quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Parabéns é demais















Palavras do atacante Roger, após a derrota (e eliminação) de ontem:

"- Estamos de parabéns pelo que foi feito. O sentimento de tristeza pela eliminação. Tínhamos o sonho de estar na final, mas estamos de parabéns. O trabalho bem feito. Faltou  bola no chão, dois toques e criar. Não faltou determinação, empenho e brilho".

Amigos, desculpem, mas sou chato demais para aceitar uma declaração como essa, momentos após sermos derrotados pelo maior rival.

Parabéns por termos perdido e sermos eliminados? Parabéns porque tivemos o sonho de estar na final? Perdemos, porra! Em 180 minutos de confronto contra o Flamengo, não chutamos sequer cinco bolas ao gol dos caras. 

Se faltou bola no chão, dois toques e criar (palavras do próprio Roger), então não pode haver parabéns.

Diferença técnica entre os times existe e ninguém é louco em negar. Mas o parabéns foi por qual motivo? Por termos sido eliminados por um placar mínimo no somatório dos jogos?

Me poupem!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

64 comentários:

Mauro Tavares disse...

Bom dia, chamo isso de falta de ambição. Não pode um atleta diante da derrota para um rival, agir assim. Para ser campeão é preciso de postura de campeão. Esse não é o caso do Roger!

Rodrigo Federman disse...

Mauro, mas não é exclusividade do Roger. Se fosse, deveria ser chamado a atenção. Mas pelo que andamos lendo, vários lá compartilham desse mesmo sentimento de conformismo, resignação, etc.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Isso é reflexo do pensamento de quem está acima na hierarquia. Desde sempre o discurso é de que não há dinheiro, limitação do elenco, que todos diziam que o Time seria rebaixado em 2016, entre outras coisas.
Quando ganha: "E diziam que seríamos rebaixados"; quando perde, "estamos lutando contra muitas limitações"...
Não quero que esqueçam a dura realidade, mas não pode ficar repetindo o fato a cada entrevista. Assim, sentem-se "confortáveis" após as derrotas e emitem esse discurso horroroso.
Aliás, não é de hoje que há esse tipo de coisa no BOTAFOGO, infelizmente.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Marcio. Penso a mesma coisa.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Leandrinho: "Acho que agora não tem o que lamentar. Vamos corrigir, estamos na Libertadores e Brasileiro e vamos focar no que nos resta"

Jair, sobre sensação: "Fico feliz, em toda história o Botafogo não conseguiu chegar tão longe nessas duas competições. Está bom? Não, mas a gente vai sempre fazer nosso máximo. Nem sempre vai ser o suficiente, hoje não foi. A gente vai continuar fazendo o máximo. Nunca falei onde iríamos chegar..."

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/cobertura.html

Focar no brasileiro... Como se em alguns jogos do brasileiro o desinteresse foi nítido?
E quanto não ter chegado tão longe, isso está longe de ser verdadeiro.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, é absurdo demais, né? As desculpas continuam sem fim. E esse pensamento tacanho também.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Essa bosta desse esquema tático,que para ganhar uma partida, é se defendendo o tempo todo e esperando um contra ataque para fazer um gool.
Treinador dos mulambos prendeu os laterais e o botafogo não conseguiu criar nada, esse esquema tático, covarde de time pequeno, cheio de volantes até quando?
Treinador tem que colocar o Marcus Vinicius e o Leonardo chileno urgente no meio campo, porque esse esquema tático é para isso mesmo, perder de pouco e não ganhar nada, Roger foi correto o planejamento foi para isso mesmo chegar o mais longe possível nas competições,não foi uma mentira que ele falou.
Por essas e outras é que perdemos muitos jogos fáceis esquema tático de time pequeno.

Marcos Antonio

Anônimo disse...

Ricardo
A mídia já considera JV um dos melhores técnicos do Brasil.
Ele vai querer mais o que?
Pra ele título e um detalhe é o Botafogo apenas uma ponte.
SDS

Leone Gomes disse...

