domingo, 10 de setembro de 2017

Atitude que faltou na CB




Por que não jogou com essa postura nos dois confrontos pela Copa do Brasil?

Amigos, eu duvido que algum botafoguense não tenha se perguntado isso ao final da nossa vitória de 2 a 0 (Roger, duas vezes) agora a noite, pelo Brasileirão.

O GLORIOSO não foi covarde, atuou com velocidade, tentando atacar e se defendendo com firmeza e venceu o Flamengo, se mantendo firme e forte na briga pelo G6 do campeonato nacional.

Vitória justa para quem foi mais organizado e valente. E mesmo que o adversário tenha jogado sem vários titulares, me arrisco a dizer que venceríamos também. Por essas e outras que, me desculpem, mas continuo lamentando a covardia demonstrada na competição que fomos recentemente eliminados por eles...

Mas enfim, voltamos a vencer o nosso grande adversário. Isso, além de três importantes pontos, aumenta a confiança da torcida e atletas para a batalha da quarta-feira, pela Libertadores.

Um triunfo que veio em uma ótima hora...
...e contra o melhor dos adversários.

Agora, não tem outro jeito: É manter a mesma pegada, postura, atenção e partir para cima do Grêmio.

Chegou a hora, Fogão! Vamos aproveitar essa noite de domingo de muita alegria e ajustar os detalhes para continuarmos navegando na crista da onda.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 0 Flamengo

1- Gatito: Um erro com saída de bola, mas três ótimas defesas - 6,5

2- Arnaldo: Partida séria - 6,5

3- Marcelo: Começou nervoso e terminou muito bem - 6,5

4- Rabello: Soberano na zaga - 7,0

5- Matheus Fernandes: Errou dois passes, mas foi o dono do time no meio. Impressionante, pois parece um veterano - 7,0

6- Victor Luís: Quis mostrar serviço por conta do último jogo contra o Flamengo. Foi bem - 6,5

7- Valencia: Melhorou bastante, sem prender a bola. Três grandes assistências - 6,5

8- Bruno Silva: Foi quem menos encheu os olhos - 5,5

9- Roger: Primeiro tempo irritante com dois gols perdidos. Mas no segundo tempo, compensou - 6,5

10- Leandrinho: Estava com a saída de bola, até se machucar - 6,0

11- Rodrigo Pimpão: Atacando, foi bem. Quando recuou, errou muitas bolas - 6,0

12- Dudu Cearense: Não dá mais segurança para a zaga e nem velocidade - 5,0

13- Fernandes: Entrou para fechar o lado esquerdo do meio de campo - 5,5

14- Guilherme: Uma correria no final do jogo - 5,5

Jair Ventura: Parece ter conversado com o Valencia e tirou um futebol mais coletivo do chileno - 6,5

21 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
O Valência mostroum uma visão de jogo que não temos alguem; hoje no Botafogo.
Errou mas aí acredito na sequência.
Todos pareciam nervosos ....
Mas nós superamos. ..
Sds

Enéias Teles Borges disse...

Belo jogo. Estamos saindo da armadilha de 3 volantes defensivos. Leandrinho dá melhor saída de bola. Goste de ver pratas da casa no time. Quatro hoje, no começo do jogo?

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, o que mais gostei dele, foi o fato de ter jogado para o time, sem o excesso de firulas ou prender a bola.
Abs e SA!!!

higor disse...

Excelente vitória. O time dos caras não é nada de mais, uma pena que o Botafogo só jogou com coragem quando não valia mais nada.

Já foi discutido num post passado sobre mudanças nessa altura da temporada. Não seria um momento de sacar Lindoso ou João Paulo (vem mal nos últimos jogos) e testar o Valencia? É inegável que a qualidade do passe melhora bastante.

Marcio disse...

Muito bom resultado para quem deseja jogar a Libertadores 2018.
Primeiro tempo onde o Time pareceu meio desconcentrado e errando muitos passes, mesmo assim o Valencia deixou o Roger duas vezes na cara do gol e este desperdiçou todas; além, claro, de sair da área e errar praticamente tudo o que tenta.
As entradas do Valencia e do Leandrinho no meio campo pareceu dar mais mobilidade e um pouco mais de técnica ao meio campo, especialmente o primeiro; nesse sentido, poderia o Pimpão movimentar-se mais e dar melhor possibilidade de ser acionado.
No segundo tempo o BOTAFOGO voltou um pouco mais organizado, embora ainda errando alguns passes, e antes dos 15 minutos fez o seu primeiro gol; diferente de outros jogos, o Time não recuou para segurar o resultado e antes dos 25 fez o segundo gol em uma jogada muito bem tramada pela ponta direita, que definiu o placar.
Vitória merecida e que poderia ter sido mais elástica se não houvesse tantos passes errados na construção das jogadas e, principalmente, um melhor aproveitamento das chances de gols.

