sexta-feira, 28 de abril de 2017

Peça fundamental




No ano passado, o Sidão foi contratado na urgência e, mesmo sendo um goleiro medíocre, deu muita conta do recado, sendo fundamental para a nossa classificação à Libertadores.

Em 2017, com a saída do Sidão, o Botafogo foi atrás do Gatito. 

Nos primeiros jogos, uma certa insegurança (aliás, igual ao Sidão no ano passado). Mas depois da épica disputa de pênaltis contra o Olímpia, o Gatito mostra ser outro goleiro. Muito mais frio e confiante. Tanto que foi um dos heróis da vitória sobre o Sport, quando defendeu a penalidade máxima que poderia colocar a equipe pernambucana na frente do marcador.

Sidão, Gatito...goleiros apenas medíocres, mas que, aos poucos, passaram (e continuam passando) tranquilidade ao torcedor botafoguense, que obviamente, espera o retorno do Jefferson. 

Amigos, sem tirar os méritos dos arqueiros, eu acho que existe uma figura importantíssima por trás dessa boa fase do gol botafoguense: O preparador Flávio Tênius, recontratado em agosto de 2016, depois de ter saído na gestão do ex-presidente ladrão.

Bons goleiros também se constroem com bons treinadores.

E o Botafogo, não é de hoje, tem o melhor do Brasil.

Exagero? Concordam?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

61 comentários:

Gernaldo Silva disse...

Com o devido respeito.

Discordo quanto ao termo ”medíocre” tendo em vista que este termo sucinta àquele que tem pouco merecimento, que é ordinário, insignificante. Irrelevante. Assim, apesar de achar que este esteja na média dos arqueiros nacionais (questões técnicas), o vejo com uma frieza, inclusive em defesas de penalidades, fora da curva em nosso futebol (questões emocionais). Concordo quanto ter ganhado muita confiança e passado segurança e seriedade.

Saudações Gloriosas

Ivo Santos da Costa disse...

Concordo totalmente, aliás o nosso Jefferson só caiu de produção naquele ano na libertadores, porque o Flávio Tenius foi mandado embora, essa foi uma bola dentro da diretoria, e tem que ser elogiada.

Rodrigo Federman disse...

Não, Gernaldo. O medíocre que utilizei, foi no sentido de médio, mediano, comum. Não falei em momento algum e nem deixei implícito que estava qualificando de maneira pejorativa como insignificante ou ordinária. Não mesmo.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Ivo. A demissão do FT foi apenas uma das várias atrocidades cometidas pelo ladrão sem vergonha do ex-presidente ao clube.
Abs e SA!!!

fabio lucas disse...

Sim sim sim, ainda tem umas arestas a ser reparadas mais estamos montando um time forte e competitivo.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Fabio.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Tudo bem, Rodrigo. Como também não deixastes implícito ou explícito de que a referência seria nesse sentido, abre-se então a possibilidade para interpretações nas duas vertentes. Contudo, o vejo acima da média durante momentos decisivos(penalidades máximas) com uma frieza incomum, além de me parecer um profissional muito estudioso, por isso, eu não utilizaria o termo citado.

Saudações Gloriosas

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, quando eu quero qualificar alguém de maneira "negativa", possa crer que sou mais direto. Respeito a sua opinião, mas para mim, não é porque pegam/pegaram uns pênaltis que podem ser considerados bons goleiros. De repente, bons pegadores de penalidades. O goleiro da Argentina na Copa de 90 também foi...e no geral, não era tão bom goleiro. No mais, medíocre não é ruim. É médio. Se Gatito ou Sidão (e prefiro o Gatito) são bons, eu não sei como qualificar o Jefferson. Excelente? E o Neuer, Buffon? Extraordinários? Enfim....questão de gosto e opinião. Não disse que são ruins e nem que sejam muito bons. Apenas, medíocres, que têm suas qualidades, defeitos, pontos fortes e fracos.
Abs e SA!!!

Ricardo disse...

