domingo, 19 de março de 2017

Empate justo




Botafogo e Vasco não saíram do 0 a 0, em partida válida pela segunda rodada da Taça Rio.

Resultado justo pelo o que as duas equipes fizeram durante os 90 minutos.

E apesar do empate sem gols e do futebol não tão vistoso (tecnicamente falando), até que o jogo foi legal de ser acompanhado. Alguns lances de emoção, os dois times lutando e tentando superar suas limitações, etc.

Do lado botafoguense, faltou mais presença de área. Até porque, o Roger saiu demais para buscar jogo e não conseguia retornar para o posicionamento de conclusão. Fora isso, mais uma apresentação de gala dos dois volantes (principalmente o Aírton), um primeiro tempo animador do Montillo e o Marcinho sem comprometer na lateral.

Destoando, apenas o Guilherme e sua incrível capacidade de não conseguir pensar e correr ao mesmo tempo, além do Camilo, muito aquém do que se espera dele.

O empate coloca o GLORIOSO com quatro pontos no turno e com a importante - e difícil - missão de vencer o ECTD na próxima quinta-feira, se ainda quiser continuar vivo e sem muitas dificuldades no campeonato.

Até o jogo da Libertadores (13 de abril), é obrigatório que os titulares sejam sempre escalados (até para ganharem ritmo e entrosamento). E claro, devemos exigir a presença do Botafogo nas semifinais do estadual. Não há outra alternativa.

Neste domingo, não foi uma tragédia...
...mas ainda ficam evidenciados muitos pontos a serem corrigidos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 0 Vasco

1- Gatito: Duas grandes defesas - 6,5

2- Marcinho: Partida correta - 6,0

3- Carli: Seguro - 6,0

4- Emerson Silva: Não comprometeu, mas exagera em algumas chegadas fortes de maneira desnecessárias - 5,5

5- Aírton: Jogou muito. Presente em todas as partes do campo, esbanjando saúde e categoria - 8,0

6- Victor Luís: Firme na marcação. Faltou mais apoio ofensivo - 5,5

7- Montillo: Boa primeira etapa. Cansou na segunda - 6,0

8- Bruno Silva: Atuou firme e com bastante dinamismo - 7,0

9- Roger: Seu erro foi sair muito da área - 5,5

10- Camilo: Não conseguiu criar nada - 5,0

11- Guilherme: Não falta disposição. Falta inteligência e qualidade mesmo - 4,5

12- Sassá: Entrou bem e tentando criar situações de ataque - 6,0

13- João Paulo: Só para fechar o meio - 5,5

14- Rodrigo Pimpão: Perdeu um gol incrível no final - 5,5

Jair Ventura: Foi bem na partida. A única ressalva é pela insistência com Guilherme - 6,5

21 comentários:

Fábio Lucas disse...

Concordo com todas as notas dadas so incluindo que aos 9mim segundo tempo Montillo morreu, teve um lance que deveria ter tocado para o Roger e errou tocando para o lado perdeu a bola e o Bruno silva tomou um drible ridículo pelo Douglas do Vasco por causa disso.

Rodrigo Federman disse...

Fabio, já achei que na segunda etapa do segundo tempo ele até melhorou.
Abs e SA!!!

higor disse...

Esse Guilherme não dá. Burro e ruim, não consegue dar continuidade em nenhuma jogada. Mais uma bola fora da diretoria de futebol. E o péssimo preparo físico conseguiu estourar mais jogador, dessa vez uma joia da base.

Os titulares tem que jogar sim, até o jogo contra os colombianos. Apesar do carioca ter apelo baixo, espero que o time não fique de fora desse turno.

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Higor. Esse Guilherme é desprovido do "tico e teco".
Abs e SA!!!

Levi disse...

Rapidinho, vi o jogo em fragmentos, num pub de um amigo, que não gosta de futebol, mas que tem ganas comerciais, posto que não é tolo...Dois amigos botafoguenses estiveram comigo, como, da mesma forma, foram comigo ao Nílton Santos na terça passada.
Rapidinho novamente, gostei do Marcinho, pelo pouco que vi. Hora de se tentar alguma coisa com o moleque, desde que não se lesione!!! Santo Deus!, como se machucam esses nossos atletas. Parece que o promissor Marcelo está fora de combate por um mês!
Sigamos...

