terça-feira, 14 de março de 2017

Vitória suada




Ah, o Estudiantes ficou quase 80 dias sem jogar. Estão sem condicionamento físico. O Flamengo goleou o San Lorenzo na semana passada muito por causa da crise no futebol argentino...

Para quem esperava uma partida tranquila do Botafogo na estreia da fase de grupos, a sensação de alívio do final dos 90 minutos. 

O Estudiantes é muito melhor (tecnicamente) que o San Lorenzo e incrivelmente não teve inferioridade física se comparado ao GLORIOSO. Pelo contrário, seus jogadores pareciam estar até melhores nesse ponto...
...mas o que vale é bola nas redes. E o Botafogo - à duras penas - soube usar o fator casa, venceu por 2 a 1 (Roger e Rodrigo Pimpão) e largou bem no difícil Grupo A.

Nessa fase, o saldo de gols nem é tão fundamental. Importante é somar pontos. Ou seja, os comandados do Jair Ventura fizeram o seu dever de casa, mesmo que tenha sido uma vitória não convincente.

Parabéns, Fogão!

Agora teremos um mês para a segunda partida, que tende a ser ainda mais difícil: "Somente" o atual campeão, Atlético Nacional, lá na Colômbia.

Precisamos trabalhar redobrado, pois se atuarmos como hoje, dificilmente voltaremos de lá com um resultado legal. É preciso que seja revisto - urgentemente - a questão física do time. É algo deplorável e não é possível que o presidente CEP não cobre explicações. Mas além do condicionamento, há muito a ser melhorado nas partes técnica e tática também. É inadmissível que, depois de duas semanas sem atuar, não tenhamos notado qualquer evolução no futebol apresentado.

Elenco limitado? Ok, concordo que dificulta. Entretanto, com tempo disponível - e depois de tantas "garantias" dadas pelo treinador e jogadores -, confesso que esperava algo melhor.

Enfim, importante era vencer. Vencemos e vamos comemorar...
...desde que não deixemos de fazer as observações e críticas, sempre construtivas e com um único intuito: O bem do Botafogo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 1 Estudiantes

1- Gatito: Em minha opinião, a bola do gol era defensável - 5,0

2- Marcelo: Ingênuo na falta para o adversário. Dentro das suas limitações improvisado, não comprometeu - 5,0

3- Carli: Ganhou a maioria das jogadas - 5,5

4- Emerson Silva: Exagera nas faltas e chutões sem qualquer direção. Isso cansa - 4,5

5- Aírton: Um leão, correndo, marcando e chamando o jogo - 6,5

6- Victor Luís: Partida correta, séria - 6,0

7- Montillo: Apagado, nada fez - 3,5

8- Bruno Silva: O melhor do time. Estava na zaga, no meio e no ataque - 6,5

9- Roger: Um bonito gol, mas muita dificuldade para dominar e parar as bolas em sua direção - 5,0

10- Camilo: Melhorou um pouco no início do segundo tempo - 5,0

11- Rodrigo Pimpão: Mesmo sem ter repetido as suas melhores exibições, é fundamental para o time - 6,0

12- Guilherme: Correria e raça - 5,5

13- Sassá: Quis mostrar muito serviço e aparecer sozinho - 5,0

14- Rodrigo Lindoso: Poucos minutos em campo - Sem Nota

Jair Ventura: Acertou na escolha da formação inicial e tentou mudar algo durante o jogo. Apenas faltou dar mais desenvoltura e novidades, depois do período apenas treinando - 5,5

56 comentários:

Anônimo disse...

Tá vendo Rodrigo. Concordo com todo o teu comentário ou quase todo. Rs. Minha única divergência é em relação a esperar muito mais de técnica no time. Pelo que já sabemos de cada um o único que pode render mais é o montillo. Esse sim está devendo e a dupla com o Camilo é minha única esperança de melhora, o que pode significar muito nesse cenário duro e competitivo. No mais acho que se mantivermos a raça vamos chegar longe. Estádio cheio e time com ganas de vencer já ganharam inúmeros compeonatos. Vamos fogooooo abs Jorge

higor disse...

Rodrigo, além dos pontos bem levantados por vc, acho que o preocupante hoje foi o Montillo. Ele conseguiu irritar. Sei lá, acho que ou ele ou Camilo tem que ir pro banco. Pelo bem do Botafogo.

Rodrigo Federman disse...

