domingo, 11 de junho de 2017

Vacilos e erro da arbitragem





Depois da derrota na última quarta-feira, o Botafogo voltou ao campo na manhã desse domingo e empatou em 2 a 2 (Roger e Carli) com o Coritiba.

Diferente dos dois últimos jogos, hoje foi em casa, com quase 20 mil torcedores.

O que vimos?

Bom, nada muito diferente do que quase sempre comentamos aqui no CB: Um time brioso, elenco limitado, padrão tático bem definido, mas, mesmo assim (e aí é uma opinião pessoal), sem jogadas ensaiadas e/ou mudanças na forma de atuar durante os 90 minutos.

Mas claro que hoje eu destaco também o erro clamoroso na marcação do segundo pênalti a favor do Coritiba. No primeiro eu concordei, mas no outro...um absurdo. 

Só que não esqueçamos também que, pela terceira rodada seguida, o Botafogo perdeu um gol feito, cara a cara com o goleiro adversário. Foi o Roger contra o Flamengo, Pimpão diante do Santos e agora a pouco, o Montillo. Ou seja, pelo menos cinco pontos que deixamos para trás em um campeonato tão nivelado.

Agora não tem outro jeito. É recuperar contra o Vitória, quarta-feira, lá na Bahia.

Por ora, um empate não muito animador ou empolgante, com problemas que tem sido rotina na temporada.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 2 Coritiba

1- Gatito: Dois gols sofridos em penalidades máximas - 6,0

2- Arnaldo: Não me convence. É fraco. Principalmente na marcação - 4,5

3- Carli: Um pênalti bobo. Compensou com um dos gols - 5,0

4- Rabello: Boa partida - 6,0

5- Rodrigo Lindoso: Aquele primeiro volante que só cerca, mas deixa espaços - 5,0

6- Gilson: Toda hora eu acho que ele vai se enrolar nas próprias pernas. Limitadíssimo - 5,0

7- Rodrigo Pimpão: Errou tudo - 3,5

8- Bruno Silva: Lento e sem a vibração habitual - 4,5

9- Roger: Fez um gol, se atrapalhou em outros lances, mas teve mais presença ofensiva - 5,0

10- João Paulo: Apesar de alguns pequenos vacilos, foi quem mais apareceu atrás e na frente, buscando jogadas - 6,0

11- Matheus Fernandes: Estava desligado - 4,5

12- Montillo: Visivelmente sem ritmo, ainda perdeu um gol imperdoável - 4,5

13- Renan Gorne: Estreia na fogueira. Nada fez - 4,5

14- Wenderson: Discreto - 4,5

Jair Ventura: No jogo passado, o Pimpão estava melhor que o Roger e ele tirou o Pimpão. Hoje a situação estava diferente e ele mexeu, de novo, errado - 4,5

80 comentários:

Gernaldo Silva disse...

O Botafogo é um dos poucos times nacionais que tem um padrão tático bem definido... Mesmo jogadores que não tem futebol, entra e o time continua competitivo!

Triste pelo resultado.

Abc

Rodrigo Federman disse...

Sim, Gernaldo. Isso eu concordo. Ainda assim, acho que falta mais trabalho técnico, jogadas, variações, etc.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Esse juiz e candidato a vereador ou deputado em Brasília?

Gernaldo Silva disse...

Mais o JV consegue dar um padrão tático e consistência que há muito não via um treinador fazer por aqui... Não esqueçamos dos 12 desfalques.

Sobre a falta de jogadas, também​ compartilho da crítica, mesmo achando que o Montillo estando em plenas condições pode tentar algo diferente, inclusive jogadas.

Tiago Almeida disse...

Rodrigo pelo menos há algo de positivo nesse jogo as estreias de Wenderson e Renan Gorne é pra não esquecer o Igor Rabello é um baita de um zagueiro.

VinnyMarques disse...

Que as p#$@ não tenham mais filhos, e se tiverem, que não sejam árbitros pra não apitarem os jogos do Botafogo.
Que arbitragem de merda.
Matheus Fernandes jogou nada, Lindoso Idém, Bruno estava de ressaca da cachaça da noite anterior... E nosso ataque continua a perder gols inacreditáveis. Pimpão foi um lixo e o Roger, tudo bem... Fez um gol, mas perdeu mais umas 5 oportunidades.
Arnaldo, não marca ninguém é sobrecarrega o Carli, que é lento.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Fabio.

Gernaldo, mas faltam jogadas ensaiadas, variações, alguma coerência a mais em mexidas, melhor observação dos jogos, etc. Padrão tático e comando do grupo ele tem sido ótimo. Mas ainda muitas coisas que eu não vejo no time. E que passam pelo treinador. Ou deveriam passar.

Tiago, pena que no fogo, às pressas e não sabendo aproveitar jogos e campeonatos mais simples e fáceis.

Vinny, é bem por aí mesmo.

Abs e SA!!!

J. Daniel disse...

O time caiu de produção, seja por falta de um plantel mais qualificado, seja pela perca de dois jogadores importantes, Sem Airton e VL, sendo que este retorna em breve, o time perdeu a vibe que o fez continuar na libertadores e na CB. No jogo de hoje, a equipe sentiu a falta de um goleador e o pior, o Carli ainda não se encontrou após o retorno de contusão. Será que não está na hora de testar a formação com três zagueiros, promovendo a entrada de Marcelo? Saudações Alvinegras!!!

Fábio Lucas disse...

Concordo com as notas ai so discordo do Arnaldo e do bruno silva merecia as devidas reclamações sim mas pelo menos nota 5, Bruno Silva defendeu muito bem e o Arnaldo foi o que mais criou quando precisávamos.
Luciano acertou um pré contrato de 3 anos com o botafogo.

Gernaldo Silva disse...

Assino em baixo.

Outra observação: a notícia que o Luciano acertou e que assinou um pre-contrato pra ficar em definitivo. Digo hj, 11/06, esse cara vai fazer um caminhão de gols jogando pelo Botafogo... pode cobrar. Falo isso pelos jogos que já o vi.

Abraços e Saudações Gloriosas

Rodrigo Federman disse...

J.Daniel, o Carli precisa de um companheiro rápido ou bom na marcação ali pela direita. O Arnaldo é péssimo na defesa.

