoio, nota 6,0;
Lindoso- A conhecida burocracia, apenas marcou, nota 5,5;
B. Silva- Erra muito e fazia um jogo bem insosso, foi salvo pelo gol, nota 5,5;
Airton- A luta de sempre, mas abaixo de outros jogos que já apresentou, nota 6,0;
Camilo- Bem marcado e isolado na criação não conseguiu repetir os seus melhores momentos, nota 5,5,
Neilton- Errou muito, mas não gostei da sua substituição, pois com os espaços surgidos no segundo tempo, poderia ter mais sucesso, nota 5,0;
V. Tanque- Partida muito ruim, não tem condições de jogar e mostra o quanto o ataque é limitado, nota 3,5.

Pimpão- Entrou melhor no jogo do que em outras oportunidades. Deu um passe para o gol que o Sassá perdeu e participou do lance que originou o gol, nota 6,0;
Sassá- Por mais Incrível que possa parecer, f az falta ao Time. Por pouco não deixou a sua marca, nota 5,5;
D. Cearense- Entrou no fim do jogo e não teve tempo para praticamente nada, sem nota.

J. Ventura- Foi bem modesto na armação do Time, inclusive nas substituições, e passou a sensação que um empate seria de bom tamanho; o fato positivo foi que o Time jamais se desorganizou em campo. Como o futebol não está aí para ser lógico, a vitória veio e as críticas perdem muito de sua força.
Nota 6,0.

SA!!!



Anônimo disse...

Digat-se de passagem já estava mesmo na hora de sorrir um gol aos 47... percebi claramente uma estratégia de jogo, concordando ou não com ela. O único e importante erro do Jairzinho foi ter escalado de saída o Tanque quebrado enferrujado da 1° guerra mundial. Fora esse erro acho que o time fez que parece ter sido combinado no vestiário. Ao menos foi essa a impressão que eu tive.
Jacob

Anônimo disse...

Antonio Lopes, com sua vasta experiência,viajou até a Argentina e indicou como presente para o Botafogo o melhor zagueiro do Pais no momento a custo zero(0800)
Antonio Lopes,deu suporte ao presidente indicando Jair Filho como o seu técnico.
Isso é um pouco do que o Antonio Lopes fez no Botafogo que os cornetas desconhecem ou fazem desconhecer.
Presidente Carlos Eduardo seu assessor Antonio Lopes foi a principal contratação fez por Você no Botafogo,parabéns mais uma vez.

Chatinho Botafoguense.

Jallin Habei disse...

Esquema covarde mais uma vez com 3 volantes, e como já estamos cansados de dizer deixa o time inofensivo em sua linha de frente, mesmo para defesas medíocres como a do Figayrense deixa o Camilo sobrecarregado na criação, e aliada a uma má partida do Neílton, realmente fica difícil sair do 0. Dessa vez foi sorte mesmo. Na verdade sendo o gol de quem foi, foi mais um alerta divino do que sorte. Essa vaga será nossa.
ps. Lindoso e Airton mal demais. DB tem que voltar na vaga do Lindoso.

Gernaldo Silva disse...

Ok... Abs

Anônimo disse...

Ao menos as duas partidas que jogou foram melhores que as do Diego

Jallin Habei disse...

Meu time também

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Rui.

Sim, Marcio. Também prefiro vencer sempre, mesmo jogando mal (como hoje). Fecho contigo!

Pai, não tive essa impressão em momento algum. Mas que bom que a sorte sorriu no final.

Isso mesmo, Chatinho. E foi ele também que deve ter viajado e trazido Lizio, Yaca, Marquinho, Aquino, Maranhão, renovado com Gegê, RF...

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Jallin, exato. Hoje para mim ficou claro que foi pura sorte. Ainda bem que sorriu para a gente.

Outro, Gernaldo.

Não vi diferença alguma, Anônimo.

Abs e SA!!!

