quinta-feira, 13 de abril de 2017

Vitória GIGANTE




Não tem jeito, sempre que eu fico muito preocupado com uma partida, o Botafogo surpreende positivamente.

Hoje, na Colômbia, o GLORIOSO venceu o atual campeão da Libertadores, Atlético Nacional, por 2 a 0 (Camilo e Guilherme), deu um fim à escrita de muitos anos sem vitória fora de casa pela competição e um grande passo para as oitavas de finais.

Em duas rodadas, duas vitórias, somando os mesmos 6 pontos do Barcelona (Equador) e abrindo larga vantagem para ser bem administrada nos quatro jogos restantes do "grupo da morte".

Aliás, saber administrar como o primeiro tempo de hoje: Excelente. Um time muito bem armado, consciente do que fazer e de como se posicionar. Tanto que, mesmo com alguns sustos, o torcedor tinha uma sensação de que poderia descer para o vestiário com o bom resultado.

E aconteceu, após lindo contragolpe e gol do Camilo.

Na segunda etapa, era só manter a postura e organização...
...mas o Botafogo infelizmente recuou demais e praticamente não jogou.

Passamos pouco mais de 50 minutos acuados no campo defensivo e torcendo por duas coisas: Uma bola marota e/ou o final do jogo. Até que, pouco antes do último apito do árbitro, aquela bola que tanto esperamos para fechar o caixão.

Vitória GIGANTE. GIGANTE Botafogo!

Dois tempos distintos, mas tudo bem: Um gol em cada, três pontos na tabela, uma folga razoável e moral elevada para a insossa final da Taça Rio no domingo, contra o Vasco. Aí sim, na outra quinta-feira, uma "final" antecipada pela Libertadores, lá no Equador.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 0 Atlético Nacional/COL

1- Gatito: Seguro, frio e calculista - 6,5

2- Emerson Santos: Entrou para defender e cumpriu a função de maneira incrível - 6,5

3- Carli: Muito bem - 6,5

4- Emerson Silva: Não deu muita trégua para os atacantes adversários - 6,5

5- Rodrigo Lindoso: Partida razoável, sem tanto brilho - 6,0

6- Victor Luís: A nota desafinada da defesa. Não está bem no ataque e nem na defesa - 5,0

7- João Paulo: Dá a cadência do time no meio de campo - 7,0

8- Bruno Silva: O pulmão. Raça, empenho e experiência nos momentos certos - 7,0

9- Roger: Se esforçou, mas pouco conseguiu fazer - 5,0

10- Camilo: Bom primeiro tempo. Cansou no segundo - 6,0

11- Rodrigo Pimpão: A válvula de escape do time na primeira etapa. Se machucou logo na volta do intervalo - 6,0

12- Fernandes: Não conseguiu ajudar na marcação - 4,5

13- Sassá: Praticamente não tocou na bola durante 15 minutos e conseguiu levar um cartão - 4,5

14- Guilherme: Ok, um golaço que selou o marcador. Mas foram 45 minutos ruins que não podem passar em branco - 5,0

Jair Ventura: Montou muito bem o time no primeiro tempo. Na volta, acho que não foi muito feliz nas escolhas e mudanças, mas ok, deu certo. Isso que importa - 6,5

51 comentários:

Daniel Cananea disse...

Quem diria que alcançaríamos essa vitória marcante com Lindoso, Fernandes, Guilherme e Emerson Santos em campo. Há realmente coisas que só acontecem com o Botafogo. Situação impensável após a vitória contra o Estudiantes.


SA!

Rodrigo Federman disse...

Daniel, o Botafogo é mestre das surpresas! rs
Abs e SA!!!

higor disse...

O Daniel comentou o que iria comentar. Incrível essa vitória, ainda mais com a quantidade de desfalques e alguns jogadores que estavam em campo. Gosto muito desse time do Botafogo, atuando com 3 volantes e saindo no contra-ataque. Infelizmente não temos elenco pra jogar de outro jeito. Camilo e Montillo juntos parece que realmente não funciona, o problema é que um deles tem que sair.