Fabio, acho esse Arnaldo muito ruim,

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Dessa vez eu discordo das suas análises, teve um lance igual ao pênalti o juiz não marcou nada, outro lance foi do Kleber que deu uma cotovelada leve no Pimpão ele deu amarelo, depois houve uma cotovelada essa mais forte, ele não deu nada era pra segundo amarelo e expulsão, outro lance foi com João Paulo último homem era pra expulsão deu cartão amarelo pro nosso jogador, então não foi um erro foram erros de arbitragem.
Discordo que não houve mudanças de postura, houve sim, tanto é que essa postura nos levou ao segundo gol e até a possibilidade de virar.
Acho que o Montillo perdeu o gol, mas não foi um gol tão perdido como os lances do Pimpão e do Roger, dessa vez o goleiro teve mérito
E pra finalizar acho que o Roger merecia uma nota melhor, pelo gol, pela entrega, e pela mudança de posicionamento dele.

Ivo Santos da Costa disse...

Errata: o Carli disse que o primeiro pênalti foi, então se ele disse, então foi.

Marcio disse...

No primeiro tempo o BOTAFOGO teve problemas nas trocas de passes em seu meio campo e também na marcação pelas laterais; assim, o Coritiba aproveitou-se de uma má saída para sair na frente no placar em uma cobrança de pênalti.
Além dos erros cometidos, Pimpão joga muito fixo na esquerda e é mais facilmente marcado; a sua movimentação, em tese, dificultaria a marcação, facilitaria o passe do meio campo e assim poderia surpreender a equipe adversária.
Felizmente, na única jogada bem desenvolvida pela linha de fundo o BOTAFOGO chegou ao empate em um gol de oportunismo do Roger.
No segundo tempo o cenário não foi modificado, os espaços na lateral direita defensiva permaneceram, Pimpão enraizado na esquerda e nulo, erros de passes no meio campo e o ataque desperdiçando as oportunidades surgidas.
Jair ainda colocou o Montillo, Wendeson e Gorne no jogo. O argentino procurou o jogo e não teve competência de definir a partida quando teve oportunidade; os dois jovens não viram a cor da bola.
Fica claro cada vez mais que o setor de criação e o ataque tem baixo aproveitamento das poucas oportunidades surgidas. É preciso melhorar.
Mesmo eu sendo favorável a experimentar os jovens, não deixo de observar que o Jair deixa para dar oportunidades aos mesmos quando o jogo não favorece, seja pelo placar adverso ou caráter decisivo. Se os jovens nessas condições forem bem, dirá que a preparação foi ótima; se não, dirá que ainda não estão preparados. Não duvido que surgirá comentários do tipo: “Por isso que o Gorne não recebe oportunidades”.
Para finalizar, não posso deixar de observar a participação decisiva da arbitragem, pois marcou uma penalidade inexistente para o Coritiba, permitiu inúmeras faltas da equipe paranaense e não adotou o mesmo critério em lances de choque dentro da área do Coritiba. E quando o BOTAFOGO poderia partir para tentar virar o placar, chamou a parada técnica, isso aos 30 do segundo tempo.
De todo o modo, tivemos chances de sair com os três pontos, em que se registre a arbitragem.

Fernández- Boa participação quando exigido, Nota 6,0;
Arnaldo- Deixou muitos espaços na parte defensiva e pouco cria no ataque, Nota 4,0;
Carli- Saiu na cobertura do Arnaldo e cometeu dois pênaltis, o segundo inexistente. Fez um gol e fez uma partida regular. Nota 5,0;
Rabelo- Seguro na defesa, mais uma boa partida. Nota 6,0;
Gilson- Se deixou espaços na defesa, fez o cruzamento para o gol de empate do Roger e deixou o Montillo na cara do gol. Nota 5,5;
Lindoso- Demasiadamente burocrático, nada tenta, nada erra. Nota 4,0;
Matheus Fernandes- Abaixo de partidas anteriores. Muitos erros de passes, ao menos não se esconde do jogo. Nota 4,0;
B. Silva- Errou muito, embora não tenha se escondido. Abaixo de outras jornadas. Nota 4,0;
João Paulo- O melhor do meio campo. Articulou jogadas ofensivas e ajudou muito na marcação. Peca às vezes pela lentidão e por isso é desarmado. Nota 6,0.
Pimpão- Fixo na esquerda e completamente alheio ao jogo, errou praticamente tudo o que tentou. Nota 3,0.
Roger- Limitado. Teve 5 oportunidades de finalização, fez um gol, obrigou o goleiro a fazer uma defesa e finalizou mal nas outras três. Aproveitamento baixo. Pelo gol. Nota 5,0.

Montillo- Ainda sem ritmo de jogo, procurou se movimentar e servir de opção para os companheiros, perdeu uma oportunidade de gol que não se pode admitir. Nota 5,0.
Wenderson- Não viu a cor da bola. Por ser o primeiro jogo, não darei nota.
Gorne- Também não viu a cor da bola. Por ser o primeiro jogo, não darei nota.

Jair Ventura- Não corrigiu o problema de marcação na lateral esquerda e sofreu os gols com jogadas saídas por este setor. Creio que entre sacar o Roger e o Pimpão, o segundo estava péssimo no jogo e deveria ser o escolhido. No mais, o mesmo problema de sempre; problemas na criação, baixo aproveitamento do ataque e escanteios e faltas sempre cobrados de forma muito ruim.

SA!!!

Juliana F. disse...

O botafogo hj comecou desligado com muitos erros na saída de bola e o primeiro pênalti veio através disso uma saída errada e o carli por ser um zagueiro muito bom e lento e acabou cometendo pênalti..
Mas hj podemos dizer que o juiz interferiu no resultado pois o segundo pênalti não ocorreu e o lance do João Paulo foi pênalti para o botafogo pq ele foi puxado sim..
O botafogo não fez uma partida primorosa mais merecia ter saída com a vitória hj..

Daniel BFR disse...

Devo ter visto outro jogo.
Arnaldo um dos melhores em campo, roubando bolas na defesa, e incisivo no ataque, com ultrapassagens e ótimo cruzamento.
Não comparo aquele lance do Montillo com os do Roger e do Pimpão. O argentino finalizou bem, mérito do Wilson.
Muito pior (e mais parecido) foi o lance do JP, que saiu livre na cara do goleiro e ao invés de finalizar preferiu tentar cavar uma falta. Inadmissível. Porém, ainda assim, o avalio como nosso melhor jogador hoje.


