sexta-feira, 5 de maio de 2017

Perfil desejado


















Eu já disse algumas vezes que, na espera de que o Luis Ricardo volte agora em maio, seguraria a bronca ainda com Marcelo e/ou Emerson Santos pelo lado direito.

Agora, se for mesmo para contratar um novo lateral, lembro o que falou o presidente CEP no último dia 06 de abril:

"- Maicon não tem o perfil do lateral-direito que estamos buscando. Estamos na expectativa do retorno do Luis Ricardo, mas vamos precisar ter uma reposição. O perfil dele não se enquadra no tipo de lateral-direito que estamos buscando".

Ok, se é questão de "perfil", concordemos ou não, precisamos respeitar, afinal, se trata do mandatário do clube.

Mas fico muito preocupado quando acordo e leio as notícias de hoje e comparo o "perfil" do lateral que estão buscando com o ex-jogador da seleção brasileira, Internazionale e Roma...

Notícia retirada do site Globoesporte:

"Bota aperta o cerco por lateral-direito: Madson, gringo e ex-Ituano na pauta.

Vasco reluta em liberar ala; impossibilidade de inscrever jogador do Atlético Tucumán na Libertadores pesa contra argentino; e Arnaldo é quem está mais próximo".

Maicon não se encaixa (apenas deixamos ele ficar treinando no nosso clube, usando nosso uniforme, etc...), mas Arnaldo (ex-Ituano), Madson (esquecido no Vasco) e um tal de Di Placido estão plenamente dentro do que procuramos...

Olha, tem horas que é difícil acreditar que um dia o Botafogo voltará ao patamar que lhe é de direito. Muito difícil.

Obs: Em tempo, dizem que o veto ao Maicon foi dado pelo gerente Antônio Lopes.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

54 comentários:

Enéias Teles Borges disse...

O nosso time é tão estranho que é capaz de trazer Madson e ele dar certo. Lembram-se do Alemão? Até que deu certo. Diogo Barbosa? O próprio Luís Ricardo? Do Botafogo espero tudo.

Anônimo disse...

Arnaldo? Kkkk. Meu Deus do céu. Chega a ser piada isso. Agora o Madson se vier eu aprovo. Não é porque está encostado que eu considero ele fraco. A exceção desse ano nos anteriores ele sempre foi um destaques do Vasco.

Sds
Mário.

Orlando Sabiá disse...

Lopes está ficando gaga só pode.
Não sabemos a pedida salarial do Maicon, mas, preteri-lo para contratar madson que nem é relacionado no vasco onde so tem pereba.. É o fim da picada.
Já vi um jogo desse Arnaldo, gostei do que vi porém é um lateral comum.

Rodrigo Federman disse...

Eneias, o LR é mascarado, mas muito mais jogador que esses. Alemão, desculpe, mas para mim, só serviu de quebra-galho. Diogo, ídem. Agora, Madson hoje é terceiro lateral do Vasco. E o Maicon que não tem o perfil?

Mário, eu acho esse Madson um peladeiro.

Orlando, ficando?

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Por coincidência escrevi sobre a suposta contratação do Maicon em um Post anterior.
Se o Maicon, em uma condição razoável, não tem o perfil esperado, o Jonas de 30 anos tem?
E os citados, Arnaldo, Madson e Di Placido, têm muita coisa a oferecer em termos de jogo?
justamente por ter pouco dinheiro em caixa é que o BOTAFOGO precisa ser extremamente criterioso para contratar, pois estas não podem acontecer apenas para fazer número. Se o cara é ruim, não será escalado, mas os salários devem ser pagos rigorosamente em dia.
Concordo que reconhecer as dificuldades é o primeiro movimento para sair de uma situação difícil, mas o BOTAFOGO contentar-se com apenas boas campanhas.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, é incrível, né? E amigo, eles ainda chamam de setor de inteligência. Pelo visto, banalizaram a palavra "inteligência" de vez em GS.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o CEP assim que assumiu o comando, criticou a contratação do Seedorf... Claro que ele tem o direito de criticar ou elogiar, como todos fazemos.
Agora, os valores gastos com o Lizio, Canales, Aquino, Maranhão, Núñez, Joel, correspondem a quantos meses dos salários pagos ao holandês?
Por que o CEP não citou as contratações de Vinicius Colombiano, Jean Coral, Rodrigo Fuska, Rodrigo Mancha, Jônatas, Alexandre Oliveira e tantos outros?
O holandês está muito longe de ter sido uma contratação problemática para o BOTAFOGO, tanto dentro quanto para as finanças.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, se não fosse o Seedorf, não teríamos chegado na Libertadores em 14. A não ser que o CEP concorde mais com perfis como esses outros que você lembrou.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Para os incompetentes é mais fácil, amigos , culpar o acaso, ou dizer depois que não sabia de nada, que quem contratou foi o Cacá, o AL. Que a culpa é do departamento de inteligência, da preparação física/ médica.
Sintetizando, foram os amigos...

