domingo, 18 de junho de 2017

Letal no contragolpe















Enfim, voltamos a vencer no Brasileirão.

O Botafogo fez 2 a 0 (Roger e Pimpão) na Chapecoense, em plena Arena Condá. 

Excelente para espantar a fase irregular, somar os três pontos e se considerarmos a dificuldade que é enfrentar os catarinenses em Chapecó.

E depois de abrir 2 a 0 na última quarta-feira e permitir o empate do Vitória, dessa vez fomos inteligentes e não deixamos o adversário crescer ou assustar muito. Triunfo justo e construído da maneira que esse Botafogo mais sabe atuar: Na base dos contragolpes.

Foi assim que abrimos o marcador com o Roger.

Aliás, apesar do gol, mais uma vez ficou nítido que precisamos de outro homem de área. Se tivéssemos um atacante razoavelmente bom, poderíamos descer para o intervalo com uma vantagem ainda maior.

Menos mal que hoje não fez falta e conseguimos sacramentar o resultado no segundo tempo, após bobeada da defesa da Chape.

Dois gols de vantagem, foi só atuar fechado, cozinhar a partida e tentar uma ou outra escapulida. Fizemos tudo isso, nos dando ao luxo de ainda desperdiçar pelo menos duas boas bolas que poderiam ter garantido os três pontos com goleada.

Mas tudo bem, hoje, o mais importante era vencer.

Fizemos o dever de casa...
...fora de casa.

Que venha o Vasco!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 0 Chapecoense

1- Gatito: Perfeito em todos os lances, encaixando e não dando rebotes - 7,5

2- Arnaldo: Ainda não consigo ver nada que justifique sua titularidade - 5,5

3- Carli: Boa partida - 6,5

4- Rabello: Seguro e firme - 6,5

5- Rodrigo Lindoso: Simples, sem aparecer e nem comprometer - 6,0

6- Victor Luís: Andou levando umas bolas nas costas, mas depois acertou a marcação - 6,0

7- Rodrigo Pimpão: Tático, atacou e defendeu o tempo todo. E ainda marcou um gol - 6,5

8- Bruno Silva: Outro que correu muito, criou e quase marcou - 7,0

9- Roger: Um gol dado de bandeja. Fora isso, alguns lances patéticos - 4,5

10- João Paulo: Não repetiu as suas últimas boas apresentações - 5,5

11- Matheus Fernandes: Importante na marcação e ainda arriscou subidas - 6,0

12- Montillo: Entrou como falso atacante. Aos poucos vai ganhando ritmo. Criou duas boas jogadas - 6,0

13- Guilherme: Correria pelo lado esquerdo - 6,0

14- Dudu Cearense: Poucos minutos em campo - Sem nota

Jair Ventura: Hoje não complicou. Agora precisa apenas pensar em sair com o Montillo desde o início dos jogos - 6,0

54 comentários:

higor disse...

Rodrigo, toda vez que desconfio do time no post pré-jogo ele vai lá e vence. Dá sorte fazer isso hehe.

Vitória maiúscula do time, venenoso nos contra-golpes.

O Montillo precisa ter mais tempo pra mostrar algo, pois em dois lances já deu pra ver que é um jogador diferenciado. Roger infelizmente não dá mais. Se for pra jogar com um poste desses é melhor mudar o esquema.

Gernaldo Silva disse...

Lembrando que das 8 partidas, fizemos 5 foras de casa, estamos em sétimo com com todos os desfalques. Mérito do JV que mantém o time muito bem treinado.

Saudações Gloriosas.

Fábio Lucas disse...

Falta 10 jogos e 1 empate para agente ganhar no Brasileiro agora.

Celso Ricardo disse...

JV arrumou muito bem o time em campo. Fechou o lado do Arnaldo e o maior crédito da vitória de hoje foi do treinador.
Quanto ao Roger, não pode nem ser reserva do Botafogo.
É um desrespeito ao torcedor.

J. Daniel disse...

Finalmente vencemos, mais no entusiasmo do que pela técnica. Ficou comprovado, não temos centroavante. Fez um gol que nunca poderia perder. Um dos melhores em campo, mais uma vez,foi o Bruno Silva, Gatito ótimo e os dois zagueiros Alvinegros , também, foram bem e o empenho do Pimpão, vale destacar. Pela Chape, o Apodi deu muito trabalho, pela correria que arrumou pelo lado direito, quase marcando,não fosse a grande defesa do nosso goleiro.Vitória oportuna. Avante Fogão!!!