J. Daniel disse...

Surpreendente a vitória do Bota hoje, pelo futebol que vinha apresentando até o momento do gol, uma tarde sem inspiração do meio de campo e dos atacantes. Joel Carli fez um partidaço
hoje. Mas valeu os três pontos, o que embala o sonho possível do torcedor alvinegro: a classificação para a libertadores (com o time reforçado). Por que Jair não entrou co Sassá, deixando o Tanque como opção? Será que Sassá não está totalmente recuperado da contusão? Cadê o DM para tirar essa dúvida?
Valeu pelos sofridos 3 pontaços.
Saudações Alvinegras.

Anônimo disse...

Até nas vitórias sua corneta não para,o Botafogo é fraquissimo, como você colocou sempre por aqui o ano,não mude não sua opinião.
Falta 02 pontos para não ser rebaixado,seus abutres.

Anônimo disse...

Não temos equipe para jogar taticamente diferente. É chato, é. Enche o saco, enche. Fico p... assistindo ao jogo. Mas é o que temos para o momento e estamos indo muito mais longe que esperávamos, todos nós.
Vamos que vamos. Devagar e sempre.
Reinaldo

Rodrigo Federman disse...

Mudei opinião, Anônimo? Desde quando? Tomara que burrice não seja contagiosa...

Reinaldo, eu discordo em partes. Já ficou provado que o Botafogo pode também atuar no 442.

Abs e SA!!!

Pedro Chiling disse...

Temos sim. E sempre jogamos melhor quando desfazemos esse esquema de time pequeno. Herança maldita de Ricardo Gomes. Já está mais do que comprovado que o time joga muito melhor com Diogo Barbosa no meio e apenas dois volantes

Marcio disse...

Pela lógica, era o próprio Antonio Lopes quem estava permitindo o BOTAFOGO se afundar com o comando do R. Gomes.
Não vamos nos esquecer que o R. Gomes saiu porque assim desejou.
E, abaixo, as palavras do Presidente CEP sobre como se dão as contratações.

"Total confiança. É muito importante que a torcida entenda isso. As contratações vem de dois fluxos: O interno, quando o treinador pede um jogador ou o externo, quando um empresário nos traz um jogador para avaliação. Em ambos os casos, existe uma análise pela comissão técnica, pelos analistas e pela diretoria. Independente do processo, a palavra final é minha e a responsabilidade total pelo erro ou acerto também"

http://www.tupi.am/programas/esportes/94960/em-entrevista-exclusiva-presidente-do-botafogo-carlos-eduardo-pereira-comenta-atual-situao-do-clube

SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Rodrigo, ressaltando que, sua opinião aqui sempre foi coerente, não há como negar... Acompanho o blog desde 2009.

Rodrigo Federman disse...

J.Daniel, pois é....ter entrado com o Vinicius foi o grande erro. Seria melhor começar com força máxima e, se fosse necessário, depois apenas administrar. Não entendo porque os treinadores sempre preferem decidir o jogo no segundo tempo, quando cada partida tem 90 minutos que podem ser decisivos.
Abs e SA!!!

Kal disse...

A "corneta" amigo anonimo mal educado, é simplesmente a vontade de que algo dê certo, e para isso, alerta-se para o caminho errado tomado.
O desejo íntimo de todos que reclamam é ser contrariado pelos fatos (ou resultados)

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Pedro.

Marcio, melhor nem levar a sério comentários desses bobalhões anônimos. Os famosos Donas Lúcias, vaquinhas de presépio que só batem palmas quando todos batem e só criticam quando todos criticam.

Valeu, Gernaldo. Por isso muita gente não gosta. Mas opinião é algo que não me falta. E quando há discordância respeitosa como as que o amigo de vez em quando faz, saiba que considero bastante e são sempre bem-vindas.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Kal, desconsidere o comentário do bobalhão, cara. O cérebro da fera deve ser do tamanho de uma ervilha. Ele é incapaz de entender isso que sempre comentamos e que você até tentou desenhar para ficar ainda mais claro. rs
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Não vejo diferença, Rodrigo? Estamos ogando 4-3-1-2, que não deixa de ser a mesma coisa, mas organizado para não levar o gol primeiro, principalmente fora de casa. Defesa menos vazada no segundo turno.
Hoje, o que fez falta foi o Diogo, o time fica mais forte na saída para o ataque com ele. É como vejo o jogo. Para mim sairia o Lindoso
Reinaldo

Rodrigo Federman disse...