Anônimo disse...

Os 2 chinelinhos Airton e Montillo devem estar se lastimando. Ou o Despreparador físico que explique se eles são ou não chinelinhos.
BRUNO LEÃO

Jacob

Marcio disse...

No primeiro tempo o BOTAFOGO não permitiu que a equipe do Nacional dominasse por completo o jogo, exercesse uma pressão muito forte; com isso as suas possibilidades no jogo tornaram-se generosas.
Os pecados cometidos foram alguns erros e falta de velocidade na execução dos passes; na primeira vez que se organizou bem, saiu o gol.
No segundo tempo, quando se esperava que o BOTAFOGO mantivesse a mesma postura do primeiro, abriu mão de jogar e permitiu que o time colombiano atuasse todo o tempo em seu campo de ataque, o que é extremamente perigoso. Mesmo assim, quase no fim do jogo, um contra-ataque, Guilherme, em grande lance fez o segundo gol e matou o jogo.
Vitória espetacular e a lição que a excelente organização do primeiro tempo pode ser mantida também no segundo.
Não podemos deixar de frisar o setor defensivo, que pela postura adotada no segundo tempo, foi muito exigido e correspondeu; mesmo com o Émerson Santos estando improvisado na lateral direita.
Precisa melhorar a parte física.

Gatito Fernández- Tem se mostrado mais tranquilo nos últimos jogos. Fez uma boa partida hoje. Nota 6,5;
Émerson Santos- Retornando depois de longo tempo e improvisado na lateral direita, fez uma partida acima da expectativa inicial; Nota 6,0;
Carli- O jogo de sempre na defesa. Firme e excelente antecipação, nota 7,5;
Émerson Silva- Subiu muito de produção e fez uma partida impecável, mesmo que abuse hora ou outra dos chutões, nota 7,0
Victor Luis- Foi muito exigido na marcação e fez uma boa partida. Pouco apareceu no ataque. Nota 6,0;
Lindoso- Melhorou em relação as últimas partidas e fez um bom jogo defensivo. Mas precisa ser um pouco mais vertical em seus passes. Nota 6,0;
João Paulo- Trabalhou muito na marcação e ainda encontrou maneira de se apresentar na organização ofensiva, tanto que fez a assistência para o gol do Camilo, nota 7,0;
Bruno Silva- Um pouco abaixo de outras partidas, mas não faltou a luta e movimentação. Nota 6,0
Camilo- Criou pouco na organização do jogo, mas foi muito feliz no lance do gol ao fazer uma das coisas que se espera de um camisa dez, entrar na área para concluir. Nota 5,5.
Pimpão- Lutou muito e fez a puxada do contra-ataque no lance do primeiro gol. Estava bem até sair contundido. Nota 6,0;
Roger- Lutou muito, mas o seu estilo de jogo não era para essa partida. Nota 4,5;

Guilherme- A correria de sempre até fazer o que se espera de um atacante; ir para cima da marcação e definir. Nota 5,5;
Sassá- Não recebeu nenhuma bola em boas condições de ir para cima da defesa adversária. Poderia ter entrado mais cedo no jogo. Nota 5,0.
Fernandes- Entrou alheio ao jogo, totalmente fora de sintonia. Nota 4,0;

Jair Ventura- Armou muito bem o Time para o primeiro tempo. Só não precisava trazê-lo tanto para dentro de sua própria defesa no segundo. (Caso o recuo não tenha sido por problemas físicos)
Penso que poderia ter voltado do intervalo com o Sassá no lugar do Roger; entretanto, pode ser que tenha esperado mais um pouco por causa de alguma situação física do Time.
Nota 6,0.

SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Linda vitória... O Botafogo calando muita gente. Ao meu ver o maior responsável é o JV, oque esse rapaz conhece cada jogador e consegue tirar o máximo de cada um, como consegue armar o time compacto e altamente disciplinado, mesmo com limitações é uma grandeza. Bela partida do Camilo, boa partida do Lindoso ( 1 passe errado no jogo), que contratação o JP, que golaço do Guilherme (anecefalo para alguns) ! Que Botafogo gigante! Que orgulho!
Mesmo com muitos desfalques, todos e tudo contra, estádio lotado!

