terça-feira, 4 de abril de 2017

Está muito mal (e não é de hoje)




Após a vitória diante do Resende, o meio campista Camilo tentou justificar as suas fracas apresentações em 2017 (e que eu considero desde o final da temporada passada) à mudança de posicionamento:

"- À vontade não fico, claro que não. À vontade a gente nunca se sente, mas é um papel que o Jair recorre para poder fazer. Tem jogos que temos êxito. A gente tenta se movimentar e tem jogos que o Montillo sai e eu vou para a minha posição. Vamos tentando e buscando melhor entrosamento, contando com recursos de jogadores que nos ajudam na frente, que são o Roger e o Pimpão. Eles fazem a gente ter mais homens na frente, diferente do ano passado, quando tínhamos três volantes. Está sendo diferente. O ataque está sendo positivo, com maior saldo de gols".

"- É uma cobrança que fazem muito em termos de apenas dois jogadores, mas a gente joga no coletivo. Eu estou jogando fora da minha posição, um cara mais aberto, mais tático para a equipe. A gente vem desempenhando, vem tendo os resultados. Isso é importante. Quando os gols saírem, o meu gol, o do Montillo, a gente vai tirando esse peso. Temos que continuar fazendo esse trabalho que está sendo bem feito".

Juro que tento - mas não consigo - aceitar essa justificativa de que uma simples mudança de posicionamento (do meio para o lado) no meio de campo pode fazer tanta diferença assim. Obviamente não é igual, implica em algumas movimentações a mais (ou a menos), mas a bola continua sendo redonda, as dimensões do gramado são as mesmas e os adversários com onze jogadores.

Está mal? Sai. Vai buscar melhorar o condicionamento físico, técnico ou o que for. Só não dá para o Botafogo ficar insistindo com Camilo absoluto. No ano passado, a sua manutenção na reta final (quando já estava mal) do Brasileirão até passou, afinal, era o único meia do grupo. Agora não dá mais. Já deu.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

28 comentários:

Marcio disse...

"...mais tático para a equipe..."
Depois que inventaram o jogador tático, toda escalação de jogador que não rende está justificada; quando não é por ser "tático", escalam porque é "bom de grupo".
Na região do campo onde o Camilo atua, o que se espera é que desequilibre o jogo para o BOTAFOGO; seja com gols ou assistências. Quantos passes para gol o Camilo ofereceu? Quantos gols de falta o Camilo fez até o momento?
Claro que o futebol é coletivo, como bem disse o Camilo, mas, em tese, quem pode oferecer mais, tem de ser cobrado de modo equivalente. Embora eu não ache o Camilo esse jogador que dizem ser.
Ou alguém espera, por exemplo, que o Carvajal, Casemiro ou Pepe decidam jogos no Real Madrid?
SA!!!

Carlos Roberto disse...

Sim, muitos erros de passes não são justificáveis por uma mudança de posicionamento. A ida, passageira, dele à seleção para um amistoso lhe subiu a cabeça. Vive querendo fazer finalizações com jogadas de efeito, mirabolante e acaba errando mais. Talvez, se voltar à Terra e pôr os pés no chão, melhore...

Paulo Fernando disse...

Rodrigo, os números do ano passado mostraram a evolução do time com e entrada dele e o retorno do Carli. Depois teve uma baita queda que se mantém até hoje. Acho o Camilo um bom jogador e consegue fazer boas jogadas e gols. O problema é que o Montillo é mais jogador e não tem espaço para os 2 no time. Ele hoje é o primeiro e imediato reserva do Montillo. Se o JV insistir nessa dupla, corre o risco de jogar toda a boa montagem tática do time, baseada na segurança e solidez na defesa, por água abaixo. O time sem os 3 volantes ficou pior do que no ano passado e seu maior mérito foi esquecido. Como o BS está em melhor fase, certamente jogaríamos ainda melhor com a opção do Matheus ou do JP no lugar do Lindoso, no antigo 4x3x1x2. E não venham falar que o ataque melhorou! Isso é carioquinha e não tem valor nenhum no que se refere a testar essa formação 4x2x2x2.

Ivo Santos da Costa disse...

Uma vez eu postei aqui que o Camilo não tinha substituto, mas hoje pensando melhor e com essa bolinha que ele tá Jogando, acho que até o Gilson poderia substituí-lo.

Anônimo disse...

RODRIGO,mais uma historinha do "boi tatá",muito comum entre jogadores.
Concordo com as suas observações,apenas gostaria de acrescentar que não o acho um mal jogador para os padrões atuais.Entretanto,ele tem que ter SIMANCOL e entender que não está jogando nada há tempos.
Acredito que ele,por ter feito algumas graças ano passado e parte da torcida começado a endeusá-lo,inclusive chamando-o de CAMITO,agora se acha acima do bem e do mal,o tal sou eu e mais dez.Um chá de banquinho resolve isso rapidinho,só falta o JV ter coragem de fazer.JOTA.

higor disse...

Eu não aceito essa desculpa de que foi uma simples troca de extremo que causou essa queda de rendimento. No jogo contra o Resende estava no estádio e foi claro que o Camilo flutuou entre o meio e as pontas e mesmo assim não rendeu o esperado.