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Celso.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo, a vinda do Seedorf para o Botafogo foi ótima em todos os sentidos, mas tenho que ser justo, embora muitos não gostem o Seedorf não foi fundamental para nossa classificação como você disse, o Seedorf no começo do brasileiro teve uma contusão muito séria se não me engano no joelho, e ficou um bom tempo parado, infelizmente como acontece com todos os jogadores que tem uma lesão séria, ele não teve o mesmo rendimento, e foi para o banco, claro que ele fez o gol que nos classificou, mas por tudo que aconteceu com ele no brasileiro, ele não foi o responsável pela nossa classificação na libertadores, eu lamento muito tudo o que aconteceu com ele, pois se não tivesse acontecido isso, não só nos classificariam os para libertadores, como com toda certeza seriamos campeões brasileiros.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, entendo, mas considero que ele foi fundamental e decisivo sim. Sempre que esteve em campo e principalmente fora dele, instruindo os jogos e até auxiliando o narcisista do Oswaldo no comando técnico na época. Eu continuo achando que sem ele não chegaríamos.
Abs e SA!!!

fabio lucas disse...

Arnaldo(lateral que "eles" querem) do ituano pertence a elenkosports sera uma burrice sem precedente trazer mais um para se valorizar nas custas do Botafogo, tem outros 2 na mira Madson do vasco e um argentino Di Placido do atl-tucuman da ARG so mais o Madson dos 3. Outra coisa que quero falar e a chance de Neilton vir ótimo voltaria uma dupla que gosto que e Sassa e Neilton assim sim Sassa pode ser titular, falando em Sassa o mesmo esta pedido 5 milhoes de luvas muito caro nao ?!?!?

Marcio disse...

Em 2013 Seedorf fez 34 jogos no campeonato brasileiro, 2938 minutos em campo, ou seja, ficou de fora em apenas 4 rodadas, já que o campeonato teve 38.

http://www.ogol.com.br/player_results.php?id=1961&competicao_id=51&epoca_id=142

Creio que aos 37 anos ele teve uma performance muito boa sim.
O problema, foi quando começaram a dizer que o holandês queria mandar em tudo. Não fosse esse fato, mais o desmonte do Time feito pela gestão moderno-praiana, o BOTAFOGO teve tudo para ter um ano espetacular.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fabio, não gosto de nenhuma dessas opções.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Márcio.
Abs e SA!!!

Silva disse...

Pode isso Arnaldo!??
Estamos ferrados com esse setor de inteligência do clube.

Rodrigo Federman disse...

Silva, está dentro do "perfil" que eles estão buscando. Hehehe
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Ele pode ter tido isso de jogo em campo, mas o desempenho dele não foi bom, não era aquele Seedorf que conhecíamos, inclusive não sei se vocês se lembram, chegou a ser vaiado pela torcida, agora fora de campo ai eu concordo contigo Rodrigo, fora de campo o Seedorf foi muito mais fundamental do que dentro, inclusive, não sei se vocês concordam mas nosso técnico naquele ano era o Seedorf, não o Osvaldo de Oliveira, Osvaldo de Oliveira tava ali só servindo de enfeite, quem dera termos um Seedorf na beira do campo ajudando o Jair hoje.

Ivo Santos da Costa disse...

Calma ai Marcio, tem alguma coisa errada com esses dados, Seedorf teve a contusão, uma contusão muito séria, então acho que ele não ficou só quatro rodadas fora não, em todo caso.

Marcio disse...