SA!

Silva disse...

Jogadores perdendo gols feitos todos os jogos e o juiz nos roubando a 3 jogos seguidos,aí fica difícil.Mateus Fernandes,como já tinha dito,fraco hoje,esses meninos carecem ainda de consistência.Montillo,o nosso craque,jogando nada,e o que foi o Pimpão hoje?Não pode perder ponto em casa para o Coritiba.
Cuidado pois o abismo do z4 é logo ali.

Ezaú disse...

Não adianta contratar medalhões que não estão interessados em jogar pelo BOTAFOGO. A vontade desse elenco e o aproveitamento da base será suficiente para fazer um bom papel no Campeonato Brasileiro. A realidade é que não temos um grande elenco para aspirar esse título do futebol Nacional. A Copa do Brasil e a Libertadores, acho que vale a pena sonhar porque são torneios curtos e esse time tem o jeito de saber jogar mata a mata.
Também não dar para esquecer que o time, mesmo a despeito de ter um número de jogadores lesionados, vem mantendo a regular caminhada, apesar da falta de entrosamento por conta dessas ausências.
Infelizmente, no teu blog, o torcedor falando mal de Lindoso, JV e outros menos afortunados, terão sempre a tua concordância e a de outros participantes.

WAYNE disse...

Bom dia.
Falar o quê, Mesmice com novidade da prata da casa fazendo honras. O Jair atendeu os
reclamos dos técnicos de plantão nos blogs e colocou as esperanças infundadas, pois não fizeram nada, desculpe, esqueci as jogadas bisonhas. Não citarei os nomes pq não precisa, ruindades tem ficar no anonimato.
Seu MONTILLO, perder o GOL PQP. Estrada longa esqueceu que era só avançar mais pouco chutar no CONTRAPÉ. JOÃO PAULO tem sempre bolas roubadas pelo adversário é um hábito que dá dó de ver. Ao menos ressurge um jogador de área ROGER, ARNALDO torço para que
o JAIR invente outra contratação e o mande para o BANCO.
Terei que almoçar uma comida leve, pois o empate em casa, deixou-me bem triste.
Abs SA

Francelino Bouéres disse...

Infelizmente, não pude assistir ao jogo.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, eu só discordei do segundo pênalti. No mais, não faria muita coisa diferente da arbitragem não. Sobre postura, não falei que não houve mudança. Me referi a posição, arrumação, tática. Variações zero.

Boa análise, Marcio. É isso que me preocupa: Que as pessoas achem bom um cara que nada erra (como você falou do Lindoso), mas sem atentar que ele nada cria, pouco faz. Sobre o JV, tô contigo. Foi mal na troca dos atacantes. Como também já havia sido no jogo passado.

Juliana, concordo a respeito do segundo pênalti ao favor dos caras.

Daniel, eu não sei qual jogo que você viu. Eu vi o das 11h, no canal 721 (da NET). Não termos as mesmas impressões não quer dizer que um viu certo e o outro errado. Apenas opiniões contrárias. Nada além disso.

Silva, ainda prefiro o MF ao insosso e burocrático Lindoso, que praticamente é um torcedor dentro das quatro linhas.

Ezaú, eu não peço para ninguém concordar comigo, companheiro. O faz quem quer. Assim como quem quiser discordar, se for respeitoso, terá o mesmo tratamento e espaço. Agora, quem se sentir ofendido quando eu disser que não gosto do futebol do Lindoso e/ou que não considero o JV tudo isso que muitos pintam (e apresento sempre meus motivos), não posso fazer nada, né? Só não deixarei de opinar.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Wayne, o time acordou um pouco tarde.

Francelino, foi uma partida mediana do Botafogo. Mas no contexto geral, foi legal de ser assistida.

Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Gostei do jogo. A derrota para o Santos machucou mais.

Rodrigo Federman disse...

Enéias, achei os dois resultados ruins.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

O que eu reclamo Rodrigo são das decisões confusas do arbitro, tudo bem o primeiro foi pênalti, mas acho que o lance fosse fora da área ele não marcaria, como teve um igual e ele não marcou, no lance que ele deu cartão amarelo ao Kleber eu não daria cartão, ou teria dado cartão ao Kleber e a Pimpão, pois depois teve uma cotovelada mais forte do Kléber no Matheus e ele não deu nada, foi essa falta de critério que me irritou no arbitro, nem tanto o pênalti mal marcado, pois o jogador conseguiu enganalo direitinho.
L

Rodrigo Federman disse...

Entendi, Ivo. Apenas acho que eu faria diferente dele, apenas a marcação que deu no segundo pênalti. De resto, acredito que faria parecido.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,normalmente não falo sobre as arbitragens,mas hoje baixarei o nível do Blog,dizendo que esse FDP que apitou hoje é igual a maioria,ou seja,SAFADO,MAL INTENCIONADO e LARÁPIO DO APITO,PORTANTO SEU CANALHA VTNC.Por que não fazem o mesmo contra os lixos paulista e carioca? Desculpe a grosseria,mas logo de início percebi que ele estava a fim de roubar descaradamente.
Hoje consegui ouvir por alguns minutos a transmissão do PPV,pois o locutor é engraçado e diferente dos demais.Entretanto,com dez minutos de jogo,aguentar o babaca do LOFREDO torcendo contra e distorcendo o que acontecia,mandei ele também ir TNC e tirei o som.
Quanto a partida,BEOCUTAS.As minhas são as seguintes:
1.o ROGER movimentou-se razoavelmente bem durante os 45 minutos iniciais,o problema é que ele é ruim demais,o famoso empata foda.
2.gostei hoje dos dois laterais,particularmente do GILSON,que jogou bem.O BS jogou muito mal e o MATHEUS FERNANDES também não foi bem.O LINDOSO,para variar,foi útil ao time,mas poucos reconhecem,fazer o que.Idem para o JP.O MONTILLO será que entrará em forma algum dia ?
Encerro parabenizando os atletas alvinegros e lembrando sempre que sem atacantes com um mínimo de qualidade,fica difícil conseguirmos voos maiores.Hoje não criticarei o JV,pois realmente não tinha ninguém melhor para escalar e não INVENTOU.JOTA.

