quarta-feira, 14 de junho de 2017

Pontos que farão falta




Vitória e Botafogo ficaram no 2 a 2 (Bruno Silva, duas vezes), em Salvador.

Outro empate com um certo gostinho de derrota para o GLORIOSO, afinal, depois de um bom primeiro tempo e abrir 2 a 0 nos 45 minutos iniciais, o time voltou sem a mesma pegada e praticamente cedeu o empate aos baianos.

Soma-se a mudança de postura com uma mexida equivocada do técnico Jair Ventura, que ao invés de proteger o fraco Arnaldo, preferiu tirar o Matheus Fernandes e reinventar Gilson como meia esquerda. Uma alternativa que já foi tentada várias vezes...
...e fracassada em todas.

Além disso, o Botafogo tem um jogador que pensa diferente (mesmo que ainda não esteja na sua melhor forma física e precisando de ritmo), mas incrivelmente só entrou em campo quando levamos o empate e o time estava perdido.

Não pode o Botafogo continuar desperdiçando pontos assim. Farão muita falta no final da temporada. Principalmente porque temos um elenco limitado e disputamos três competições no segundo semestre.

Agora, não pode também, o treinador errar e/ou insistir em alguns casos que foram testados e comprovadamente não funcionam.

Desculpem, mas não vai dar para ter uma noite de sono agradável depois desses dois pontos jogados no lixo. Em situação alguma, admito começar ganhando por 2 a 0 e deixar o adversário igualar o marcador como foi hoje: Com erros táticos e mudança de postura.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 2 Vitória

1- Gatito: Sem culpa nos gols - 6,0

2- Arnaldo: Na boa, não tem futebol para Botafogo - 4,0

3- Carli: Sem um cara firma na lateral direita, até ele sente a diferença - 5,5

4- Rabello: Falhou em uma jogada - 5,5

5- Rodrigo Lindoso: O torcedor dentro de campo. Assiste a tudo bem de pertinho sem se comprometer - 5,0

6- Victor Luís: Volta segura, mas sem brilho - 5,5

7- Rodrigo Pimpão: Boa primeira etapa. Preso demais na segunda - 6,0

8- Bruno Silva: Dois gols e quase um terceiro - 6,0

9- Roger: Um atacante que é de área jogando fora dela... - 4,5

10- João Paulo: Bastante participativo em todos os setores - 6,0

11- Matheus Fernandes: Partida correta. Sua saída matou o time - 5,5

12- Gilson: Entrou e o time piorou - 4,5

13- Montillo: Uma boa enfiada em 10 minutos em campo. Poderia ter jogado mais tempo - 5,0

14- Dudu Cearense: Poucos minutos - Sem Nota

Jair Ventura: Quis reinventar algo que comprovadamente não dá certo e tudo piorou - 4,5

48 comentários:

higor disse...

Pontos que farão falta, isso é certeza.

Esse Arnaldo precisa ser sacado. Joga com 3 zagueiros, improvisa, sei lá... Todos os gols são pelo lado direito.

Atuação bem lamentável do Rabello, perdeu a maioria das jogadas.

Esse time do Botafogo precisa acordar, pois o brasileirão tá começando a afunilar. Provavelmente perderemos as duas próximas, pois são times indigestos pra gente. Não dá pra sequer pensar num novo rebaixamento.

Em tempo, mais um jogo que ficou claro que precisamos de reforços pra frente. Eu não acredito mais no Montillo, o Camilo é inútil e o Roger é um poste.

Rodrigo Federman disse...

Higor, esse Arnaldo não deveria nem ter sido contratado, cara. Jogador de Ituano mesmo.
Abs e SA!!!

Leonardo Valadao disse...

Botafogo pega o Nacional do Uruguai na Libertadores ....gostei

Rodrigo Federman disse...

Sim, Leonardo.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Fanfarroes enquanto não contratar atacantes pra fazer a diferença e jogar com garra vai ficar nesse empata e empata, botafogo parece aquele irmão chato que fica empatando agente kkkkkkk

Celso Ricardo disse...