Rodrigo acompanhei o jogo de ontem e a muito tempo não via jogo tão ruim...
Como você mesmo ressaltou não demos chutes ao gol, não tínhamos ninguém que enfiasse uma bola decente, ninguém que arriscasse de fora da área, desse jeito time algum ganha jogo.
O Filipe fez um cometário ontem que de certa forma eu concordo, Luis Ricardo parecia que tinha sido comprado, não marcava nem atacava, errava passe de um metro, teve um lançamento que fizeram pra ele e ele diminuiu o pique pra não chegar na bola, parecia proposital...
Acho a atitude de ontem uma falta de respeito com o torcedor, sofremos de mais com isso, é chato aguentar flamenguista no dia seguinte, mantivemos esperanças e apoiamos o time em todas as ocasiões e agora o Roger quer dar os parabéns? Ta de sacanagem né?!?!?

O pior é saber que a diretoria tem o mesmo pensamento "estamos sem dinheiro, montamos um elenco bom e barato, pra quem saiu da segunda divisão e blá, blá, blá"
Faltou planejamento sim, faltou atitude sim, faltou inteligência sim... se tivéssemos contratado um bom atacante, um bom meia, reposto a lateral com um bom jogador a coisa provavelmente teria sido diferente. O sentimento que fica é de indignação, parece que não dá pra acreditar mais no Botafogo como um todo.


Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcos, o esquema tático até mostrou que dá resultado. Mas desde que o Botafogo sempre jogue do mesmo jeito. Nos dois confrontos contra eles, só marcamos e não tivemos coragem de sair para o ataque. Nem mesmo usando os contragolpes.

Ricardo, boa parte da torcida também.

É bem por aí mesmo, Leone. Tem que ficar claro que dinheiro não compra atitude, coragem, ousadia. É o mínimo que esperamos, sempre, do time, né?

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Botafogo não chutou uma bola no gool, porque o treinador do Flamengo experiente, prendeu os 02 laterais e o esquema com 04 volantes só marca não cria nada, melhor lançamento foi o Roger que deu para o Guilherme, perder o gool feito.
Botafogo contratou o Leonardo chileno e o Marcus Vinicius é para ficar no banco? Não seria melhor, não ter contratado ninguém.

Marcos Antonio

Anônimo disse...

Esse esquema tático montado é de time pequeno, sem qualidade, absurdo jogar com tanto medo no atual futebol Brasileiro, caminhão de japonês.

Marcos Antonio

Rodrigo Federman disse...

Marcos, mas esses dois não estavam inscritos na CB.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Muitos critica o Roger, é um bom atacante desde que jogue em time que tenha um meio campo com melhor qualidade de criação, com um meio campo desse de 04 volantes que não cria nada, até o Cristiano Ronaldo não chutaria uma bola em gool.
Roger, com todos os seus defeitos, não é culpado de nada; pois quando é lançado faz os seus gols.
Problema é nosso meio campo, que só cerca e o pior não temos um volante propriamente dito para marcação o Aírton, faz uma falta absurda,Time tá cheio de jogador bonzinho.
O Berrio deu um drible desmoralizante em Vitor Luis e cruzou cadê os 04 volantes para marcar o Diego.
Erros contra o São Paulo,Palmeiras,Ponte preta, os caras sempre chuta livre, Ernani do São Paulo,Sheik da Ponte preta e Diego ontem e os 04 volantes estavam marcando quem?


Marcos Antonio

Rodrigo Federman disse...

Discordo, Marcos. O Roger já deu provas mais do que suficientes - ao longo de toda a sua carreira - de que é "bom atacante" para clubes pequenos, apenas.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E não custa lembrar da montagem do elenco.
1- Apostaram no Canales, mesmo contundido, e quando ele ficou liberado para jogar, resolveu pedir para ir embora e o BOTAFOGO concordou;
2- Contrataram o Joel e na metade do caminho, descobriram que não servia e assim foi liberado;
3- Montillo veio, não jogou e resolveu se aposentar;
4- Camilo foi erroneamente transformado em mito e talvez por isso, incomodou-se com a reserva e pediu para sair. Foi liberado e saiu do banco do BOTAFOGO para o banco do Internacional;
5- Sassá desde o inicio do anos naquela de vai ou fica, e foi.