Fábio Lucas disse...

https://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/atuacoes-fn-arnaldo-e-roger-sao-os-melhores-matheus-fernandes-e-gorne-vao-mal/
Agora o botafogo precisa de 12 vitórias no Brasileiro, sera que o Cep tera que entra processando esse juizinho também.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Jota. BEOCUTAS. Eu já não gostei dos laterais e continuo sem ver toda essa utilidade do Lindoso. Sobre o JV, acho que mexeu mal no ataque.
Abs e SA!!!

Fábio Lucas disse...

Botafogo 11 faltas coritiba 24 faltas sem contar a cera do time deles, sera que as contratações terminou no Luciano?

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Fábio.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

O Jair reclamou da falta de opções.
" Estamos chegando na parte mais importantes com menos jogadores. No momento mais decisivo estamos com menos jogadores. Eu tinha Sassá e Joel e hoje só tenho o Roger..."

"- Eu tinha 11 meninos relacionados. Se eu tivesse o Alecsandro o colocaria, mas ele joga com a camisa do Coritiba. Roger é o nosso único atacante e resolvi preservá-lo. Ele corre, cansa e optei por isso. Não posso ficar 90 minutos sem fazer uma substituição. Enquanto não tivermos nossos jogadores mais experientes em condições, vou colocar os meninos."

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/jair-ventura-cobra-vitoria-em-casa-e-destaca-utilizacao-dos-garotos-contra-o-coxa.ghtml

Sem Sassá e Joel... Tudo bem que o Jair tem o direito de "reclamar", mas na minha modestíssima opinião, Joel não faz falta alguma.
Entretanto, estamos na metade do mês de junho e não faltaram jogos valendo três pontos, principalmente no carioca, para que o Jair colocasse o Gorne, o Wenderson e outros para avaliar a capacidade.
Quando teve a chance, não o fez, no caso do Gorne, alegando que não estava preparado e tudo o mais; só que não deixou de dar oportunidades ao Tanque, que jamais mostrou um rendimento mínimo em campo.
Agora, que somente tem o Roger, como ele mesmo disse, resolve dar a chance ao Gorne.
O que mudou tão repentinamente nos treinamentos para o Gorne ter ultrapassado ao Tanque?
Não retiro nada do que escrevi sobre o aproveitamento do Gorne e de outros da base; tem de colocar nos jogos valendo três pontos para ver o que vai acontecer; "Treino é treino, jogo é jogo".
Só que embora o número de contundidos seja absurdamente grande, a possibilidade que isso ocorresse não poderia ser totalmente descartada; assim, se há uma coisa que o Jair não pode reclamar é de oportunidades para testar esses jovens em jogos oficiais, pois insistiu em demasia com jogadores inoperantes como Tanque e Joel.
SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma
Considerei hoje uma boa partida.
Várias melhoras individuais (Arnaldo, JP, Gilson e Roger) e uma piora incrível (Pimpão).
O time chegou com mais combinações ao ataque. Mas, continuou perdendo muitos gols.
Com o Montillo voltando, e o Camilo melhor fisicamente, creio que a articulação tende a melhorar.
Considerei a melhor partida do JP no Botafogo. Foi visível a melhoria da troca de passes na intermediária, que estava sendo um dos pontos fracos do time. Ainda levamos contra-ataques gerados por viradas de jogo mal executadas (jogada que deve ser evitada no campo de defesa) e por um vício típico de jogador brasileiro, que é, estando de costas pro gol adversário, tentar girar sobre um ou dois adversários (na Europa, quem recebe de costas atrasa para um companheiro de frente, gira e corre pra receber de frente pro gol adversário).
Pequenos ajustes.
Pimpão foi horroroso. Acho que o excesso de jogos o está prejudicando. Hora de ganhar um repouso bancário...
paulo, de POA

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Márcio. E ainda tenho um algo mais sobre esse tema, mas já deixei programado para o post de amanhã, ok?

Paulo, não gostei dos laterais. Mas concordo sobre o Pimpão, que foi muito mal.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Não vi o jogo mas os melhores momentos. Tudo bem que o ataque perde gols, mas quando a arbitragem inventa um penalti pro adversário fica difícil. Eu DUVIDO que esse FDP, LARÁPIO, SEM VERGONHA (TÁ CERTO JOTA, tem que baixar o nível com um soprador canalha como esse) desse algum dois dois penaltis conta os mulambos, gambás ou os porcos. DUVIDO. Nem o 1º ele marcaria e quando o JP foi puxado pelo zagueiro se fosse um dos citados, não só daria o penalti como expulsaria o zagueiro pór ser o último homem.
É inacreditável como a arbitragem no país é vergonhosa. Em 10 partidas da LA não me lembro do Botafogo ter sido prejudicado, talvez um erro ou outro mas nada que interferisse o resultada. Nem jogando na casa do adversário os juízes cometeram erros absurdos. Esse papo de não reclamar de arbitragem é um absurdo. Tem que reclamar, o que não pode é deixar um FDP como esse roubar o Botafogo e dentro do seu próprio estádio.
Se por um lado o ataque perdeu gols imperdíveis, como aquele do Montillo, por outro correr atrás do resultado com uma lua dessas fica difícil, daí a minha revolta com esse soprador. Caramba, já são 3 jogos com erros absurdos de arbitragem no brasileiro e mais aquele da copa do brasil. Alô diretoria, tem que fazer pressão igual fazem mulambos e outros.
Taticamente o time está bem, mas a falta de qualidade e a queda de rendimento de alguns jogadores é muito prejudicial ao time. Concordo que falta variações e jogadas treinadas, mas isso leva tempo. Como dizia o Saldanha: para se entrosar um time levca tempo, para se destruir basta um instante.
Meu caro Waine, julgar um garoto que entrou e jogou pouco tempo e achar que não joga nada é no mínimo imprudente. Não sei qual é a sua idade, mas se você visse os começos do Furacão, do Roberto Mirando, provavelmente ficaria decepcionado. O PC Cajú por exemplo, que arrebentou na sua estréia, numa final contra o América, no carioca de 67 não jogou nem a metade do que dele se esperava. Eu sempre costumo e não me canso de repetir o caso do Carlos Alberto Santos, que em 88 eu gostaria de vê-lo longe do Botafogo, mas foi um dos principais jogadores em 89. Vamos com calma, pois tirando Pelé e Garrincha, que às vezes jogavam mal, pouquíssimos jogadores conseguiram arrebentar ou virar craque da noite pro dia. O Neymar é um exemplo: subiu ao profissional cedo e voltou para os juniores e depois cresceu. Calma, futebol não é uma ciência exata e nem sempre se consegue jogar bem, ainda mais começando no fogo. Abs e SB!