Arnaldo, Roger,Lindoso, Gilson...
Por favor, sou eu que estou de péssimo humor ou não tem mesmo explicação para o professor escalar Roger, Gilson, Arnaldo e deixar Montillo no banco?
Jair não é o dono do Botafogo. Então, ele que explique o porquê do Montillo entrar só no fim. Porra, se o cara não tem condições pra jogar com o time ganhando de 2 x 0, como pode ter condições de resolver o jogo faltando 10 minutos com um empate e o time completamente desestabilizado?

Fábio Lucas disse...

Botafogo não contrata atacantes... não gostei.

SILVA disse...

Muito puto,Botafogo tem o dom de maltratar seu torcedor,partida ganha,Vitória morto em campo.Time não tem sede de ganhar,é impressionante,se ganhar beleza,se não vencer tá bom também.
Esse Arnaldo definitivamente não é jogador para o Botafogo,péssimo.Jair Ventura é uma nesta,tinha que ter entrado o Montillo em vez do Gilson.
Me desculpe mas pra mim M.Fernandes não jogou nada de novo,mais um desnutrido da base que não está vendo cor da bola no profissional.
Time FDP,me desculpe o palavreado mas fico revoltado.

Anônimo disse...

Vc foi bondoso com Victor Luís. Falhou claramente num dos gols e não fez sequer uma jogada que preste. Esculhambar o Arnaldo e deixar o VL de fora não é uma análise coerente. Abs e sa jorge

Lorismario disse...

Caro Rodrigo. Vou fazer coro com você. Este Arnaldo não joga nada versus nada e ainda mata o Carli pois este tem que sair na cobertura dele. Os dois pênaltis contra o Coritiba - para mim nenhum dos dois foi mas o juiz marcou- foram em bolas que o Carli teve que sair na cobertura do "pode Arnaldo?". Hoje os dois gols foram em marcação errônea do Arnaldo. No primeiro ele parou na jogada. contra o Santos fez duas faltas em sucessão, ambas sem necessidade. Não pode jogar no Botafogo. Dos que temos aí, tem que ser o Marcelo pois o Emerson é lento e o Fernandes não sabe marcar. Pô, joga com três zagueiros mais o Matheus Fernandes, João Paulo, Bruno Silva e Vitor Luis (sabe jogar no meio). Pimpão, Montillo e Roger. O time: Gatito- Marcelo, Carli, Igor- Bruno, João Paulo,Matheus, Vitor Luis. Pimpão- Montillo e Roger. Assim o Marcelo não precisa subir, só marca e não mata o Carli. Com o Pimpão mais recuado e o Montillo - que não sabe marcar- mais à frente.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Fabio.

Celso, fecho contigo. Mas para muitos, parece que o Botafogo deve a sua vida ao JV.

Silva, mesmo sem ter sido brilhante, a saída do MF matou o time de vez.

Jorge, o que não é coerente para você, pode ser para alguém.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Derrotado pela incompetência!
No primeiro tempo o BOTAFOGO marcou bem no meio campo, dominou o jogo e fez dois gols e poderia ter feito mais, devido a as muitas falhas da equipe baiana.
No segundo tempo, o Time volta meio que sentado no placar, sofre um gol logo no início e recoloca o adversário no jogo, mesmo sem pressionar muito.
Um pouco depois da metade do segundo tempo, o “professor” Jair resolve querer aparecer e coloca o Gilson em campo no lugar do Matheus Fernades, deixando o Montillo ainda no banco. Abriu o seu meio campo e foi justamente castigado com o gol empate; com o resultado adverso, colocou o argentino em campo para tentar resolver o jogo. Ainda colocou o D. Cearense no lugar do Bruno Silva.
O fato é que o ataque continua inoperante. O Roger não consegue dominar uma única bola, é fraco nas finalizações e ainda se coloca em impedimento em muitas oportunidades. Já o Pimpão, pouco se movimenta e parece um tanto desconcentrado.
Um outro ponto que deve ser observado é a quantidade de gols que o Time anda levando, justamente porque a zaga tem ficado um tanto exposta em alguns momentos.
Péssimo resultado, pois quem sai vencendo por dois gols de diferença e com um adversário em baixa, jamais pode permitir o empate. O sinal de alerta deve ser ligado, pois mesmo considerando o baixo nível dos adversários, estamos tropeçando nas próprias pernas.

