quinta-feira, 29 de junho de 2017

CB: Primeira batalha





Depois do vexame na última segunda-feira, o Botafogo volta as atenções para a Copa do Brasil.

Dois jogos, mata-mata. Tudo pode acontecer.

Inclusive aquele time tecnicamente inferior, superar o adversário mais poderoso.

Inegavelmente é o caso do duelo Atlético/MG x Botafogo que começa hoje a noite, em Minas Gerais.

Eles são favoritos, mas em 180 minutos, tudo pode acontecer. Desde que, o Botafogo mostre o espírito e organização que tem utilizado na Libertadores. Aí passa a ser possível.

Mas para isso acontecer, precisamos voltar da capital mineira com um bom resultado. E tentar fazer um gol à qualquer custo. Pode fazer a diferença na decisão do Rio de Janeiro.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

66 comentários:

Renan SP disse...

Estou com você Rodrigo, marcar um gol hoje é de extrema importância.
Quem sabe até podemos vencer ? O Atlético terá bastante desfalques hoje .
Estou confiante para o confronto .
Eu iria com o João Paulo na armação e colocaria Dudu , Bruno e Lindoso de volantes .
Mas acho que o Jair hoje vai escalar Camilo e recuar o JP ...
Enfim , que o resultado seja favorável.

Um abraço



Sergio disse...

A que horas e o jogo e vai passar aonde? ABS e SB!

Marcio disse...

É entrar em campo sem invenções nas escalação e substituições e jogar com a conhecida aplicação.
Se assim for, as possibilidades de trazer um bom resultado ficam maiores.
SA!!!

fabio lucas disse...

Ou entao segurar o empate mas pra fazer isso o treinador e o time tem que entra focados.

higor disse...

Sinceramente não sei o que esperar do Botafogo no restante da temporada. Ter apenas Pimpão e Roger para a frente é extremamente arriscado e pode cobrar o preço caso precisemos de gols.

Espero que o treinador não entre com o Camilo. Talvez utilizá-lo no segundo tempo, com o adversário cansado, possa ser mais vantajoso.

Conceitos disse...

Pelo menos acabou o porre de pedir o Gorne em todos os posts.

Rodrigo Federman disse...

Renan, eu prefiro nunca ficar confiante quando o assunto é o Botafogo. hehehehe

Sergio, 19h30, Fox Sports.

Isso aí, Marcio.

Sim, Fabio.

Higor, eu também espero isso, mas vindo do JV, tudo é possível.

Conceitos, não achava porre algum nisso. Pedimos o que julgamos ser o melhor (ou "menos pior") para o time.

Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Com 3 volantes e aquela humildade e garra. Sem isso, sem chance.

Celso Ricardo disse...

Se entrarmos com Camilo e Roger,juntos, o risco de derrota aumenta muito.
A lesão em MF foi descoberta UMA SEMANA APÓS O JOGO em que saiu machucado. Além de incompetentes são irresponsáveis.

Paulo Fernando disse...

Rodrigo, gostaria de fazer um desabafo por aqui. Posso?

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Eneias.

Celso, boa questão. Demoraram 1 semana para constatar lesão. Absurdo.

Paulo, se for respeitoso, não vejo problemas. rs

Abs e SA!!!

Conceitos disse...

Até uma derrota por 2X1 já está de bom tamanho. Depois aqui a gente faz o feijão com arroz e ganha de 1x0. Pronto. Semifinais.

Marcio disse...

Testar o Gorne seria mais barato do que o teste com o possante Joel.
Se há a possibilidade do resultado ser semelhante, melhor optar pelo o de menor custo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Conceitos, prefiro não pensar em derrota de forma alguma.

Concordo, Márcio.

Abs e SA!!!

Conceitos disse...

É duro não pensar em derrota, mas com o elenco atual é duro pensar em vitória também. Mas, o Botafogo gosta das adversidades. Acredito numa vitória lá no Uruguai.

Ivo Santos da Costa disse...

Botafogo e atl MG se enfrentaram 7 vezes em mata mata, Botafogo passou 6 vezes e o atl só uma, a freguesia é deles.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Conceitos.

Ivo, mas cada caso, um caso. Cada jogo, um jogo.

Abs e SA!!!