Ivan disse...

Espero que o jv escale o Montillo no lugar do Lindoso na próxima rodada. Ritmo de jogo só pega jogando. Os caras ganham uma fortuna pra isso. Melhor um Montillo pegando ritmo do que um Camilo.

Sergio Di Sabbato disse...

Eu não entendo as críticas ao JP, tem sido um dos melhores do meio. O Pimpão foi mal, principalmente porque quando não ajuda o lado direito a coisa complica, e os dois lances de penalti saíram por ali.' E no ataque foi nulo, mas acho que do jeito que corre em outros jogos um dia bate o canssaço.
Falam muito bem do junior Fernando, então porque não experimentá-lo. O MF jogou mal, mas tem bola,afinal como escrevi anteriormente, nenhum jogador é uma máquina perfeita. Se até gênios como Pelé, Messi há partidas que não jogam bem, o que dirá dos pobres mortais. E acredite, tinha jogos que o Pelé não jogava nada e perdia gols. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, até concordo, mas convenhamos que já são 12 meses (praticamente) com o JV. Ele conseguiu dar uma cara tática ao time. Mas ainda não conseguiu treinar lances isolados, variações e continua com dificuldades nas mudanças no decorrer dos jogos.

Ivan, fora de casa, duvido.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Concordo integralmente com o comentário do JOTA. Acrescento que JV teve seus méritos e,com as opções no banco , difícil mudar o panorama do jogo.
O árbitro foi fundamental para o empate.
"...E quando o BOTAFOGO poderia partir para tentar virar o placar, chamou a parada técnica, isso aos 30 do segundo tempo..." Perfeito,Márcio.

Anônimo disse...

Vou dar meu pitaco do jogo.

Achei o Botafogo muito bem, jogando contra uma equipe que está bem e minha modesta analise do Botafogo na partida.

Gatito, quando foi exigido, mostrou ser um excelente goleiro e em ótima fase, nota 7

Arnaldo,sua melhor partida pelo Botafogo, lateral de extrema velocidade, válvula de escape da saída de bola e cruzando bem,nota 8

Joel Carli,foi atabalhoado no único penalty bem marcado, era só cercar, não teria perigo nenhum,nota 5

Igor Rabelo, perfeito acertou quase tudo nota, 8,5

Gilson,ótima partida,se a bola que ele deu açucarada para o Walter Montijo, fosse o inverso seria crucificado, praticamente a bola do jogo e os 03 pontos para o Botafogo e o Walter montijo,perdeu nota 7

Rodrigo Lindoso, só suspeito para falar desse jogador, gosto muito do seu futebol,que não aparece e importante até demais, jogador que dá cadencia ao meio campo, nota 7

Bruno Silva, hoje não esteve bem, para piorar,o soprador de apito, deu um cartão amarelo ridículo, perseguição depois das boladas que ele deu no juiz, principalmente no jogo contra o Vasco, já que contra o Grêmio, não achei proposital nota 4,5

João Paulo, outra boa partida, achei penalty no lance que o cara puxou ele na área, nota 7

Matheus Fernandes,rende melhor na sua verdadeira posição, como segundo homem que é no lugar do Bruno Silva,destoou o meio campo, mal posicionado nota 4

Roger, embora se arrastando nas suas deficiências técnicas é um jogador importante para temporada,hoje fez boa partida nota 7

Pimpão, aquém dos seus melhores jogos, reflexo da derrota contra o Santos que ele foi um dos responsáveis direto, junto com o outro soprador de apito Jailton baiano e a falha do Helton Leite nota 3

Walter Montijo, fora de ritmo conseguiu perder um gool feito e não fez jus, um jogador de 400 mil mensais, não pode perder um gool daquele, que nos daria a vitória e consagrar o Bom Gilson.

Renan Gorne e Wanderson, perdidos ainda e estréia no time principal, sem nota

Jair time bem escalado, exceto a escalação do Matheus Fernandes, fora de sua posição,o garoto não joga naquela posição e com o material humano disponível e coloco a culpa no Walter Montijo e no arbitro que inventou um penalty contra o botafogo.
Só um atento um juiz que é comando por Ana Paula de Oliveira, não pode apitar melhor. nota 7

Juiz péssimo, nota (zero) influenciou diretamente no resultado, junto a ineficiência do W.Montijo, tiraram 03 pontos do botafogo.

Marcos Antonio

higor disse...

Acabei de chegar do RJ.

Não costumo creditar maus resultados a arbitragem, mas hoje o Botafogo foi operado sem anestesia.

Incrível como podemos ser roubados desse jeito nos nossos domínios e ficar por isso mesmo.

Time merecia a vitória, mas como vc disse, precisamos parar de perder essas chances claras. É uma chance por jogo desperdiçada.

Marcio disse...

Rodrigo, esperarei o próximo Post.

Voltando ao Time, não restam mais dúvidas de que todos os jogadores entendem muito bem o esquema tático e cumprem bem as suas próprias funções em campo. Assim, creio que o Jair deve utilizar o pouco tempo disponível para ensaiar as jogadas de faltas e escanteios ofensivos e finalizações.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Celso, mas ele escolheu a saída errada no ataque hoje.

Valeu pela participação, Marcos Antônio.

Sérgio, também prefiro o JP, que não se esconde do jogo ao, por exemplo, Lindoso.

Higor, erro crucial mesmo.

Márcio, concordo contigo.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Rodrigo gostaria de deixar registrado minha satisfação ao ver tantas crianças no jogo do Botafogo e tem invejosos dizendo que nossa torcida está envelhecendo. E a que surpresa a do nosso amigo Botafoguense ao pedir a namorada em casamento hein?