Fernández- Sem culpa nos gols. Uma observação que faço são algumas rebatidas e tiros de metas mal feitos. Nota 5,0;
Arnaldo- Dos últimos gols sofridos, muitos saíram pelo seu lado. Tem se mostrado fraco no apoio e na marcação e não faz nada melhor do que quem jogou improvisado no setor. Nota 4,0.
Carli- Quando joga desprotegido, fica em dificuldades no combate direto. Nota 5,0;
I. Rabello- No mesmo nível do Carli. Nota 5,0;
Victor luis- Partida apenas razoável. Nota 5,0;
Lindoso- Burocrático. Nota 5,0;
B. Silva- Fez dois gols, mas no segundo tempo começou a andar em campo. Pelos gols, nota 5,5;
M. Fernandes- Não estava repetindo as suas melhores atuações, mas não era o jogador a ser substituido. Nota 5,0;
J. Paulo- O melhor do meio campo., ajudou à marcação e organizou o jogo. Nota 6,0;
Pimpão- Estático e alheio ao jogo. Caiu muito de produção. Nota 5,0;
Roger- Quando a bola chega aos seus pés a jogada não tem prosseguimento, sempre mal colocado não se antecipa aos poucos cruzamentos feitos e ainda aparece muitas vezes em impedimento.
Nota 4,5

Gilson- Se mal joga de lateral, não pode ser opção no meio campo. Entrou e nada fez. Nota 4,0;
D. Cearense- Entrou quase no final do jogo e pouco apareceu. Sem nota
Montillo- Ainda sem ritmo, não pode ser opção para entrar em jogo algum depois do Gilson.
Se é a contratação mais importante e está liberado para jogar, não pode ficar no banco. Nota 5,0.

Jair Ventura- Mais uma vez foi mal nas substituições. Sabedor que o forte do BOTAFOGO é a marcação no meio campo, não fazia sentido algum ter colocado o inoperante Gilson no meio campo. Assim, perdeu o setor e por pouco não perdeu o jogo no placar, já que pelas circunstâncias, esse empate vale o mesmo que uma derrota
Tem muita necessidade de aparecer e se “recusa” a fazer o simples em muitas ocasiões.
Essa meritocracia dele é muito benevolente com alguns jogadores. Nota 4,0.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Loris, aí falam que o clube não tem dinheiro. Até aí, ok, mas acham absolutamente normal e aceitável trazerem esses Arnaldos da vida, gastando - de péssima maneira - o pouco dinheiro que temos. Se é para o setor de (des)inteligência trazer Arnaldo, melhor deixar o Emerson improvisado. Aliás, estava bem melhor.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Neílton começou o jogo tentando se criar pra cima de VL. Não conseguiu e foi lá pra esquerda porque viu que Arnaldo é uma "baba".
Essa é a diferença. Minha visão, respeito quem pensa ao contrário até porque VL não é grande coisa.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, essa meritocracia do professor é a maior falácia da terra. heheheh
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Celso, vi a mesma coisa. E o JV, pago para isso, foi incapaz de dar um jeito.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

4,5 pro Jair? Tá de brincadeira Rodrigo, esse cara fez o time perder uma vitória fácil, se existe um responsável por esse empate, esse alguém é o Jair.

Anônimo disse...

