domingo, 13 de agosto de 2017

Um respiro















Com duas equipes recheadas de reservas, Botafogo e Grêmio se enfrentaram pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão, mas com olhos voltados para as semifinais da Copa do Brasil, no meio da semana, quando ambos enfrentarão Flamengo e Cruzeiro, respectivamente.

Melhor para o GLORIOSO, que diante de pouco mais de 6 mil torcedores, venceu por 1 a 0 (Leandrinho) e conquistou três pontos importantíssimos para uma afastada da zona perigosa na tabela e consequente chegada no G6.

O resultado mostrou o que foi o jogo: Parelho, equilibrado e com boas chances desperdiçadas. Do lado botafoguense, por puro preciosismo de alguns jogadores. Do lado gremista, porque temos Gatito, o pegador de pênaltis.

O arqueiro paraguaio mais uma vez foi decisivo, pegando uma penalidade já nos acréscimos do primeiro tempo, após uma das várias decisões equivocadas (para não dizer tendenciosas) do árbitro.

No mais, venceu quem teve um domínio maior durante pequena parte da partida. O Botafogo se impôs nos primeiros 15 minutos e garantiu os três pontos aí. Depois, bons momentos para os dois lados, com alternâncias de posse de bola, ofensividade, etc.

Valiosos três pontos na ponta. Um respiro na tabela e ainda mais empolgação e confiança para o clássico da próxima quarta-feira. Desta vez, com a força máxima, é claro.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 0 Grêmio

1- Gatito: Uma temporada fenomenal. Mais um pênalti defendido - 7,0

2- Arnaldo: Muita força e vontade, mas sérias dificuldades na defesa - 5,5

3- Marcelo: Veloz, levou vantagem nos lances mais difíceis - 6,5

4- Emerson Silva: Não comprometeu (o que já merece destaque) - 6,0

5- Matheus Fernandes: O dono do meio de campo. Firme na marcação e cabeça levantada o tempo inteiro - 7,0

6- Gilson: Faltou mais capricho nas últimas bolas - 6,0

7- Valencia: Tem habilidade, mas demora para soltar a bola - 5,5

8- Bruno Silva: Correu o tempo todo, indo e voltando - 6,5

9- Brenner: Boa enfiada para o gol do Leandrinho. No mais, não gostei - 5,0

10- Leandrinho: Atuou um pouco mais recuado do que eu imaginei, mas foi decisivo - 5,5

11- Guilherme: Não falta disposição, só que quase sempre exagera nos enfeites - 6,0

12- Fernandes: Discreto, fechou o meio - 5,0

13- Emerson Santos: Entrou improvisado para não dar espaço na direita - 5,0

14- Victor Luís: Mostrou pegada e seriedade ao entrar em campo - 6,0

Jair Ventura: Só não entendi a não utilização do Marcos Vinicius, por exemplo, na saída do Brenner. De resto, fez o que pôde com o que tinha disponível - 6,5

22 comentários:

Ivo Santos da Costa disse...

Tirando o gol o resto do jogo foi horroroso, time jogou muito mal, Jair substituiu muito mal, só entendi a entrada do Emerson Santos, de resto não entendi nada, é esse árbitro é muito fraco, parecia que queria que o grêmio empatasse a qualquer custo, agora se jogarmos desse jeito, não passaremos nem pelos mulambos nem pelo grêmio, titular ou reserva, tem sempre que jogar com seriedade.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, o jogo foi ruim, mas já vi partidas piores do time (até mesmo dos titulares). Acho que com todos os titulares e na pegada que estamos na CB e Libertadores, podemos passar pelos dois sim. Mas também acho que o Brasileirão precisa ser tratado com mais seriedade.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Foste bonzinho, hoje, talvez pela vitória.
Eu vim aqui, pra dizer duas coisas, sobre dois jogadores: Guilherme e Valencia.
O guri tem a velocidade, mas não consegue raciocinar. As pernas andam mais rápido do que o cérebro. Ou o segundo não anda. Aqueles lances do final do jogo, quando o cara tem 3 opções de deixar companheiros cara a cara e chuta nas alturas...e quantas vezes pisou na bola ao final???
Valencia considero a coisa mais imprestável que já vi em termos de aquisições estrangeiras.
No jogo contra o Cruzeiro, ele tinha realizado duas jogadas iguais às de hoje, quando deixa de lançar um colega que vai passando pela linha do último zagueiro (era o veloz Guilherme) e carrega a bola até perder. Fez de novo, mais duas vezes.
Ruim de velocidade (perna curta), ruim de passe, prende demais a bola, erra lançamentos, chuta fraco e escolhe sempre a pior jogada.
Minhas notas para os dois, hoje, são 2 pro Guilherme (o que foi aquela atrasada-biquinho pro Paulo Victor no primeiro tempo!!!), também pelas péssimas escolhas de jogadas e pelas horrorosas finalizações (além das pisadas na bola) e ZERO pro Valencia (não vi acertar nenhuma jogada, errou 80% dos passes, matou todos os contra-ataques e escolheu pessimamente tudo.
O resto foi nota 5, exceção ao Gatito e zagueiros.
A coisa boa foi a vitória.
Saudações.
Paulo, de POA