Bela vitória!

Saudações gloriosas!

Rodrigo Federman disse...

É, Higor. Acho que com o que temos no elenco, não tem outra maneira do time atuar mesmo não. É repetir o esquema do ano passado.

Pai, prefiro acreditar (ainda) que não é essa questão.

Marcio, concordo total com sua análise do jogo. Mas em relação às avaliações dos jogadores, hoje eu discordo sobre o VL e BS. Tive impressões diferentes. Mas claro, não há verdade absoluta. rs

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, eu gostei da partida. Inclusive de alguns jogadores que eu critico regularmente (sempre que considero necessário). Mas elogio também. rs. Só que para mudar de opinião em definitivo, espero que eles mantenham uma sequência positiva. Palmas por hoje. Aguardando o amanhã para aplaudir ou criticar, que aliás, julgo ser o papel do torcedor.
Abs e SA!!!!

higor disse...

Rodrigo, em tempo. Emerson Santos hoje nos salvou de aturar Fernandes na lateral, o que a meu ver seria desastroso se tivesse acontecido. Apesar do empresário vagabundo, a diretoria vai ter que conduzir a situação pra um desfecho feliz com o jogador, pois já disse e repito. Quem paga 120 mil por Renan Fonseca paga um pouco mais pro Emerson.

Tiago Almeida disse...

Cara que falta de respeito com os garotos da base eles tem potencial jogam bem e vão crescer muito ainda acho que temos que apoiar e não fazer piadinhas .

Celso Ricardo disse...

E os responsáveis diretos pelo segundo gol foram Lindoso e Guilherme.
Há coisas que só acontecem ao Botafogo?
Sim, este time da Colômbia é bem fraquinho mesmo.
Independente de qualquer coisa, VITÓRIA DE CLUBE GRANDE, QUE DISPUTA TÍTULOS.
Deixa esse negócio de só campanha boa para os médios.

Silva disse...

Rodrigo,o Camilo mandou um abraço pra vc,o Márcio e mais uma meia dúzia aqui do blog.
Me desculpe mais não resisti à provocação,hahaha.FOGO!!!!!

Kal disse...

Gatito: 7,0
Emerson Santos: 6,0
Carli: 7,5
Emerson Silva: 7,0
Victor Luis: 6,0
Lindoso: 6,0
Bruno Silva: 6,5
João Paulo: 7,5
Camilo: 7,0
Pimpão: 6,5
Roger: 5,5
Guilherme: 6,0
Sassá: 5,5
Fernandes: 5,5

Jair: 6,5

Rodrigo Federman disse...

Higor, eu venho dizendo isso desde o início do problema. Aliás, será tema do post de amanhã.

Celso, o fato que o time aparenta estar cascudo mesmo.

Silva, que bom. Retribuo (e acredito que o Márcio também) o abraço ao Camilo, aproveitando para parabenizá-lo pelo gol e uma partida, ao meu ver, razoável para boa. Como não torço contra ele, fico feliz quando ajuda o Botafogo. Mas não mudo minha opinião sobre o seu futebol.

Ok, Kal. No caso dos laterais, achei o Emerson bem mais seguro que o VL.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, sobre o Bruno Silva, o estilo de jogo do Lindoso e do João Paulo, pode ter acarretado esse degrau abaixo que vi em sua atuação. Além disso, estava encarregado de ajudar ao Émerson Santos na marcação, pois o atacante colombiano que atuou por ali é meio indigesto e os caras tentaram várias jogadas pelo setor.

Já o Victor Luis, embora seja lateral de oficio, também teve muito trabalho na parte defensiva; tanto que hoje eu nem levei muito em conta a sua fala de apoio.