WAYNE disse...

Boa tarde.
Peço mil desculpas,Sergio, pois fiz o comentário por PAIXÃO, mas se notou não citei nomes, só o do ARNALDO, pois já é unanimidade, inclusive pelo RF;. Suas palavras me fizeram voltar ao passado, as lembranças de um BOTAFOGO BRILHANTE que com orgulho vestiu a camisa da SELEÇÃO BRASILEIRA num jogo contra a ARGENTINA, e, mais ainda, jogar contra o time de PUSKAS e KOSCIS a maravilha da HUNGRIA, que com tres lances faziam GOLS. Ví a estreia do GARRINCHA e me admirei com as pernas tortas fazia jogadas que me deixou admirado, pela facilidade. Vi DIDI fazer Gol contra o BOTAFOGO em MADUREIRA como também ARATI bater com vontade, amedrontando, o CAMPEÃO CARIOCA DE 1948 E logo depois ser contratado e vestir camisa da ESTRELA SOLITÁRIA. Vou mais além, as jogadas brilhantes de QUARENTINHA,com seu piques e chutes que fez SÃO CASTILHO goleiro do FLU se abaixar para não ir com a bola para dentro do seu GOL. Num domingo com o mesmo FLU, os zaqueiros PINHEIRO E PÍNDARO caírem no chão pela VELOCIDADE de suas jogadas. DÉCADA DE 60, o BOTAFOGO foi convidado pelo COLO-COLO DO CHILE para um torneio com o SANTOS DO PELÉ. Pela primeira partida vrnceu o SANTOS POR 2x1, o próprio reclamou que havia chegado no dia anterior e pediu REVANCHE, mesmo nã0 valendo para o TORNEIO. BOTAFOGO, aceitou. VENCEU DE 3X0.
Poderia pelas belas jogadas dos craques que jogavam por amor ao CLUBE, discorrer mais. Mas lhe agradeço me fazer ter estas LEMBRANÇAS. Meu domingo melhorou.
Em tempo: O Time: OSWALDO GERSOM E SANTOS(ECICLOPÉDIA) RUBINHO AVILA E JUVENAL PARAGUAIO GENINHO PIRILO OTAVIO BRAQUINHA. CAMPEÃO DE 48.
Saudações Alvinegras.

Marcio disse...

Celso, a "fora de propósito" parada técnica esfriou o jogo; ela normalmente ocorre entre os 20, 25 minutos, ou seja, metade do tempo legar de jogo.
Com 2/3 do segundo tempo corrido eu jamais ví. Que subida de temperatura houve para justificar a parada somente no segundo tempo?
Absurdo!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Muito legal mesmo, Ivo.

Tranquilo, Wayne.

Márcio, desnecessária aquela parada mesmo.

Abs e SA!!!

higor disse...

Bem lembrado pelo amigo Marcio. A parada técnica veio logo depois do gol perdido pelo Montillo. Cheguei a comentar com um amigo na arquibancada: esse assoprador está claramente mal intencionado, pois escolheu justamente um momento de pressão do time para parar o jogo.

Marcio disse...

Dos sete jogos a serem feitos antes do primeiro jogo das quartas da Copa do Brasil, já enfrentamos Flamengo (f), Santos (f) e Coritiba (C); Restam Vitória (f), Chapecoense (f), Vasco (c), Avaí (c).
Fizemos apenas dois pontos em nove disputados nesses confrontos. E pensar que poderíamos ter um aproveitamento de 100%; oportunidade não faltou.
Precisamos iniciar a recuperação na próxima rodada.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Foi uma hora indevida mesmo, Higor. Esfriou o time.

Urgente, Márcio. De quarta não pode passar.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Bem como muitos disseram Matheus foi muito mal, Bruno idem aliás nossos três volantes foram mal
Não acho que essa tenha sido a melhor partida do João Paulo na armação, pra mim, contra o santos ele foi melhor.
A única coisa que eu tenho a dizer sobre o Arnaldo, é que um lateral não pode errar tantos cruzamentos como ele errou, foi pra isso que ele foi contratado.

Sergio Di Sabbato disse...

Pois é Waine, depois disso meu domingo piorou, e sabe por que? Porque o Botafogo era uma potência e circunstâncias externas e muitas, mas muitas externas quase destruíram esse gigante assim como o futebol brasileiro. Não é mole não assistir esse monte de jogadores atuais e ver o Botafogo sempre fazendo papel de coadjuvante principalmente por causa dos seus próprios dirigentes. Abs e SB!

Daniel BFR disse...

Rodrigo, eu vi o jogo realizado no Estádio Nilton Santos, do setor Sul, hoje 11 de Junho, às 11h. Jogo em que Arnaldo, Roger e João Paulo foram os melhores. Ou menos piores.


GATITO - 6,0
Sem muito trabalho no jogo, não teve culpa nos gols de pênalti. Soltou uma bola fácil e fez duas defesas difíceis

ARNALDO - 6,0
Desafogo do time, mostrou velocidade e ímpeto pelo lado direito. Vem melhorando.

CARLI - 5,0
Imprudente nos pênaltis - o segundo não foi), compensou parte se lançando ao ataque e empatando o jogo.

IGOR RABELLO - 5,5
Melhor zagueiro do Botafogo nas últimas partidas, manteve a personalidade e firmeza

GILSON - 5,5
Foi bem no jogo. Marcou firme, atacou e cruzou bola do primeiro gol. Deu ótimo passe para Montillo perder.

RODRIGO LINDOSO - 5,5
Ponto de equilíbrio do time, organizou o time de trás e marcou bem

BRUNO SILVA - 5,0
O empenho de sempre, mas desta vez sem o mesmo destaque ofensivo. Levou cartão amarelo.

MATHEUS FERNANDES - 4,5
A bola pareceu queimar em seus pés em alguns lances. Tem mais a apresentar

JOÃO PAULO - 6,0
Melhor mais recuado do que como armador, lutou o jogo todo e mostrou qualidade com a bola

RODRIGO PIMPÃO - 4,5
Muita entrega, porém pouca efetividade. Vem devendo na produção e conclusão das jogadas

ROGER - 6,0
Brigou sozinho na frente, fez gol, criou oportunidades e abriu espaço.