Reinaldo, mas quando o Diogo joga, abre-se mão de um volante que, obviamente não tem a mesma saída do Diogo. Por isso acho que se trata de um outro esquema tático...que, aliás, também tem dado resultados.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...


"O Dilema dos Corneteiros"

Por Thiago Pinheiro


É difícil se separar do passado. Ele assola, apita e assombra. É ele quem nos concedeu experiência, embora caiba a nós descobrir o que fazer com ela. Quando há um caminho a ser seguido e tudo o que nos levou até ali já aconteceu, é difícil não dizer que o resultado será o mesmo. E vamos combinar que o que encontramos no caminho do clube costuma ser igual às ocasiões anteriores.

Claro que a corneta, essa taxação depreciativa feita aos que reclamam, independe da idade. E, por favor, tampouco é o acúmulo de anos que confere credibilidade às vaias e reclamações. Sem os argumentos ou respaldo da realidade, a corneta nada mais seria que uma "melancia no pescoço" em forma vocal.

Assim, quando vimos experiências que contradizem a lógica, lá no cérebro o símbolo da corneta acende e a vontade de assoprá-la é quase imperativa. Mas a corneta, como eu disse antes, é simplesmente a vontade de que algo dê certo, assim, alerta-se para o caminho errado tomado.

E o que fazer, então, quando, apesar de todas as linhas tortas, as vitórias se acumulam? Você fecha os olhos e segue em frente? Ou continua reclamando, nem que seja pela superstição?

Ora, o desejo íntimo de todos que reclamam é ser contrariado pelos fatos (ou resultados). E hoje, mesmo que por algumas linhas tortas, o Botafogo vence. O que fazer, então, além de comemorar?

Anônimo disse...

Fala Rodrigo! Que vitória sofrida, mas enfim um resultado bom. Devagar vamos conseguir chegar na libertadores. Hoje não gostei do lindoso, tanque e Neílton (esse ainda ficou puto?). Achei a partida do BS fraca, mas ele é voluntarioso, assim como o Airton. Na quarta entraria com o DB no lugar do lindoso que não faz falta nenhuma. Pra cima Fofão! SA... André

Rodrigo Federman disse...

Boa, Anônimo.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

O jogo foi uma porcaria . O resultado fantástico.
Onde estavam os defensores de JV quando ele insistia com RF? Era cornetagem nossa também? Fácil aparecer pra comentar e chamar de cornetas quando tudo parece resolvido . Quanto a quem não assina comentário , pura covardia de assumir uma opinião .

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Celso. Concordo em gênero, número e grau.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Antonio Lopes : AQUINO, MARANHÃO, LIZIO, RENAN FONSECA, ETC.QUEREM MAIS ?

Marcio disse...

Rodrigo, o problema é que há um patrulhamento explícito contra quem "ousa" não rezar na cartilha do pensamento único.
SA!!!

Anônimo disse...

O melhor do jogo foi o lançamento do Dudu Cearense para o Rodrigo Pimpão no gool do Botafogo.
Dudu Cearense,não foi a toa que jogou tanto tempo na Europa,fisicamente bem é acima da média.

Rodrigo Federman disse...

Fala, André. Para falar a verdade, só achei a partida do Carli merecedora de destaque.

Anônimo, há quem goste e bata palmas para isso.

Sim, Marcio. Contra quem não faz questão de ser vaquinha de presépio. rs

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Não achei, Anônimo. Não considero ele um pereba, mas muito longe de todo esse elogio que você fez ao futebol do próprio.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

So não concordo com a nota do dudu cearence afinal em um lance ele conseguiu fazer o que lindoso não fez o jogo todo. SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, boa bola, mas nada que, em minha opinião, merecesse nota. Foram poucos minutos em campo.
Abs e SA!!!

Ralph disse...