Rodrigo Federman disse...

Hahaha. Eu também, Higor. Sempre que fico muito preocupado com um jogo, esse time se dá bem. Parece proposital. rs

Gernaldo, mérito maior dos jogadores, pois dentro de campo, são os que vencem.

Ok, Fabio.

Celso, sim. Mas mesmo assim, ainda não vejo como esse Arnaldo pode ser titular, se não faz nada diferente do que já fizeram Marcelo e Emerson, quando improvisados.

J.Daniel, com um atacante razoável, nossa situação seria outra já. Pena que esse atacante, ao que tudo indica, não virá.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Excelente vitória e com a sensação que poderia ser ainda mais folgada.
Primeiro tempo onde o jogo foi equilibrado, com o BOTAFOGO jogando dentro de suas características e assim chegou ao seu gol.
Os espaços encontrados pelo BOTAFOGO ocorreram principalmente às costas dos laterais adversários, que avançam simultaneamente e de forma constante; a velha ofensividade insana do Mancini. Nesse sentido, pecou o BOTAFOGO na organização e conclusão dos contra-ataques, o que poderia ter proporcionado uma diferença maior no placar.
No segundo tempo o jogo inciou-se igual ao que foi no primeiro tempo e o segundo gol do BOTAFOGO conteve um pouco o ímpeto dos catarinenses. Aliás, o segundo gol saiu em uma boa jogada pela ponta direita, onde o cruzamento do Arnaldo encontrou o Pimpão, bem posicionado e que contou com a sorte para marcá-lo. Depois disso, o BOTAFOGO reduziu o rimo, pareceu sentir um pouco a parte física, e mesmo assim ainda desperdiçou uns contra-ataques.
Em resumo, o BOTAFOGO se apresentou muito bem na parte defensiva e pecou um pouco na parte de criação e em não aproveitar os espaços cedidos pelo adversário. E quando o Jair não inventa, as possibilidades são sempre maiores.

Fernández- Muito boa participação. Fez uma grande defesa e foi muito seguro nas demais ações quando chamado. Nota 6,5;
Arnaldo- Ainda acanhado, dessa vez posicionou-se um pouco melhor na defesa e fez o cruzamento para o gol do Pimpão. Nota 5,0;
Carli- Partida muito segura, venceu a maioria das disputas. Nota 6,0;
Igor Rabelo- No mesmo nível do Carli. Nota 6,0;
V. Luis- Fez uma partida regular, embora o Apodi tenha lhe dado, por causa da velocidade, muito trabalho. Nota 5,5;
Lindoso- Boa partida no tocante à marcação, protegeu melhor a entrada da área. Nota 6,0;
M. Fernandes- Tem qualidade e mostra muita capacidade de evoluir seu futebol. Ajuda na marcação e já começa a se apresentar nas jogadas ofensivas. Nota 6,0;
B. Silva- Boa partida, principalmente no primeiro tempo. No segundo pareceu ter sentido a parte física. Nota 6,5;
João Paulo- Fez uma boa partida, mesmo que melhor na ajuda defensiva. Nota 6,0
Pimpão- Fez o seu gol, iniciou a jogada do primeiro e ainda auxiliou muito o V. Luis na marcação.
Esteve concentrado no jogo o tempo todo. Nota 6,5;
Roger- Fez um gol e “só”. Coloca-se quase sempre em impedimento e não consegue dar prosseguimento a jogada alguma. Já que a brincadeira é para fazer gol e somente por isso, nota 5,0.

Montillo- Nitidamente fora de ritmo de jogo; entretanto, continua sendo o único que passa a sensação que pode fazer algo diferente com a bola nos pés. Nota 5,0;
Guilherme- Entrou no lugar e na mesma função do Pimpão. Fez um jogo aceitável. Nota 5,0
D. Cearense- Entrou no jogo praticamente antes do apito final. Sem nota.

Jair Ventura. Mesmo considerando que levou apenas três atacantes para o jogo e que “poderia” ter iniciado com o Montillo entre os onze iniciais, fez um bom trabalho; principalmente não inventando nas substituições. Nota 6,0.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, o melhor que o JV é não inventar. Hoje, foi o que fez. Sorte nossa. rs
Abs e SA!!!

jorge luiz vieira disse...