Rodrigo Federman disse...

Paulo, talvez pelo fato de não botar muita fé no time reserva e mesmo assim, termos saído com os três pontos! rs De todo modo, concordo com a sua avaliação específica. Tanto que será tema do post de amanhã, que já acabei de escrever e deixar programado automaticamente. rs
Abs e SA!!!

higor disse...

Vitória muito importante para dar tranquilidade nesse campeonato.

Como vc disse no post, mais uma arbitragem tendenciosa. Talvez uma das poucas coisas que me preocupam para o próximo jogo.

Guilherme e Leo Valencia são dois irresponsáveis. O primeiro tem algum crédito por nos ajudar com gols e passes em algumas ocasiões. O segundo pode acender a luz amarela, por não me parecer ser um jogador de grupo.

Concordo que o Jair tem que utilizar mais o Marcus Vinicius, pois é o nosso melhor finalizador.

Sergio disse...

Um jogo que poderia ter sido definido em dois ou três contratos ataques acabou sendo sofrido pelo egoísmo ou falta de inteligência do LV e Guilherme. Até que esse time reserva hoje não foi dos piores, só achei as mexidas estranhas, principalmente a entrada do Fernandes, e essa insistência com o Gilson indo pro meio, por que não o MV?
Vitoria importante é agora é pensar na quarta, é uma pedreira atrás da outra, mas é melhor assim, o Fogão nas cabeças.
O que me deixou p dá vida foi mais uma arbitragem ruim e parcial: o soprador fez tudo para empatar o jogo. Que sirva de alerta para a próxima quarta e na LA com arbitragem brasileira. Mas o Botafogo vai chegar lá. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Higor, curioso que o último jogo do MV foi justamente contra o SP, quando marcou os dois gols e foi dos menos piores em campo. Não faz sentido ter sumido.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, concordo integralmente com seu comentário, cara.
Abs e SA!!!

Silva disse...

Menos rigor com o Valencia gente,está se adaptando ao futebol brasileiro,não adianta ficar aterrorizando o cara,jogou bem o primeiro tempo,tem bom passe,e não fez o gol no segundo tempo por méritos do Paulo Vitor.
Concordo que tem de deixar de ser fominha,mas isso uns puxões de orelha resolvem.Vamos ter mais paciência.

Rodrigo Federman disse...

Silva, mas é justamente o que queremos. Que seja cobrado. Sabemos que está em adaptação, mas é profissional e deve ser elogiado ou criticado sempre que se fizer necessário, né?
Abs e SA!!!

Clovis Jonas Pinto disse...

Falar Rodrigo.

É uma questão de opinião, mas absolvo o Guilherme, porque já fez gols importantes, e também boas partidas, como a última, contra o Nacional.

Já o LV, que veio com muito cartaz, tem que jogar mais para o time, cisca muito. Disse o JV na entrevista que vai dar uma cobrada neles.

Quanto ao jogo, foi bom, aberto, com possibilidades para ambos os times. Para quem não era torcedor dos dois, foi uma boa partida de futebol.

Não achei nosso misto horroroso, pelo contrário. A não entrada do MV, para mim, é entendida como um teste para os outros, já que o JV, conhece o jogo do MV.

Se o Bota passar pelo Flamengo, que está a tempo atravessado em nossa garganta, eu começo a acreditar num caneco.

Abraço e SA.

Silva disse...