Jorge, por isso que discussões respeitosas são sempre válidas. Rs. Olha, eu confesso estar desesperançoso (infelizmente) em um sucesso entre Camilo e Montillo juntos.

Sim, Higor. Não dá para os dois juntos. Temos que jogar naquele esquema do ano passado mesmo. Mudando o esquema, eu manteria - ao menos em uma sequência inicial- o Montillo, pois sabemos que ele é capaz (apesar de estar mal).

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

O erro de JV foi recuar o Pimpão e adiantar o Camilo. Tem que aproveitar a fase do cara, ele está chutando e a bola entra. Roger não dá , é muito fraco.
Creio que JV não estudou o adversário e deixou nossos laterais na m*. Que sirva de lição.

Rodrigo Federman disse...

Celso, não chego a falar em erro, mas confesso que não vi qualquer melhora tática e técnica no time, depois de tantos dias apenas para treinar. Isso que me preocupa (além da parte física).
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Resultado espetacular conquistado frente a o bom e muito bem organizado time do Estudiantes.
Quanto ao jogo, no primeiro tempo o BOTAFOGO abusou das tentativas de ligação direta da defesa para o ataque, principalmente quando estas caíam nos pés do Émerson Silva e com isso o Estudiantes ficou meio à vontade e concluiu mais a gol; felizmente o BOTAFOGO na oportunidade que teve, foi competente e abriu o placar.
No segundo tempo, os argentinos continuaram organizados e o BOTAFOGO permitiu em uma falta tola cometida pelo Marcelo, mais a falta de firmeza do Fernández, o empate.
Com isso o Jair mexeu na Equipe, colocando o Sassá em campo e mais tarde o Guilherme e em uma grande jogada do primeiro pela ponta esquerda, Pimpão fez o gol da vitória.
De bom no jogo foi um aproveitamento melhor nas bolas paradas ofensivas e a organização defensiva; de ruim, a distância entre os setores e mais uma vez o baixo aproveitamento nos contra-ataques, bem como uma melhor organização ofensiva.
Fernández- Uma boa defesa e, a meu ver, uma falha no gol de empate dos argentinos, nota 5,0;
Marcelo- Mais uma boa atuação, embora tenha feito uma falta tola que resultou no gol de empate dos argentinos. Como é jovem, mais uma lição aprendida, nota 6,0;
Carli- Mais uma bela atuação e comandou a zaga, nota 6,5;
Émerson- Embora não tenha comprometido, esteve um tanto atrapalhado e abusou dos chutões para o ataque, nota 5,5;
Victor Luis- Muito trabalho na defesa e o empenho de sempre. Foi firme. Nota 6,0;
Airton- Boa atuação, tanto na proteção à defesa quanto na tentativa de armação do jogo, nota 6,5;
Bruno Silva- No mesmo nível do Airton, nota 6,5;
Camilo- Hoje se apresentou mais para o jogo, fez uma partida mediana, nota 5,5;
Montillo- Ainda não encontrou o seu espaço em campo e parece longe da condição física ideal, nota 5,5;
Pimpão- A luta de sempre e foi premiado pelo gol da vitória, nota 6,0;
Roger- Pouca intimidade com a bola. Como é centroavante, fez gol e com isso salvou a sua atuação, nota 5,5;

Sassá- Fez uma bela jogada que resultou no gol do Pimpão e pecou em um contra-ataque quando deveria ter sido solidário, nota 4,5;
Guilherme- Entrou no jogo e teve tempo de desperdiçar um contra-ataque. Não pode ser opção de jogo, sem nota;
Lindoso- Entrou no fim do jogo para segurar o resultado, sem nota.

Jair Ventura- Precisa dar um melhor padrão de jogo ao BOTAFOGO, principalmente nas ações ofensivas, pois o Time abusa da ligação direta.
Na medida do possível armou bem o Time.
Nota- 5,5

Resultado nota 10; jogo coletivo nota 5,5.

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Márcio. Excelente análise. Foi bem isso mesmo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

O que mais me preocupa são os inúmeros gols perdidos após o 2 a 1 ! Sassa e guilherme perdendo gols quando podiam dar um simples passo e deixar o companheiro na cara do gol ! O que ganha campeonato é o jogo coletivo ! Não podemos dar chance ao azar !
Abs e SA
Neto

Rodrigo Federman disse...