Todos jogadores com contrato... Perderam cinco jogadores e trouxeram apenas três, sendo dois destes por causa de trocas, M. Vinicius e Brenner; o problema é que todos os novos contratados não poderiam jogar a Copa do Brasil, ou seja, em termos quantitativos as opções ficaram ainda mais escassas.
Não julgo a qualidade dos citados, mas parece que no BOTAFOGO os jogadores ficam insatisfeitos facilmente e são liberados, mesmo sob contrato, de forma igualmente fácil.
Faço a observação de que o Sassá sairia de graça no final do ano, só que a decisão sobre a sua renovação ou não demorou demasiadamente e com isso o M. Vinicius não foi inscrito na Copa do Brasil.
A meu ver, falharam na montagem do elenco e algumas tomadas de decisões foram lentas.
SA!!!

Juliana F. disse...

E o que complica ainda mais e que os jogadores que ainda jogavam algo simplesmente pararam de jogar.. O Bruno Silva desde que voltou da contusão que teve não foi mais aquele jogador incisivo que ele estava sendo.. O João Paulo a mesma coisa parece que no botafogo ao invés do jogador melhorar ele piora a cada jogo..

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e ainda teve o caso do Emerson, mal conduzido desde o início.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

A realidade bate em nossa porta. O Botafogo tem um excelente comando, joga no limite, nossos jogadores são menos qualificados que a maioria dos concorrentes, mas ainda assim chegamos as semifinais da Copa do Brasil, estamos nas quartas da Libertadores e vamos em frente. A recuperação de qualquer coisa, seja uma empresa em dificuldades, um clube de futebol, nossa saúde, enfim, qualquer coisa na vida é assim, aos poucos, leva tempo e muitas vezes anos. nesse sentido temos que reconhecer que estamos evoluindo muito no cenário nacional. Claro que desejamos títulos, mas estar entre os 4 do Brasil nessa copa já é uma vitória inimaginável de um clube que estava falido. A libertadores é outra história, nem sempre ganha o melhor time, cansamos de ver times desconhecidos ganhando essa copa. Não podemos desanimar, é virar a chave e bola pra frente e como o Jair disse, aprender sempre com os erros. Na Libertadores podemos contar com a volta do Carli e do Pimpão e usar o Marcos Vinicius e o L.Valencia. Podem fazer alguma diferença num grupo tão enxuto. Nem ao céu nem ao inferno, temos que continuar apoiando esse time, o clube e a recuperação.

Rodrigo Federman disse...

Juliana, sim, esses caíram de rendimento. O BS, me parece que mudou um pouco a forma de atuar. Hoje eu acho que ele está muito preso ao extremo na direita. Antes ele fechava mais no meio. O JP realmente perdeu pique.

Paulo, apoiaremos sempre, mas daí a parabenizar uma eliminação para o maior rival, depois de 180 minutos sem sequer cinco chutes ao gol? É demais!

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

sinto saudades da época dos gringos Seedorf e Loco Abreu. embora grandes títulos não vieram, os caras tinham o espírito vencedor. Seedorf queria um time com profissionalismo e dedicação, o que gerou mal estar. LA tbm se não contentava com pouco e principalmente não dava declarações tolas e ensaiadas. o conformismo infelizmente impera em GS, e nois torcedores que temos aguentar humilhação atrás de humilhação.

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

Marcelo, infelizmente esse discurso resignado vem lá de cima. Se isso não mudar, é bom nos acostumarmos com um desses a cada derrota/eliminação como a de ontem.
Abs e SA!!!

Fabão disse...

Fato que esse lateral direito mala e sem sangue, Luis Ricardo, deu uma afundada no time nessa semi-final. Nao se pode ter um a menos em jogos decisivos assim.

Rodrigo Federman disse...

Fabão, falarei sobre ele no post de amanhã. Já está escrito até.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E mais uma coisa, poderiam ter aproveitado jogos do campeonato brasileiro para testar uma formação sem o Roger, utilizando Pimpão e Guilherme (Insistindo com ele que futebol é esporte coletivo) com isso uma condição melhor de velocidade;
Testar até mesmo o Pimpão sem tamanha obrigação defensiva e com mais liberdade de movimentação no ataque;
Testar um 3-5-2, com o Marcelo, Carli e I. Rabelo. Isso, em tese, liberaria mais o V. Luis e um outro jogador para encostar mais no ataque.
Isso porque já se sabia que não poderia abrir mão da marcação, pois quando foi com tudo para o ataque, o resultado foi catastrófico, mas isso não impossibilitaria algumas movimentações dentro do esquema básico e "consagrado".
Entretanto, a opção foi sempre por descansar.
SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.