MONTILLO - 4,5
Ainda fora de forma e de ritmo, criou poucos lances, e perdeu o gol da vitória

WENDERSON - 5,0
Arisco, se apresentou para jogar e acertou passes. Fechou o lado direito.

RENAN GORNE - 3,0
Muito pedido por parte da torcida, não justificou a fama construída por bons jogos na base. Levou cartão, fez faltas bobad e não parou a bola na frente.

JAIR VENTURA: 5,0
Começou com 4 volantes e, quando o time estava perto de vencer o jogo, fez alteração errada: estreou dois garotos (Wenderson e Renan Gorne). O Botafogo perdeu força e parou de atacar.

JAIR VENTURA: 5,0
Começou com 4 volantes e, quando o time estava perto de vencer o jogo, fez alteração errada: estreou dois garotos (Wenderson e Renan Gorne). O Botafogo perdeu força e parou de atacar

Rodrigo Federman disse...

Ivo, e que tivesse o mínimo possível de cacoete defensivo. Muito fraco lá atrás.

Isso mesmo, Sérgio.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ok, Daniel. Vimos o mesmo jogo então. Cada um, de uma maneira. E as duas, corretas.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

No momento, mesmo com as críticas que eventuais feitas ao Jair, não podemos esquecer da inoperância do Departamento de futebol/Inteligência em dar jogadores em condições de resolver minimamente.
A responsabilidade do Jair é menor do que a do Antonio Lopes e do Cacá Azeredo. Maiores os cargos, maiores responsabilidades e maiores cobranças.
SA!!!

Fábio Lucas disse...

Bolsonaro assistindo jogo do botafogo pode isso arnaldo?
Alem disso p.u no c. do juiz ladrão porrada é solução não podemos deixar mais barato para esses fdps, teve dois lances além do pênalti que poderia definir o jogo gol do bruno silva que ele anulou roubando e no impedimento do Matheus Fernandes vamos matar esses juizes.

Rodrigo Federman disse...

Márcio, mas ele também tem, pois faz parte do tal setor.

Fábio, contra totalmente o que você falou de violência.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Rodrigo, o certo é "muitas internas". Abs e SB!

Marcio disse...

Sim, Rodrigo, não diminuo a parcela do Jair. Só que mesmo ele fazendo parte do departamento, não é o responsável maior. O trabalho do Jair está na alça de mira, mais fácil de ser elogiado e/ou criticado, conforme os resultados vão acontecendo.
A minha sensação é de que os responsáveis ficam torcendo para o Jair encontrar as soluções para o Time, sem que eles próprios precisem se movimentar.
Não vamos nos esquecer que em 2016 o Time estava indo para o buraco e o Jair somente assumiu porque o São Paulo, felizmente, contratou o Ricardo Gomes.
Como o Jair conseguiu bons resultados, os números estão aí, dizem que tinham convicção no trabalho do Jair; só que quando demitiram o R. Simões em 2015, não tiveram convicção para colocá-lo no comando e conduzir o Time, que liderava na Série B, de volta para a Série A.
Como em 2016, estão contando com o imponderável.
SA!!!



Sergio Di Sabbato disse...

Escrevi que o juiz jamais marcaria o 2º penalti e até o 1º se fosse contra o merdengo. Hoje, ficou provado que a arbitragem pro lixo é uma, prá nós é outra. Nunca vi juiz anular um penalti esperando comunicação com quem via o replay do lance. Isso não é proibido no c brasileiro? A coisa chegou a um tal escracho que ficas difícil acreditar em campeonatos aqui. Aliás, o exemplo vem de cima , que o diga os bandidos do tse. Abs e SB!

Ivo Santos da Costa disse...

Acho esse Jair engraçado, quanto o jogador não tá jogando porra nenhuma ele deixa, quando o cara tá jogando bem ele tira, vai entender, será isso a tal meritocrácia.

Andreia Costa disse...

Amigos, boa noite!

Não vejo o resultado de forma apocalíptica. Esse mesmo time ano passado era aquele que se portava como favorito à série B.

E apresentamos uma consistência razoável. Peguemos o custo benefício desse time e veremos que não estamos mal.

Uma pena a arbitragem tendenciosa e escrota. Mas quem aqui se lembra a última vez em que fomos tão prejudicados e conseguimos um empate tão ombrioso2?

Fogão! Acho que teremos boas coisas esse ano.

Andreia e Leo.

Rodrigo Federman disse...

Sergio, só não fico surpreso, pois aqui, como você mesmo disse, é Brasil. Ou seja, uma zona completa.

Claro, Marcio. Maior não, mas ele também indica e, acredito, avaliza. Mas óbvio que quanto mais alto o cargo, maior a responsabilidade. Darei meu pitaco amanhã.

Ivo, por isso eu digo que acho que o JV, na maioria das vezes, lê os jogos com dificuldade.

Andreia, longe de ser um resultado apocalíptico. Ninguém disse isso também. De todo modo, acho que já passou a hora de virarmos a chave desse discurso de "orçamento, ano passado...". Não pode servir de muleta eterna e para tudo.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Estava assistindo ao Bate-Bola, ESPN, e falaram do jogo no final do programa, até aí tudo bem.
O problema é que passaram os gols e elogiaram o inicio de campeonato do Coritiba...
Quando falaram do gol do Carli, disseram que era gol de centroavante e o Jorge Nicola disse que é um bom zagueiro e que hoje não foi bem.
Até perguntarem ao Mauro Cezar Pereira, que de pronto destacou a influência do árbitro no resultado, ao assinalar a inexistente penalidade máxima, ainda espinafrou o Henrique que se achou no direito de provocar à Torcida.
Quer dizer que o Nicola "viu" o Carli jogar mal e não observou o pênalti inexistente?
E se o Mauro Cezar não falasse, iria passar batido, pois o apresentador nem mencionou alguma "dúvida" quando do lance passado.
SA!!!

Celso Ricardo disse...

O time de Ribamar,Gegê,A. Aquino,RF entre outros tinha grande chance de cair sim...

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Márcio.