WAYNE disse...

Bom dia.
Aproveito para fazer um registro.
Parabéns MONTILLO, sua atitude merece ELOGIOS. Vç sai de CABEÇA ERGUIDA. Espero que na nova estrada que vç percorra lhe seja também cheia de SUCESSO.
Saudações Alvinegras.

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Wayne.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Amigos vamos orar pelo Max, nosso ex goleiro que nos ajudou a subir em 2003 e se não me engano foi campeão carioca em 2006, vamos orar por sua recuperação, Max foi baleado e precisa da nossa torcida por sua recuperação.

MARIO DO PARÁ disse...

Saudações Alvinegras.
Soube da despedida do MONTILLO. O CAMILO deveria seguir o exemplo.
Abs SA

Celso Ricardo disse...

O interessante na história do Montillo foi a rapidez que ele percebeu que não poderia mais jogar profissionalmente. Machucou na segunda e na quinta anunciou a aposentadoria,com apenas 33 anos. Já que o clube não aceitou a devolução dos salários, quem paga a conta?

Paulo Fernando disse...

Um breve desabafo de um companheiro de blog:
Nasci em Botafogo, tenho 54 anos e aos 3 anos recebi do meu avô minha primeira camisa e uma nota de Cr$ 10 para garantir. Mas ele poderia ter economizado essa grana, pois o voto já era do Botafogo. Aos 5 fui levado pelo meu pai a um jogo no Maracanã contra o Madureira. Minha memória guarda até hoje as cores dos uniformes e na cabeça de uma criança elas eram mais vibrantes, mais intensas. Pronto, estava selada a "paixão ao Botafogo". Daí em diante vieram peladas de rua com a camisa, jogos na rádio Globo narrados e ouvidos no rádio do carro do meu pai (Waldir Amaral, Jorge Curi, João Saldanha e Mário Vianna). Que saudade desse tempo! Alegrias (finalzinho do Mané Garrincha) com o timaço dos anos 60/70. Aos 15 meu pai me contou uma história que guardo no coração e com orgulho: meu Bisavô Ithamar Tavares era um dos fundadores do clube e foi o cara que criou a camisa do Botafogo baseada na Juventus Italiana. Em 2003 recebi das mãos do Montenegro um diploma em homenagem de agradecimento ao velho Ithamar.
Daí veio o sofrimento, os "Purucas" da vida com pequenos momentos de lampejo de um Mendonça, de um Berg, de um Marinho (do Bangú). Até que um dia um bicheiro famoso resolveu adotar o time e enfim um novo título em 89, pouco depois a Conmebol de 93 e o Brasileiro de 95. De lá pra cá alguns carioquinhas e muitas decepções de rebaixamentos e a famigerada administração do Assumpção. Hoje sou vacinado, calejado, mas com o mesmo entusiasmo pelo meu clube de coração. Meus 5 filhos são Botafoguenses e torcem junto com meus irmãos, sobrinhos, tios, enfim, uma família completamente alvinegra. Nas festas o parabéns é sempre substituído pelo hino (até em casamento...). Torço diante da TV ou no Estádio com a mesma intensidade e confesso meu entusiasmo pela decente administração do Carlos Eduardo Pereira e pela competitividade desse time de guerreiros. São novos tempos e confesso que não estou acostumado há um grupo de guerreiros, pois sempre tive times de craques. Nosso Botafogo nunca foi de títulos nacionais e afirmo como argumento aos rivais que enquanto eles ganhavam os títulos aqui no Brasil, nosso Botafogo desfilava no mundo com os craques que nos deram os mundiais de 58/62/70 ao Brasil (tipo Globetrotters do Futebol). Sugiro usarem esse mesmo argumento quando tentarem diminuir nossas enormes glórias.
Esse desabafo é porque nessa semana postei uma crítica em um grupo grande de Botafoguenses sobre a escalação e mudança da forma de jogar do time contra o Avaí (último colocado do campeonato) que nos impôs uma derrota improvável. Vale ressaltar que sou um ferrenho defensor do Jair Ventura e seu trabalho, mas que vejo uma certa arrogância, até mesmo confirmada por conhecidos próximos a ele. Pequena crítica, um detalhe perto do seu bom trabalho. Mas bastou essa manifestação para que eu fosse xingado, ofendido, acusado de não ser Botafoguense, enfim as maiores idiotices e ofensas possíveis e pior, vindo de Botafoguenses. Isso me deixou extremamente indignado. Pensei sobre o tema paixão e nossa relação com as pessoas quando o tema é futebol. Acho, sinceramente, que o futebol tem uma grande importância na minha vida e mais do que ele o Botafogo, mas não consigo admitir que um sentimento tão nobre, tão amoroso, tão digno seja vinculado a ofensas, agressões, brigas físicas e em muitos casos até de mortes. Acho que as pessoas que tratam essa paixão dessa forma não são dignas de serem chamadas de Botafoguenses, Flamenguistas, Vascaínos, Tricolores, Corinthianos, Palmeirenses, etc....seja lá o time que tiverem. Quem me ofendeu é que não é Botafoguense, é um doente social, é um idiota passional, uma besta manipulada e que desconta suas frustrações pessoais em um esporte cujo objetivo é distrair. Meus pêsames a vocês, assassinos do futebol! Que sirva de exemplo para nós mesmos ao comentarmos diferenças de opiniões e pontos de vista. Não podemos esquecer que são apenas diferenças. Obrigado e desculpem esse longo texto e esse desabafo, mas fiquei muito chateado com tudo isso.