Esse Gatito não me deixa ter saudades do Jefferson....sinceramente, mesmo no seu auge(Jefferson) eu manteria o paraguaio como titular.

Fabão disse...

Po, Rodrigo. Arnaldo fez o cruzamento do segundo gol...

Sergio Di Sabbato disse...

Bem postado dentro de campo no 1º tempo e sem modificar a maneira de jogar no 2º e ia bem até fazer o 2º gol, depois cozinhou o jogo, mas mesmo assim poderia ter ampliado o placar. O JV conseguiu acertar a marcação no lado direito e hoje o Arnaldo até que foi razoável, dando inclusive o centro para o 2º gol. Boa vitória principalmente se levando em conta que ganhar lá em Chapecó é complicado. T
ivesse o Botafogo não se desconcentrado tanto contra o Vitória com certeza teríamos 2 pontos a mais na classificação. Destaques para Gatito, BS, JB, MF, Pimpão e da zaga.
Aliás, tirando o Roger achei que os outros cumpriram bem o papel em campo. Voltado ao Roger, realmente é dose, apanha da bola, se posiciona mal, atrapalha os ataques pois sempre se coloca em impedimento, enfim, é fraco, só não é sanguessuga. Se tivéssemos um atacante minimamente qualificado poderíamos sonhar um pouco mais alto. Abs e SB!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo.
No futebol, quanto mais simplicidade, melhor. Esse negócio de técnico querer inventar e sair como o bom, quase nunca dá certo.
Futebol é composição, recomposição, minimização de defeitos e maximização de qualidades.
E sem essa de que o Jair "tira leite de pedras", pois quando o Time caminhava para o rebaixamento no brasileiro de 2016, também diziam que o R. Gomes ordenhava as pedras; o Jair assumiu e ajudou o BOTAFOGO a chegar em 5° lugar.
Claro que o Jair tem mérito, mas sem exageros. Todos tem as suas parcelas nos resultados, sejam bons ou ruins.
SA!!!

Anônimo disse...

Boa noite.
VENCEMOS VENCEMOS isso que importa. Subiremos degrau por degrau. Crítica não vou fazer
já fizeram nos comentários acima.
Abs SA.

Ivo Santos da Costa disse...

Gattito: Monstro
Carli: Monstro
Bruno Silva: Monstro
Rodrigo Pimpão: Monstruoso
Jair: quando não inventa é um Lobo Zagallo.

Anônimo disse...

EM TEMPO.
WAYNE.

Gernaldo Silva disse...

Não tirei o mérito dos jogadores, Rodrigo.

Rodrigo Federman disse...

Jorge, eu não. Auge por auge, sou mais o Jeff.

Fabão, minha avaliação é do jogo todo. Ele é fraco. Se fosse assim, ninguém poderia criticar o Roger hoje. Fez gol.

Sérgio, o bom foi que não mudamos a postura e atenção no segundo tempo. Foi uma partida bem legal.

Isso, Marcio. Mais técnicos, menos professores.

Ivo, isso que é empolgação. Rs

Valeu, Wayne. Deixei o comentário porque você assinou no segundo.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

OK, Gernaldo. Eu apenas disse que, em minha opinião, mérito dos jogadores que se superam. Até porque, já dei a minha opinião sobre: aplaudo o JV no que diz respeito à gestão do grupo e montagem do padrão tático, mas na parte técnica, ainda não vejo tantas coisas. Enfim, opiniões.
Abs e SA!!!

Francelino Bouéres disse...

Gostei! Vencemos com autoridade em Chapeco. Levando em consideração que o nosso universo apresenta inúmeras dificuldades, principalmente, na qualidade técnica do elenco, todavia esse mesmo elenco em jornadas importantes , desde o início da temporada encontra disposição e determinação e realizam bons jogos como o de hoje. Basta não inventar! Ter consciência de nossa fragilidade técnica, acredito que com esse elenco não dará para mudar o nosso sistema tático com os três marcadores no meio-campo até o fim da temporada. Gostei muito , hoje, de Gatito , da dupla de área, de Matheus e de Pimpão. Roger é um caso para psicólogos estudarem, fez um gol, porém deixou escapar uma bola bisonhamente na linha de fundo, uma coisa difícil de aturar, porém... Vamos que vamos pra cima do Vasco. SDS Botafoguenses.