Não Rodrigo,estou falando das críticas veementes do colega acima.Falar que Valencia é a pior contratação estrangeira da história por dois jogos é,no mínimo,precipitado.Com todo respeito que a opinião alheia merece.

Tiago Almeida disse...

Rodrigo gostei do time hj até o Emerson silva jogou bem rs,de bom hj principalmente a garotada da base que joga muito, o Marcelo, Leandro, matheus Fernandes e até o Fernandes sempre falo aqui que o Botafogo tem que utilizar mais a base ,sobre o Valência me parece que está um pouco sem ritmo de jogo e ainda tá se adaptando ao futebol brasileiro mas pelo jeito que ele toca na bola dar pra ver que joga muito tem muita técnica acho que o elenco vai ganhando opções interessantes para a reta final de temporada ,hj além de um time titular forte temos jogadores reservas que podeme entrar e ajudar muito ex do Marcelo do Valência, Jefferson e Marcos Vinicius.

Vitor José Biolchi disse...

Vitória maiúscula. Era para ter sido 5 x 2. Muitos gols perdidos. A pouca disposição e fibra do Fernandes me incomoda um pouco, aliás, muito. Gatito? GA-TI-TO!!!!!!!!!!!!!!!!! 10. Só não fez gol...! Então, retifico minha nota 9,99999999999999999999999!

Marcio disse...

Bem, mais uma vez não posso fazer comentário algum sobre o jogo, já que o que assisti não chega a dez minutos, se muito.
Olhando a tábua de classificação e considerando que não temos elenco, segundo dizem, a verdade é que poderíamos estar em uma posição muito melhor. Em uma conta rápida, deixamos para trás 3 pontos do jogo frente ao São Paulo, 3 do jogo frente ao Vitória e mais 3 do jogo frente ao A. Goianiense...
Hoje, temos 28 pontos; se somarmos os 9 pontos deixados pelo caminho, teríamos o total de 37 pontos e a 3ª colocação.
Futebol não se relaciona no quanto se gasta e sim em como se gasta.
Sabemos todos que o BOTAFOGO não tem um "timaço", só que os outros também nada apresentam, apenas contam com a simpatia da mídia para colocá-los como times de craques.
Ainda estamos longe do nosso limite.
SA!!!

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

Não me interessa muito comentar um time de reservas, mas dentro das possibilidades o time foi bem, com destaques para o Gatito (pra variar), Marcelo e Matheus Fernandes. Os 3 jogam como titulares em qualquer time do Brasil. }
Me interessa mais é a ausência do Marcos Vinicius, ao meu ver um jogador que briga hoje pela titularidade e em um time reserva seria naturalmente titular. São daqueles mistérios que só que está nas internas do que acontece no Botafogo pode explicar. Vou lá com minhas 3 opções: (1) tá machucado, (2) o cara é das noitadas e não gosta de treinar, ou (3) arrumou uma baita antipatia do JV ou do grupo. Fora isso não tem explicação.

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

Concordo com o Silva: mais paciência com o LV. Fez algumas boas jogadas e parece ter habilidade sim, mas quando falta entrosamento o cara não sabe onde o companheiro está, ele acaba tentando jogar mais na fome. Errou por isso, mas com o tempo e entrosamento parece que melhora. Meu xara Paulo de Poá exagerou na dose! Mais calma com o cara...

Rodrigo Federman disse...

Clóvis, eu penso que não devemos absolver ninguém de críticas (quando se fizerem necessárias). Seria mais um mimo para esses já bastante mimados jogadores de futebol. Rs

Ah, sim, Silva. Aí entendi e concordo.

Tiago, dá para ver que o Valencia sabe jogar, mas é preciso antecipar para ele algumas características de jogo do nosso futebol aqui.

Valeu, Vitor.

Disse tudo, Marcio.

Paulo, a ausência do MV realmente é o maior dos mistérios. Principalmente após ter sido um dos poucos destaques contra o SP e depois ter sumido.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Marcio, bom dia. Uma correção, só deixamos 3 contra o São Paulo, pois perdemos. Contra o Vitória e A. Goianiense foram 2 pontos em cada,em virtude do empate.
Abraços.

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Celso. Bem observado.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Perfeito, Celso. Os jogos frente ao Vitória e A. Goianiense terminaram empatados.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Marcio.
Abs e SA!!!