Como eu disse ontem, o nosso time é mais fraco tecnicamente que o Framerda. O que eu tenho dificuldade em aceitar é a covardia com que entramos em campo.Perder de 1 ou de 5 não faz diferença.
Jogamos pra empatar e ver se dava pra se garantir no Gatito. Isso é muito pouco pra quem quer ser campeão. Dentro de campo é 11 contra 11 e quem tiver mais disposição raramente perde.
Já foi exaustivamente falado, como vencer sem ambição e chutes a gol, e olha que o adversário tinha um goleiro que era a 4 opção.
Olhe essa situação abaixo.

https://youtu.be/5kFJCQnMvqY

Patinhas.

Rodrigo Federman disse...

Ainda tem Isso, Marcio. Tivemos oportunidades para testar algo novo, diferente. Não fizeram por incompetência, falta de planejamento ou crença em apenas uma maneira de atuar.

De pleno acordo, Patinhas.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Falta de acervo vernacular dá nisso. Quando o sujeito não sabe o que falar e como se expressar, fala qualquer bobagem que lhe vem à cabeça oca.
Esse aí é um dos que deveriam ser poupados...SEMPRE!!!
Mais do que não fazer a menor falta, ainda atrapalha o que já está ruim.
Estou com muita raiva ainda, menos pela eliminação em si do que pelo o fato de o Botafogo SEMPRE tremer para esses caras.
Para não ser injusto, durante o período Loco Abreu, não havia esse mal disfarçado temor. Jogávamos contra eles sem esse nítido acovardamento.
Daqui a duas semanas teremos um outro jogo contra eles novamente. Vamos ver. Sou capaz de apostar um dólar...
Disse ontem que se os times tivessem jogado com as camisas trocadas, o resultado teria sido o mesmo. Gostaria de estar errado.
Para finalizar, sou plenamente favorável a que se "poupem" alguns desses titulares, tais como Roger e Luis Ricardo.
Levi.

Rodrigo Federman disse...

Levi, desde que não sejam poupados de jogos. Mas do clube. Hahaha
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Na boa... Temos Libertadores e os recém chegados poderão jogar. Talvez não resolvam, mas vi um time fraco, desfalcado e sem opções de qualidade pra mexer... Tanque, Gílson, Leandrinho... Não mudam o panorama de nada.
Temos que apoiar mais ainda. Esse time já mostrou que é muito limitado, mas tem COLHÕES. Ontem não deu, pela nossa limitação notória, mas ainda dá pra chegar na Libertadores. Se passarmos pelo grêmio, que não é nada disso, arrisco dizer que ganharemos essa porra! Mas temos que focar naqueles 120% que nos levaram a essas fases finais.

Rodrigo Federman disse...

Vinny, mas apoiaremos sempre, classificando ou não. Eu só não concordo com esse pensamento de "parabéns" lá dentro de GS.
Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Claro! Parabéns foi foda... Doeu os ouvidos. É bater palmas pra mediocridade. Normal em GS...

Eziel Junior disse...

Verdade Rodrigo parabéns é o caralh.... desculpe o termo mais cara não tem como não fica put... com esse resultado. O time ontem se acovador diante dos mulambos. Ha foi respeito... Respeito não ganha jogo e não nos levou a final. Perde em jogos decisivos contra o flamengo deveria ser inadmissível no elenco. Cara o me deixa chateado não foi ir pra final mais ser desclassificado do jeito que fomos. 180 minutos sem um lance de perigo de gol contra os caras isso é inaceitável.

Ver um time que não tem jogadas ensaiadas um time completamente previsível na qual sua unica virtude é a raça e marcação fica difícil de almejar algo de bom para o resto da temporada.

Marcio disse...

Uma observação extremamente positiva é que o Marcelo (21 anos), Rabello (22 anos) e M. Fernandes (19 anos) não se omitiram em momento algum do jogo.
Por isso que fui e sempre serei favorável que os jovens sejam testados antes que contratem qualquer jogador.
E pensar que jogadores considerados experientes e lideres do elenco, felizmente, não são escalados.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Vinny. Não existe parabéns em derrota e eliminação para rival.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Vinny. Não existe parabéns em derrota e eliminação para rival.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso, Eziel. Respeito é uma coisa. Medo é outra.