Rodrigo Federman disse...

Francelino, eu diria que foi mais na inteligência do que propriamente na autoridade.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,o amigo censurou a Msg que enviei pela manhã,rsrsrs ? Deve ter acontecido algum problema.....
Na Msg informava que não assistiria a partida pois estaria embarcando uma das filhas e netos.
Sugeri que o JV não inventasse e colocasse desde o início,o PIMPÃO e o MONTILLO ou GUILHERME,afinal é o que possuímos no momento.ROGER,só no desespero.
Sobre o jogo não posso falar,só depois de assistir o tape poderei dar uns pitacos.
De qualquer forma,feliz com a vitória.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Não, Jota. O que censurei foram mensagens anônimas. A sua não veio.
Abs e SA!!!

Fatos disse...

Arnaldo deu assistência pro gol do Pimpão. Não lembro do Emerson dando assistência

Zabumbeiro de Zona disse...

Hoje o Arnaldo foi bem. Merece nota 7 pelo cruzamento certeiro para o gol do Pimpão.

Pedro disse...

JÁ VIRAM MELHORES MOMENTOS DOS JOGOS DO LONDRINA NA SÉRIE B?....VÃO VER E COMPROVEM A MOVIMENTAÇÃO E PRESENÇA DE ÁREA (E OS GOLS) DO JONATAS BELUSSO..... SE ELE JOGASSE NO BOTAFOGO HOJE TERIA FEITO UNS 3 GOLS

Rodrigo Federman disse...

Não achei, Zabumbeiro.

Pedro, ainda não vi jogos do Londrina.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Bom, Fatos. Ok, mas ainda assim mantenho a opinião.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Vou repetir o que escrevi em um Post passado.
Creio que o Montillo deve ser escalado sem compromisso com a marcação; se resguardar fisicamente e ter liberdade total de movimentação nas ações ofensivas.
Ele é o melhor jogador do elenco, pelo menos na teoria, e não é exagero preparar um esquema para que ele possa decidir os jogos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Concordo plenamente, Márcio. E hoje, com total liberdade, deu para ver em uns três lances que dele podem sair os lances diferentes.
Abs e SA!!!

Daniel Cananea disse...

Vou na contra mão daqueles que pedem o Montillo começando. Ele me parece ainda pesado, apesar de ter nitidamente um passe refinado e preciso. E principalmente porque MF vai se soltando. Parece que Jair Ventura, com a enigmática lesão de Camilo, acabou achando a formação ideal (com as peças disponíveis). Mais do que resultado, o time vem mostrando evolução com esse meio campo, em minha opinião. Se não fosse algumas interpretações da arbitragem, poderíamos estar melhor colocados, ter empatado com o Santos fora e vencido o coxa em casa.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Daniel. Eu já tentaria o Montillo livre, liberado...de repente até no lugar do Roger. Só não concordo em deixar o melhor jogador do grupo de fora.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Espero que o Camilo não volte tão cedo. Vai sair quem? O MF, espero que não. O RL? pode não ser o ideal, mas protege bem a defesa, então Camilo, fica no DM. Aliás, só tem um lugar para ele, no do Roger. E olhe lá. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, não há espaço para Camilo mais. Essa é a melhor das confirmações. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Jair Ventura:

"Mais leve com a vitória?
Externamente, sim. Internamente, não. O grupo estava leve, sabia que vínhamos jogando bem. Não tinha essa pressão. Continuamos leves. A gente sabe que no futebol precisamos do resultado. Mas que trabalha com performance avalia a performance e não o resultado..."

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/jair-destaca-fim-do-jejum-de-vitoria-e-comemora-quebramos-mais-um-tabu.ghtml

Sobre avaliar a performance e não o resultado, não se discute que quem joga bem, de forma organizada, está mais próximo da vitória; entretanto, o resultado não pode ser ignorado, pois ele está intrinsecamente ligado à relação entre a eficiência e a eficácia.
SA!!!

Eziel Junior disse...