Neto, me preocupa mais o espaçamento entre as linhas do meio para frente. A única jogada atual do time tem sido os chutões pelo alto, sem tanta movimentação.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Discordo somente sobre o Sassa foi importante para a vitória em pouco tempo em campo mostrou que deve ser titular .

Anônimo disse...

No gol do Estudiantes o Carli deixou a brecha na barreira, mesmo assim o Gatito saiu atrasado.

Ailton disse...

Não acho que o Bruno Silva foi o melhor do jogo. Camilo cresceu no final do aegundo tempo e, mesmo aparecendo pouco, foi fundamental na frente e atrás, desarmando contra-ataques. Também acho que o Sassá melhoria melhor nota, visto que sua jogada foi determinante para o segundo gol, com raça e acreditando. Roger fez o gol da forma que precisa atuar, na frente, meio plantado, fazendo pivô. Essa é a característica dele. Precisamos de um lateral direito e um atacante de velocidade. Marcelo foi bem apesar da falta, mas foi inventado na lateral, e a bola puniu. Montilo, fora de ritmo, sabe jogar apenas quando tem espaço. Pra mim, Camilo melhor: nons passes e o mais aguerrido.

Gernaldo Silva disse...

Botafogo vence um jogo mais encardido do que se esperava. Time é muito competitivo. Vai criando casca na Libertadores. Jair Ventura não teve medo de arriscar. E deu certo!

Abs. Saudações Gloriosas.

Celso Ricardo disse...

O time foi envolvido no meio de campo exatamente pelo posicionamento dos jogadores.Montillo perdido e Camilo à frente. B. Silva e Airton se desdobrando pra segurar um atacante veloz deles e Pimpão recuado.Nossos laterais sofreram e chutamos duas bolas a gol no primeiro tempo . Sofri e vibrei com a vitória. Mas não gostei do jogo.

Ailton disse...

*Camilo melhorou no fim do PRIMEIRO tempo...

Anônimo disse...

Boa noite,
Quanto ao Camilo e Montilho, vejo uma possibilidade de manutenção do time durante o jogo, jogaria no esquema do ano passado 4-3-1-2 começando com Bruno Rodrigo, JP, Airton e Camilo e no segundo tempo, faria a substituição de Camilo por Montilho. Visando que o Camilo sempre cai de produção na parte física no segundo tempo e o Montilho melhorará o setor de criação e podemos surpreender o adversário com mais qualidade no meio, sem contar que temos o Matheus Fernandes para manutenção dos volantes.
O ataque formaria com Pimpão e Roger.
A zaga está formada...

Filipe

Rodrigo Federman disse...

Anônimo 1, ainda não consigo ver o Sassá titular do time.

Anônimo 2, sim, o Gatito foi mal.

Respeito sua opinião, Ailton. Mas não acho o Camilo sequer entre os 3 melhores do time. Já o Bruno, em minha opinião, um gigante.

Gernaldo, mas ainda acho que o JV precisa aproveitar melhor o tempo para pensar e trabalhar em novas situações. Time muito previsível e não apresentando qualquer evolução.

Eu também não, Celso. O jogo do time foi ruim. Mas ainda bem que o resultado foi sensacional.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Filipe, ainda não vejo qualquer chance de Montillo ser reserva nesse time. Prefiro mudar o esquema ou posicionamento para tirar o melhor dele, pois sabemos que dele podemos esperar algo mais.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o Time do BOTAFOGO somente se agrupa quando das ações defensivas.
Convenhamos que as ligações constantes da defesa para o ataque, coloca em dificuldade aqueles que estão encarregados de armar o jogo, Montillo e, mesmo com críticas justas, Camilo.
Armador algum vai jogar vendo a bola passando direta da defesa para o ataque; ele precisa receber a bola e os companheiros movimentarem-se para servir de opção de jogada. A jogada do primeiro gol mostra um pouco disso.
Isso é trabalho para o Jair Ventura.
SA!!!

Ronau Gomes disse...

Não quero acreditar no que li. Vocês ainda reclamam? Jura que tem comparação com o time da beira da Lagoa? Nelson Rodrigues tinha razão...

Rodrigo Federman disse...

Concordo contigo, Marcio.