Ranking ST : 1- Palmeiras 126.355 ST , 2- Gremio 115.971 ST , 3- Sao Paulo 113.456 ST
4- Inter 112.756 ST ,5- Corinthians 103.798 ST ,6- Flalixo 91.535 , 7- Galo 75.775 ST
8- Cruzeiro 52.585 ST ,9- Sport 43.990 ST , 10 - Botafogo 30.790 ST.
OBS:o Botafogo iniciou o ano com apenas 11.000 ST esta e a razao de nao termos um time competitivo , portanto suplico a todos os BLOGS ALVINEGROS que POSTEM materias para que aqueles alvinegros que ainda nao se associaram que o facam a montagem de um time a altura das nossas tradicoes , a conquinsta de titulos nacionais e internacionais so depende da gente , existem planos de apenas 19,90 Mes para aqueles alvinegros que nao moram no Rio e querem ajudar o BOTAFOGO A VOLTAR A SER GRANDE e nao um mero participante das competicoes sem qualquer aspiracao a titulos.

SDS ALVINEGRAS
RICARDO

Rodrigo Federman disse...

Ok, Ricardo. Já falamos e replicamos algumas vezes sobre.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

"Jefferson. Excelente? E o Neuer, Buffon? Extraordinários?" Exatamente...Em minha opinião, Gatito está acima do Sidão, justamente por essa questão da frieza em momentos decisivos extremos (vide Libertadores contra o Olímpia). Então pra mim; Sidão seria medíocre ( médio ), Gatito tem-se mostrado bom goleiro, o Jeferson, excelente e por sua vez, Neuer e Buffon, ao meu ver os dois unicos Extraordinários no momento.

Saudações Gloriosas.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Gernaldo.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Eu não vou classificar o Gattito como bom ou medíocre como você e o Gernaldo, porque acho que o tempo que ele está no Botafogo não é sufiente para o classificarmos como esse ou aquele goleiro, já vimos boas atuações dele, e péssimas atuações, mas concordo que nas penalidades ele é extraordinário, agora pra terminar Rodrigo, extraordinário é o Jefferson, Buffon e Neuer é que são excelentes.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, eu classifico o Gatito pelo que já vi dele, seja no Figueirense e nesses primeiros cinco meses do Botafogo. Acho que é um tempo bem razoável para classificarmos sim. E se a opinião mudar depois, tranquilo, basta mudar. rs
Abs e SA!!!

Ricardo disse...

Obrigado Rodrigo juntos somos fortes como falei iniciamos ao ano com 11000 e agora estamos com 30792 ST , o torcedor esta ajudando e se formos nesse ritimo ate o final do ano vamos chegar a 40.000 ST.

SDS ALVINEGRAS
Ricardo

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Ricardo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Confesso que fiquei meio desconfiado quando o Fernández foi contratado; entretanto, hoje, não posso deixar de reconhecer que tem melhorado muito o seu nível de atuação.
E isso é excelente, pois não sabemos como se dará o retorno do Jéfferson.
SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo não havia pensado nessa questão, realmente pelo histórico dele nesses times, concordo é um goleiro medíocre, mas pode a vir se tornar pelo menos um bom goleiro.

Rodrigo Federman disse...

Márcio, eu gostei mais de quando o Gatito foi contratado do o Sidão.