Rodrigo Federman disse...

Levi, o Marcinho foi bem sim. Bem melhor que o Jonas.
Abs e SA!!!

Silva disse...

O que seria exatamente​ uma partida correta?
Não entendi essa expressão.

Rodrigo Federman disse...

Silva, o que é correto? Fez direitinho o seu papel, sem comprometer. Simples.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Empate onde a vitória era totalmente possível. O BOTAFOGO, embora tenha feito um jogo razoável, não demonstrou o desejo pela vitória; pareceu satisfeito com o empate.
No primeiro tempo a Equipe melhorou um pouco mais a partir dos 20 minutos e mesmo assim ameaçou apenas nas tentativas de chutes de longa distância. Pecou muito nas tentativas de entrada na área, último passe, principalmente com os erros do tal Guilherme.
No segundo tempo, o Time voltou com mais posse de bola, sem organizar boas jogadas ofensivas e apresentou o velho problema de desperdício de contra-ataques.
Mais uma vez fica claro que é preciso resolver o problema de criação no meio campo e o consequente pouco aproveitamento do ataque. Em algum momento essa situação poderá custar muito caro.
Fernández- Melhor atuação com a CAMISA do BOTAFOGO. Nas vezes em que foi exigido, se apresentou muito bem. Nota 6,5;
Marcinho- Fez uma partida correta e pode evoluir na função. Não vejo motivos para que o Jonas estivesse a sua frente até contundir-se. Nota 5,5;
Carli- Mais uma partida firme. Nota 6,0;
Émerson- Não comprometeu, mas precisa diminuir um pouco os “chutões”. Nota 5,0;
Victor Luis- Partida correta, principalmente na parte defensiva. Nota 5,5;
Bruno Silva- Trabalhou bem na parte defensiva e ainda tentou ajudar na armação. Nota 6,0;
Airton- Quase no mesmo nível do B. Silva. Nota 5,5;
Camilo- Mais uma partida de razoável para fraca. Nota 4,0;
Montillo- Apenas um bom chute no primeiro tempo. No segundo, desapareceu do jogo. Nota 3,5;
Guilherme- Apenas corre, briga com a bola. Fraco! Nota 1,0;
Roger- Tem de ficar apenas dentro da área, pois falta-lhe habilidade para dialogar fora dela. Como atenuante, ser pouco acionado pelo meio campo e também da falta de jogadas de linha de fundo. Nota 4,5.

Sassá- Um grande passe para o Pimpão e só. Nota 4,0;
Pimpão- Teve a bola do jogo e falhou. Atacante não pode perder gol quando entra de frente ao goleiro. Nota 3,0;
João Paulo- Notado por uma falta cometida na quina da grande área. Sem nota.

Jair Ventura- Não inventou na escalação e foi bem nas substituições. Entretanto, precisa trabalhar melhor as ações ofensivas do Time, seja no trabalho da dupla Montillo/Camilo, como nas situações de contra-ataques.
Precisa também exigir que a motivação apresentada na Libertadores se faça presente em outras competições, pois “depois de amanhã” começa o Brasileiro.
Nota 5,5.

SA!!!

Anônimo disse...

O Marcinho foi uma nulidade. Não fez nenhum cruzamento e praticamente não o vi na defesa. Está jovem ainda e não dá pra ser a opção num jogo de libertadores sendo o jogo na Colômbia. Esse Guilherme não tenho o que falar pois seriam só palavrões...melhor não. Rs acho que o resto do time foi bem e vejo uma melhora na parte física e tática. Só o Camilo que me parece ainda não ter encontrado o seu lugar mas estamos no caminho certo. Airton e bruno Silva monstros. Melhor dupla de volantes do brasil! Abs e sa Jorge

Gernaldo Silva disse...

Rodrigo... Muito boa análise.
Só discordo da nota do JV, não vejo motivo pra ele ter nota acima da média do time.
Teria entrado com o Sassá desde o início no lugar do Guilherme.