Camilo me parece fraco fisicamente (não ganha uma dividida) e só toca para os lados, não busca jogadas mais incisivas e verticais.

Lembrando que quando foi convocado pelo Tite ele foi bem atuando pela ponta.

A fase atual dele me lembra muito a do Lucio Flavio. Não rendia nada mas tinha muita gente que o defendia, cada um com desculpas diferentes.

Rodrigo Federman disse...

Márcio, nem importa mais se o jogador é tecnicamente bom. Importante hoje é ser tático.

Exato, Carlos.

Paulo, sim...o início dele foi bom, reconheço. Mas terminou o ano muito mal e continua assim. Hoje não tem porque ser titular.

Ivo, nem tanto. Hehehe

Jota, também não acho ele mal jogador. Apenas um jogador medíocre, no sentido literal da palavra.

Fecho contigo, Higor.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo a diferença é que o Gilson fez uma ótima partida contra um time fraquíssimo, mas o Camilo nem jogando contra times fraquissimos, consegue jogar bem.

Yolanda Resende disse...

Rodrigo, acredito que Camilo entrará numa descendente, porque o mesmo não tem formação de base,começou adulto, por isso seu preparo físico não aguentará a sequência exigida hoje no futebol.
Temos vários exemplos assim.
Aba e SA!

Rodrigo Federman disse...

Ivo, uma ótima partida. No singular. Desculpe, mas para mim isso não credencia à nada. Além disso, não achei ótima. E claro, não podemos esquecer as outras ruins contra mesmos adversários fraquíssimos.

Yolanda, não acredito nisso. Apenas por ter a opinião de que esse é o futebol dele de verdade. Um futebol apenas medíocre.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

E tem mais, quando o Montillo for substituído ou não jogar e o Camilo "voltar" a sua posição de origem, basta acabar com o jogo para forçar o Jair a pensar melhor sobre as mudanças efetuadas. O fato é que o rendimento do Camilo não melhora nem quando o argentino não está em campo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Márcio. Muitos tentaram até colocar a "culpa" no Montillo.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Desde outubro, acho, que sua colaboração dentro de Campo tem sido praticamente nula.
Erra quase tudo é não consegue dar continuidade a qualquer jogada... Nem batendo faltas ele está acertando.
Eu estou com a mesma opinião que a maioria: sai Lindoso e entra João Paulo pra voltarmos pro esquema de 3 volantes e sai Camilo pra jogarmos com Montillo, Pimpão e Roger/Sassá na frente. Barbada!
E sabemos que, quando toda torcida quer algo que o treinador não encheria, é o início do fim.
E a grande loucura disso tudo, é que os números ainda são favoráveis ao JV... Mas também sabemos que a sorte acaba... Não esquecemos... E isso que assusta... Dar mole ao azar...

Rodrigo Federman disse...

Total de acordo, Vinny.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo não quero o Gilson no time, longe de mim desejar isso, o que quero dizer é que o Camilo tá tão ruim, que até o Gilson, mesmo fazendo uma partida razoável diante da portuguesa, conseguiu fazer uma partida melhor que o Camilo, e o Camilo se quer fez uma partida razoável contra equipes fracas, como essa portuguesa.

Rodrigo Federman disse...

Entendo, Ivo. Mas a partida do Gilson foi apenas uma. E também não foi esplendorosa. Além de posições diferentes. Mas enfim, entendi o que quis dizer.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Acredito que os jogos/treinos que o time fizer até o jogo na Colômbia, deveria voltar aos três volantes. Se não tiver um lateral direito, talvez B.Silva para lateral, se tiver com saúde trazer o M.Fernandes para volante junto ao Airton e J.Paulo. Camilo, Montillo e Sassa.

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, acho um tiro no pé tirar o BS do meio.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Assistindo ao jogo da Recopa.Time bem medíocre esse do Atlético Nacional.

Rodrigo Federman disse...

Celso, estou em viagem e sem conseguir acompanhar.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

O time deles é lento e o lado esquerdo frágil. O meio de campo não acerta 3 passes seguidos e na bola aérea perdem a maioria . Se este é o time titular, é muito fraco.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Celso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Do time montado inicialmente, o Atlético Nacional perdeu cerca de dez jogadores. Estão remontando completamente a equipe e isso dá trabalho, salvo se os novos jogadores entrarem em sintonia rapidamente; o que parece não ocorrer, pelo relato do Celso.
Sem invencionices, o BOTAFOGO tem boas condições de fazer um bom papel na Libertadores.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Amém, Márcio.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Também vi o jogo da Recopa e concordo com nossos amigos, só temos que ter cuidado com Macnelli Torres o cara é muito perigoso, mas se Carli estiver de volta, nada a se preocupar.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, ou se preocupar menos. Rs
Abs e SA!!!

fabio lucas disse...

Time do atletico nacional nao e o mesmo do ano passado roubaram seus jogadores esses lixos de times flalixo, palmerdas, ate o La Coruña da espanha tirou o marlos moreno, bom Camilo precisa de alguem para competir com ele dentro do elenco acho que o Joao Paulo compete mais com o Montillo do que com o proprio camilo.

Rodrigo Federman disse...

Fabio, para mim, ninguém compete com Montillo. Ele é infinitamente melhor que os outros.
Abs e SA!!!