Sem dúvida é um outro esquema. Com 3 volantes, eles ficam em losango, num 4-3-2-1. Com Diogo em campo jogamos com 2 volantes, que ficam centralizados, com Diogo aberto na esquerda, Neilton na direita e Camilo pelo meio, num 4-2-3-1

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Ralph.
Abs e SA!!!

Marcos Moreira disse...

Que pena que não tenha jogado o primeiro turno, pela contusão, inicialmente, depois pela BURRICE dos treinadores, mas não tenho nenhuma dúvida em afirmar: Joel Carli é o grande nome do Botafogo, como também do campeonato brasileiro. Este é o cara. Camilo se destacou em vários jogos, sim, mas não é um jogador, na sua posição, com tanto destaque sobre os outros.
Sobre a estratégia de jogo, acho que foi perfeita, até mesmo na escalação inicial,com os 3 volantes( que eu mesmo já critiquei), mas neste foi corretíssimo, pois o Leandrinho tem jogado nada, só com muita máscara, os outros meias, nem precisamos citar. O Sassá, voltou a treinar está semana depois de mais uma grave lesão - esteve até sem previsão de volta, inicialmente, lembram? O Tanque faz as jogadas de pivô que o técnico quer, prende a defesa adversária, é encardido de ruim, mas está cumprindo aquilo que o técnico queria no primeiro tempo. O Sassá era esperado para os 2/3 finais do jogo, quando o Figueirense, já desesperado, faria mais pressão e a intensão era propiciar mais espaço para o Sassá poder jogar, com menos marcação, etc. Precisaremos muito ainda do Sassá nos próximos jogos e o nosso técnico sabe bem disso. Não vejo isto como sorte, vejo como um cara que sabe as suas limitações e planeja as suas estratégias para aproveitar ao máximo as poucas virtudes do elenco. Sorte foi termos o Jair como técnico. Abs e SAN!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Marcos. O Carli faz toda diferença. Pena que se machucou no início e depois que se recuperou, ainda teve que torcer por erros do RF, já que se dependesse das vontades do RG e JV, ele nunca entraria.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,tentarei ser bem realista:
1.Um festival de horrores,uma das piores partidas que assisti do CB,e sou bem paciente com o FOGÃO e seus blue caps,rsrsrsrs.
2.Ótimo que vencemos,mas vendo o lance com calma,foi pura CAGADA,pois o PIMPÃO tentou chutar para gol,pegou mal no pé,a redonda resvalou na perna de um zagueiro,sobrando para o BS. Ainda bem que a sorte esteve do nosso lado.
3.O JV escalou muito mal.A meu ver é inadmissível colocar contra um time fraquíssimo,3 trogloditas no meio de campo e um tanque furado no ataque.Não há chance de ter futebol,foi o que vimos,chutões de lado a lado.Ainda substituiu mal,tirando o Neylton,que com espaço poderia conseguir algo,deixando o trio maravilhoso em campo.
4.Os treineiros sabem que na maioria dos jogos atuais,de baixo nível técnico,os gols saem de faltas,escanteios,bolas alçadas sobre a área ou alguma jogada fortuita.Por isso pensam sempre em se defender para não perder.
5.Para não dizer que tudo foi ruim,ALVISSARAS,o juiz impediu a palhaçada do cai cai o tempo todo.Quando viram que ele não dava bola,passaram a fingir menos.
6.Três jogadores de quem se espera algo de bom,foram mal:CAMILO,AYRTON e NEYLTON. Além deles,VITOR LUIZ no primeiro tempo esteve irreconhecível.
7.Estou avisando antes,pois conheço bem o próximo adversário.Caso o JV escale mal, correremos o risco de perder um jogo que pode ser fácil.O INTER não tem muitos jogadores de pegada e marcação forte,embora tenha uns dois ou três que podem incomodar se derem mole.A defesa deles,quando pressionada,entrega o ouro.É começar jogando forte em cima da zaga que é fraca.JOTA.

Marcio disse...