Marcio, foram os destaques.

Abs e SA!!!

Filipe Rocha de Oliveira disse...

Vou repetir o que eu escrevi ontem, e reafirmo depois de ver de novo os dois jogos denovo. Luis Ricardo foi comprado. E Se o JV nao percebeu que o Cara nao estava Jogando, complica.

Rodrigo Federman disse...

Filipe, não acredito nessa teoria. Acho que ele foi e está mal, mas daí é duvidar do homem e não do jogador. Ainda não tenho motivos para isso.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

Meu comentário na quarta-feira diante da derrota para a Ponte:

"...Colocou o time acovardado e já não sabe mais a diferença entre um time defensivo ou um time medroso. Tá perdendo o limite entre as duas coisas. Se entrar com esse espírito de bunda mole vai perder na quarta para os molambos. Eu suporto tudo quando se tem vontade, determinação, objetivo vencedor, mas quando vem com esse jeitinho medroso, cagado, apático, fico com vontade de nunca mais assistir futebol. Espero que e esse time mude rápido de postura, e falo de todos, não só os reservas, mas os titulares e principalmente o técnico que monta um time de forma medrosa. Se o comando passa essa mensagem o que esperar do time?!?"

Não mudo nada o que disse acima, entendo as limitações e ainda acho que estamos em um lugar inimaginável, mas acho que o time (leia-se Jair Ventura) está perdendo a noção entre jogar defensivamente ou jogar medrosamente. Está indo pela segunda opção. Nem todos, concordo que a garotada jogou com mais vontade.

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Paulo. Aí concordo plenamente. E também não se preocupa em pensar diferente. Isso também vale o sinal de alerta.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Cara ontem sentir falta de alguém que fizesse a diferença. Um cara habilidoso na verdade um cara que chamasse a responsabilidade sentir falta de um jogador assim.

Achava que com o coletivo que nosso time tem isso iria suprir a necessidade de um cara habilidoso... Mais me enganei.

Rodrigo Federman disse...

Eziel, acho que independente de um cara assim ou do coletivo, faltou querer vencer e não apenas esperar decisão por pênaltis.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Rodrigo, estava lendo o restante de TODOS os comentários de ontem; quando consegui dormir, por volta de 2 h, havia 46.

Sobre a "declaração" do possante Roger, o Levi sintetizou meu pensamento: esses caras não têm vocabulário, consequentemente não conseguem formular, e expressar, pensamento que não caia no lugar-comum de "agora é levantar a cabeça que domingo tem brasileiro", "o grupo está de parabéns", "jogamos de igual para igual", entre outras boçalidades. Já ouvi jogadores de outros clubes falando asneiras semelhantes, não se trata de prerrogativa nossa.

Longe de mim querer pautar suas postagens, você sabe que sou fã do Cantinho, mas acho que nem vale a pena gastarmos tempo discutindo essas besteiras que grassam entre os boleiros, ainda mais após os jogos. Raríssimos são os jogadores, e treinadores também, que têm algo a dizer, algo que nos leve a refletir, a discutir. São completamente diferentes, por exemplo, dos atletas de natação ou vôlei.

Mais, o Márcio escreveu logo acima algo que dissera hoje para um camarada meu do trabalho, parceiro de jogos há anos: para mim, destacaram-se os garotos da base, os três. Não tremeram, não se omitiram, demonstraram coragem e talento. Marcelo talvez tenha se saído até melhor do que o Carli -pesadão- caso tivesse jogado. Tem que botar a garotada, isso falamos desde o Estadual. Senão acabamos por jogá-los na fogueira, como foi com o Vitor Lindberg (não sei a grafia correta).

Ontem, ao que parece, Igor Cássio, Fernando e Wenderson estavam no banco. Seria uma temeridade lançá-los. Então vamos de Tanque e Gilson. Para quê ?

Jogamos, como os boleiros gostam de dizer, "por uma bola". Esta bola foi a do displicente Guilherme.

O JV terá agora mais de 2 semanas, com tempo para treinar, e tentar conceber algo diferente para o jogo contra o Grêmio. Testar MV, Leo Valencia, talvez os 3 zagueiros, NÃO utilizar o Luis Ricardo, que desde o 1o jogo da semifinal vem errando tudo e mais um pouco.