Repetindo que as limitações financeiras não podem e não devem ser ignoradas, o BOTAFOGO precisa pensar em contratar jogadores que façam uma mínima diferença e não mais um para compor elenco.
Vejamos o caso do A. Madrid, um bom time e um trabalho espetacular dentro das suas possibilidades, mas está claro que precisa do jogador diferente, do craque decisivo. O que fez o CR7 nesse primeiro jogo da semifinal foi algo que somente os muito acima da média conseguem; praticamente colocou o Real Madrid em mais uma final de Champions.
Um outro exemplo é o Messi. O Barcelona vindo de eliminação na Champions e precisando derrotar o Real em Madrid para continuar tendo uma mínima possibilidade de conquistar o espanhol, decidiu o jogo na última jogada, com uma batida que somente os craques são capazes.
Vejam o desempenho da seleção argentina sem o Messi... E ninguém pode dizer que se trata de uma seleção qualquer, mesmo sem o seu maior jogador.
As conquistas de Barcelona e Real Madrid nesses últimos tempos, mais as performances do Messi e do CR7, provam que se a competição for parelha, o craque faz a diferença.
Claro que o futebol permite surpresas e uma equipe batalhadora pode ser campeã, mas melhor ter os craques do que não tê-los.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ivo, sério que você acha que ele não foi um grande ganho dentro de campo? Juro, por mim, considerando idade, rápida adaptação e tudo mais que envolve, ele levou o meio de campo de maneira incrível. Em minha opinião, uma excelente contratação dentro e fora dos campos.

Marcio, mas pelo visto, eles só pensam em quebra-galhos e composição de elenco. A mentalidade não muda.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Ivo, não vejo nada de errado com os números da participação do Seedorf no campeonato brasileiro de 2013. E quanto à contusão, não lembro de nenhuma grave e os números dele não permitem que a tenha tido. Foi muito assíduo o holandês.
Ele ficou de fora dos seguintes jogos no brasileirão 2013:
Na 2ª rodada, vitória frente ao Santos, em casa, por 2 a 1;
Na 12ª rodada, empate por dois gols, fora de casa, contra o A. Mineiro;
Na 19ª rodada, vitória por 2 a 1, fora de casa, frente ao Criciúma;
Na 30ª rodada, empate frente ao Vasco por 2 a 2.

Os números do Seedorf no BOTAFOGO são os seguintes:
Ano de 2012:
Campeonato Brasileiro- 24 jogos;
Copa Sul-Americana- 1 jogo;

Ano de 2013:
Campeonato Carioca- 14 jogos;
Copa do Brasil- 8 jogos;
Campeonato Brasileiro- 34 jogos.

Foram 81 jogos e 24 gols.

http://www.ogol.com.br/player.php?id=1961

Obs: Na Wikipédia o número total de jogos é o mesmo.

SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo eu não falei isso, inclusive eu faço questão de citar no meu primeiro comentário que a contratação do Seedorf foi ótima em todos os sentidos, naquele carioca ele arrebentou, conseguindo a incrível façanha de fazer o Rafael Marques jogar, um cara que consegue fazer Rafael Marques jogar, tem que ser respeitado porque não é fácil, não tenho os dados que o Márcio tem, então só posso falar do que me lembro do que aconteceu naquele brasileiro de 2013, o Seedorf começou bem o brasileiro, mas caiu de produção sim, foi vaiado pela torcida, o Osvaldo colocou ele no banco em alguns jogos, inclusive o Seedorf teve um atrito com ele por causa disso, uma das criticas que se fazia na época me lembro, era que ele estava mais preocupado com seus negócios do que com o Botafogo, ele não estava focado no Botafogo, claro que ele foi importante naquele brasileiro, como todos os jogadores, principalmente ao marcar o gol da classificação, mas não teve essa importância fundamental dentro de campo, pra mim quem teve importância fundamental foi o Jefferson esse sim.
O

Rodrigo Federman disse...

É, Marcio. Também tentei pegar pela memória alguma contusão grave dele e não recordei.

Entendo, Ivo. Mas insisto (e que fique claro que não estou duvidando ou desmerecendo o seu comentário) que não recordo da torcida vaiá-lo, ou ter sido sacado de vez do time titular e/ou mesmo ter uma queda acentuada de produção. Pelo contrário, achei a passagem dele muito regular (dentro de campo). Ainda acho que, junto do Jefferson, foi o grande responsável pela classificação à Libertadores.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O que eu percebi foi a imprensa muito incomodada com a presença do Seedorf no BOTAFOGO e por isso levantando muitos assuntos polêmicos relacionados a ele.
Tem uma entrevista do Jéfferson onde ele diz sobre o Seedorf o seguinte:

"...O Seedorf chegou aqui no Botafogo e revolucionou. Pela postura, profissionalismo dele. Claro que a cobrança dele em certos momentos era muito forte. Mas é um cara chato para o bem. É que às vezes ele tentou mudar as coisas muito rápido. Acho que em três, quatro meses ele tentou mudar coisas que duraria talvez anos. Então acho que nisso que ele pecou. Mas com certeza ele acrescentou muito pro Botafogo, o Botafogo cresceu muito com a chegada dele. Claro que a gente peneirava muita coisa, mas ele acrescentou bastante...