Restam 9 rodadas para o término do campeonato, 5 em casa e 4 fora.
Internacional (casa), A. Mineiro (casa), Santa Cruz (fora), Coritiba (casa), Flamengo (fora), Chapecoense (casa), Palmeiras (fora), Ponte Preta (casa) e Grêmio (fora).
O aproveitamento do BOTAFOGO é de 50,57%.
O aproveitamento do BOTAFOGO com o Jair Ventura é de 73%.
Vamos disputar 27 pontos e se o BOTAFOGO mantiver a sua média do campeonato, ganhará 13 pontos e chegará ao total de 57 pontos; se mantiver a média obtida com o comando do Jair Ventura, ganhará 18 pontos e chegará ao total de 62 pontos.
Se o o Jair mantiver a média pessoal, chegará ao final do brasileiro ajudando o BOTAFOGO a fazer a sua melhor pontuação desde que o brasileiro adotou os pontos corridos, já que com 62 pontos, fará 1 ponto a mais do que o Time de 2013 que fez 61 pontos e foi o primeiro e único a atingir a casa dos 60 pontos.
Além da pura e (não tão) simples classificação à Libertadores, esse fato pode e deve servir de motivação para o elenco.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Jota. Concordo com tudo, amigo.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso, Marcio. E acho que poderíamos colocar diariamente como meta. É pensar grande. Aqui é Botafogo!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,faltou dizer que foi muito bom o RAFAEL MOURA estar em campo.O cara é o TANQUE LOURO do FIGUEIRENSE,perdeu dois gols vergonhosos e briga com a redonda o tempo todo.
Gostaria também de acrescentar que me surpreendi positivamente com o ALEMÃO.Para uma segunda partida,vindo para a série A,acho que foi bem melhor que na estréia.JOTA.

James cancelier de moraes disse...

Eta joguinho feio, hen. Figueira na pressão, e de repente essa surpresa.. gol aos 46. 3 pontos preciosos.
Vamos aproveitar o embalo e não relaxar contra o Inter.

Rodrigo Federman disse...

Jota, em relação ao Alemão, foi apenas o segundo jogo, mas até agora não vi nada diferente dele para o Diego.

James, contra o Inter não podemos contar com a sorte novamente.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

NOSSO TIME É LIMITADO E MUITO ORGANIZADO TATICAMENTE,SÓ ISSO.
A CAMPANHA ATUAL É PARA SER CONDECORADA POR ESSES JOGADORES,JUNTO E PRINCIPALMENTE COM O JAIR QUE ESTÁ CONSEGUINDO TIRAR LEITE DE PEDRA, COM ESSE ELENCO QUE O RICARDO GOMES NÃO ESTAVA CONSEGUINDO.
UMA LIBERTADORES NÃO ACREDITO EM 7º LUGAR E SIM FICARÁ ENTRE OS CINCO PALMEIRAS,FLAMENGO,ATLÉTICO MG,SANTOS E BOTAFOGO.
ACREDITO QUE FIQUE POR AÍ A CLASSIFICAÇÃO DA LIBERTADORES E O TIME TEM QUE CONTINUAR SABENDO QUE É UM TIME LIMITADO E ORGANIZADO TATICAMENTE SÓ ISSO.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, mesmo assim, agora que está próximo, precisa se portar como grande e postulante.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

EU ACHO QUE O JV É MUITO BOM MESMO.A ORGANIZAÇÃO TÁTICA É TÃO EFICIENTE QUE O TIME NÃO CONSEGUE DAR 3 PASSES SEGUIDOS.DEVE SER MUITO TREINO PARA CONSEGUIR ESSA PROEZA....

Anônimo disse...

Rodrigo, também não gostei da forma que o time jogou, acuado e esperando um bola em velocidade ou erro do adversário. Eu não entendo o porquê do treino fechado toda semana, o que o Jair tanto esconde, já que não se vê jogadas ensaiadas ou variação tática. A sorte sorriu pra nois hoje, mas nem sempre vai ser assim. Feliz com a vitória, mas preocupado com essa forma de jogar.

Marcelo Lopes

Anônimo disse...

Sassá jogou menos de 1/3 da partida

Anônimo disse...