Fernández- Uma grande defesa e uma bobeada que poderia ter custado muito caro. No mais não comprometeu. Nota 5,5;
Arnaldo- As suas grandes virtudes são a força física e empenho, pois tecnicamente oscila muito. Não comprometeu e hoje tem de ser o titular. Nota 5,5;
Marcelo- Andou vacilando em algumas jogadas. Partida regular. Nota 5,0;
Rabello- No mesmo nível do Marcelo. Nota 5,0;
V. Luis- A disposição de sempre e melhor na defesa do que no apoio. Nota 5,0;
M. Fernandes- Andou errando alguns passes. Partida regular, nota 5,0;
B. Silva- Participou da jogada do segundo gol eapresentou bons e maus momentos. Nota 5,0;
Leandrinho- Fez um primeiro tempo razoável e saiu contundido mais uma vez. Nota 5,0;
Valencia- O melhor do jogo. Movimentou-se muito, foi opção para os companheiros, participou dos dois gols, deu passes que poderiam ter resultado em outros. Nota 6,5;
Pimpão- Bom na parte tática, na ajuda ao lateral, e fraco no ataque, pois pouco dá prosseguimento as jogadas. Nota 5,0;
Roger- Fez os dois gols e isso não é pouca coisa. Entretanto, poderia ter saído consagrado se tivesse uma melhor capacidade de finalização. Além disso, deveria ser proibido de sair da área, pois atrapalha e muito o Time. Pelos gols, nota 6,0

D. Cearense- Entrou no lugar do Leandrinho e não comprometeu. Nota 5,0;
Guilherme- Não teve tempo de fazer muita coisa no jogo. Nota 5,0;
Fernandes- Entrou lá pelos 35 minutos e depserdiçou uma oportunidade em uma bola que veio da defesa adversária. Sem nota.

Jair Ventura- Mandou bem na escalação inicial e nas substituições faço uma pequena restrição à entrada do Fernandes, embora não houvesse outro para ser escalado na função.
No mais, conseguiu fazer o Time se dedicar e continua precisando melhorar as trocas de passes na construção das jogadas. Nota 5,5.

A minha observação final é de que nesse futebol de baixo nivel jogado no Brasil, um pouco de coragem traz resultados. Nada de respeitar e colocar adversários em um patamar além do que de fato merece.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Enéias, mas ainda faltam ajustes, pois achei a proteção à zaga um pouco falha.

Higor, pois é. E tiveram uma semana para refletir sobre o primeiro jogo e nada mudaram no segundo, né? Olha, a essa altura, pelo menos na Libertadores agora na quarta, eu ainda não mudaria a maneira que estamos acostumados a jogar. Mas claro, vale sempre testar e treinar novas funções/opções. Aliás, é uma atribuição do treinador, né?

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Marcio. Impossível não deixar de lembrar da CB. Até porque, hoje ficou provado que nesse nivelado futebol brasileiro, a covardia tem um preço muito caro. E é burrice entrar em campo com ela.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Pois é, Rodrigo, a pergunta que não quer calar. Felizmente o Glorioso tava bem compacto hoje, embora os mesmos passes errados continuam em dose bem alta. Tô com muito medo do jogo de quarta. Na minha humilde opinião, Grêmio é o time mais certinho do Brasil, tem um ataque poderoso e uma defesa quase impenetrável, sem dizer o toque de bola que envolve totalmente o adversário. O que o Botafogo tem é a garra de time de Libertadores, espero que esteja presente na quarta. Não sei se JV poderá escala-lo na contra o Grêmio, mas Leo Valência foi fundamental hoje, com passes precisos e firme na marcação. Que quarta nosso Glorioso faça uma grande partida como a de hoje e um placar pra jogar tranquilo em Porto Alegre. Dá-lhe Fogão!!!!

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

Marcelo, na Libertadores o clima tem sido incrível. A energia time e torcida tem sido fundamental. E precisaremos muito dela para superar o Grêmio. Por isso a vitória de hoje sobre o maior rival ajuda bastante. Aumenta a confiança.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Obs: Reforço aos amigos (e não tanto amigos) que NÃO SÃO PUBLICADOS comentários Anônimos e/ou ofensivos (contra a mim ou qualquer outro amigo do CB) de pessoas que são incapazes de respeitar opiniões diferentes.

Discordar, ok. Todo comentário respeitoso que discordar de algo, será publicado. Já ofensivos de pobres coitados, aviso: NEM PERCAM TEMPO escrevendo, afinal, tudo passa pelo meu crivo antes de ir "ao ar".

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Eu acho que o que faltou naquele jogo da copa do brasil foram o LV, Pimpão e por incrível que pareça, o Arnaldo. Naquele jogo o Botafogo simplesmente pela deficiência criativa de seu meio campo não conseguia articular nenhuma jogada, principalmente porque o JP estava muito mal e o Lindoso é aquele jogador que serve para dar passes laterais e fazer cobertura. O time que jogou hoje atuou de forma diferente porque tinha jogadores mais capacitados, nada de mais, mas melhores que Guilherme, Lindoso e Luís Ricardo.
Vitória importante e merecida. Depois de um início nervoso o time foi se acertando e esse tempo parado pode acertar alguns problemas que vinham sendo uma constante nos últimos jogos, muito embora os erros de passes simples continuem a ser um grande problema. Destaques para Gatito, LV vai ser muito útil ao time, IR, MF, e até o Arnaldo. O Roger, apesar dos gols continuo achando um jogador limitado, embora hoje estivesse mais presente dentro da área e fez dois gols de oportunismo.
Agora é vermos como o time vai se portar contra o Grêmio, que completo é um time melhor que esse ou mesmo o considerado titular do flamengo. A sorte é que o time poderá contar com o LV e o Pimpão. O Arnaldo apesar de ter ido bem hoje, prefiro não me empolgar e aguardar. Uma coisa é certa: o nível atual do futebol barsileiro é muito fraco. Abs e SB!