Talvez o maior pecado dele foi ter tentado colocar uma mentalidade vencedora na cabeça daqueles jogadores. Ninguém ganha quatro Champions por três clubes, Ajax, Real Madrid e Milan, se ele próprio e o clube pelo qual atua não tiver uma mentalidade vencedora.

Obs: Faltou um nome daquele Time que chegou sob desconfiança e ao sair fez falta; Fellype Gabriel. Jogou um futebol muito consistente, ajudava a marcar, armar o jogo e ainda tinha tempo de marcar os seus gols.

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/2014/04/jefferson-critica-exageros-de-seedorf-tentou-mudar-coisas-muito-rapido.html

PS: Já que voltamos a 2013, como está a Auditoria?

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Marcio. Foi a minha impressão também da passagem dele.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Certo Rodrigo e Márcio, mantendo a opinião, bem entrando no tema em destaque Rodrigo sinceramente eu não entendo essa maneira de pensar de certos dirigentes, de insistir em contratar certos jogadores de determinada posição, quando um jogador adaptado a posição, está exercendo muito bem ela, o Marcelo e o Emerson não são laterais, mas as vezes que exerceram essa função jogaram muito bem, teve aquele erro do Marcelo no jogo com o Olimpia no Paraguai, mas ele jogou muito bem, o Emerson fez uma partida ruim nessa partida fatidiga contra o Barcelona, mas vamos dar um desconto ao garoto, o maior culpado foi o Jair, até então ele tava jogando muito bem, o desempenho dos dois se você ver é até melhor do que os laterais que tínhamos de oficio Jonas e Marcinho, então eu pergunto, se os dois estão exercendo bem a função, porque contratar um lateral de qualidade duvidosa, como os citados, pra ser mais um Jonas?

Anônimo disse...

Espere aí, desculpe mais parece que tem gente desinformada,foi o Seedorf que classificou o Botafogo para a Pre-Libertadores ou foi a derrota da Ponte Preta lá na Argentina,Botafogo não foi classificado por seu méritos.
Não está batendo as informações do Ivo do Márcio e do Rodrigo.

"Ponte Preta perdeu por 2 a 0 para o Lanús, da Argentina, na noite desta quarta-feira, e ficou com o título de vice-campeão da Copa Sul-Americana 2013. O resultado determinou, também, o planejamento do Botafogo, que teve confirmada a participação na Copa Libertadores da América de 2014.
Quarto colocado no Campeonato Brasileiro, o time carioca ficaria de fora da competição se a Ponte Preta conquistasse o torneio que também dá vaga para a Libertadores.

“De todo coração, peço perdão por a gente não ter conquistado um título tão esperado. Não conseguimos isso e chegamos tão próximo. Infelizmente ontem a equipe não jogou, não conseguiu repetir boas atuações.” Com estas palavras o técnico Jorginho se dirigiu à torcida pontepretana".

Chato Botafoguense

VinnyMarques disse...

Longe de termos a doença da megalomania dos urubus, mas que falta AMBIÇÃO ao Botafogo, ah, isso falta.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, nessa eu concordo. Até porque, logo teremos o retorno do LR. Ou seja, contratarão um novo jogador mediano e no final do ano teremos 4 laterais direitos na folha.

Chato, ninguém está desinformado. Até porque, ninguém disse que o Seedorf classificou o Botafogo para a Libertadores. Dissemos que ele foi importantíssimo na campanha que resultou na Libertadores.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Vinny. Concordo plenamente contigo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Contusão séria do Seedorf? Kkkkkkkkk
Isso NÃO ACONTECEU. Seedorf era um cavalo, mesmo aos 37.

Anônimo disse...

Emerson jogou bem contra o Barcelona? E Marcelo contra o Flamengo? São apenas marcadores, JAMAIS serão bons laterais.

Celso Ricardo disse...