Conceitos disse...

Sei que tá fora do tema, mas onde está aquele Marcos Vinicius que veio pra cá no lugar do Sassá? Joel e o próprio marginal do Sassá já estão jogando em seus clubes e nada desse cara aparecer no Botafogo? Fico impressionado que nossa única contratação em meses a jogar atualmente seja o bom Arnaldo do Ituano.

Rodrigo Federman disse...

Faremos isso, Ivo. Com certeza. Que ele supere essa.

Quem dera, Mário.

Celso, os responsáveis pela sua contratação ou o DM, que clinicamente avalizou o negócio.

Perfeito, Paulo. E isso é um desabafo não apenas esportivo ou de botafoguense. É de convivência social mesmo. O mundo está intolerante e as pessoas não mais conseguem sequer conviver com quem pense diferente. Passou da hora de um basta nessa intolerância global.

Conceitos, ele já veio com um histórico e tanto de passagens pelo DM do Cruzeiro. Ou seja...

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Gostaria de perguntar ao Celso Ricardo se ele tem alguma coisa pessoal contra o Montillo, porque a maneira como ele se refere ao Montillo parece algo pessoal, claro que o Montillo não é imune as criticas, mas do modo como ele faz parece pessoal, já fiz criticas pesadas a vários jogadores, em especial ao ex lateral Cabessandro, mas nunca fiz nada levando pro lado pessoal, como me parece ser o caso do Celso, se você quer criticar tudo bem, mas não leve para o lado pessoal.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, tenho certeza absoluta que não é pessoal.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Já começamos mal, o arbitro é aquele paraense, ruim que dá dó.

Celso Ricardo disse...

Sem comentários...

Fatos disse...

Tá parecendo treino pro Atlético. Os jogadores estão marcando de longe e os jogadores do Atlético estão encontrando muita facilidade, dando toquinho de calcanhar e tudo

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Ivo.

Ok, Celso.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fatos, ao meu ver, erro de novo do Guardiola Ventura na escalação inicial.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Começar o jogo com Camilo e Roger é entrar com 2 a menos. Como botafoguense que sou,resta torcer pra eles queimarem minha língua.

Ivo Santos da Costa disse...

Sem comentário, ou sem resposta?

Carlos disse...

Nosso sistema defensivo está lento demais, ainda mais sem MF. Marcelo tem que ser titular nessa defesa

Celso Ricardo disse...

Lindoso vem fazendo o papel que deveria ser do Camilo. Troca passes ,orienta e vai à frente. Isto porque Camilo se omite,foge da responsabilidade

Rodrigo Federman disse...

Celso, sem contar a desnecessária troca na zaga.

Beleza, Ivo.

Carlos, não entendi a volta do Emerson Silva.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

A única jogada do Galo é a velocidade. O nosso técnico coloca uma zaga pesada. Gênio...

Rodrigo Federman disse...