Saudações alvinegras amigos do cantinho. Sobre o jogo de hoje não posso deixar de falar do nosso querido atacante Roger... Hoje esta mais do que claro que esse sujeito não pode nem sequer fazer parte do elenco é ruim demais... Uma mexida interessante do Jair eu vi hoje foi colocar o Montillo pra jogar junto com Pimpão lá na frente. Os dois bem entrosado com o Camilo jogando no meio campo acredito que seria a melhor formação pra esse time com esse atual elenco. Vejo muitas pessoas pegando muito no pé do Camilo mais cara Roger é uma piada de muito mau gosto.

Vitor José Biolchi disse...

Faço também meu este comentário, que resume, com justiça (e com paixão e reconhecimento):
Ivo Santos da Costa disse...
Gattito: Monstro
Carli: Monstro
Bruno Silva: Monstro
Rodrigo Pimpão: Monstruoso
Jair: quando não inventa é um Lobo Zagallo.

Anônimo disse...

Jair Ventura, fez a sua sexagésima partida a frente do Botafogo, com um dos melhores aproveitamentos dos últimos anos de técnicos que passaram pelo Botafogo.
São 30 vitórias 12 empates e 18 derrotas.
Salário da série A de técnico um dos mais baixo,contrariando a mascara dos professores, só Osvaldo Oliveira o Botafogo chegou a pagar 400 mil reais mensais e 300 mil ao titio Joel.
Perde jogador todo dia e se reinventa perdeu os 03 meias Montijo,Camilo e Leandrinho.
Perdeu Luis Ricardo colocou Marcelo,Emerson Santos e o Bravo Arnaldo.
Perdeu Aírton colocou Rodrigo Lindoso e ninguém está sentindo falta.
As contratações sempre com jogadores medianos e o seu trabalho não cai de rendimento,incrível será que é sorte.
Dizem que a sorte só acompanha os competentes.

Araujo

Rodrigo Federman disse...

Márcio, "performando" me parece ser a "meritocracia" da vez. Hehehe. Pela segunda rodada seguida, empregou tal classificação. Rs

Eziel, não vejo o Camilo em posição alguma nesse time.

Valeu, Vitor.

Araújo, sorte tem relação com competência sim. Mas existem aqueles que têm mais sorte do que os demais, independente da competência.

Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Vejo Camilo melhor que Lindoso...

Marcio disse...

É verdade, Rodrigo. O momento é de "performar".

E observe os elogios que ele fez ao Pimpão:

"...Mas o Pimpão é um jogador extremamente tático e joga muito em função do time. Mas ao mesmo tempo, é atacante. Então, quando ele não faz os gols, é cobrando injustamente. Ele joga para equipe e ainda fez o gol. Hoje ele teve uma noite maravilhosa. Parabéns ao Pimpão pelo compromisso tático com a equipe, não tem vaidade e conseguiu marcar bem o Apodi, o que é muito difícil."

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/jair-destaca-fim-do-jejum-de-vitoria-e-comemora-quebramos-mais-um-tabu.ghtml

Posso estar enganado, mas o Jair deixa nas entrelinhas que Pimpão não é um atacante que ajuda eventualmente na marcação e sim que é um marcador que eventualmente ataca. "Mas ao mesmo tempo, é atacante"; "Ele joga para equipe e ainda fez o gol".
Esse não é um defeito do BOTAFOGO e sim do futebol; do futebol dito moderno.
SA!!!

Ivan disse...

Pior que acho que não querem colocar o Montillo de início para que não tome a vaga do "mito". Fico pensando, de onde tiraram isso. Até no twitter oficial do clube o chamam assim.
Não está fazendo a menor falta.
Sobre o jogo, que susto quando o Bruno caiu e pareceu ter se machucado.

Pix disse...

Rodrigo Lindoso: 30 passes realizados, 30 passes certos.

Paulo Fernando disse...

Pra mim o melhor jogo do Botafogo no CB até agora. O time todo foi bem e não consigo ver nenhum destaque negativo o que é um sinal de equilíbrio. Dá gosto e impressiona a capacidade que o Jair tem de reinventar o time apesar das contusões, mantendo a naneira de jogar. Quem entra consegue manter o padrão. Destaque final ao Bruno Silva que tem jogado muito e hoje não foi diferente e a dedicação tática do Pimpão e sua boa técnica hoje.

VinnyMarques disse...

