quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Força máxima





O Botafogo está com a cabeça no próximo dia 13, quando fará o primeiro jogo valendo vaga na semifinal da Libertadores, contra o Grêmio.

Mas, antes, o destino nos reservou o maior rival em partida sem tanta importância pelo Brasileirão.

Recentemente fomos eliminados da Copa do Brasil pelo Flamengo. No final de semana agora, recebemos o rubronegro. Em jogo, a consolidação na briga por uma vaga no G6, que convenhamos, também é importante. Principalmente se não conseguirmos bater o tricolor gaúcho.

O dilema: Força máxima contra o Flamengo ou poupar algumas peças para a quarta que vem?

Perguntado sobre isso, o volante Bruno Silva falou:

"- Não vai ter desculpa essa coisa de desgaste. Acho que ele terá todo mundo à disposição. Se eu fosse o Jair entraria com força máxima, precisamos nos consolidar no G-6".

É examente o que eu penso. Chega dessa frescura. É hora de força máxima sempre. Até porque, depois de um período sem jogos, será importante para o time voltar com ritmo, entrosamento, condicionamento, etc.

Poupar só aqueles que não forem liberados pelo departamento médico.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

19 comentários:

Marcio disse...

Sou sempre favorável a melhor escalação possível, resguardando somente os que apresentam alguma limitação física.
O BOTAFOGO precisa ser presença constante em competições internacionais e justamente por isso não pode abrir mão do campeonato brasileiro.
Como o futebol tem desculpa para tudo, caso poupem o Time no brasileiro e dependendo do resultado do jogo frente ao Grêmio, dizerem que faltou ritmo de jogo.
SA!!!

higor disse...

Força máxima, ficando de olho no Carli e colocando o Gilson, pois contaremos com ele contra o Grêmio.

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Marcio.

Higor, no caso específico do Carli, acho um certo risco, pois foi constatada uma lesão muscular. Neste caso, se não houver 100% de certeza médica, eu não arriscaria. Agora, acho uma ótima ideia testar o Gilson logo.

Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Entrar com força máxima, ou entrar com os melhores, se for com força máxima qual seria essa força máxima, essa que nos fez passar vergonha diante do flamengo.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, é a força máxima que nos acostumamos a ser escalada, não tem outro jeito. É o que temos de melhor (ou "menos pior").
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Jogar com o time considerado titular sim, por dois motivos: tentar se manter no G6 ou ir mais além e dar ritmo de jogo, pois 10 dias parados prejudicam, pois o jogo contra o Grêmio vai ser uma parada. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, exato. São os dois motivos determinantes.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse...