Terço final mexeu mal. Matheus até tava jogando bem. Montillo demorou a entrar. Bruno saiu não sei porquê. Roger não pode ser titular mesmo não tendo sombra. Altera então a forma de jogar. O Bruno já vem fazendo gols então bola uma forma de aproveitar essa qualidade dele já que não tem artilheiro. Arnaldo responsável pelo primeiro gol por querer cavar uma falta brasileira na defesa (JUMENTO). Terço final sempre fala que estuda antes os adversários então como pode ser surpreendido?
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Ivo, fui o mais benevolente possível com ele, pois tem gente que diz que persigo o professor Guardiola injustamente. Hahaha
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

"– O sentimento é de derrota. Fizemos um grande primeiro tempo, mas acabamos vacilando, dando os gols para o Vitória. Sabemos que o Brasileiro é difícil, tem de estar ligado o tempo todo. Tem que tirar lições. Time que faz 2 a 0 fora de casa não pode ceder o empate assim, tem que vender um pouquinho mais caro, mas o time do Vitória também está de parabéns. Mas estamos no caminho certo, vamos buscar a vitória em Chapecó"
Roger, "o Porta-Voz" do Botafogo.
Cacete, estamos no caminho certo?
O Vitória está de parabéns?
Se não contratarmos 2 atacantes, continuaremos a ser figuração.
CEP tem que impor a escalação de Montillo, jogador mais caro em atividade no Botafogo.
A intenção de JV de manter Roger até o fim, fica visível pelo banco.
Mas está tudo bem...

Marcio disse...

O CEP acabou de falar no Fox Sports que o perfil das contrações serão no sentido da característica do BOTAFOGO, onde o coletivo se sobrepõe ao individual.
Ou seja, saber jogar futebol não será característica primeira na avaliação.
Se o jogador não faltar aos treinos, for bom de grupo, correr nos treinos e nos jogos, que se dane a qualidade técnica.
Ele ainda disse que não vai trazer grandes nomes, jogador de impacto...
O que queremos é quem saiba jogar futebol, Presidente. JOGAR FUTEBOL!!!
Para terminar, não sou contra manter as contas em dia, óbvio, mas mesmo com as contas em dia uma Organização pode estagnar ou até diminuir.
SA!!!

Celso Ricardo disse...

Time com Arnaldo, Lindoso, Roger e JV no comando, só pode esperar figuração.

Rodrigo Federman disse...

Jacob, a máscara do Guardiola impede ele reconhecer os erros. Impressionante. Foi muito mal hoje.

Celso, mas tem quem se contente. Acredite.

Márcio, em outras palavras: O setor de inteligência continuará descobrindo novos Arnaldos e Gilsons por aí.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Estamos a 3 pontos da Zona Maldita e jogamos com a Chape, na casa deles...
Mas está tudo bem, como planejado.
Já são 22 anos...

Rodrigo Federman disse...

Celso, confiemos naquele que tira leite de pedra. Rs
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

JV muito mal hoje?
Rodrigo e demais, desafio a qualquer um encontrar neste quase um ano de Botafogo cinco, cinco partidas onde a vitória veio tranquila contra algum time da série "A".
Temos uma das melhores zagas do Brasil e excelentes volantes e esta porra do JV consegue fazer o Botafogo levar a média de 1 gol por jogo.

Rodrigo Federman disse...

Celso, eu estou tranquilo, pois reconheço o mérito que ele tem e os números, mas desde a ótima sequência do ano passado eu tenho sido um dos maiores críticos do JV. Para mim, um técnico mediano, muito dependente da sorte (e que bom que ele tem muita) e que ainda precisa comer muito feijão com arroz para ser considerado o que é por muitos.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Quero ver o jair ventura assumir sua culpa do empate o maior culpado e ele. Cade o brenner, Luciano, thiago Ribeiro, kleber gladiador, Milton caraglio, caicedo, Aylon, lucca, Willian pottker, carlos auzqui, viatri, robinho, Jorge Ortega, Neilton, marinho é cade ou quede???

Marcio disse...

O problema é o desejo de aparecer, se colocar como grande estrategista.
E não é a primeira vez que isso acontece; não vamos nos esquecer daquele jogo frente ao Barcelona, Equador, por exemplo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fabio, de nada adianta sair especulando tantos nomes, cara. Se torna chato e cansativo para quem lê aqui sempre.