Como sempre escrevo, são apenas impressões de minha parte e como você bem disse, longe da verdade. Até porque, da televisão, não temos a amplitude necessária que permita uma tentativa melhor de análise. Sabemos todos que futebol não se joga somente com a bola.
para terminar, não tenho andado apreensivo com os jogos da Libertadores, pois acredito que uma Equipe organizada pode fazer bonito nessa competição.
No momento, mais do que os adversários, me preocupa apenas duas coisas; melhorar o condicionamento físico e eliminar a quantidade de contundidos.
Vamos que vamos!
SA!!!

higor disse...

Rapaz, tem uns torcedores malucos por aqui que acha que a gente torce contra o Botafogo, só pode...

Rodrigo Federman disse...

É isso aí, Márcio. Por isso o futebol é apaixonante. Ele nos permite ter várias impressões e sentimentos sobre uma mesma partida.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Higor, eu já desisti de tentar entender. Hehehe
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Silva, que o Camilo possa mandar muitos abraços daqui para frente. Espero que o gol permita que apresente um melhor futebol.
Continuo vendo o Camilo muito distante do tal mito que criaram, embora possa ser um jogador útil no contexto atual, se ele próprio não comprar essa ideia de que é um jogador diferenciado.

Rodrigo, o Jair poderia ter colocado o D. Cearense na vaga do Camilo e ter adiantado o João Paulo, já que o próprio Jair disse certa vez que ele pode jogar de meia.
SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Respeito e admiro meu caro.
Vale lembrar, que todas as críticas e elogios devem ser sempre ponderados em um contexto, procurando não analisar situações esporádicas, mantendo o mínimo de coerência, e isso, desde que acompanho o blog tenho visto por aqui (coerência). Apesar de discordar de muitas coisas ditas aqui. Como exemplo: técnico de quinta categoria, torcedor foca, jogador anecéfalo, jogador burocrático, sem análise em um contexto total. No mais, um dos únicos blogs de botafoguense de verdade, onde transcende em palavras o amor por um clube que só quem torce sabe oque significa. Confesso, hj não consigo criticar o time, amanhã as discussões (elogios e críticas) seguem.
Saudações Gloriosas.
Abs

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Márcio.

Valeu, Gernaldo. Estamos juntos. Mas só para deixar bem claro que quando eu faço essas críticas, acredito fazê-las sim, analisando contexto geral. Tanto que apresento meus argumentos. A única discordância é que eu posso não ser o maior fã do JV, mas reconheço os seus números positivos e também nunca disse que ele é técnico de quinta categoria.

Abs e SA!!!

Daniel Cananea disse...

Não faltei com respeito com jogador algum. Fiz um comentário claro e de fácil interpretação. Releia-o se preciso. Esses jogadores sequer eram reservas imediatos e hoje jogaram. E só. Não fiz análises sobre seus desempenhos. Portanto, não diga bobagens.


SA!

Gernaldo Silva disse...

Verdade, meu caro. Erro meu, na verdade, elevou 2 categorias. Basta ver o comentário ao post ao qual disponibilizo o link.

https://www.blogger.com/comment.g?blogID=7516699337890035916&postID=5834174999603369222

Rodrigo Federman disse...
... péssimo primeiro tempo. Treinadorzinho de terceira categoria.
Abs e SA!!!
8/2/17 10:26 PM

Até entendo a opinião no calor do jogo.

Saudações Gloriosas.

Anônimo disse...

João Paulo estava bem ali flutuando em frente a nossa zaga, cortando bolas, antecipando, não fazendo faltas, acertando os passes na saída de bola, não colocaria o Dudu ali pra fazer essa função. Mas quero ver Airton, Bruno Silva e João Paulo juntos aí creio que

Vitor José Biolchi disse...