E, repito, chega de poupar os marmanjos, agora acabou ! G6 no Brasileiro tem que ser a meta ! Inadmissível cera contra Ponte Preta, empatar contra Atlético GO, perder de Avaí.

Pouco me importam as boçalidades ditas pelos "profissionais" da bola. Quero ver, no campo, o resultado do trabalho deles. A começar no domingo, contra o Bahia.

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Fala Eduardo. Pois é, agora o JV tem tempo e obrigação de treinar algo diferente. Não pode ficar tão refem de uma fórmula ou escalação. Não pode depender de uma única bola vadia por partida.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Só discordo do "agora".
Há qt tempo o JV está no Botafogo?
Agora que vai treinar ?
Na realidade ele não sabe o que fazer.
Apenas conta com a vontade dos jogadores e a sorte - aquela bola varia.
Sds

Marcio disse...

Resta saber o que o Jair pensa sobre o jogo que o BOTAFOGO tem apresentado; ele pode considerar que o problema está somente na falta de opções.
Como escrevi anteriormente, sem abrir mão do esquema de jogo primário, ele pode tentar mudar algumas coisas.
SA!!!

Celso Ricardo disse...

Parabéns pra você é o que as torcidas adversárias cantarão pra nós, mais uma vez.
Estamos caminhando para 23 anos...

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, eu sempre achei isso! rs

Marcio, eu sinceramente (e infelizmente) não acredito em mudanças. Até porque, se mudar, jogará contra as próprias e infinitas desculpas.

Celso, precisamos de um título de expressão urgente mesmo. Mas não será dando parabéns por termos sido eliminados em semifinal para rival! heheheh

Abs e SA!!!

Leonardo13 Germano disse...

Anos de destruicao do Botafogo,ausencia de titulos e rebaixamentos fizeram muito mal ao clube e aos torcedores. Comemoram chegar na semifinal, acham que já estão no lucro e dizem que perder de um 1x0 é normal, já que em 2013 foi 4xp.

Muito triste ver meu Botafogo com pensamento tão pequeno, aceitando e saboriando a derrota.

Rodrigo Federman disse...

Leonardo, aí me vem o Lopes (durante a semana) dizendo ainda que se não fosse a atual gestão, hoje seríamos um novo Ameriquinha ou Banguzinho (palavras do mesmo). Na boa, o que ajuda uma declaração dessas, né? Mesmo se fosse verdade (e jamais será), certas coisas não se fala publicamente para dar munição para imprensa e rivais, né? Aí vêm comemorar eliminação para rival...é demais mesmo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o Lopes falou isso?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, o pior que falou. Veja: https://twitter.com/Esp_Interativo/status/900018161482969089
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Declaração totalmente desnecessária, infeliz... O BOTAFOGO precisa de um media training, pois hora ou outra falam bobagem.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, o pior é uma declaração pública dessa vir lá de cima. É de cair o C* da bunda.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Gostei do comentário do Márcio (12:51), acerca de tentar coisas novas, como jogar com três zagueiros. A única reflexão a fazer é que tentar implantar um sistema defensivo novo demanda tempo e treinamento. É coisa pra início de temporada, mas acho que seria uma solução criativa para um time que tem que fazer mais do que os outros. Um 3-5-2 bem treinado (os europeus usam) contribui pra robustecer o meio, que é onde se ganha jogo. Com a linha de 5 se deslocando mais para onde estiver o jogo, fica fácil tomar a bola em condição e posição de ataque. Outra opção boa é jogar com zagueiro na lateral, fechando um dos lados, e que não vai apoiar (Alemanha com Howedes na esquerda, originalmente zagueiro). O nosso seria o do lado direito (Emerson Santos ou Marcelo), o que evitaria o desastre que tem sido o LR.
Na Libertadores, embora o Grêmio seja melhor que o Flamengo, a chance é melhor, pelas possibilidades melhores de escalação. Eu tiraria o LR e fecharia com um zagueiro na direita. Daria um reforço bom à defesa e liberaria mais os volantes pra funções mais de frente. Com essa mexida, eu faria Bruno Silva jogar do meio pra frente, fazendo uma diagonal até na frente, que é onde rende mais (ano passado, início do Brasileiro desse ano e jogo com o Vitória são exemplos.
Então, quero dizer que é possível fazer coisa melhor agora, já a partir do jogo com o Bahia. Fechar o lado, liberar o Bruno e recuperar fisicamente o LR. Se existir recuperação pra ele.
Perdão pelo longo comentário, mas sinto falta desses debates táticos que podem contribuir.
sds
Paulo, de POA