Na boa, com excessão de Flamengo, Palmeiras e Grêmio fora, e o Atlético em casa, os outros jogos são jogos para somarmos 3 pontos. A começar pelo Internacional e seu tenebroso sistema defensivo. Chapecoense, Coritiba e Ponte Preta também temos obrigação de vencermos na Arena da Ilha. Santa Cruz fora também é um jogo pra somar 3 pontos.

Anônimo disse...

Também achei bem melhor que o Diego. Enquanto Diego quase fez pênalti infantil, Alemão quase fez um golaço. Só aí já tem uma grande diferença

Anônimo disse...

Figueirense apesar de um campanha ruim,só perdeu 02 jogos em casa.
É um time bastante dificil de perder em casa.

Anônimo disse...

O volante Bruno Silva esteve ameaçado de não enfrentar o Figueirense por causa de dores na coxa direita, mas conversou com o técnico Jair Ventura e concordou em fazer um teste no vestiário, momentos antes da partida. O jogador foi aprovado e acabou saindo de campo como o grande destaque do Botafogo ao marcar o gol da vitória da equipe.

Na entrevista coletiva, Jair Ventura disse que Bruno Silva chegou a ser cortado da viagem para Santa Catarina, mas acabou sendo incluído na delegação de última hora. O treinador contou que o volante estava pessimista, mas acabou indo para a partida, jogou o tempo inteiro e ainda marcou o gol da importante vitória.

Marcio disse...

Programa A Última Palavra no Fox Sports.
Pofexô Luxemburgo disse que o Guardiola é mais marketing do que técnico.
SA!!!

Paulo Fernando disse...

Eu só acho esse Bruno Silva um lixo junto com o Lindoso. A quantidade de passes que essa dupla erra é assombroso. Prefiro o Dudu a ambos.

Orlando Sábia disse...

Já tinha dito por aqui durante a semana que a tática seria essa, time bem fechado jogando atrás e saindo na boa nos contra ataques, porém destacava que sem raça o time não ganharia. Pois bem o time mostrou raça, não afroxou a marcação, com isso a tatica do primeiro tempo foi quase perfeita(seria se tivesse feito algum gol), no segundo tempo faltou algo nesse time, senti que estava acomodado com o resultado, se ao menos o diogo estivesse talvez o contra ataque seria mais eficaz. Jair mexeu e conseguiu dar um animo no time nos 10 minutos finais, acho que foi estrategia, faltou aquela ousadia caracteristica ja mostra pelo proprio treinador, se forçasse um pouquinho mais certeza que ganhariamos com mais tranquilidade. PS: ESSE CARLI JOGA MUITO.

Jair está aprendendo e nos mostrando que a salvação do BOTAFOGO é ele mesmo, sua linhagem, seu sangue nobre,general severiano está pulsando novamente, em conjunto com os frutos que a nossa base(que sempre revelou craques) nos dará, a certeza de um futuro glorioso para o nosso querido BOTAFOGO. ESSE É O BOTAFOGO QUE EU CONHEÇO.

Sergio disse...

Estou longe e não vi o jogo, mas V T jamais.Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo 1, não acho ele ruim, mas também ainda não acho um mega estrategista.

Marcelo, pois é, eu penso que dá para jogar com cuidados, mas ser um pouco mais agressivo também.

Ok, Anônimo 2.

Não será nada fácil, Anônimo 3.

Anônimo 4, sua análise é baseada em dois lances isolados?

Sim, Anônimo 5.

Anônimo 6, dizem que a balada na noite pré-jogo foi boa por lá também...

Eu vi, Marcio.

Paulo, considero os dois fracos. Mas acho que o BS ao menos não se esconde ou tem medo de errar. O Lindoso sempre procura o caminho contrário da bola. Já o Dudu, não me convenceu ainda. Ex-jogador em atividade para últimos 10 minutos.

Orlando, se essa era a tática, só faltou o time sair na boa em contrataque também. Não teve essa organização. O gol - ainda bem -, foi achado.

Valeu, Sergio.

Abs e SA!!!

Fabio Lucas disse...

R.Pimpao aos poucos esta voltando a jogar tudo o que jogava como disse muito importante para o ano que vem e o B.Silva mostro tem facilidade de fazer gols jogadores de qualidades,assim como Mauro Joel Carli.