Gostaria de assinar embaixo, sem retirar uma única vírgula, dos comentários do Gernaldo Silva. Aliás, como disse o Senhor, Rodrigo, cada um tem o seu modo de ver o jogo (por isto que o futebol é apaixonante, concordo). Eu, por exemplo, consegui concordar, dentre todas as postagens suas que eu li, aquela relativa ao Joel Carli, que dizia que ele deveria ser titular absoluto. Concordei totalmente naquela oportunidade! Contudo, cada vez que leio uma postagem sua, me lembro da "definição do botafoguense" por Stanislaw Ponte Preta. "Pois bem: - o torcedor do Botafogo é o único que, em vez de esperar a vitória, espera precisamente a derrota.Os outros comparecem na esperança de saborear como um chicabom o triunfo do seu clube. Mas o torcedor do Botafogo é diferente: - ele compra o seu ingresso como quem adquire o direito, que lhe parece sagrado e inalienável, de sofrer. Eis a verdade: - ele não vai a campo ver futebol.



O futebol é um detalhe secundário e, mesmo, desprezível. Ele quer, acima de tudo, desgrenhar-se, esganiçar-se, enfurecer-se e rugir contra Zezé Moreira. No dia em que retirarem do torcedor alvinegro o inefável direito de sofrer e, sobretudo, o direito ainda mais inefável de descompor o seu técnico, ele ficará inconsolável, como um ser que perde, subitamente, a sua função e o seu destino.

Vitor José Biolchi disse...

Parte do texto que postei dantes foi retirado do BLog do saudoso e querido Roberto Porto, que tem continua assim:

"Tudo na vida é uma questão de hábito. E o cidadão que padece todos os dias acaba se afeiçoando ao próprio martírio ou mais do que isso: - o martírio torna-se insubstituível como um vício funesto. É o caso da torcida alvinegra que, desde 1910, sofre e, ao mesmo tempo, xinga Zezé Moreira. Conclusão: - já não pode viver sem uma coisa e outra.



Por exemplo: - o clássico de ontem, no Maracanã, foi o que se chama de jogo ideal para o torcedor do Botafogo. Já durante a semana, ele vivera mergulhado no pessimismo como um peixinho no seu aquário. E, ontem, finalmente chegou o grande dia: - a torcida alvinegra sofreu como nunca e rugiu, como nunca, contra Zezé Moreira. De fato, o Vasco exerceu um feroz, um maciço domínio de 80 minutos.



E mais: - o Vasco deu show, jogou bonito, brilhou escandalosamente como um Sol. No intervalo do primeiro para o segundo tempo, encontro um amigo botafoguense. Exultante com o próprio sofrimento e com o próprio furor, ele veio, para mim, de braços abertos. Do lábio, pendia-lhe a saliva pesada e elástica de uma cólera sagrada. Agarra-me e rosna-me, ao ouvido: - Esse Zezé Moreira é um tarado! E repetia, atirando patadas ao chão: - Tarado.



A princípio, pensei num crime sexual ainda impune, praticado nalgum terreno baldio. Pálido, quero saber por que tarado. Então, o amigo explica-me: - porque pusera o Bauer no lugar de Pampolini! E essa substituição parecia, ao meu conhecido, o sintoma inconfundível de uma tara tenebrosa. O diabo é que todo o esforço e todo o brilho do Vasco não renderam mais que um franciscano empate de 0 a 0. Acresce que, nos 10 minutos finais, o Alvinegro reage dramaticamente e quase ganha o jogo.

Anônimo disse...

So Discordo da nota do Guilherme fez a parte dele na partida .

VinnyMarques disse...

Não disse que entraria com o Emerson na LD? E aliás, excelente partida dele...
João Paulo e Camilo foram bem no primeiro tempo. Camilo cansou no segundo...
Roger mal. Lindoso não aparece. Bruno monstro. Victor Luís depois que pintou o cabelo, acabou futebol...
Se as substituições não tivessem sido tão ruins, acho que teríamos um segundo tempo mais tranquilo...
Vitória monstruosa do Botafogo. Impressionante como esse time vira a chave na Libertadores.
LIBERTADORES MODE ON!

Silva disse...

Brincadeiras a parte,dá orgulho torcer pra esse time.Jogadores 100% comprometidos,superando deficiências técnicas com raça e comprometimento tático.E que estrela tem esse Jair Ventura!Tudo que ele faz no fim dá certo.
Me atrevo a dizer que se as contusões nos deixarem em paz podemos sonhar com grandes coisas esse ano.
#esse time me representa.