Sim, Ivo. Até porque, a maturidade do goleiro vem mais tarde do que os jogadores de linha. E ele tem potencial.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Uma observação:
Que o Torcedor que puder e desejar deve se associar ao BOTAFOGO e ajudar, não resta dúvida.
A única coisa que não concordo é condicionar esse fato à possibilidade do BOTAFOGO ter um grande Time; nós Torcedores somos parte da solução.
Se o simples fato de ter muito associados fosse garantia de ter um Time forte, resguardando as diferenças, o Barcelona não teria "manchado" a sua camisa com um patrocinador; ainda resguardando as diferenças, boa parte dos clubes ingleses não dão muita bola para esse negócio de sócios.
A úncia certeza que o BOTAFOGO tem para ser bem sucedido é uma Gestão de primeira qualidade, pois todo o resto é acessório e dependente de muitas variáveis.
Em 2018 já teremos um novo Presidente; tomara que os que tem o poder do voto saibam escolher quem será o comandante maior do BOTAFOGO. E isso me preocupa mais do que os jogos.
Para terminar, a resposta do Torcedor tem muita relação com o trabalho e os resultados da Gestão CEP.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, eu nem falo mais nada porque não aguento tentar explicar o que penso, mas é igual a você. Tem gente que acha que o ST é a solução de todos problemas. Não é tão simples, pois como você bem observou, depende do trabalho, da gestão, de como será utilizado o recurso, etc.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Olha me desculpa, mas não vi ninguém aqui falar que o sócio torcedor é solução dos problemas, se alguém falou me desculpem eu não vi, o que vem sendo falado aqui é que o sócio torcedor é muito importante para ajudar na situação econômica de um clube, se não fosse os clubes não investiram tanto em marketing para atrair sócios.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, eu não disse que falaram aqui. Fui claro: Tem gente que acha, mas eu não disse que se manifestaram por aqui. E também não discordamos que é importante, mas vai muito além de apenas fazer um pagamento mensal, sem que saibamos se o valor é aplicado corretamente, aonde, por quem, etc?
Abs e SA!!!

Marcos Moreira disse...

Como se diz, o tempo é o senhor da verdade, nesse sentido, aguardemos, mas até aqui, os serviços prestados por Gatito, o colocam em um nível elevado de expectativas. Tem se saído muito bem, notadamente em momentos decisivos e esta qualidade é importante na sua posição. Não se esqueçam que somos todos, seres com grandes potenciais de crescimento, dependendo de foco, trabalho, oportunidade e inteligência. O "resto" ou tudo mais, está em Deus conosco. Saudações gloriosas!

Anônimo disse...

RODRIGO,sem querer absolutamente polemizar,darei a minha opinião sobre o tema proposto.
A meu ver o SIDÃO é bom goleiro e foi muito útil ao Botafogo.Ficou de olho grande e não teve a percepção de que não se criaria com o insuportável RC,que como goleiro,foi um bom batedor de faltas e penaltis.Resultado,quebrou a cara,ficou um bom tempo sem ser relacionado para os jogos e hoje é banco.
Quando da contratação do GATITO,como não o conhecia,procurei ouvir a opinião de um ex treinador de goleiros do Grêmio e da seleção,e citei-a aqui,é só pesquisar.Disse ele:"trata-se de um goleiro muito bom,que domina bem os fundamentos que os goleiros devem ter.Vocês fizeram um ótima contratação,e o tempo vai demonstrar o que digo".
Foi uma ótima surpresa para mim,não apenas por ter pego penalidades,mas sim pelo seu comportamento em campo em sua área de responsabilidade.Trata-se de um goleiro muito bom,que pela idade,tende a melhorar.Excelente contratação.
Quanto ao JEFFERSON,diferente da maioria,que o acha excepcional,nunca esteve na minha relação de nossos melhores goleiros.Sempre questionei que saia mal do gol e,em consequência,sofríamos empates e derrotas,mas aí jogavam a culpa nos zagueiros.É justo reconhecer que também nos salvou algumas vezes.
Em um ponto eu concordo,pois sempre o considerei bom e firme debaixo das traves.Até entendo a empolgação de muitos pelo fato de ter sido nosso único jogador de seleção,etc.Entendo,respeito as opiniões,mas não concordo que seja assim excepcional.
Escrevi aqui,é só pesquisar,que quando ele não foi mais convocado procurei saber com quem entende da posição qual seria o motivo.A resposta foi :"convocaram fulano no lugar dele para vende-lo a um clube europeu.O JEFFERSON tem dificuldades em dois fundamentos importantes para a posição,ou seja,sair do gol para interceptar bolas na pequena área e na reposição.Não é motivo suficiente para não convocá-lo,pois a maioria dos goleiros brasileiros têm as mesmas dificuldades,mas foi o motivo alegado pela CT."
Na época cometei que o nosso treinador de goleiros deveria intensificar esse treinamento com o JEFFERSON.Para encerrar,também já comentei com você sobre a gravidade da
sua contusão,agora é esperar pelo retorno e torcer para que ele possa jogar em boas condições.
Sei que a maioria vai discordar pois o tem como ídolo,etc,mas é apenas uma opinião sobre o tema proposto.Acrescento que ser ídolo é relativo,depende da visão de cada um,pois já vi muita gente tendo o COALHADA e outros marqueteiros,caneludos e aproveitadores como ídolos,rsrsrsrs.
Lembrando sempre a sua frase BEOCUTAS.JOTA.