Ronau, não acredite então. Bem simples.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sem contar que é melhor fazer os ajustes quando os resultados são positivos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, tem gente que acha que só pode aplaudir em vitórias e criticar em derrotas. Os chamados torcedores-focas.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Minhas avaliações, ganhamos como sempre e todas as partidas que o adversário está melhor,(domínio falso) ganhamos, não é só de hoje é desde do ano passado.
Gatito falhou no gool e fez um defesa no primeiro tempo portentosa,regular nota 5
Marcelo chegou um pouco atraso na falta e errou um cruzamento, fez um feijão com arroz bem feito nota 5
Joel Carli, partidaço o melhor zagueiro do Botafogo por uma década, disparado, nota 8
Emerson Silva não comprometeu,andou errando algumas jogadas, apenas regular nota 5
Vitor Luis, outro que não comprometeu, mais joga melhor, nota 5,5
Airton e Bruno Silva tô com o comentarista Edmundo da Fox dupla de volantes, os melhores do Brasil atualmente, nota 8,5 e 9
Walter Montilo, está jogando na posição do Camilo, fez uma única jogada e não entrou em campo nota 1
Camilo mesmo jogando fora de sua posição, muito melhor que o Montilo e de suas últimas partidas feitas no clube, nota 7
Pimpão o guerreiro de sempre, excelente taticamente e fez o golaço da vitória, nota 8
Roger fez o que um artilheiro faz o gool nota 6
Sassá jogou demais e foi responsável diretamente pela vitória, só fez uma jogada errada mais foi decisivo e será bastante útil esse ano, nota 8
Guilherme quase faz um golaço, jogador moderno de alta velocidade, que será bem importante esse ano, nota 7
Jair a substituição do Walter Montilo pelo Sassá, foi a chave da vitória, como também a entrada de Guilherme, nota 8 para o Jair que teve peito e coragem de tirar o pior jogador em campo WalterMontilo peça nula.

Marcos

Rodrigo Federman disse...

Marcos, o Edmundo falou isso? Que legal. Concordo com ele. Discordo apenas da sua observação sobre Guilherme e algumas notas um pouco altas (minha opinião).
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Não chame ninguém de torcedores Foca, Federman, todo torcedor tem direito a analisar e dá a suas opiniões,respeite.
Não é por aí cara, chamando torcedor de torcedores focas; já que você não gostaria de ser chamado também.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, a diferença é que eu respeito quem goste de apenas aplaudir em vitórias. Classifico como torcedores-focas, discordo deles, mas respeito quem torça assim. E exijo apenas o mesmo respeito se não bato apenas palmas em vitórias e críticas em derrotas.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, eu acredito que há espaço para o BOTAFOGO elevar o seu nível de apresentação.
Mesmo com toda dificuldade que o jogo apresentou, tivéssemos aproveitado os dois contra-ataques que surgiram, Guilherme e Sassá, a vitória seria de quatro a um.
Contra o Colo-Colo também perdemos alguns...
Pensando na necessidade do Atlético Nacional vencer o BOTAFOGO na próxima rodada, provavelmente teremos alguns contra-ataques a disposição e não poderemos desperdiçar.
E essa melhora não é para um jogo vistoso, pois não vejo margem técnica para tal; mas um jogo mais efetivo, letal, vejo possibilidade de melhora.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Certeza, Márcio. Uma evolução tática, principalmente. Até porque, imagino, o jogo lá na Colômbia tende a ser muito mais difícil. Principalmente após os resultados de hoje.
Abs e SA!!!

Levi disse...

Cheguei há pouco do Nilton Santos.
Primeiro tempo bem jogado e na primeira metade da segunda etapa, um tanto apático.
Tenho de admitir que a entrada do Sassá deu um novo ânimo ao time. Tanto assim é que a jogada do segundo gol surgiu a partir de uma investida do possante.
Destaques para Bruno Silva e Aírton, sem a menor dúvida (talvez a melhor dupla de volantes hoje no cenário nacional, sem favor nenhum). Carli, mais uma vez, jogou como se deve jogar um zagueiro, assim como o Emerson. Pimpão, como sempre, atuando com a eficiência habitual. Roger não faz o pivô, não dribla, é pesado, mas meteu o gol. Se pelo menos fizesse bem a função de pivô, traria mais dinâmica ao time.
Gostei do Camilo. Compensou a falta de efetividade com luta e executou bem algumas situações de transição. O lateral esquerdo joga com seriedade.
Montillo está fora de forma e, vendo o jogo in loco, isso fica mais evidente. Marcelo não é lateral direito e por aquele lado não vi jogada ofensiva que se deve esperar de um lateral de ofício. É um ótimo zagueiro, mas não rende quase nada exercendo a função de lateral.
Mais uma vez, não gosto do estádio, embora lá seja a casa do Botafogo e assim deve ser tratada. A torcida fica longe do campo de jogo, separada por aquela pista de atletismo. Faz barulho sim, mas não traduz aquela coisa de jogo em casa. Ponto positivo, assisti hoje da Oeste Superior. Do ponto de vista de observação do jogo, é ótimo. Dá pra enxergar o time distribuído em campo e como está jogando taticamente.
Enfim, vitória justa e três pontos na tabela.
Sigamos...