Exato, Celso.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Esse Emerson Silva é muito fraco. Pra que tirar o Igor e coloca esse cara.

André

Sergio disse...

Por que essa crava do Emerson Silva? Porra, não é possível fazer uma cagada dessas, o gol do Galo saiu pela péssima cobertura dessa crava. É outra, o que faz essa merda do Camilo em campo? É um inútil. ABS e SB!/

Rodrigo Federman disse...

André, quero ouvir a explicação pós jogo do professor.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, o mascarado treinador vai falar em meritocracia.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Fim de primeiro tempo, onde o BOTAFOGO começou a jogar alguma coisa depois dos 10, 15 minutos.
Não entendi a escalação do Émerson Silva, sem ritmo, para enfrentar um Time com jogadores muito rápidos;
Camilo, Roger e Pimpão estão fora do jogo. O primeiro se esconde para não receber a bola, o segundo não pode receber porque fica sempre escondido e o terceiro está meio alheio ao que acontece.
Uma substituição seria sacar o "mito" e adiantar o J. Paulo para a armação.
SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Emerson Silva no lugar do Igor Rabello, tô vendo que a tal meritocracia foi pro beleléu.

Celso Ricardo disse...

Não há muito a falar, JV muda mais uma vez o time e faz cagada.

Anônimo disse...

Ricardo
Tenho medo qd o Botafogo jogar com um a mais....

Rodrigo Federman disse...

Márcio, aguardemos as explicações do professor.

Ivo, ela nunca existiu de verdade.

Pois é, Celso.

Ricardo, na torcida.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Agora vai ...
Vinicius Tanque!!!!

:\

Wesley

Anônimo disse...

Gatito ta pegando muito!

Zack

Rodrigo Federman disse...

Ok, Wesley.

Sim, Zack.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

O Bruno Silva também tá de brincadeira, perder dois gols um sem goleiro e outro que era só chutar, é sacanagem, pior partida do Bruno na temporada.

Rodrigo Federman disse...

Foi mal mesmo, Ivo.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

O que passa pela cabeça do JV ao escalar essa craca do Emerson Silva? O IR é muito melhor, eu não entendo. Uma pena a contusão do MF pois o meio jogava melhor. Bastou entrar o omisso do Camilo para desmontar o meio, esse cara é uma M. Tudo bem que o elenco é fraco mas o JV complica o que já não é bom. Ter que aturar as entradas de Guilherme e acredite!!!! Vinícius Tanque é dose pra mamute com diarreia. Por que o JV não adiantou o JP tirando o Camerda e colocou um outro volante. O JV mexe muito mal. Li um comentário dizendo ter medo do Botafogo ter jogador a mais, bobagem, com o Camico em campo jogamos com 10 o jogo inteiro. É o Leandrinho, não está inscrito? Mas o bonde do VT tá!!! Pobre de nós torcedores ter que aturar ano após ano esse monte de asneiras. Até que no final das contas o resultado não foi dos piores. A que ponto chegou o futebol nesse país, o super valorizado CAM é um time comum, melhor que o Botafogo sem dúvida, mas fraco. Pobre futebol brasileiro
ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, é a necessidade de aparecer, de ser chamado de estrategista, professor que tira leite de pedras. Enfim, é o jeito Guardiola Ventura de ser.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Prezados Rodrigo e turma.
Despedida de Botafogo no ano. Larguei de mão. Ano que vem eu volto.
Vergonha contra o Avaí? Muito pior hoje.
O Galo "jogando pedra em santo" fazem já uns 3 meses. Não ganha de ninguém. Na rabeira do Brasileiro, porque tem jogadores de frente que não voltam. Todo mundo faz gol no Galo. Até o Tombense, a Caldense, etc.. Pedindo pra perder. Hoje, ainda mais. Fica com 10 no início do segundo tempo, faltando 35 minutos.
Desse momento em diante, o Victor não pegou uma bola decente sequer.
Entraram, como solução, o Guilherme (oitava opção de ataque do Grêmio em 2016, e Vinicius Tanque (colocar esse cara em campo pra dava cana, por "atentado ao pudor"). Um zagueiro improvisado na lateral e um ex-jogador na quarta-zaga, pra arrematar.
O Botafogo, este ano, já fez os seus milagres. Classificou na Libertadores, passou à fase de grupos e se classificou na fase de grupos. Não foi eliminado na primeira rodada da CB. Mas, é bom agora se garantir na série A em 2018. Faltam ainda 30 pontos, é bom lembrar.
Com este time (que só tem 2 jogadores nota 5,5 para o ataque), será possivelmente eliminado pelo Nacional, o pior plantel do time uruguaio em todos os tempos. E acho que será boa a eliminação, porque o prognóstico, pegando o Grêmio nas quartas (que seria o mais provável), seria levar duas goleadas históricas. Uns 3 ou 4 em casa, e outros tantos fora de casa (pelo que vem jogando o Grêmio).
Na CB, já foi eliminado pelo Galo com o resultado de hoje (o que também parece não ser tão ruim, diante dessa fragilidade toda, e com a possibilidade de ser eliminado pelo Flamengo, o que seria nova tragédia pra nós).
Pensem bem, comigo. Não é melhor sair antes?
As melhores coisas do Botafogo, nos últimos meses, foram as matérias com a filha do Roger e com o Montillo (mostrando muita dignidade e hombridade, ao abandonar o futebol, emocionado).
É isto.
Rumo aos 45 pontos, e fechamos o ano com dignidade.
Finalizo dizendo que não é possível um clube da grandeza do Botafogo (pelo menos, falo do passado) deixar um Vinicius Tanque vestir uma camiseta sua e buscar, para jogar no seu time, a oitava opção de ataque de um clube coirmão, o Guilherme, ex-Grêmio.
E segue a pergunta que não quer calar. Quem empresaria Guilherme e Vinicius Tanque? Que favor fizeram ao clube?
Abs a todos, e feliz sofrimento!
Paulo, de POA.