Levi disse...

Semântica, a maldita e necessária semântica!

Bom, um dos fenômenos mais dinâmicos que insistem em acompanhar a trajetória do homem é a língua.

Palavras vão e vêm, conforme o desenvolvimento ou o declínio das sociedades.
Palavras adquirem – ou perdem - um sentido original conforme a etimologia e de acordo, como dito acima, com o andamento de uma determinada sociedade que fala tal ou qual língua.

Um exemplo elucidativo e que concerne somente à pronúncia e não ao significado termo em si: se alguém aí já souber, desculpe-me, mas poucos são os que têm ciência de que a pronúncia correta da palavra ABRUPTO e de suas derivadas é AB-RUPTO, ou, para facilitar ainda mais a compreensão, ABRRUPTO, como se com dois erres fosse escrita.

Medíocre e derivadas, de fato, dizem respeito ao que está na média, no meio, o que não se destaca dos que ostentam grau de excelência. Nesse sentido e somente nesse, Sidão é um goleiro medíocre, assim como o é Helton Leite. Não considero o Gatito um medíocre, repito, no sentido de que está na média. Hoje, está um pouco acima, em conformidade com os critérios que elegi para fazer esse tipo de julgamento.

O problema todo é que as palavras perdem o sentido original do que realmente queriam significar. Isso se dá de acordo com o uso excessivo que delas fazemos. Um outro exemplo se prende à palavra GÊNIO. De tanto ser utilizada, perdeu o sentido primitivo. Claro que o termo queria se referir àqueles dotados de uma capacidade mental infinitamente acima da média. Einstein, Tesla, Victoria, Mozart, Copérnico, Galileu...Todos GÊNIOS! Mas já me deparei com uns e outros chamando jogadores de futebol de gênios! Sem comentários...

De volta à palavra medíocre. De tanto ser utilizada, ela também perdeu o sentido primeiro, que era para designar os que estão na média. A conotação atual, insisto, por uso excessivo, se refere a qualquer um daqueles que se encontram bem abaixo da média. Quase que virou um xingamento...

Por essas e outras é que não considero nem mesmo o Sidão como sendo um medíocre (conotação atual do termo). Pelo contrário, pode até ser um medíocre na acepção primeira, pois, sim, está na média, mas longe de ser um mal goleiro. Por igual, o Gatito, que tem estado até mesmo acima da média em relação a outros que estão por aí e em relação a vários medíocres (xingamento mesmo) que vestiram o uniforme do Botafogo nos últimos anos, tais como o Júlio César e aquele uruguaio de rabo de cavalo (vade retro!).

Quanto ao Jéfferson, prefiro aguardar o retorno. Por ora, afirmo sempre o que dele pensei, mesmo quando estava no auge. Um dos melhores que vi jogando sob as traves e péssimo na saída do gol.

E somente para não perder a viagem, o melhor goleiro que vi atuando em todo o tempo que vejo futebol foi – e ainda é – o Buffon. Menção honrosa para Gordon Banks, que jogava num tempo em que não havia treino específico para goleiros.
Prometo nunca mais fazer um texto longo como esse.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Marcos. É isso mesmo. No caso do Gatito, eu considero que está dentro do que eu esperava quando foi anunciado.