VinnyMarques disse...

Nem sei por onde começar. Primeiro uma cornetada no Jair por não conseguir encaixar Montillo e Camilo. Na minha opinião de torcedor, deveria ter mantido o esquema do ano passado, trocando apenas o Lindoso pelo João Paulo com o Camilo no meio e Montillo e Pimpão mais a frente. Recuar o Pimpão é cansar nosso melhor atacante até então. Guilherme e Sassá entraram bem, mas são muito burros e fominhas. Parecem crianças de 12 anos...
Mas as substuicões foram boas.
No lance da falta do gol dos caras, o Marcelo deu o primeiro e o segundo combates. Claro que iria chegar atrasado no segundo. Falta. E a barreira abriu (Carli e Emerson), contando com a colaboração do nosso goleiro. Achei defensável...
Precisamos de alguém pra colocar a bola no chão ali na saída da zaga pro meio. Nem os volantes, nem o Camilo são esse jogador.
Esse time treina com bola rolando mesmo? Pois só vi cobranças de escanteio e falta ensaiadas...
Vencemos. Mas erros existem pra serem corrigidos.

Rodrigo Federman disse...

Grande, Levi. É verdade. O estádio não faz aquele papel de caldeirão, né? Justamente por ser olímpico.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Vinny. E lamento que existam torcedores que não achem justo criticar após vitórias. Eu já penso justamente o contrário: Vejo como essencial para buscarmos melhorias contínuas.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Bom dia.
Apesar de alguns senões, ganhamos. Nota triste e sentir que o Marcelo foi mordido pela
MOSCA AZUL no meu entender. A parte técnica tem que alertá-lo sobre o CACOETE do CARRINHO, que vêm sendo repetido com grande prejuízo para o BOTA. Ainda criou uma situação de conflito generalizado, ao falar no ouvido do ARGENTINO caído. Vejo isso como o ZUMBIDO da FAMOSA MOSCA.A espera de um jogo melhor já deveria acabar com montillo, incrível lerdo, chute fraco na pequena área e o JAIR VENTURA substituiu pelo SASSÁ. Será que não o leva para um cantinho umas conversas.... SASSÁ foi bem, mas o chute ao invés de um passe para GUILHERME mostrou o FOMINHA eterno.
Gamhamos e vm vê se continuamos na Taça Rio.
Abs SA

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, o que seria essa mosca azul? Confesso não ter visto nada de "anormal" no Marcelo ontem. Tirando a falta boba, achei que ele não comprometeu e fez o papel de lateral improvisado até melhor do que se tivéssemos o especialista Jonas à disposição.
Abs e SA!!!

fabio lucas disse...

Roger vai te surpreender Rodrigo igual ao bruno silva, victor luis e o camilo lembra.

Dejair de Assis Cunha disse...

Estive lá e o time realmente mostrou vontade, mas temos muitas limitações técnicas. Confesso que hoje eu preferiria ver o Lindoso fazendo o papel de poste no campo do que ver o Camilo ou Montillo sofrendo pra dar dois passes no campo. O pessoal fala que o Lindoso é burocrático, mas pelo menos serve pra atrapalhar o adversário que está no meio do campo. Sassá e Guilherme ontem incrivelmente fizeram o time acelerar no ataque e, caso o time tivesse um pouquinho de pontaria, teria feito mais um. Nosso meio de campo é horroroso. Me desculpem, mas os caras não criam nada. Eles parecem jogar com chuteira de cimento. No fim, o que importa são os 3 pontos.

Rodrigo Federman disse...

Fabio, eu torço por isso. Mas desculpe, o único que me surpreendeu de verdade até agora foi o BS (entre esses citados).
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Dejair, nessa eu discordo do amigo. Lindoso é burocrático beirando a nulidade. Sou mais tentar o Matheus Fernandes ou João Paulo, se for mesmo fazer essa mudança proposta.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Um ponto positivo ontem foi a narração do Jader Rocha. Ele parece gostar do Botafogo. Gosto das transmissões do Botafogo com ele. Sempre que está narrando o fogão ganha.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, confesso nem ter prestado atenção. Aliás, é algo que nem ligo durante os jogos (narradores e comentaristas).
Abs e SA!!!

alex disse...