Marcio, é a tal máscara que eu falo desde o ano passado.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,repito a minha máxima preferida:"TÉCNICO NÃO GANHA JOGO,MAS AJUDA A PERDER OU EMPATAR,COMO HOJE".
Jogo mole,contra um time fraco e o TDM o que faz? Tira o MATHEUS FERNANDES,que jogava bem para colocar o GILSON.Depois faz mais duas substituições e mantém o INÚTIL POSTE,que não consegue dar prosseguimento a qualquer jogada,somente pelo fato de que foi ele o responsável pela vinda dessa mala sem alça.
O TDM acredita nesses idiotas das TVS,que ficam falando um monte de besteiras sobre ele, resolve ser INVENTOR,e sempre se dá mal.
Que sina a nossa,quando não é arbitragem é o treinador que entrega dois pontos mole mole,haja saco.
Quando o TDM vai entender que NÃO PODE,NÃO DEVE E É INACEITÁVEL começar uma partida com o POSTE de titular.Ele só pode entrar,por total falta de opção,no segundo tempo,caso o time tenha que jogar no abafa.Será tão difícil perceber isso?Não seria mais louvável e correto,improvisar escalando o MONTILLO com o PIMPÃO ou até um garoto qualquer?
Mais uma na conta do cara que pensa ser o que não é.Por favor JV,faça o simples,você não tem N opções,mas porque escolhe sempre as piores.Quer aparecer,coloca uma melancia na cabeça quando dirigir o time.Será engraçado para muitos,você aparecerá bastante e talvez não atrapalhe o time.JOTA.

Marcio disse...

Vendo as atuações do Arnaldo, inevitável não lembrar que o CEP disse que o Maicon não tinha o perfil desejado. Tudo bem que o Maicon estava há tempos parados e tudo o mais; entretanto, se o Maicon não tinha o perfil, o Arnaldo muito menos.
E o pior, mesmo jogando em clubes considerados menores, o Arnaldo chegou ao BOTAFOGO com a titularidade garantida.
SA!!!

Ana disse...

Gostei do Lindoso e do João Paulo

Rodrigo Federman disse...

Jota, o problema maior é que tem muito torcedor que colocou e ainda mantém o professor nesse patamar que ele não tem. Aí já viu, né? Difícil tirar a máscara, afinal, é tratado como milagreiro.

Márcio, isso evidencia o nível de exigência do atual Botafogo. Uma pena.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ana, do JP eu concordo. Do Lindoso, juro, eu praticamente nunca noto a sua presença em campo.
Abs e SA!!!

Ivan disse...

Deixar Lindoso jogando e montillo no banco é dose! Fora que quando o "Mito" voltar terá sua vaga garantida. Fora esse ataque com Roger. Sei não, mas não duvido que o montillo perdeu a titularidade nesse time. Desesperador.

Rodrigo Federman disse...

Ivan, o mais preocupante é ouvir do próprio professor que o MITO é titular absoluto do time. Alguém está sentindo falta do MITO?
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Bom, não vi o jogo. Fui fazer algo de mais útil.
No domingo, meti o pau na arbitragem, mesmo tendo em conta a rematada limitação do time. Contra o Coritiba, dois foram os fatores que fizeram com que perdêssemos dois pontos, a saber, a desastrosa atuação de Sua Senhoria, o soprador de apito, e uma bola que o Montillo perdeu na cara do gol.
Hoje, pelo que li até agora, o único responsável pela perda de mais dois pontos (três empates equivalem a duas derrotas...) foi o próprio Botafogo, atrapalhado pelo treinador (o JOTA está coberto de razão quando diz que esses caras não ganham jogos, mas ajudam a perder).
Ainda irritado com os roubos de domingo, resolvi dar um tempo. Mas não é só por isso. Enquanto esse tal de Roger entrar em campo, recuso-me a ligar a TV ou ir ao Niltão e o mesmo vale para o tal de Arnaldo (e Maicon à disposição no meio do caminho...).
E para dizer tudo de uma vez, começo a achar que o JV está com o prazo de validade vencido.
Levi.