J. Daniel disse...

Nada a reclamar. Como esperava o JV escalou ES, mas deixou o Lindoso. E daí, o que importa são os TRÊS PONTOS. Só uma observação: não deveria trazer nem o JP e nem o BS para jogo que pouco vale. O Dudu vai ficar fazendo o quê? Vamos curtir bastante essa grande Vitória. Feliz Páscoa para Rodrigo e todos os Botafoguenses. Avante Fogão!!!

Anônimo disse...

O VICTOR JOGOU MUITO NA MARCAÇÃO OPINIÃO

Rodrigo Federman disse...

Tiago, não vi falta de respeito alguma.

Concordo, Daniel.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Anônimo.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, que bom que você se prestou a fazer uma varredura e constatou o que eu disse.

Ok, Vitor. Não penso assim. Mas respeito. Minhas opiniões e jeito de torcer sempre foram desse jeito e assim continuará sendo.

Anônimo 1, qual era a parte dele? O gol? E se não fizesse o bonito gol? O que acharia da partida dele? Não consigo dar notas apenas por um lance isolado.

Vinny, vi o jogo o igual a você.

Silva, de fato, caráter nunca faltou a esse elenco.

J.Daniel, concordo contigo.

Ok, Anônimo 2. Eu não achei.

Abs e SA!!!

Ronau Gomes disse...

Isso aí. E tem mais: boa parte goza com nossas desgraças só pra ter "razão".

Rodrigo Federman disse...

Ronau, como alguns esperam vitórias para "gozar" como a mesma suposta razão, tentando dizer como se deve torcer. Futebol e suas paixões...
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Nao perdi muito tempo meu caro, sabia exatamente onde estava. Acompanho o blog, aliais, como disse, o único que ainda consigo ler, quem sabe pq é feito por quem quer realmente o bem do botafogo.

Saudações Gloriosas.

Celso Ricardo disse...

22 anos sem títulos de expressão, goleadas dos nossos rivais, 2 rebaixamentos, administrações catastróficas, sócio sem direito a voto,pratas da casa saindo "a preço de banana",entre outras coisas.
É para estar satisfeito?
Então, não esperamos as "desgraças" para nada . Elas vêm naturalmente.
POR UM BOTAFOGO MAIOR. EU QUERO TÍTULO.

WAYNE disse...

Bom dia.
Estou em estado de GRAÇA. Como vç disse RF esperando o PIOR vem o MELHOR, que seja sempre assim. Domingo é a vez do Vasco sentir o PESO. seremos CAMPEÃO.
SASSÁ está NERVOSO PQ? Tem que levar PUXÕES NA ORELHAS, não aprendeu isso é LIBERTADORES,como tb nos jogos do CAMPEONATO CARIOCA, expulsão e aí fica o JV sem o seu TALISMÃ. VENCEMOS. Eu criticava o GUILHERME pelos seus passes de Formula I e ele CALOU MINHA BOCA. VITOR LUIS está MAL.

Abraços e Saudações.



Rodrigo Federman disse...

Valeu, Gernaldo. Legal. Obrigado.

Disse tudo, Celso. Quanta gente boba, que nem dou papo.

Wayne, o Botafogo sempre surpreende. Rs

Abs e SA!!!

Renan SP disse...

Rodrigo estou feliz de mais com essa vitória em cima do atual campeão da libertadores...
Sei que nosso time é limitado e ainda faltam algumas peças , mas a pergunta que fica é , onde este time pode chegar ?
O Botafogo tem mostrado uma vontade de vencer impressionante ,uma garra e determinação em campo que da orgulho.
Passo a passo, sem perder o Foco , sem usar salto alto, acho que podemos sonhar com dias de glórias com esse elenco aí ...
A verdade é que hoje não vejo nenhum bicho a papão que devemos temer nessa Libertadores. O Grande favorito da mídia ( pelo menos em SP ) para ser campeão deste campeonato, é o Palmeiras . Um time que vencemos em casa bem , e perdemos fora fazendo um jogo duro , no Brasileiro do ano passado .
Estou sonhando de mais ? Não sei !
Oque sei , é que estamos passando o carro em cima de Gigantes clubes sul-americanos até aqui rsrs.