Saudações Gloriosas.

Vitor José Biolchi disse...

Gatito Fernandéz [GOL]: 7,5
Marcinho [LAD]: 6,5
Carli [ZAG]: 7,0
Emerson Silva [ZAG]: 6,5
Victor Luís [LAE]: 6,5
Airton [VOL]: 7,0
(João Paulo) [VOL]: sem nota
Bruno Silva [VOL]: 7,0
Montillo [MEI]: 7,0
Camilo [MEI]: 6,0
(Rodrigo Pimpão ) [ATA]: 5,5
Guilherme [ATA]: 5,5
(Sassá) [ATA]: 6,5
Roger [ATA]: 5,5
Globo.com (concordo com estes conceitos)

Clovis Jonas Pinto disse...

Fala Rodrigo

Penso que o Bota poderia ter ganho se jogasse com mais intensidade. Se o Guilherme treinasse finalizações, poderia ser um bom jogador. Ele dribla bem e corre bastante; o problema é a finalização.

O JV tem que achar um lugar para o Camito. Ele, é jogador de armação e não pode ficar na direita, de costas para o gol; fica escondido.

Ainda estou aguardando uma exibição de gala de nosso craque Montillo. BS absoluto, e o restante, também de acordo com as notas que você deu.

Obrigado Anônimo.

Valeu Rodrigo.

Abraço e SA.

Anônimo disse...

Fala Rodrigo! Não gostei da partida do Montillo e Camilo. E o Guilherme não vou nem comentar. O time ainda não acertou com os dois no meio campo, acho que jogaria com os 3 volantes. Sobre o Marcinho, realmente merece mais chances. Fez uma partida mais burocrática, jogou muito mais na defesa. Tem um bom cruzamento.

Uma nota sobre o Roger, fraco. Agora que temos uma brecha no orçamento, tentaria buscar um atacante aceitável. Um cara que realmente prenda a atenção dos defensores.

Com todo o respeito ao Vasco, mas o jogo de hj era para termos feito os 3 pontos.

André

Rodrigo Federman disse...

Márcio, o bom do futebol é a sua democracia. Acho que hoje foi a primeira vez que discordei de muitas notas do amigo. Rs

Jorge, não achei o Marcinho essa nulidade.

Gernaldo, até gostei das mudanças dele. Por isso. Mas concordo: Guilherme é injustificável.

Vitor, achei algumas notas altas ali.

Clovis, o problema do Guilherme nem é finalização. É inteligência mesmo. Hehehe. Já o lugar para o Camilo...bom, o banco seria uma saída.

Fala, André. Achei o primeiro tempo do Montillo interessante. A questão dele é física mesmo.

Abs e SA!!!

Yolanda Resende disse...

Marcinho nunca foi pior que Jonas, por isso não entendo deixar de ser titular, ele precisa de sequência para adquirir confiança e o carioca serve bem pra isso, portanto JV pare de inventar e deixe o garoto jogar.
SA!

Marcio disse...

Sem problemas, Rodrigo. Até porque não penso em ter as minhas análises como "verdades".
A discordância é sempre benéfica, a meu ver.
SA!!!

Anônimo disse...

Alguem tem esclarecer a insistencia com Guilherme.Pressaõ do empresario?JV está ganhando algum?Ou total incopetencia da comissao tecnica? Alguem tem dica?
Sds

Rodrigo Federman disse...

Yolanda, entre os dois eu sou muito mais o Marcinho também.

Isso aí, Márcio. Somos dois. Rs

Anônimo, esse é um caso a ser explicado mesmo.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Não assisti o jogo, nem iria assistir, mas como o amigo disse que foi uma partida boa de se assistir, vou ver o VT agora, só acho, que com a crise que assola o vascu, perdemos uma grande oportunidade de somar pontos para classificação na taça, e como você disse o próximo jogo é contra as flores, e eles estão muito bem.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, mas que fique claro: Boa de assistir não quer dizer necessariamente bem jogada. Hehehe! Foi mais pela diversão. Ao menos não foi um jogo chato, de dar sono! rs
Abs e SA!!!