Marcio disse...

Rodrigo, não me espantaria se descobrisse que todos estão satisfeitíssimos com a boa temporada. Acreditando que por causa de todo o contexto passado, as boas campanhas valem título.
Em 2016, mesmo com a Libertadores se oferecendo na bandeja, o discurso era de que o objetivo era fugir do rebaixamento.
Não vamos nos esquecer que disseram que a conquista da séria B era um título nacional que não vinha há 20 anos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Levi, você não viu o jogo, mas em minha opinião, acertou em cheio no comentário.

Márcio, tenho certeza disso. Outro dia eu li o Lopes se vangloriando de termos chegado na final do Carioca nos dois últimos anos. Chegar em final de estadual virou sinônimo de comemoração e excelente campanha.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Acredito que meus janeiros está pesando a experiência de muitos anos de Botafogo e procuro o máximo não ser injusto e não criar ou perseguir jogadores.
Vamos ao jogo, um primeiro tempo primoroso e um segundo tempo onde falhas individuais comprometeram o resultado, como a parte física deixou um pouco a desejar e não por incompetência de uma maratona de jogos desgastantes,clube que mais jogou em 2017 até agora com um plantel bem limitado, onde tinha o veloz e esforçado Guilherme que faz uma falta tamanha e absurda para segundo tempo nos últimos jogos e claro embora a maioria não reconheça a falta do Camilo, depois que saiu não ganhamos mais, coincidência claro que não é muito importante na equipe.
Gilson, jogou muito bem na última partida e o meio campo quem acompanha esse jogador não é
novidade, mais o time caiu de rendimento físico no segundo tempo.
Não coloco culpa no treinador, que não conta com um jogador de velocidade, exceto o Guilherme e colocar a culpa no técnico é mole.
Como falei acima, pela minha experiência já não embarco nessa canoa de ficar procurando culpado e o Jair tem um baita crédito, com esse time atual do Botafogo.
Com todas nossas dificuldade só perdemos uma partida nas últimas cinco, assim mesmo com a juizada fazendo a diferença,hoje o resultado não foi bom, porque o time ganhava de 2 x 0 e deixamos empatar, mais a vida segue.
Começamos o ano com Pimpão e Roger e opções do Sassá e Guilherme não estamos contando com nenhum dos dois e procurar colocar culpa no técnico é mole.
Peço que respeitem minha opinião de discordar completamente das suas.

Marcos Antonio

Rodrigo Federman disse...

Marcos, não precisa pedir permissão para discordar, companheiro. Sendo educado, opiniões são sempre respeitadas. Eu, por exemplo, discordo bastante do seu comentário. Mas, claro, respeito.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Só para servir de informação, o BOTAFOGO fez 33 jogos em 2017 e o Vitória fez 37..
Os jogadores do BOTAFOGO que mais atuaram, estão na faixa dos 25 jogos, um pouco a mais, um pouco a menos.
Dos mais assíduos, Pimpão chegou aos 25 jogos, João Paulo aos 24 jogos, V. Luis aos 24 jogos, Roger aos 26 jogos e o B. Silva aos 24 jogos. Não se pode esquecer que não está contemplado os minutos em campo, já que em muitos dessas jogos, podem ter entrado ou saído do jogo com o mesmo em andamento.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ótimas informações, Márcio. Bom que serve para acabar com essa de cansaço como desculpa para tudo. Aliás, essa história já encheu o saco.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sim, Rodrigo.
Até porque tivessem vencido os últimos jogos, estariam dizendo ser excelente a preparação.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Márcio.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

O que me deixa chateado Rodrigo, não é os pontos que perdemos fora de casa, perder ou empatar faz parte, mas quando vemos que esses jogos, eram jogos fáceis que poderíamos vencer facilmente, da muita raiva, santos pedia pra perder, ontem vitória pedia pra perder, isso é que dá raiva.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Ivo. E isso nos obriga a conquistar os pontos que, no início, "calculamos" como "aceitáveis" de serem perdidos ao longo do campeonato.
Abs e SA!!!