terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Importante mesmo sem jogar

















Ainda sem previsão de retorno aos gramados, o goleiro Jefferson falou sobre o seu início de temporada junto com os companheiros:

"- Infelizmente não vou conseguir pegar o início da Libertadores, mas o que eu puder fazer fora de campo, eu vou fazer, até pela minha importância dentro do clube, e eu estou torcendo para essa rapaziada aí, começar com tudo na Libertadores para a gente sonhar grande esse ano, que vai ser um ano muito bom".

Seria melhor dentro de campo, mas já que por enquanto não é possível, acho importante termos o Jefferson com a delegação nessa fase pré-Libertadores. Principalmente para dar moral e incentivar o Gatito.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

17 comentários:

Marcio disse...

É torcer para que o Fernández se saia bem e o Jéfferson possa retornar com a maior tranquilidade possível.
Embora, a meu ver, o Jéfferson um líder dentro de campo, na organização do jogo, não descarto a sua importância e o exercício de um outro tipo de liderança positiva dentro do grupo.
Se cada jogador acrescentar um percentual de contribuição, os resultados virão.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Márcio.
Abs e SA!!!

Clovis Jonas Pinto disse...

Fala Rodrigo.

Jeferson já é um símbolo do Fogão e com certeza, dentro do grupo. Oxalá, volte logo.

Dizer que o Jeff é grande goleiro, é falar o óbvio. Seu único defeito (ninguém é perfeito), na minha insignificante opinião, é a saída nos cruzamentos na área; muitas vezes "caça borboletas" ou, "não sai".

Não sei também como será sua volta. Confesso que temo um pouco pela recuperação de sua condição técnica, mas confio no trabalho de recuperação e, independente de qualquer coisa, Jefferson já entrou na constelação, inigualável, do Fogão.

Suas virtudes, felizmente para nossos delírios, são infinitamente maiores.

É isso aí.

Abraço, Jonas.

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Jonas. Ainda existe essa incerteza.
Abs e SA!!!

higor disse...

Uma coisa que nunca entendi no futebol é essa ausência de líderes na beira do gramado ou com o elenco em jogos importantes. No futebol americano, por exemplo, jogadores machucados e fora da temporada sempre estão na beira do campo orientando e incentivando companheiros.

Rodrigo Federman disse...

Higor, no futebol internacional também acontece. Só aqui no Brasil mimam os jogadores.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Botafogo confirmou a saída do LH para o atl-pr que va botafogo muito perto de lucca e do pottker pra mim traria um ou outro e não os 2, mas pode acabar ficando sem nenhum também acho que eles não forma a dupla ideal.
Jefferson e o pilar mais forte do botafogo.

Marcio disse...

Por aqui, o paternalismo "impede" o jogador de assumir as suas responsabilidades.
Na Euro 2016, quartas de final, o CR7 "convocou" o João Moutinho para bater um dos pênaltis contra a Polônia.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ok, Fábio.

Exato, Márcio. É muito mimo. E para medíocres que deveriam trabalhar redobrado, isso sim.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Essa novela do Pottker, se for verdadeiro o interesse, também está se alongando em demasia; imaginem se fosse para contratar o Messi.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, e parece - pela novela e valores envolvidos- que se trata de um supercraque já consagrado. Isso me preocupa mais.
Abs e SA!!!

Silva disse...

Não consigo enxergar esse espírito de liderança no Jefferson.Pelo contrário,é só observar que claramente se nota ter o nosso arqueiro uma personalidade bem calada,introvertida.Acredito inclusive que isso tenha atrapalhado em sua passagem pela seleção.Nada que interfira na sua carreira de grande goleiro.
Daqui a pouco tem molecada estreando na copinha.21 horas pela rede vida.Bora foguinho!!!

Rodrigo Federman disse...

Silva, mas a presença dele tranquiliza o outro goleiro, com certeza. Mesmo que ele não fale nada. Ele já tem uma presença forte no Botafogo.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Sinceramente espero que o w.pottker agora não venha mais muito caro 17 ou 10 milhões não vale isso e ainda poderia fazer jogo de cena para o curinthia emprestar o lucca falando que saiu do negócio porque eles querem, jogares para fazer dupla com lucca no argentino jrs tem braian romero, no sarmiento tem patricio vidal e Leandro Diaz, huracan tem cristian Espinoza,Albertengo e Leandro fernandez no independente.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Fabio.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Mito sim. É um cara que além de excelente goleiro, um caráter que dá para sentir que é do bem. Tem sim espírito de liderança e não me parece tão calado assim. Nos jogos ele fala o tempo todo e orienta a defesa o jogo inteiro. É daqueles goleiros que já ficou marcado na história do Botafogo. Ouvi uma entrevista dele hoje e disse, com humildade, que ele é que precisa do Botafogo agora. Justo e necessário todo tipo de apoio para seu retorno a meta que ainda é sua. Tudo isso torcendo muito para o Gatito!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, eu também considero o Jefferson um mito e ídolo na história do clube. Isso é incontestável. Ainda assim, concordo também que a liderança em campo não parece ser o seu forte. E não é crítica, já que esse espírito nasce com as pessoas. Hoje, por exemplo, vejo o Carli bem mais líder do que o Jeff. Mas é inegável que o Jefferson é/será importante se estiver com o grupo, mesmo sem atuar.
Abs e SA!!!