Pelo raciocínio do Chato, nos pontos corridos, ninguém é campeão por merecimento. Porque até agora não houve um único campeão 100%, sendo assim, alguém precisou perder para, por exemplo , o Palmeiras ser campeão ano passado, já que o mesmo perdeu algumas partidas e precisou que outros perdessem. Ficou claro ?

Rodrigo Federman disse...

Também não lembrei, Anônimo 1.

Anônimo 2, quebraram galho razoavelmente. Ao menos não nos fizeram sentir falta de Jonas. Acho que essa foi mais ou menos a comparação que foi feita.

Exato, Celso.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

O que eu entendi sobre o que o CEP falou foi que a contratação do Seedorf foi mal conduzida, o aproveitamento dele em relação a exploração da imagem foi muito mal explorada, o CEP não criticou a parte técnica, pelo menos eu li isso.
O Seedorf foi importantíssimo para o Botafogo. Nenhum jogador classifica um time sozinho, mas o holandês ajudou e muito a classificação. Foi a melhor contratação dos últimos 28 anos.
Eu não vivo dentro do clube, não gosto de muitas contratações desde muito tempo, eu diria da era borer para cá, mas nos últimos 15 anos, falido como está, creio que muitas das contratações de barangas são impostas pelos empresários.
Márcio, a realidade europeia é completamente diferente da nossa nos tempos atuais. Qual o clube brasileiro consegue contratar um jogador do nível do Cristiano Ronaldo ou do Messi? Ou até um jogador muito bom.
Veja por exemplo a situação da renovação do ES e do Sassá, que quer um milhão e meio de euros de luvas é impossível renovar com esses dois onde arrumar dinheiro para contratar um extra classe, os melhorezinhos vão embora e a preço de banana. Foi assim com o Ronaldinho Gaúcho, Neymar, e etc. A nossa realidade é muito cruel e a lei pelé liquidou com os clubes.
Quanto ao desempenho das seleções portuguesa e argentina, com ou sem CR7 e Messi não tem sido das melhores.
Se não me engano o Messi não venceu nenhum torneio com a sel. Argentina e o CR7 foi campeão europeu sem jogar a final e curiosamente não fez falta alguma. São craques, são, queria no Botafogo, queria, mas em termos de seleção brilharam muito pouco.
Há jogadores que brilham intensamente em seus clubes, mas em seleção não rendem tanto, mas há aqueles que brilham em ambos os casos, o que não significa que não ser campeão do mundo, tira o brilho. O Cruyff, Puskas, Platini e companhia não foram campeões do mundo mas jogaram muito nas copas que disputaram. No caso do Messi e CR7 ainda estão devendo em termos de seleção. Abs e SB!

Ivo Santos da Costa disse...

Isso mesmo Rodrigo, anonimo o Emerson fez um bom jogo contra o Barcelona no primeiro jogo, os dois atacantes que terça feira fizeram gol, no jogo lá no equador não tiveram a menor chance, e o Botafogo não levou gol por aquele lado até o jogo com o Barcelona, em relação ao Marcelo eu não sei a que jogo você está se referindo, porque no jogo da semifinal do carioca o lateral era o Fernandes, agora realmente eles não tem aquele cacoete de lateral pra chegar na linha de fundo e cruzar, mas não acho isso tão importante, até porque outros jogadores podem fazer isso.

Anônimo disse...

Po Rodrigo, mas comparar com Jonas é até maldade com nossos zagueiros improvisados kkkkk

Ivo Santos da Costa disse...

Amigos peço as mais sinceras desculpas, eu me confundi, a lesão do Seedorf no Brasileiro não foi em 2013, foi em 2012.

Anônimo disse...

Os laterais de hoje, deve fazer a função dos pontas antigos e time sem laterais bons, difícil chegar a algum lugar.

Rodrigo Federman disse...

Sergio, ele também falou da parte financeira. Até entendo, mas não foi por causa do Seedorf que o clube afundou financeiramente. O Nininho cometeu outras atrocidades e roubos, isso sim. De todo modo, o Seedorf foi importante, pois além do ganho técnico, nos colocou em patamar de exposição mundial. Pena que sua passagem foi muito mal aproveitada pela péssima gestão passada.

Sim, Ivo. Nesse caso, penso igual.