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Não gostei foi dos comentários desabonatórios ao Victor Luis (na imprensa e um ou outro por aqui). O que é a ingratidão no futebol! O cara botou no bolso o Berrío, que é difícil de marcar, pela velocidade. Quase todo o tempo, tanto que o cara ia ser substituído. Aí o cara, que vai sair, tenta um drible maluco (uma jogada que tinha 1% de chance de dar certo, uma meia-lua de calcanhar, passando a bola a 2 cm da perna de apoio do marcador, que não pode encostar pq seria pênalti) e cruza para um cara livre (Diego, que não jogava nada até o momento) concluir, meio mal, mas com muita gente na frente do Gatito. A crucificação do VL não cabe. Qualquer marcador levaria aquele drible, e dos que levassem 90% fariam o pênalti.
Paulo, de POA

Marcio disse...

Disse o CEP:

FALTA DE PEÇAS NA SEMIFINAL
A gente sabia do número de contratações que podia fazer. Claro que a gente gostaria que o Jair tivesse mais opções, eu não conheço nenhum treinador que não peça reforços, que não queira mais jogadores para poder mexer durante o jogo. Gostaria de ter podido atender a esse pedido do Jair, mas infelizmente tem o outro lado do respeito ao controle orçamentário.

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/cep-se-reune-com-elenco-e-passa-confianca-apos-eliminacao-resultado-e-fantastico.ghtml

Não foi somente problema de controle orçamentário, Presidente.
Sassá, Camilo e Joel saíram depois do término do prazo de inscrição da Copa do Brasil, que foi em 24 de abril. fora o Montillo que resolveu se aposentar.
O único que saiu antes foi o Canales, março, e mesmo assim ficou recebendo salários até o mês de julho.
Sem contar a demora na definição na saída do Sassá, que vinha desde janeiro.
Não é somente problema de dinheiro, repito.
SA!!!

Eduardo Samico disse...

Ao vivo agora no Sportv Botafogo x Atletico PR.
Abs.

Rodrigo Federman disse...

Fala, Paulo. Sobre o VL em específico, também achei críticas exageradas. E para mim, o drible que ele levou foi 90% mérito do Berrío à falha do VL. E digo mais: Não sei como ($), mas eu colocaria a aquisição definitiva do VL como prioridade para 2018.

Marcio, antes fosse apenas problema de dinheiro. Foi mal planejamento mesmo. O tal setor de inteligência cometeu falhas que deveriam ser minimizadas justamente pela questão financeira.

Valeu, Eduardo.

Abs e SA!!!

Vitor José Biolchi disse...

Ser comentarista do caos é mole. Mas, porém, todavia, entretanto, o cara deles lá, o Rueda, nos deu o famoso nó tático, não deixou o nosso time jogar e, então, prevaleceu a melhor habilidade e experiência internacional de vários jogadores deles. Do nosso time, faltou, talvez, OUSAR PARA VENCER e, talvez, quem sabe (?) levar um saco... (e daí aquelas bobagens de sempre "do quis inventar"). Se teve um erro do Jair (que, no principio da sua trajetória, não o critiquei, mas o via com ressalva calada, depois superou minhas expectativas, exatamente por ser um técnico gestor e não desagregador; nada além disso, em termos tático): foi a linha de retaguarda descompactada em relação a nossa linha de meio e daí não ter nos permitido pressionar os caras... O resto? O resto é conversa mole, de meros oportunistas, para as hienas choramingar ou encontrar chifres em cabeça de cavalo.

Rodrigo Federman disse...

Vitor, em minha opinião, o JV é um ótimo comandante de grupo, mas um treinador (falando de tática e técnica) apenas mediano.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

Não é a hora de tirar o Lindoso do time, recuar um pouco o João Paulo e colocar o Marcos Vinicius, já que parece ser o jogador mais agudo do elenco? Com ele ganhamos mais chegada na frente. Ele já mostrou isso.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, concordo que agora é a hora de tentar mudanças. Teremos tempo para isso.
Abs e SA!!!