Claro, Jota. É tudo questão de gosto. Eu, por exemplo, acho o Jefferson excelente, o Sidão medíocre e o Gatito medíocre para bom, aceitável em time grande. rs

Perfeito, Levi. Comentário incrível. Sanou toda e qualquer dúvida! E matou a pau: Semântica! rs

Abs e SA!!!

Hildebrando Costa disse...

Amigos botafoguenses
O Gatito chegou na minha opinião muito mal, como o Sidão também aio chegar (lembram do jogo do Sidão contra o Galinho de Minas , teve culpa em pelo menos uns dois gols), foi o Flavio Tenius que melhorou a condição deles, mas ainda acho que o Gatito tem um defeito que acho preocupante ele adora jogar uma bola para o meio da área, rebate quase todas para dentro da área , o FT tem que melhorar a rebatida dele.....

Anônimo disse...

Torço para que Jefferson volte ao nível de competência quando parou a um ano atras. Mas, duvido que alguém garanta isso. Sei que muitos vão discordar, estou opinando de um ídolo do Clube. Clubes ganham e perdem campeonatos com excelentes goleiros. O nosso foi rebaixado com um. Sempre vi o Jefferson que, com todas as qualidades porem, assim como goleiros brasileiros, uma dificuldade enorme em sair do gol em bolas alçadas a área. Talvez até por seus excelentes reflexos e, por isso mesmo tenho dúvidas que voltará a sua forma total. Reflexos.
Torço para que ele consiga.

Hildebrando Costa disse...

O nivel da discussão por aqui está excelente, tenho orgulho de participar

Rodrigo Federman disse...

Hildebrando, mas ainda prefiro o Gatito ao Sidão. E o nível dos debates aqui do CB é a chave do sucesso do nosso blog.

Anônimo, vamos torcer para que ele volte em um bom nível.

Abs e SA!!!

Paulo Brifficado disse...

Creio que "medíocre" do Federman é no sentido de "mediano".
A questão é que esse termo tem interpretações distintas dependendo da parte que estamos do país.
Fica a dica Rodrigo: use o termo mediano.

Abs e SA!

Paulo Brifficado disse...

11°. O fluminenC é o décimo com pouco mais de 34 mil ST

Rodrigo Federman disse...

Exato, Paulo: Medíocre = mediano.
Abs e SA!!!

Paulo Brifficado disse...

Na posição de goleiro a CONFIANÇA faz muito mais diferença que pra um jogador de linha. E depois daquelas defesas contra o Olimpia (ele começou como reserva nesse jogo), ele evoluiu muito em relação ao que vinha apresentando.

SA!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Paulo.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Discordo das opiniões de que o Jefferson tem uma péssima saída de gol na pequena área, realmente ele tinha esse defeito, mas evoluiu nesse quesito e isso tem haver com o Tenius, pode não ser o melhor nesse quesito, mas a sua saída é muito boa, e notem que quando o Jefferson intercepta uma bola, ele puxa um contrata que mortal, vários gols do Botafogo saíram assim com lançamentos do Jefferson, é disparado o melhor goleiro nesse fundamento.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, concordo que ele melhorou esse fundamento, mas ainda é/era o seu ponto fraco.
Abs e SA!!!

Paulo Fernando disse...