Como é bom quando o Jairdiola não inventa...
Bela partida de Carli, Bruno Silva e Pimpão.
Menção honrosa pro Lindoso, que fez o seu sem errar passes.
Pimpão deitou e rolou em cima do estabanado Apodi, bem marcado por VL e Mateus. Do outro lado, Bruno Silva comandava as ações.
Eu li gente exaltando o Arnaldo. Eu dei graças por que o Apodi joga pela direita, pq se jogasse pela esquerda, levaríamos outro baile. E daí que "fez o cruzamento pro gol do Pimpão"? Foi errado, o zagueiro deu uma bisonhada e o Pimpão estava lá pra conferir. Tico e Teco. Muita força e pouca inteligência. Deve ser irmão do Guilherme...
Enfim. É só o Jairdiola não fazer as cagada costumeira que o time sabe como jogar. Isso é fato. Quando inventa, desmonta o esquema é dá m...
Boa vitória fora, pra subir na tabela e dar moral pro clássico.

Leonardo13 Germano disse...

Rodrigo, bom dia!

Botafogo é muito bem treinado. Minhas impressões:
Precisamos de dois atacantes. Um camisa 9 titular e um atacante de velocidade.

Montillo medíocre é titular sobrando. O cara é diferenciado e não se esconde. Ele bem fisicamente, vai melhorar demais nosso meio campo. Veja que não falo na parte técnica nem em teR o Montillo do Cruzeiro de volta. Esse que jogou ontem bem fisicamente, já será ótimo.

Guilherme, com toda ruindade, faz muita falta ao elenco. Ele representa um importante escape e dá um novo gás ao ataque.

Para Libertadores, dois atacantes serão muito importantes.

Luis Ricardo volta a jogar futebol? Marcos Vinicius não foi apresentado ainds pq?

Abraços!



Rodrigo Federman disse...

Eu não, Eziel.

Hahaha. Márcio, você matou o tema do post de daqui a pouco e que já deixei escrito desde ontem. Isso me chamou a atenção também.

Ivan, também temi quando o BS caiu se contorcendo de dor.

Pix, quantos desses não foram laterais e de 1 metro de distância?

Paulo, os caras sabem como se comportar em campo. Isso é fato.

Vinny, faço minha a sua avaliação do Arnaldo. Concordo plenamente.

Leonardo, o LR ninguém sabe. Impressionante. 1 ano parado já. O MV, parece que também chegou machucado.

Abs e SA!!!

MARIO DO PARÁ disse...

bom dia
Estou em estado de graça. Vencemos na ARENA DO CHAPE. E, somamos mais tres pontos isso
é importante, pois fomos GARFADOS em outros jogos em que deveríamos ter vencido ou empatado,mais as "FORÇAS OCULTAS" não deixaram.
O ROGER estava aonde deveria estar,afim de fazer o GOL.Mas mesmo assim os seus críticos não o perdoa. Até ontem ele e mais o do ITUANO ao meu JUÍZO atuaram melhor do
que em outras partidas. Vamos vê se repetem essa PERFORMANCE. PIMPÃO que peça importante no esquema do JAIR. Agora o DUDU CEARENSE me fez ter calafrios, sempre a primeira BOLA ele entra como fosse o esfomeado ao prato de comida e Faz falta sempre levando perigo ao nosso GOL. Deveriam alertá-lo nisso.
Saudações Alvinegras.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Mário.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Esse Roger é muito ruim. Não dá sequência a 99% das jogadas e é um "artilheiro" de poucos gols. Observem que na jogada do primeiro gol ele se coloca em posição de impedimento tirando a opção de passe do Pimpão para ele. Como sempre...

Rodrigo Federman disse...

Celso, ele se posiciona mal a beça.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Roger faz no botafogo o que muitos não conseguiram fazer gols.

Rodrigo Federman disse...

Só faltava ter perdido o de ontem, Fábio...
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sobre o Lindoso, avaliei o seu jogo de forma positiva, dei-lhe nota 6,0, inclusive.
Já sobre ter conseguido 100% de aproveitamento nos passes, mesmo que não seja considerado ruim, óbvio, não pode ser considerado excelente se não for avaliado o grau de dificuldade.
Da mesma forma que alguns passes feitos são considerados como erros e na verdade foram interceptados pelo adversário, por este ter feito uma boa leitura do lance.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

É isso mesmo, Marcio. Futebol é muito mais do que leitura superficial de números estatísticos. É preciso avaliar o contexto, etc.
Abs e SA!!!