100% de força, mas jogo uma pulga pra pensar: não seria o caso de treinar uma alternativa tática para o jogo contra o Grêmio? Por exemplo: Pimpão centralizado e o Valencia pela ponta, ou o Marcos Vinicius centralizando. Ou Pimpão, Valencia e MV e tirava o Lindoso (sem Roger)? Quem sabe Lindoso, Matheus e BS em uma trinca de volantes mais fechados e na marcação e entrava com 2 meias mais ofensivos num 4 x 5 x 1. São palpites, mas precisamos variar um pouco o time.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, quero acreditar que o JV tenha feito esses testes, pois tempo não faltou, né?
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Prezado RODRIGO,já estou em casa.Estou me atualizando e tentando me readaptar com os fatos.Sobre o Post de hoje,concordo plenamente com você e com o BS.
Emocionante conhecer a cidade de meus avós,COVILHÃ,na Serra da ESTRELA,lugar maravilhoso,muitas vinícolas e lindas paisagens.Conhecia LISBOA e algumas cidades próximas,mas desconhecia a parte central e o norte de Portugal.Aproveitei e fui até SANTIAGO DE COMPOSTELA.
Dois fatos me chamaram a atenção no Portugal da atualidade.O fanatismo pelo CR7 e a tendência,na política,pela foice e martelo,inclusive nas propagandas de alguns políticos.Muito parecido com o Brasil,onde os adeptos do comunismo se travestem de socialistas para enganar os incautos e os inocentes úteis.
Ouvi comentários sobre o CR7 que eu não imaginava.Não discutem as suas qualidades futebolísticas,mas alguns o acham mal caráter.Muitas mulheres,para minha surpresa,não gostam dele,pois dizem que as trata mal e as usa como barriga de aluguel e depósito de espermatozoides,rsrsrsrs.
Só emiti opinião sobre futebol durante o jantar de despedida com familiares,em COVILHÃ.Um gajo,lá pelas tantas,vira-se para mim e diz:"primo,vocês no Brasil já se conformaram que o CRISTIANO é o melhor jogador de todos os tempos,superando o PELÉ ? Inclusive já tem mais gols do que ele pela seleção,ao fazer três gols na goleada sobre as ILHAS FAROE ?" Contei até dez,levei várias catucadas da mulher para ficar calado,mas levantei e disse:"caro primo,PELÉ fazia gols pela seleção contra ARGENTINA,URUGUAI, PARAGUAI,CHILE,ALEMANHA,ITÁLIA,etc,seleções de categoria mundial reconhecida.Não tinha as Ilhas FAROE e outras seleções inexpressivas a nível mundial para fazer gols.PELÉ,foi tricampeão pela seleção.E CR7 quantas copas ganhou ? O que fez na última Copa no Brasil?
Silêncio total,rsrsrs. Não discuto ser o CR7 um atacante muito bom,mas respondendo a sua pergunta eu acho que futebolisticamente falando,CRISTIANO sentir-se-ia honrado em lustrar as chuteiras de PELÉ E GARRINCHA,e tem que comer muito bacalhau para chegar perto do que eles foram."
Pensei que ia apanhar de alguns primos,mas uma das "matriarcas"da família disse alto e em bom tom para encerrar o assunto:"Quem diz o que quer ouve o que não quer,não seja indelicado com os parentes que nos visitam",assunto encerrado e vamos erguer um brinde à família.Todos ficaram pianinho...Manda quem pode e obedece quem tem juízo,rsrsrsrs.
Agora é só voltar a respirar FOGÃO,sem poupar ninguém.
Um forte abraço para os amigos.JOTA.


Rodrigo Federman disse...

Seja bem-vindo novamente, Jota. Bom, sobre o CR7, sou fã dele como jogador e pessoa (pelos relatos que já li e tive de uma pessoa que é amigo de uma tia dele na Madeira). No mais- e voltando ao Botafogo -, força máxima no domingo. Rs
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Rodrigo, é isso, meu caro, nosso time considerado titular tem que entrar em campo nesse domingo e sempre. Respeitando-se, é claro, uma ou outra eventual restrição, como bem lembrado pode ser o caso do Carli.

Os "profissionais" do futebol, todos sem exceção, têm que ter como meta, e ser cobrados nesse sentido, a classificação para a Libertadores de 2018. O Botafogo de Futebol e Regatas tem que se acostumar a ficar no topo da tabela do Brasileiro, a participar, ano sim e no outro também, da Libertadores e por aí vai. Só assim para adquirirmos uma mentalidade vencedora.

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Eduardo. Precisamos nos reacostumar com a parte de cima da tabela, sempre.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Esse é o problema Rodrigo, já mudamos tanto nosso time, na libertadores, no brasileirão, na copa que eu já não sei qual é o time titular.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, não penso assim. Acho que o time titular é quase todo conhecido. A dúvida maior ficaria na lateral direita hoje. O restante quase sempre é Gatito, Carli, Rabello, VL, RL, MF, BS, JP, Pimpão e Roger.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Mandar a campo a força máxima, a melhor equipe, ou qualquer outra denominação semelhante, sempre obedecerá o desempenho de momento, não necessariamente corresponderá ao Time titular que inicialmente se ache ideal.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Marcio. Mas não deve mudar muita coisa daquele time que constantemente vem atuando nos jogos mais importantes.
Abs e SA!!!

Ivo Santos da Costa disse...

Que na verdade jogaram pouco tempo juntos, além todos os times jogaram mal, então o importante não é qual o time ele vai escalar, mas qual a postura esse time vai ter, isso sim, eu acho importante.

Rodrigo Federman disse...

Claro, Ivo. Concordo, mas foi o time que mais atuou junto também.
Abs e SA!!!