O Jefferson, como disse o Levi e o Jota, é excelente debaixo da trave, talvez um dos maiores que vi jogar nesse fundamento, mas sempre reclamamos da fraca saída de gol dele e da reposição de bola, nesses 2 fundamentos até o Gatito é melhor que ele. No pênalti ambos são bons mas acho que a média de acerto ainda melhor do Gatito (eu disse média). Por isso considero o Gatito um bom goleiro, mas em razão da excelência do Jefferson debaixo das traves ele ainda fica em um nível abaixo. Uma outra questão é a grande identificação do Jefferson com o clube, a torcida e sua postura extremamente profissional. Isso acaba lhe dando "louros" ainda maiores do que receberia talvez em outro clube. O Sidão foi o Sidão, vento que passou. Mas pra finalizar e entrando sim no tema proposto por você Rodrigo, considero o Tênios o grande responsável pela forma de nossos goleiros, pela recuperação do Gatito (que começou pedalando) e pela grande safra de goleiros de base que há anos temos revelado, mas que infelizmente ainda não foram aproveitados até mesmo em razão do hiato entre sua primeira passagem e essa agora. Se não tivesse saído, talvez alguns bons valores poderiam ter sido melhor aproveitados, como o Renan. A queda do Renan me parece ter sido no mesmo período em que o Tênios estava fora do clube e acho que se ele estivesse dentro o Renan teria sido melhor preparado e quem sabe seria nosso atual camisa 1. Hipóteses.....

Anônimo disse...

Fala Rodrigo! Quero parabenizar o comentário do Levi. Excelente explicação! SA. André

Rodrigo Federman disse...

É verdade, Paulo. Concordo integralmente. E de repente, não precisaríamos ter contratado HL ou até mesmo o próprio Sidão ou Gatito. O Tênius realmente é fera.

Foi sensacional mesmo, Anônimo.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Me desculpa, mas a saída de bola do Jefferson não é fraca, como disse pode não ser o melhor nesse fundamento, mas não tem uma saída fraca, discordo.

Marcio disse...

Sobre o Jéfferson e não somente ele, nas saídas do gol...
Disse certa vez o preparador de goleiros do Fluminense que a cultura do goleiro brasileiro consiste no fato de não se expôr muito e se garantir entre as traves.
Disse ainda que apenas dois goleiros brasileiros saiam do gol, o Bruno e o Helton (jogou no Vasco e no Porto).
O que foi dito pelo Preparador de goleiros do Fluminense corrobora com a avaliação do Jota sobre o Jéfferson; embora possa não ser exatamente um defeito, já que "é" cultural por aqui.
Já o Fernández é de outra escola de goleiros e pode com o trabalho do Flávio Tênius, reconhecidamente bom, agregar o melhor de sua escola com o melhor da escola brasileira e assim dar um salto enorme na sua carreira.
Embora eu acredite ser meio absurdo um cara com quase dois metros sair pouco do gol, por questão de justiça não posso deixar de levar em consideração o que disse o preparador.

http://espn.uol.com.br/video/590203_so-dois-brasileiros-sabem-sair-bem-do-gol-diz-preparador-de-goleiros-do-fluminense

PS: O Levi citou o Buffon e Banks e não faço restrição alguma... Eu faço a inclusão do dinamarquês Peter Schmeichel entre os melhores.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ivo, aí, mais do que nunca, é questão de gosto/opinião pessoal de torcedor para torcedor.

Boa, Marcio. Acrescento o Casillas, de quem sempre gostei muito também.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Que vergonha Botafogo a noite de ontem:

"Emendas reprovadas:
– Basquete como esporte obrigatório, assim como futebol e remo;
– Extinção da categoria sócio-fundador;
– Exclusão da cobrança de taxa extra aos sócios-proprietários;
– Criação do "sócio-ídolo alvinegro" para jogadores e ex-jogadores;
– Trocar "associação desportiva" para "clube social e desportivo";
– Responsabilização de dirigentes por administração temerária (consideraro dedundante);
– Criação de regulamento disciplinar para sócios;
– Manutenção do mandado presidencial de três anos e uma reeleição;
– Permissão de concessão de títulos por requerimento de, no mínimo, 60 conselheiros;
– Aumento do prazo de suspensão a sócios-proprietários de 30 para 60 dias de atraso;
– Aumento do Corpo Permanente de 60 para 90 membros;
– Obrigatoriedade de um membro do Corpo Permanente no Conselho Fiscal;
– Limitação de novos beneméritos só quando houver vaga;
– Reestruturação do RH (Recursos Humanos).

observação: poderemos ter outro presidentes mala como o anterior e outros que passaram.