Chico da Kombi disse...

O Grêmio tem um bom time, mas não é imbatível não. Temos que jogar com garra e detonar mais um campeão de Libertadores no Nilton Santos lotado. FORÇA, FOGÃO!

Anônimo disse...

Ricardo
A vitória de hoje nos deixa mais tranquilo.

O Roger fez dois mas poderia ter feito cinco.
Mas como disse antes da partida, só a vontade de vencer me deixaria fEliz.
Hoje tivemos a vontade e a Vironia. ..
Sds

Eziel Junior disse...

Vejo Valencia titular quarta... Tem lugar no meio campo no lugar do Lindoso... A vitoria hoje já era o esperado.

Anônimo disse...

Ricardo
Caros, na minha opinião Leandrinho não tem a menor condição de jogar no Botafogo...
E uma pergunta : Porque os jogadores do Botafogo escarregaram tanto no campo.
Parecia que o campo era do flamengo....

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, com essas peças, até acho que ficaria mais equilibrado mesmo, mas penso que mais do que os referidos jogadores, a atitude foi ainda mais determinante.

Pra cima deles, Chico.

Ricardo, e veio em um momento muito importante. Sobre o Leandrinho, acho que para compor elenco está legal.

Eziel, eu ainda não mexeria tanto para quarta.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Apesar dessa ser "apenas" a segunda boa partida do Valência, observei, mesmo nos seus maus momentos, que tem muita facilidade em se movimentar entre as intermediárias de defesa e ataque.
O posicionamento do chileno na jogada do segundo gol permitiu a ultrapassagem do B. Silva e o consequente cruzamento; e ainda havia uma possibilidade, não tão boa, de tentar definir ele mesmo a jogada, com um chute de fora da área.
Todos os outros jogadores de meio campo do BOTAFOGO jogam atrás da linha da bola, diferente da possibilidade apresentada pelo Valencia.
Que o Jair não pense em transformá-lo em volante.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, por isso eu sou sempre favorável à atacantes jogarem sempre livres a frente e não cuidando de apenas pequenos feudos em campo.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Na boa, o Pimpão apesar de ter jogado bem, merecia a menor nota, por me dar três sustos no coração, entregou três bolas no primeiro tempo que quase resultam em gol, em relação ao erro do Gatito, vale lembrar que ele consertou o erro magistralmente.

Eduardo Samico disse...

Rodrigo e amigos do Cantinho, bom dia.
Rapaz, não fui ao jogo. Limitei-me a ver um compacto que passou à 1 h no Sportv, sem saber do resultado. Ressalva feita, acho que mais que atitude, o que faltou mesmo foi talento, capacidade -até por que, por exemplo, não enxergo talento no Arnaldo mas ele tem, no momento, muito mais capacidade de ajudar o time que o inoperante Luis Ricardo.
Pimpão fez muita falta, e jogar com o Guilherme e Luis Ricardo foi quase que jogar com 2 a menos. Naquele jogo o João Paulo também não estava bem, mas não tínhamos ninguém muito melhor para o lugar dele.
Senão vejamos que o time tentou sair jogando várias vezes, mas somente naquele lance inicial conseguimos tabelar e, pasme !, o Roger deu passe preciso para o Guilherme perder um gol feito -um Bruno Silva jamais perderia aquela bola. Fora isso, o perigo que era o Luis Ricardo atrás (e a inoperância na frente), Bruno Silva preso tendo que cuidar do lado direito, o esquerdo também fraco, com Victor Luis e Guilherme, o meio campo que não conseguia trocar dois passes certos, enfim, tudo isso, ainda lembrando da sofrida eliminação para, repetindo, dizer que mais que atitude, faltou foi a mais tênue capacidade de levar perigo ao gol daquele jovem frangueiro do esgoto.
Em tempo, impressionante como o Guilherme é improdutivo. O cara tem alguma habilidade com a bola nos pés, tem capacidade de driblar, chuta razoavelmente bem. Falta ser exaustivamente trabalhado para ver se entende que tem que driblar na direção do gol, perto da área adversária, usar esse talento para provocar faltas -não é se atirar em qualquer contato- que possam resultar em cobranças perigosas. Vai que dali sai um atacante eficiente...
E agora é Libertadores !
Abs.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, sim, mas foi um erro.

Eduardo, concordo. Guilherme não é produtivo. É uma partida boa a cada vinte disputadas. Hahaha

Abs e SA!!!