Anônimo disse...

Esqueci.
Guilherme é o nosso Cafuringa, a reencarnação do Cremilson...
Xau, amigos.
Paulo, de POA.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, cada vez mais ficando difícil mesmo. Falta elenco. E dizemos isso desde janeiro.
Abs e SA!!!

Fatos disse...

As duas faltas do Fred firam em cima dele

Rodrigo Federman disse...

Ok, Fatos.
Abs e SA!!!

Rauph disse...

Na boa, viajou na maionese quando falou que é melhor perder ou que já fomos eliminados pelo Atlético. Viajou longe. Concordo que nossas opções são uma bosta e nosso treinador apesar de seus méritos de vez em quando erra, mas está tudo aberto e SEMPRE é melhor ganhar. Avançar de fase. Ir mais longe. Contra o fla no Brasileiro foi 0 a 0. Poderíamos ter perdido mas poderíamos ter ganho. Nosso goleiro é pegador de pênalti. Num mata mata são muitas variáveis. Não podemos é fazer como contra o Avai ou o Barcelona de Guayaquil, mas jogando fechadinho podemos arrancar essa vaga sim. Inclusive contra o fla

Rodrigo Federman disse...

Sim, Rauph. Mas entendo completamente quem não acredite também.
Abs e SA!!!

Rauph disse...

Não acreditar, ok. Mas achar melhor perder???? Ainda mais por medo de enfrentar o fla? Na boa, Rodrigo, lembrei até do Tropa de Elite: TIRA ESSA CAMISA DO BOTAFOGO, VOCÊ NOS MERECE USAR ESSA CAMISA

Rodrigo Federman disse...

Rauph, possa crer. Mas sobre o filme, não entendi. Detesto arte nacional. Nunca vi um filme sequer do Brasil. E pretendo continuar assim. Rs
Abs e SA!!!

Rauph disse...

Rsrs, eu explico: No filme, durante o treinamento de formação pra oficial do BOPE, um dos aspirantes faz uma besteira e o Capitão pega ele, da dois tapas na cara e diz: "Tira essa camisa, você é moleque, não merece usar essa farda"

Óbvio que nunca ofenderia um irmão de camisa o chamando de moleque, ou o agrediria com um tapa, mas quando li aquele comentário deu vontade de mandar tirar a camisa. Já vi o Botafogo massacrar o flamengo no Maracanã (6x0). Nunca, jamais, em hipótese alguma, o Botafogo deve temer o lixo da Gávea.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Rauph.
Abs e SA!!!