Anônimo, mas é nosso parâmetro de comparação, né? Afinal, foi contratado pelo "setor de inteligência" para ser o titular do time na ausência do LR. rs

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Anônimo, relativo. Depende do esquema tático.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Anonimo eu te entendo e penso igual, mas como o Botafogo quer pagar pouco e com os nomes citados, não acho que teremos coisa melhor que o Jonas, então acho que o melhor é irmos improvisando com o Emerson ou o Marcelo até a volta do Luis Ricardo.

Rodrigo Federman disse...

Eu também acho isso, Ivo.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Rodrigo, ressalto que o Nininho não fez nada sozinho. Talvez seja esse o motivo na lentidão para a apuração de responsabilidades no Clube. Quanto ao Seedorf no Botafogo, foi a melhor coisa que aconteceu nos últimos 20 anos. A falta de aproveitamento da imagem do craque mostra apenas que o Clube não estava preparado (e não está)para uma gestão de livre mercado onde poderia ter adicionado valor à vida das pessoas, através da imagem do mesmo, que consumiriam produtos voluntariamente aumentando as receitas do clube.

Marcio disse...

Sérgio, entendo perfeitamente o que disse em relação a diferença financeira entre o Brasil e a Europa. Como escreveu, a nossa realidade de fato é cruel.
Entretanto, na Europa, a Lei Bosman dificultou muito para clubes de alguns centros ao acabar com o limite para jogadores comunitários. Esse é um dos motivos para clubes como o Ajax não ter no momento a possibilidade de brigar pela Champions, já que os bons valores holandeses estão todos fora do seu país de origem; vão jogar em centros mais favorecidos economicamente. Nesse contexto, se o A. Madrid que faz um trabalho espetacular tivesse condições de contratar um Messi ou CR7, estaria alguns degraus acima.

Voltando ao BOTAFOGO, sei que não tem a condição de fazer grandes contratações, mas para fazer algumas que tem feito, estilo Joel, melhor não fazê-las. Assim, se há uma providência a ser tomada, é melhorar o desempenho do setor de inteligência.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Claro, Celso. Mas sendo o gestor na época, é o grande responsável.

Disse tudo, Márcio.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Será que Ruschel e Neto, Chapecoense, voltam a jogar antes do Jéfferson e Luis Ricardo?
Não custa lembrar que o Ruschel sofreu lesões na coluna.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Bem provável, Márcio. E seria um absurdo.
Abs e SA!!!

Thomáz Turbano disse...

VI HOJE QUE CAMILO REJEITOU PRIMEIRA OFERTA DO BOTAFOGO. ELE, ASSIM COMO SASSÁ QUE PEDIU 5 MILHÕES DE LUVAS E SALÁRIO DE 300 MIL, ASSIM COMO EMERSON COM 1,1 MILHÃO DE LUVAS, SALÁRIO DE 200MIL E 25% DOS DIRETOS, POR MIM PODEM SAIR. PENA NO CASO DO SASSÁ POIS PODERÍAMOS VENDER BEM, MAS TECNICAMENTE NÃO SÃO MUITO A SE LAMENTAR. CREIO QUE DEVERÍAMOS OXIGENAR O TIME PRO BRASILEIRO, MANTER O TRIDENTE AIRTON, BRUNO E JOÃO PAULO, MAS ACHAR UMA MANEIRA EFICIENTE DE JOGAR PROPONDO O JOGO TAMBÉM. DAR UMA SEQUÊNCIA AO LEANDRINHO (JÁ RENOVARAM?) MESMO SE OSCILAR. TENTARIA DUAS CONTRATAÇÕES PONTUAIS: ALEMÁN DO BARCELONA E BOCANEGRA LATERAL DO NACIONAL. ACHAR OS 3 OFENSIVOS ENTRE MONTILLO, LEANDRINHO, PIMPÃO, ALEMÁN. COM ROGER, GUILHERME, SASSÁ E GORNE DE OPÇÕES.
IRIA DANDO OPORTUNIDADES TAMBÉM À RENAN GORNE E IGOR CÁSSIO PARA VER COMO OS MOLEQUES SE SAEM ENTRE OS PROFISSIONAIS EM JOGOS OFICIAIS.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Thomáz. Vou pedir apenas o favor de evitar esses "nomes" de brincadeirinha (em minha opinião, sem graça) ao comentar, ok? Isso serve para todos, a partir de agora.
Abs e SA!!!

Rui disse...

Por mim podem vazar os 3 também.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Rui.
Abs e SA!!!