Rodrigo Federman disse...

Fabio, o Pimpão foi feliz no passe, mas ainda não está jogando uma bola bola. Pelo menos para mim.
Abs e SA!!!

Hildebrando Costa disse...

Concordo com a maioria das opiniões postadas acima, mas tem um assunto que não foi debatido e que valoriza muito essa nossa vitória, foi só a segunda derrota do ano que o Figueira teve em casa e por acaso para gente........ Quantos jogos nos perdemos por levar aqueles gols bobos, contra o próprio America de Minas mesmo, estava na hora de fazermos o nosso.... ... mas outra como joga o Carli, como parece fácil rebater uma bola da área por cima ou por baixo, temos que fazer um bom contrato com ele....
Paulo eu concordo com você num ponto, eu gosto do futebol do Dudu Cearense também, ele para mim é o mais técnico dos nossos cabeças de área, mas a condição física dele não e´lá essas coisas, mas ele jogaria todos os meus segundos tempo se eu fosse o treinador....

Rodrigo Federman disse...

Hildebrando, sim, é sempre difícil vencer o Figueira em Floripa. Quanto a isso, não há discussão.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Foi embora mais uma escrita entre Botafogo x Figueirense,última vitória do Fogão no Orlando Scarpelli em 24/10/2012 ou seja chegaria a 04 anos, fora a eliminação da Copa do Brasil no maracanã, com Cuca no comando mesmo com os erros de arbitragem da Ana Paula, perdemos no Orlando Scarpelli por 2 x 0 o Figueirense sempre foi osso duro para o fogão.

Anônimo disse...

Tô com o Fábrio, Rodrigo Pimpão não jogou tudo que sabe sabe, porque o Neilton tá bem e os poucos minutos que sobraram, ele aproveitou como o jogo e o gol da Vitória em Salvador graças e uma jogada sua individual.
Acredito que se o Neilton não ficar, Rodrigo Pimpão ocupara a vaga sem problema.
Jogador que joga com muita raça.

Marcio disse...

Nada me convence que o BOTAFOGO não estava satisdfeito com o empate.
As suas declarações depois do jogo contra o América indicam tal situação:
"Não foi surpresa que o América-MG ia jogar nessa estratégia de ficar com os 10 homens atrás da linha da bola, esperando erros nossos. Eles vinham em situação boa, dois empates fora e a vitória contra o Inter. Sabíamos da dificuldade. Quando você joga fora de casa tendo que propor o jogo fica difícil."
Assim, para não propor o jogo, optou por substituições básicas, Pimpão no lugar do Neilton e Sassá no lugar do Tanque.
A única opção que vejo para que arriscasse um pouco mais, seria o Figueirense ter saído à frente no placar.
Se não arriscou frente ao América, lanterna do campeonato, por que faria isso frente ao Figueirense que até então havia perdido apenas um jogo em seus domínios?
Neste caso, o passado pode explicar o presente, pois os resultados do Figueirense em casa serviriam para justificar o empate, como serve para exaltar a vitória; o fato de estar na zona de rebaixamento ficaria meio esquecido e ficou.
SA!!!

http://www.loucospelobotafogoregiaodoslagos.com/index.php?option=com_content&view=article&id=12684:-jair-revela-pedido-de-camilo-para-sair-no-intervalo-qquase-nem-inicia-o-jogoq&catid=36:botafogo&Itemid=72

Rodrigo Federman disse...

Sim, Anônimo 1. Somos fregueses deles. Nada como batê-los.

Anônimo 2, em relação à vontade e disciplina tática do Pimpão, não contesto. Apenas o considero um jogador limitado tecnicamente. Sem bola para ser titular incontestável de time grande.

Marcio, não tenho dúvida disso. Era esperado o empate. E seria comemorado também. Ainda bem que a sorte contrariou a vontade deles. hehehe

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Nem foi passe . Duvido que fosse intenção dele tocar pro Bruno Silva. Mas que bom que deu certo...

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, acho que ele quis bater forte e seco em direção a área.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, análise de lances isolados.
Abs e SA!!!