Prazer ..LIBERTADORES, hoje é o que temos , acho que os dois jogos (olimpia e colo colo)ensinaram ao BOTAFOGO, como jogar , feio e ganhando 3 pts...

Rodrigo Federman disse...

Alex, temos um time que sofrerá para vencer, mas também venderá caro as derrotas (se houver).
Abs e SA!!!

Felipe Cruz disse...

Só tem duas fórmulas pro Botafogo: 1) Ganhar em casa e empatar fora ou 2) ganhar em casa fazendo mais gols do que perdendo fora. Faltam 13 jogos pra irmos pra Dubai. Sonhar é possível.

Rodrigo Federman disse...

Felipe, claro que é possível, mas prefiro nem pensar nisso agora. Manter os pés no chão.
Abs e SA!!!

Frankstein Silva disse...

Esse time está se especializando em jogar de costas pro ataque... é um tal de recuar para fazer ligação direta com chutão que irrita demais.
No mais achei o Marcelo muito melhor que o Jonas. Marca e cruza melhor, mas infelizmente não tem cacoete de lateral - e nem o Jonas tem.
No mais, vencemos. Isso é o que importa.
SAN!!!!

Rodrigo Federman disse...

Frankstein, sim, é muita ligação direta. Os homens do meio não se agrupam para sair jogando por baixo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Espero que o Montilo recupere seu futebol,porque está mal.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, no caso dele está nítido que se trata de condicionamento físico. A cabeça manda e o corpo não obedece.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Bom dia
Afim de esclarecer e faço de melhor das intenções: Mordido pela MOSCA AZUL foi escrito
no poema de Machado de Assis, o DESLUMBRAMENTO DE UM REI. O anônimo teve a intenção de
mostrar que o jogador MARCELO se achar no atual momento de sua carreira. E, apesar de
seu comentário, estou com o Anônimo.
Abs. SA

Rodrigo Federman disse...

Legal, Anônimo. Obrigado, cara. Mas enfim, como eu disse, não achei o Marcelo diferente das suas partidas anteriores.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

Tenho tentado analisar esse time de maneira menos apaixonada, o que confesso ser muito difícil, mas vamos lá: eficiência. Me parece que a palavra que mais tenho ouvido falar desse time é essa. Lembra um pouco o Corinthians campeão com o Tite. Jogava fechado, feio, mas era matador. Nisso vejo sim alguma semelhança. Não vou pelos nomes nem pela qualidade técnica, pois nem lá, nem cá temos craques. Mas acho que nosso futuro da Libertadores pode ser muito bom se assumirmos esse papel de time que prefere ser eficiente do que bonito, até porque não acho que temos essa segunda capacidade. Partindo então desse princípio (que ser eficiente pode nos levar longe), vejamos pelo jogo de ontem: nossa zaga é boa! Sabe se posicionar e tem peças capacitadas para segurar (dentro de um limite razoável) um placar. Sob esse aspecto de limite razoável, acredito que o 1o. tempo contra o Olímpia foi um bom exemplo. O Airton e o Bruno Silva (na minha opinião o melhor em campo ontem) estão conseguindo fechar bem a meia. Na frente o Pimpão está sendo o cara decisivo em vários jogos. Apesar de poucas opções de ataque, ele, Roger, Sassá e Guilherme podem produzir algo diferente (mudança de modo de jogar, característica de jogador, etc...). Até agora temos tido um "desempenho por resultado" excelente nessa Libertadores o que nos concede um certo otimismo.
P.S. Até que enfim o Marcelo mostrou que não é perfeito. Que merda ele fez na jogada do gol dos caras!!! Falta desnecessária! Errou quando pode, ou seja, menos mal que não afetou o resultado final (vitória nossa ).

Paulo Fernando disse...

Faltou dizer: João Paulo tem vaga nesse time. Foi um dos melhores na fase anterior.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, principalmente se mudarmos o esquema tático. Aí eu também acho que o JP tem espaço tranquilo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Tu é chato pra caralho
entra ano e sai ano você não muda deixa de ser chato caralho

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, não precisa voltar ao blog, estrupício. Um beijo na sua pobre alma.
Abs e SA!!!