Um abraço, e um ótimo feriado a todos os Botafoguenses!!!

Paulo Brifficado disse...

Concordo. E sofreu mais com o atacante que caiu pelo seu lado.

Rodrigo Federman disse...

Renan, é um time que está mostrando ser cascudo. Isso é inegável. Assim podemos chegar longe.
Abs e SA!!!

MARIO DO PARÁ disse...

FELIZ PÁSCOA
Apesar de jovem Jair Ventura surge como grande estrategista, mas nos deixa sofrendo
no SOFÁ. Ele tem falar no PÉ DO OUVIDO,com SASSÁ e com VITOR LUIS, aquele se acha o Dono do time, qualquer coisa peita o arbitro da partida, e este VL tá mal das PERNAS e com os NEURÔNIOS DEFASADOS. Gostei da atuação do Emerson na lateral e o Sansão jogou bem, GUILHERME com o Gol, melhorou.
VENCEMOS.
Abs e SA.


Rodrigo Federman disse...

Mário, tem só que melhorar na volta dos intervalos. Geralmente o time sempre recua em demasia.
Abs e SA!!!

Edson Luiz Santos disse...

Saudações Rodrigo!
Sou leitor, dos artigos e comentários, contumaz deste espaço. Porém, pouco me atrevo a participar dos comentários, contento-me em lê-los. Ocorre que, por vezes, arrisco participar.
Hoje, permita-me controverter o amigo comentarista e o não menos querido Botafoguense Celso Ricardo. O nosso BOTAFOGO não tem um histórico de "grandes títulos" e de "administrações dignas" de sua grandeza. Não o "Botafogo é um menino de rua perdido na poética dramaticidade do futebol” Paulo Mendes Campos, escritor.
Por isso, seus torcedores são diferentes, ou seja, não escolheram o clube por causa de títulos e conquistas, pois “Ser Botafogo é escolher um destino e dedicar-se a ele. Não se pode ser Botafogo como se é outro clube: você tem que ser de corpo e alma.” Mário Filho, jornalista.
Afinal, foi o Botafogo que nos escolheu, o que nos motiva não motiva os outros, “O Botafogo é o clube mais passional, mais siciliano, mais calabrês do futebol brasileiro” Nélson Rodrigues, escritor.
Amigos o Botafogo “Não é modismo nem boa fase que me fazem orgulhoso. Tampouco a derrota que me abate e causa desinteresse. O que me faz alegre a cada conquista e me rouba lágrimas a cada derrota é a paixão pelo Botafogo”
É, meus queridos Celso Ricardo e Rodrigo, vez por outra também sonho "POR UM BOTAFOGO MAIOR", afinal "QUERO TÍTULO". Mas aí não seria o BOTAFOGO, pois o "O Botafogo é bem mais que um clube - é uma predestinação celestial. Seu símbolo é uma entidade divina. Feliz da criatura que tem por guia e emblema uma estrela. Por isso é que o Botafogo está sempre no caminho certo. O caminho da luz. Feliz do clube que tem por escudo uma invenção de Deus." Armando Nogueira.

Rodrigo Federman disse...

Grande, Edson. Comentário respeitoso e inteligente. Essas discordâncias são sempre bem-vindas. Por isso, solicito que o amigo participe mais dos nossos debates aqui do CB.
Abs e SA!!!

Vitor José Biolchi disse...

Edson Luiz, sensacional! “Não é modismo nem boa fase que me fazem orgulhoso"

Rodrigo, o "Botafogo é um menino de rua perdido na poética dramaticidade do futebol”

Rodrigo Federman disse...

Vitor, acredito que não seja para ninguém, no fundo.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Ganhamos do campeão da libertadores isso vem para agente ganhar moral, minha amiga que é flamenguista não esta acreditando problema é dela ganhamos e ainda jogando bem.

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Fábio. Dá moral.
Abs e SA!!!