Sim, Celso.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Já está na hora, dessa diretoria,colocar as barbas de molho com as arbitragens,não gosto de dirigente omisso,basta o Assunção.
São 03 partidas consecutivas que as arbitragens está fazendo a diferença,gool mal anulado do Pimpão na Ilha do Retiro,que podia ter tirado o time da Copa do Brasil.
A falta inexistente que o Jailton Baiano apitou para o Santos,que nos custou a derrota e o penalty inventado a favor do Coritiba, que decidiu o jogo.
São 04 pontos perdidos no Brasileiro,com as arbitragens sendo o vilão principal.

Marcos Antonio

Lorismario disse...

Hoje foi dia do FDP do juiz. Nenhum dos dois foi pênalti. Não vou dizer que o primeiro foi pois nitidamente o jogador se atirou nos dois. O que foi mais falta, a no João Paulo ou o penalti inventado? O juiz ladrão marcou a falta no JP? Outra coisa: não dá para jogar com mais do que dois infantis. Time nenhum sobe 12 jogadores do sub 20 de uma vez. Juiz sem vergonha.
Loris

Anônimo disse...

Ricardo
Em 18 pontos ganhamos 8.Preocupante!!!
Ainda mais quando vemos que não temos time para esperar uma reação.

Sds

Anônimo disse...

Tenho por norma não comentar o jogo quando a influência da arbitragem determina o resultado.
Tento acompanhar o Botafogo em qualquer torneio que dispute, torcendo com a mesma paixão de sempre. No entanto, cada vez que me deparo com descalabros como os que vi no dia de hoje, bate um desânimo que me leva a dar vazão a interesses outros distantes do futebol, ou melhor, do Botafogo. Já me basta ter de suportar as limitações do time e presenciar lances bizarros, em que gols que poderiam ter sido decisivos a nosso favor são perdidos por parte de Rogers, Pimpões e Montillos da vida.
Não preciso ver árbitros prejudicando flagrantemente o meu time e Fdps outros voltando atrás covardemente em relação a penalidades assinaladas contra times em relação aos quais se estabelece uma muito mal disfarçada proteção. Nessas horas, sinto-me um idiota completo, manipulado por um esqueminha que me impõe uma alienação nociva, deletéria e me faz perder tempo.
Nota à margem, o desgraçado ainda deu um cartão amarelo para o...Juan!, o genial lateral esquerdo do time que jogava de azul e branco! Meu Deus, nunca pensei que fosse viver o suficiente para me solidarizar com esse indivíduo!. E atenção, não vi o jogo ao qual me refiro. Fiquei sabendo dessa palhaçada há pouco, pelas mídias, o que me levou a escrever este comentário.
Voltando, uma vez ciente de que não passo de um rato de laboratório para esses bandidos que manipulam escancaradamente os resultados, vejo-me na inescapável obrigação de me permitir um necessário afastamento, tanto por razões de não mais querer ver Camilos e Lindosos, como por - acima de tudo - me livrar da desagradável sensação de desempenhar o papel de cobaia. Como torcedor, até consigo aturar o Renan Fonseca e o Yaca Nunes jogando lá em Xerém (já paguei para ver esses caras jogando no Los Larios, onde um serviço de som chamava pelo Sr. Cláudio, eletricista, para que este acendesse os refletores!), mas me recuso terminantemente a ter esfregada na minha cara a realidade de que existe sim, manipulação de resultados.
Não consigo suportar jogos decididos no apito. Num caso, o infeliz me apita um pênalti inexistente contra o meu time, minutos após ignorar uma falta na entrada da área contra o jogador do meu time, que partia para o gol. E para não deixar de dizer tudo, acho que o João Paulo deveria ter se equilibrado, se livrado de fulano de tal, o zagueiro do adversário, e ter concluído a jogada. O Messi não faz esse tipo de firula. Pelo contrário, tenta permanecer de pé e só cai quando não há jeito mesmo. Num outro caso, o sedizente árbitro de futebol assinala um pênalti (que nem sei se houve mesmo) contra o time queridinho e, após pressão, marcadamente vinda de fora, volta atrás e simplesmente...segue o jogo...Esses caras são venais ou subservientes ou reúnem os dois predicados ao mesmo tempo.
Desse modo, até que me recomponha novamente e volte passivamente a fazer o papel de cobaia, estou dando um tempo. Chega de Camilos, Rogers, Lindosos, Gílsons e Arnaldos por um tempo. Chega de árbitros vendidos e/ou acovardados por um tempo. Chega por um tempo da prepotência do JV.
Quando voltarmos à Libertadores, sabe-se lá com que proposta, volto a manifestar interesse. Quando Voltarmos à Copa do Brasil - se possível, sem a nefasta influência de sopradores de apitos -, volto a manifestar interesse.
Abraços. Levi

Rodrigo Federman disse...

Beleza, Marcos Antônio.

Loris, o primeiro eu achei. O próprio Carli confessou que houve.

Possa crer, Ricardo.

Boa, Levi. Definitivamente, tudo que é desse país não pode mais ser levado a sério.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Num país em que um juiz do tse stf (usaria minúsculinhas se essas letras existissem) muda seu julgamento de acordo com a sua conveniência e interesses, por que estranhar se um árbitro muda de opinião para agradar o time do patrocinador do campeonato. "Tá tudo dominado", afinal vivemos na repúplica federatiuva da cloaca bananeira. Abs e SB!

Marcio disse...

Não por acaso, já escrevi por aqui que caso o sorteio da Libertadores nos coloque frente a um adversário brasileiro, o BOTAFOGO tem a obrigação de lutar por uma arbitragem estrangeira.
SA!!!

Paulo Fernando disse...

Impressionante a queda do Pimpão e do Bruno Silva nesse jogo. Acho que estão se poupando para os jogos da Libertadores.

fabio lucas disse...

Se voltaram o penalti irregular contra o flamengo porque nao voltaram contra o botafogo ontem, qual e o criterio usado pelos arbitros?

Rodrigo Federman disse...

Sergio, nada nesse país pode ser levado a sério.

Concordo também, Marcio.

Paulo, que seja a desculpa deles então, porque os dois estiveram muito mal mesmo.

Ok, Fabio. Interferência externa.

Abs e SA!!!

Fatos disse...

26° disse o narrador do premiere, nitidamente achando estranho

Fatos disse...

Impedimento inacreditavelmente marcado na Copa do Brasil semana passada

Rodrigo Federman disse...

Ok, Fatos.
Abs e SA!!!