Maia grave :Medida reprovada

– Responsabilização de dirigentes por administração temerária.

Anônimo disse...

– Ano passado quase não tivemos, ligamos o sinal de alerta há bastante tempo. Temos conversado, tem que diminuir porque é muito difícil jogar com um a menos, todos os jogos são muito equilibrados. Preocupa, a gente já vem conversando, mas resolveremos internamente – admitiu Jair, em entrevista coletiva após a partida de quarta feira.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Anônimos 1 e 2.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

OK Rodrigo, já que estão falando de grandes goleiros, gostaria de citar o Piter Cech, goleiraço que defendeu o Chelsea, e que era conhecido por usar aquele capacete(tá lembrado) agarrava muito.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Ivo. Mas o Cech ainda é conhecido pelo capacete e continua agarrando demais. Não aposenta ele ainda não. Rs
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Kkkk, não sabia Rodrigo, achei que já tava aposentado.

Rodrigo Federman disse...

Titularíssimo do Arsenal, Ivo.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Valeu Rodrigo.

Anônimo disse...

Gatito chegou agora e por isso não pode sequer ser comparado ao Jefferson. O que posso dizer é que tem passado segurança agora depois de pegar esses penaltis de forma incrível. Acho que debaixo das traves estamos bem por enquanto e fico tranquilo. A única preocupação é a lateral direita...e vamos aguardar como o JV vai definir o ataque. Uma coisa posso dizer com 100% de certeza...terça feira estarei lá com a esposa!!!!!!!!!! Ingressos comprados...pra cima deles fogão! Abs e sa Jorge

RICARDO disse...

Rodrigo bom dia e obrigado ao BLOG e a toda torcida alvinegra , ja somos 30844 ST , e o que mais cresce no pais em media mais de 100 novos socios por dia e o BOTAFOGO voltando de onde nunca deveria ter saido , la do ceu os nossos idolos agradecem valeu
NILTON SANTOS , GARRINCHA , DIDI , HELENO DE FREITAS , JOAO SALDANHA , EMIL PINHEIRO

SDS ALVINEGRAS
RICARDO

Rodrigo Federman disse...

Beleza, Ivo.

Boa, Jorge.

Valeu, Ricardo.

Abs e SA!!!

Renan SP disse...

Rodrigo sem dúvidas o Flávio Tenius é um grande profissional e responsável direto pelo desempenho de nossos goleiros a tempos .

Quanto ao Gatito Fernandez, Rodrigo , quando chegou demonstrou certo nervosismo, cometeu pequenas falhas , mas sempre dei um voto de confiança a ele , o cara chegou para substituir o Sidão ( que tinha feito um bom brasileiro), em uma " pré pré "Libertadores e sabendo que o titular é o Jefferson que está lesionado, não é fácil RS.
Mas para goleiro o fundamental é a confiança, e depois daquela partida contra o Olímpia o Gatito cresceu muito .
Eu já gostava do que tinha visto dele no Figueirense e por isso aprovei sua contratação na época .
Hoje o Gatito é fundamental sim ao nosso time e tem se mostrado bom pegador de pênaltis, oque ( na minha opinião) acaba intimidando o adversário em uma eventual disputa . Eu pelo menos considero ele bom goleiro, e está mostrando em campo .
Não sei qual sua situação contratual, mas acho que é um atleta que merece permanecer por um bom tempo no Botafogo.

Um abraço

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Renan. Depois daqueles pênaltis a confiança do Gatito foi de 0 a 10 em um instante. E isso faz diferença. Rs
Abs e SA!!!

Daniel Cananea disse...

Contrato com Gatito até o fim de 2018

Rafael Elias disse...

Caraca, o Paulo Brifficado mitou. Até hoje eu interpretava mal o termo "medíocre" utilizado pelo Rodrigo. Agora entendi!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Rafael.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Daniel.
Abs e SA!!!